História Dirty Love (Amor Safado) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Originais
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 24
Palavras 1.306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura !!

Capítulo 8 - Onde você esteve ?


Fanfic / Fanfiction Dirty Love (Amor Safado) - Capítulo 8 - Onde você esteve ?

- Ainda quer ir devagar ? -Ele diz com voz de malícia. 

- O mais devagar possível. - Eu digo subindo as escadas do hotel pois agente ainda não tinha chegado. 

- Ei, vem cá ! - Ele me pega no colo (estilo casamento).

- Oque você está fazendo !! - Eu falo rindo.

- Quer que eu vá mais devagar ? - Ele diz me olhando. 

Puta que pariu eu estou amando o Namjoon, nós finalmente chegamos no andar onde eu estava dormindo, entramos e eu fui diretamente até a cozinha comer algo, e pego uma maça:

- Me dá uma mordida ! - Ele diz abrindo a boca.

- Não, você não me deu quando fui na tua casa lembra.

Era exatamente 18:53, quando meu telefone toca e vou atenter:

         Ligação *ON*

- Alô ? - Disse para quem ouvia.

- Filha ! - Minha mãe denovo. - Preciso te dizer algo... eu contei para o seu pai sobre o casamento e gravidez, ele reagiu como se nada tivesse acontecido... 

- Por quê você disse isso ! -Eu falo brava.

- Ué, tu não tá grávida muito menos vai casar ! - Ela fala com aspeto de certeza. 

- Mãe eu to namorando ! - Eu digo feliz,

- Filha ! Que bom ! Agora você vai voltar para o Brasil ? - Ela diz com voz de preocupada.

- Sim ! - Digo bem feliz. - Eu talvez vá me casar, ele é perfeito ! 

- Hum... Vai sonhando !! - Eu escuto uma voz lá de trás (minha irmã) gritando.

- Mãe tá no viva-voz ? - Eu falo brava.

- Sim, é porque estou cozinhando ! - Ela quando automaticamente a ligação é desligada.

          Ligação *OFF*

- Namjoon ! - Eu grito parecendo doida.

- Já vou ! - Ele diz gritando também. 

- Sente-se. - Eu digo sendo direta.

- Você... - Eu sento no colo do mesmo. - Você, gosta de mim ? Por que você veio pra Coreia ? Por minha causa ? - Digo o olhando profundamente. 

- Eu não gosto de você, amo você ! - Ele diz sorrindo com suas covinhas.

- Own !!! - Eu do um selinho nele.

- Eu vim pra Coreia em busca de alguma chance com você ! Ou seja foi por sua causa ! - Ele diz e me dá vários selinhos. 

- Tá vai tomar banho ! - Falo dou um tapinha em seu peito e saiu de seu colo.

- Nossa ! Esperava um te amo ! Me beija ! - Ele diz rindo. 

- Seu idiota !! - Eu falo rindo também. 

- Ei ! Vem aqui ! - Ele diz puxando meu braço e me trazendo para bem perto dele. - Ainda espero o eu te amo !! - Ele abre um sorriso fofo.

- Eu te amo ! - Digo e dou um celinho nele.

O mesmo vai tomar banho, quando escuto a borta bater, abro a mesma e um secretário do hotel diz que há um moço me aguardando do lado de fora do hotel, que não iria sair de lá até conversar comigo, apenas confirmo e fecho a porta. Vejo que Namjoon ainda está tomando banho, e vou até o elevador desço até a recepção, o secretário abre o portão, eu me deparo de frente com Jimin:

- Podemos conversar ? - Ele fala me olhando profundamente. 

- Sim ! - Eu digo indo até ele, e dopois nós indo para o outro lado da rua. 

- Eai... você vai voltar para o Brasil ? - Ele fala só olhando meus lábios. 

- Sim, e você sabe disso. - Respiro suavemente. - Jimin por que você me beijou ? - Eu fico o olhando.

- Porque eu gosto de você ! - Ele diz e sorri.

