História Discovering Love - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~Flying_Ball

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Ed Sheeran, Justin Bieber, One Direction, Taylor Swift, Zayn Malik
Personagens Ariana Grande, Dallas Lovato, Demi Lovato, Ed Sheeran, Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Taylor Swift, Zayn Malik
Tags Larry, Ned, Taylor, Ziam
Exibições 11
Palavras 1.248
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


DESCULPEM, NÃO DEU PARA POSTAR NAQUELES DIAS PROMETIDOS, ENTÃO AQUI ESTÁ O CAPÍTULO, ESPERO QIE GOSTEM!

Capítulo 4 - Não sou sua puta!


P.O.V  Louis Tomlinsom

Já estava tudo pronto, todos estavam na cama e assistiam o filme com muita atenção, eu confesso que estou morrendo de medo, mas eu prometi assistir, e não vou passar a vergonha de sair correndo gritando estar com medo.
Eu estou encostado na cabeceira da cama, ao meu lado está Liam, ele via o filme atentamente com um pacote de pipoca ao lado. Na minha frente estava o Niall ao seu lado Harry, la na frente se encontrava Zayn e Ed dormindo. Justin optou por ficar na poltrona, então dei uma coberta para ele.
Niall começou a resmungar algo, não entendi muito bem o que era, mais parecia que estava com sono ou algo do tipo, Harry para ajudar o amigo, pegou ele e deitou em seu colo.

Se aquilo me causou ciúmes, ou uma certa raiva? Não, Niall é só amigo do Harry e eu não sou nada, não posso simplesmente ter possessividade em algo que não é meu.

(...)

O filme acabou, e todos se encontravam cansados e com sono, Harry e seus amigos se despediram e foram dormir, Ed - Que por enquanto não tinha parceiro de quarto - foi para seu quarto sozinho e disse que talvez amanhã iria para a casa dos pais, como é fim de semana os alunos serão liberados para poder fazer o que quiser.
Eu acho que não irei visitar meus pais, ficarei aqui descansando pois essa semana foi corrida.

Eu e Liam separamos as camas e fomos dormir, estamos cansados de mais para arrumar todo o quarto agora...

Acordei com Liam me chamando desesperado, dizendo algo como ir visitar os pais ou coisa assim.

- Louis levanta cara! Vc não vai visitar seus pais esse final de semana não? Eu e Ed iremos daqui uma hora, então resolvi acordar vc para confirmar se vc iria. - Ele corria de uma lado para o outro do quarto, pegando coisas e colocando na mala.
- Eu não vou, irei ficar para descansar, no próximo talvez eu vá. - Disse me virando para a parede e tentando dormir de novo, mais com Liam correndo de um lado para o outro não dava. - Fica quieto cara, to tentando dormir! Que merda.
- Desculpinha princesa, esqueci que vc precisa do seu sono de beleza. - Ele disse irônico me fazendo soltar uma leve risada.
- É sério, to morrendo de sono.
- Ok, já estou saindo! - Ele disse já nervoso. - Tchau Louis, se cuida. - Ele mandou um beijo no ar, e eu "Peguei" e "Coloquei" no coração, ele riu e saiu.
Voltei a dormir tranquilamente, e esse final de semana pretendo só dormir mesmo se não aparecer algo mais legal.

(...)

Acordei rolando cama a baixo, doeu? Sim!

- Aii, que porra viu! - Disse para mim mesmo ao perceber a dor que não parava.
Fui ao banheiro tomei um banho, coloquei uma roupa de frio e vi as horas no meu celular que marcava 14:28. Desci as grandes escadas e fui para o gramado, encostei-me em um tronco de árvore e comecei a mecher no celular me atualizando das redes sociais que fazia tempo que eu não via, pois ultimamente eu só sei dormir e comer, algo bem legal e útil a fazer.
Estava tão concentrado conversando com uns amigos que nem percebi que o gramado estava cheio, era tudo separado em grupos, cada um com o seu, eu estava me sentindo um pouco sozinho então resolvi dar uma volta por ai, e o primeiro lugar que me veio a cabeça foi a quadra que a essas horas estava vazia. Fui até lá e peguei uma das bolas de basquete e comecei a "Jogar" pois era difícil com o meu tamanho de anão, talvez um pouco exagerado? Sim né, mais fazer o que.
Estava suando muito, então tratei de retirar a blusa e ficar só com uma calça fina de moletom.
Quando vi alguém a entrar na quadra tratei de parar de jogar, e ver quem era, quando vi a pessoa a entrar dei um sorriso, era ele, Harry...

