História Disaster - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Drama, Romance
Exibições 22
Palavras 674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 16 - Cassie


Acordei com o despertador e com Aiden deitado em minha barriga, tentei me desvencilhar dele mas ele me apertava com mais força.

"Humm, que horas são?"

" 7 horas, preciso voltar pro meu apartamento, temos aula em uma hora"

" Não quero que você vá" Ele apertou mais os braços na minha cintura, levei minha mão aos cabelos dele.

" Isso é bom" ele disse de olhos fechados.

" Aiden preciso mesmo ir" Por fim ele me soltou e se arrastou pro outro lado da cama, quando desci da cama Aiden segurou meu braço.

"Não vai me dar um beijo de até logo?" Revirei os olhos e me inclinei pra beijar sua bochecha mas ele acabou virando e nossos lábios se tocaram. " Até mais tarde linda"

Peguei minhas coisas e saí do apartamento.

Uma hora depois eu estava no campus na aula de literatura, Tristan não apareceu, o que me fez deduzir que ou ele perdeu a hora ou foi pra casa de Tristan na noite passada.

Dou uma ultima olhada na porta atrás dele, mas ao invés disso Aiden surge sonolento e cheio de neve nas roupas.

"Você poderia ter vindo comigo hoje" Ele reclama se sentando do meu lado. O casaco dele estava coberto de neve, ajudo ele a se livrar dela.

" Por acaso você estava fazendo uma guerra de bolas de neve?" Pergunto tirando boa parte da neve, sinto os olhos dos alunos me fuzilando então paro imediatamente com o gesto.

" Uns idiotas estavam e eu precisava passar por eles pra chegar aqui, eles acabaram me acertando. Se não estivesse de bom humor tinha acabado com eles"

Dou risada, ele realmente parece mais calmo, tento imaginar como eu devo reagir perto dele agora, mas nenhuma reposta me vem na mente. Quando o sr. Hill entra na sala, ele arrasta uma TV velha no centro da sala e coloca um DVD para rodar, achei que nem usassem essas coisas mais, ele apaga a luz e um documentário sobre literatura inglesa surge na pequena tela. De repente sinto a mão de Aiden segurar a minha, eu quase a afasto com o susto mas não faço isso.

Ele toma o cuidado para que ninguém além de nós dois vejam o gesto, fico um pouco chateada com isso, mas talvez assim seja melhor. Quando a aula acaba pouco antes do sr. Hill acender as luzes, ele solta minha mão delicadamente.

Saímos da aula juntos e ele me acompanha até a aula de história, mantendo uma distância segura entre nós.

" Te vejo no almoço" 

Antes que eu possa responder ele já deu as costas pra mim, a indiferença de Aiden está me incomodando. Não sei como eu queria que ele agisse, mas com certeza não era desse jeito. Ele parece não ligar pra o que aconteceu ontem, isso me deixa chateada.

Quando o dia termina estou exausta, não vi Aiden no almoço e Tristan saiu mais cedo, hoje eu tenho que trabalhar então saio da faculdade e vou direto pra livraria.

Gosto de trabalhar aqui mas as vezes é cansativo demais, eu não paro um segundo se quer. Enquanto arrumo uma prateleira de livros vejo Aiden conversando com Kate no caixa, ele está sorrindo demais e ela está corada, que porra está acontecendo, ela me chama e vou até ela, ele não parece notar minha presença o que me deixa puta da vida.

" Vou sair mais cedo, você pode me cobrir não é?"

" O que?" Ela só pode estar de brincadeira.

"Por favor" ela pede, fixo meus olhos em Aiden, ele parece envergonhado mas está determinado a fazer isso.

" Divirtam-se, vocês dois se merecem" ele apóia as mãos na cintura dela e eles somem porta a fora.

Não sei porque achei que Aiden fosse mudar, a raiva borbulha dentro de mim, eu deveria ter gritado e questionado que porra ele estava fazendo, mas não consegui, eu e ele não temos nada, ele é livre pra fazer o que quiser. Mas isso não me impede de sentir uma dor esmagadora.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...