História Distance - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Amizade Virtual, Drama, Fama, Justin Bieber, Romance
Exibições 201
Palavras 1.436
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sweets, cheguei!

Mais um capítulo para vcs babys. Espero que gostem e desculpe qualquer erro.

Capítulo 4 - Mensagem


Fanfic / Fanfiction Distance - Capítulo 4 - Mensagem

Júpiter Neville 

 


Viva cada dia com se fosse o ultimo, mas viva um de cada vez. Não pense no amanhã quando estiver realmente amando o que era fazendo. 


Minha mãe sempre dizia isso para mim. Dizia para eu ser o mais feliz possível, e sabe, eu sinto que tudo isso só começou a fazer sentido agora. Por que eu estou vivendo de verdade. 


Sabe quando você só se sente completa depois de fazer o que sempre quis, sabe quando finalmente se encontra e sabe quem você realmente é. Por dentro e por fora, agora e assim que eu me sinto.


Me sinto feliz e finalmente me sinto completa.


- O que você esta fazendo dormindo ainda Kathe? - digo saindo do banheiro enquanto enxugo meu cabelo. Era nosso primeiro dia de aula, e Katherine ainda estava dormindo. 


- Eu estou super cansada Júpiter, não consigo nem levantar. - ela diz se escondendo mais entre os cobertores. 


- Quem mandou ficar até tarde na festa ontem. – digo rindo de seu drama. - Vamos Katherine, não podemos nos atrasar. –puxo sua coberta. 


- Ah não, Júpiter. – reclama tentando puxar a coberta de volta. – Por favor, só mais cinco minutos. 


- Eu desisto, estou indo senhora preguiça. – ela murmura alguma coisa e se cobre novamente. 


Saio do nosso quarto e vou em direção ao campus. O corredor do nosso prédio já estava lotado de meninas saindo e entrando. Algumas chegavam com malas, outras com livros. Algumas saiam desesperadas de seus quartos, o que me fez rir. 


Fui até a parte de fora e não estava diferente. Muita gente. 

Hoje era meu primeiro dia de aula e eu estava indo na direção pegar todas as minhas salas. A realização de um sonho estava a um passo de acontecer, deve ser por isso que eu não paro de sorrir dês da hora em que acordei. 

Andava tranquilamente ate a direção, observando tudo a minha volta, quando sinto meu celular no bolso de trás. 


Drew: Ainda com raiva? 

Drew: Sabe que não pode me evitar por muito tempo. 

Drew: Aparece ai vai, por favor. 

Drew: Jú, é serio, não faz isso comigo. 

Drew: Eu preciso de você. 


Eu não iria respode-lo, mas o “eu preciso de você.”, confesso que me deixou quebrada. 

Júpiter: Eu ainda estou brava, se é isso que quer saber. 

Drew: Ainda bem, achei que nunca mais fosse me responder. 

Júpiter: Eu pensei nessa possibilidade. 

Drew: Mas não conseguiu, por que você me amam muito para parar de falar comigo. 

Júpiter: Fazer o que. 

Drew: Olha Jú, eu estive pensando, na verdade pensando muito. 

Júpiter: Coisa que sabemos que você não faz. 

Drew: Pode parar de me zoar e me ouvir? 

Júpiter: Tudo bem, fala. 

Drew: Eu estive pensando muito sobre o que conversamos ontem é... 



Antes de eu terminar de ler o que Drew havia me enviado acabei caindo. Eu só vi quando eu estava de bunda no chão e meu celular do outro lado do corredor da faculdade. Haviam alguns livros espalhados e umas folhas também. Olhei para frente e vi um menino com cara de dor mexendo na cabeça e segurando uma mochila. 


- Me desculpe, eu estava distraída. – digo corando e rapidamente o ajudando a catar suas coisas. 


- Tudo bem, eu também não estava prestando atenção. - ele diz e levantamos depois de catar suas coisas do chão. Pego meu celular no meio daquela confusão. 


- É aliás, meu nome é Drake. - sorri e me estende a mão. 


- Ah, eu sou a Júpiter. - digo apertando sua mão e ele sorri divertido. 


- Júpiter? Júpiter tipo o planeta? - ele pergunta rindo. 


- Sim, igual ao planeta. 


- Nome legal. - sorrimos. - Bom eu tenho que ir, espero te ver novamente Júpiter. Parc é ser uma pessoa legal. - ele diz e sai com pressa. 


- Obrigada. - grito enquanto ele sai correndo pelo corredor. Ele vira a cabeça e pisca para mim, o que me faz rir. 


Eu estava tão atrasada que acabei nem dando mais atenção para o Drew. Fui em direção à sala da Reitora, que me deu todos os horários das minhas aulas e me mostrou onde ficava cada sala. 