- Oi Louis, o que tá fazendo? - Ele perguntou e se aproximou de mim.
- Oi, to tentando jogar basquete. - Disse e fui para a arquibancada.
- Com seu tamanho tenho certeza que não saiu uma cesta até agora. - Ele disse e depois gargalhou alto.
- Hahahaha, muito engraçado. - Ri irônico.
- Faço mais cestas que vc. - Ele me olhou de cima a baixo como se me desafiasse.
- Com certeza. - Disse já desistindo.
- Aposta que eu faço três cestas seguidas de primeira? - Olhei desafiador enquanto ele pegava a bola.
- Vc não faz isso. - Disse simples me levantando.
- Está me desafiando? - Ele já segurava a bola.
- Talvez... - Coloquei minha camisa.
- Okay, se eu fazer as cestas eu posso pedir o que eu quiser e vc tem que cumprir, caso contrário vc pode me pedir o que quiser ok? - Assenti e ele sorriu de canto. - Vamoa jogar LouLou. - Ri fraco com o comentário observando ele já se preparando.

Ele se colocou de frente a cesta, e jogou a bola, acertou! Um ponto até agora.
Virou-se e sorriu cafajeste, voltou a sua posição e jogou a bola, e fez mais uma cesta! Dois pontos.
Ele já sorria vitorioso, quando se virou novamente para a cesta e jogou a bola, ela girava e caiu para fora, não marcando o ponto.

- Droga! - Ele gritou me fazendo rir.
- Ganhei!! - Sorri vitorioso.
- Mais eu fiz as duas primeiras, então posso pedir duas coisas a vc, e vc somente uma.
- Não era esse o combinado!
- Mais agora é, LouLou. - Ele tirou sua camisa, e sim, aquela visão do era a mais maravilhosa que já vi.
- Tanto faz, o que vai querer?
- Sabe quando cheguei na quadra Louis? - Assenti - Então... Vc estava sem camisa, e suava muito, mais isso não é o principal agora, quando vi vc daquele jeito, suado e sem blusa meu Deus Louis... Quase tive um ataque cardíaco. - Ele se aproximava de mim, e eu me afastava até que senti a parede da quadra e me senti arrependido pela aquela aposta. - Então sabe o que eu quero Louis? - Neguei com a cabeça - Ah Louis... Tão inocente. - Ele pegou minha cintura com força me prensando mais a parede e me fazendo respirar com dificuldade por conta do contato visual que ele vazia comigo. - Eu quero isso Louis. - Ele colocou o indicador no meus lábios, fazendo uma leve carícia com o polegar. - Aah como quero... - Sussurrou me fazendo arrepiar.
- V-Voce não pode es...esta falando s-sé..rio - Disse ofegante.
- Mais estou. - Ele respirou contra o meu pescoço me fazendo arrepiar.
- Hazzy... - Suspirei - Vc não gosta de meninos.
- Nunca disse isso.
- Mais eu sei, vc anda direto com uma loira magrela por ai.
- Taylor? Kkkk, ela é só uma Puta qualquer.
- Ah, então é isso? Vai me fazer sua Puta também? - Empurrei ele e corri para a porta da quadra. - NÃO SOU PUTA DE NINGUÉM STYLES! - Gritei e sai dali indo para o meu quarto me aconchegando na cama e chorando um pouco, por mais que eu goste dele um pouco não significa que irei satisfazer seus desejos.

Aah Harry... Não me decepciona.
   


Notas Finais


Ficou pequeno? SIM! Me desculpem por isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...