- Meu "melhor amigo" acabou de me dizer eu te amo, e você me fala isso ! Se você se importasse e gostasse mesmo de mim teria dito eu te amo ou coisa melhor ! Você tinha que ter falado a um tempinho atrás tipo quando você me beijou !! - Grito ao falar cada palavra.

- Mas eu me importo com você, mas eu te beijo e você sai correndo, te ligo você não atende, até te segui, mas você estava ocupada demais beijando outra pessoa ! - Ele fala gritando também. - Eu quero você pra mim, quero te ver te tocar a todo tempo. - Ele diz firmando a voz (ordenando).

Eu o olho e ele cela nossos lábios, depois de um celinho demorado, ele pede passagem com a língua fazendo com que eu cedesse, está em uma guerra, entre amor e ódio em nossos lábios, ele explora cada canto da minha boca, disposto a sentir meu sabor cada vez mais, e eu a sentir seu corpo cada vez mais próximo ao meu, nós paramos por falta de ar depois de uns 7 minutos:

- Eu te amo ! - Ele diz sorrindo e voltando a me beijar.

Este beijo dessa vez foi calmo e intenso ele colocava a mão em meu quadril e eu coloca uma mão em seu rosto e a outra na nuca puxando seus cabelos cada vez mais, Fudeu o Namjoon, parei de beijar o Jimin, olhei para ele e sorri, atravessei a rua entro no hotel mordendo o lábio inferior, quando vejo o Namjoon me olhando com cara feia:

- Você está de parabéns !! - Ele fala me olhando sério. 

To fudida mesmo. Não respondo nada apenas subo de elevador e ele vindo atrás de mim, chegamos no quarto fechamos e ele fecha a porta:

- Você vai me ignorar mesmo ? - Ele fala gritando.

- Não... - digo com o tom de voz normal.

- Oque foi aquilo ?! - Ele contnua gritando.

- Ele que me beijou ! - Disse gritando também. 

- Aham... e você não correspondeu ! Eu estava vendo tudo ! - Ele me olha e faz cara de bravo. - Você não me ama, mas esse vagabundo que você à sei lá quantos dias ! 

- Eu também conheci você à alguns dias e eu tava até dizendo para você eu te amo, e te beijando ! - Digo e vou para cozinha.

- Mas então quer dizer que ele é qualquer homem, que você encontrou na rua, "há alguns dias" e já está beijando ele, igual a mim ! - Ele diz abaixando o tom de voz.

- Não Necessariamente. - Falo séria. - Você me ama !! E eu te amo !! - Que eu to fazendo. - Acredite em mim NamNam !! - Acabei de inventar isso.

Ele não diz nada vem até mim e me pega no colo e eu começo a rir, e me da um celinho e me leva pro quarto, ele deita na cama e começa a me beijar lentamente, até que (até que nada, não rolou nada ele so me beijou, e nós fomos dormirh) enfim, eu acordo era madrugada umas 2:00 da manhã não parei para ver o horário, Namjoon não estava ao meu lado e fiquei preocupada, levantei e procurei por ele na casa toda banheiro mini-sala, mini-cozinha, eu não o encontrei, então fui até a recepção, perguntar se ele saiu do hotel, desci fui até o mesmo:

- Moço, você sabe se um carinha alto, dos cabelos castanho passou por aqui ? - Disse respirando fundo pois vim correndo.

- Não ele não passou aqui não ! - O moço diz sem mesmo olhar para mim.

- Obrigado por nada ! - Eu digo com voz de deboche. 

Volto para o meu quarto, e ligo para o Namjoon, ele não atende, PUTA QUE PARIU, ele me deixou, depois de um tempo meu telefone toca, e vou correndo atender:

          Ligação *ON*

- Alô - Digo bem alto.

         Ligação *OFF*

Ninguém fala nada, e a ligação é desligada, a porta e aberta e fechada rapidamente, quando fui ver era o Namjoon:

- Onde você esteve ? - Digo e o abraço. 


      Continua...



Notas Finais


Obrigado por lerem, não liguem para os erros ortográficos, e pfv coloquem nos comentários se a fic esta ficando boa ! Bjs !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...