As aulas de hoje seriam apenas para apresentação e selecionar os cursos que eu queria para esse bimestre. Tinha muita gente na minha sala, mas todos foram bem legais e atenciosos. Pelo que vi todos ali se davam bem, a maioria já estavam a algum tempo no curso. As pessoas costumam se aproximar bastante de mim, e querer saber mais sobre mim. Não por causa de beleza ou algo do tipo, e pelo simples fato do meu nome ser igual ao de um planeta. As pessoas ficam curiosas. 



Os alunos foram apresentados nas salas e logo depois que selecionamos os cursos fomos liberados. Como eu não tinha nada para fazer andei pelo campus inteiro, por muito tempo. Já era tarde e quando eu fui entrar no prédio dos quarto ouço meu nome. 


- Júpiter. - me viro e vejo Kathe, de short jeans, blusa rosa, de salto e maquiada. 


- Dormiu até agora? - pergunto depois que ela me abraça e eu retribuo. 


- Na verdade eu acordei assim que você saiu, mas fiquei com preguiça de ir estudar. Eu sei que é uma faculdade e que isso vai ser o meu futuro, mas eu vou paras aulas a partir de amanhã. - ela diz rápido como sempre. 


- Tudo bem Kathe. - digo rindo. - Mas porque está toda arrumada assim? 


- Nós duas vamos almoçar juntas hoje. - ela diz sorrindo e batendo palmas. 



- Vamos é? Não me lembro de combinar de almoçar com você. - digo ela fecha a cara. 



- Ah mais você vai. - diz autoritária batendo seus pés no chão.



- Posso pelo menos ir no quatro trocar essa roupa? - pergunto rindo de sua pressa. 



- Tá, mas vai rápido. - diz arqueando suas sobrancelhas. 



Saio correndo e vou  correndo trocar minha roupa. 



{...} 



Fomos almoçar e Katherine não parava de falar o quão gato era o menino que ficou conversando na festa com ela ontem. Eu não conseguia prestar atenção nela, só pensava em Drew e na sua última mensagem. Eu ia verificar o que ele havia falado comigo mas deixei meu celular em cima da mesinha no quarto quando mofei trocar de roupa. 


Eu fiquei todo esse tempo sem falar com ele, dês da noite passada. Eu fiquei tão chateada com a resposta dele sobre nós encontramos. Pode ser uma atitude totalmente infantil da minha parte, mas me atingiu em cheio saber que ele pode estar mentido por todo esse tempo. 


Quando ele falou comigo enquanto eu estava indo para o prédio me deixou um pouco feliz, confesso. Na verdade me deixou muito feliz, eu amo quando vejo o nome dele na tela do meu celular, eu o amo. Saber que ele se importa comigo e revigorante, mas saber que ele não quer me conhecer me destrói. 


- Vai prestar atenção em mim ou você prefere ficar no seu mundo da Lua? - Kathe pergunta debochada. 



Suspiro sem saber o que dizer ele a sorri de lado percebendo que eu não estava bem. 


Depois de pensar e ficar me lamentando eu comecei a realmente prestar atenção em Katherine. Depois do restaurante fomos em algumas lojas de roupas e sapatos que tinham por perto. Tomamos sorvete voltando para a universidade, o que nos fez gargalhar por todo o caminho. 


Quando chegamos no quarto já era umas sete da noite. 



- Amanhã a senhorita. - apontei para ela enquanto a mesma penteava seu cabelo, havia acabado de sair do banho. - Vai acordar comigo, e sair comigo para irmos estudar. 


Ela faz biquinho e me olha triste. 


- Eu sei, vou colocar meu despertador duas horas antes. - diz mexendo no celular. - é difícil mas eu preciso disso. - ela deita na cama e eu faço o mesmo depois de desligar a luz. 


- Precisamos Kathe, precisamos. - Digo e ela ri. 


- Boa noite Júpiter. 


- Boa noite Kathe. - Suspiro e fecho mus olhos. 


Crio coragem e pego meu celular, logo depois olhando as minhas mensagens. Uma da mamãe, e quatro do Drew. 


Respondo minha mãe dizendo que está tudo bem. Conto sobre todo o meu dia, sim eu estava enrolando para não olhar a de Drew, eu estava nervosa. Mas assim que terminei de falar com minha mãe criei coragem e abri suas mensagens. 


Eu sorri, sorri muito. Eu fiquei tão feliz com a mensagem que não parava de ler e reler. Eu não acredito.




 


Notas Finais


As coisas vão esquentar, tipo muito. A partir do próximo capítulo as coisas estarão bem mais interessantes, aguardem.

Comentem gente, temos quase 250 favoritos e os capítulos tem no máximo 6 comentários. Uns 10 comentários e eu posto ainda hj, é nós!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...