História Distante - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias The 100, The L Word
Personagens Anya, Clarke Griffin, Costia, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Echo, Lexa, Octavia Blake, Personagens Originais, Raven Reyes
Tags Clexa
Exibições 86
Palavras 1.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Luta, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Yuri
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capitulo espero que esteja bom...

Capítulo 31 - Uma Semana... Primeiro Dia... Fim da Noite...


Fanfic / Fanfiction Distante - Capítulo 31 - Uma Semana... Primeiro Dia... Fim da Noite...

Uma Semana... Primeiro Dia... Fim da Noite...

Antes que ela terminasse a frase, Echo estava abraçando ela, e dizia no meio do choro...

_ Não ouse dizer que você não merece Clarke... Você e minha irmã querendo ou não. Nem que eu tenha que abrir sua cabeça e por essa verdade lá dentro...

Então sem outra opção Clarke aceita o abraço de Echo, e as duas ficam assim ate adormecerem...

Quando Clarke volta acordar, esta sozinha no quarto sente um pouco de alivio, afinal não queria ter nenhum outro atrito com Echo, então à porta do quarto se abre, e Lexa entra ao ver ela, Clarke sente seu coração pulsar mais rápido, mas, depois sente que não devia criar ilusões...

Lexa percebe que Clarke estava mais retraída, e sabe que nesse momento ela deve mostrar toda sua autoconfiança e demonstrar a Clarke que ela, não estava mais com medo da relação que estaria sempre ao lado dela... Ela respira funda e diz:

_ Você esta melhor?!

Clarke somente acena, e fecha os olhos com a intenção de fingir que iria dormir... Lexa ri mesmo longe por tantos anos ela ainda tinha essa mania... Lexa senta-se numa cadeira ao lado da cama de Clarke, depois de alguns minutos em silencio, ela diz:

_ Você sabe que isso não vai dar certo comigo...

Clarke se remexe na cama fingindo dormir, Lexa ri e diz:

_ Não seja criança Clarke... Eu sei que você esta evitando falar com Echo e tudo mais, também que tomou uma decisão que no futuro poderá se arrepender...

Quando ouve se chamada de criança Clarke se vira e diz:

_ Eu não sou criança!!

Lexa ri e diz:

_ Eu sei, mas, esta agindo como uma... Eu sei que você esta tomando essa decisão por causa do que fiz a você, naquele dia, por favor, não magoe sua família por um erro meu...

_ Eu não estou fazendo isso por sua causa...

_ Você não pode mentir assim... Clarke fale comigo, não desista do nosso amor...

Quando Clarke escuta Lexa falar assim, ela sente seu coração acelerar, mas, ela sabia que não podia mais viver esse amor, ela tinha que afastar todos para longe dela, então ela olha para Lexa e diz:

_ Eu não te amo mais, entenda isso de uma vez!!

Lexa se espanta com o jeito que Clarke falou, seu tom de voz era tão frio, como ela podia ter mudado tanto assim, em alguns minutos, ela olha para Clarke e não vê nenhum sentimento em seu olhar, mas, mesmo assim ela tenta mais uma vez...

_ Eu sei que você esta mentindo, uma pessoa que demonstrou tanto amor para comigo aquela noite, não teria mudado e perdido esse sentimento em poucos dias...

Mas, então Clarke faz algo que assusta Lexa e diz:

_ Vou deixar uma coisa bem clara, naquela noite eu amei você sim, mas, como você rejeito meu amor por você, ele morreu naquele dia... Tem mais, não somente meu amor, mas, aquela Clarke que ainda sonhava com um amor para todo sempre, graças a você ela morreu...

Lexa fica espantada com as palavras de Clarke, será possível, ela tenta tocar a mão de Clarke, mas, a loira afasta e diz:

_ Eu preferia que você não me tocasse... Nunca mais...

Nesse momento Clarke sente que conseguiu o que queria, olhar de Lexa era de pura dor, a morena não aguenta ficar mais ali e sai chorando... Clarke ao ver a cena, parte seu coração, mas, era preciso afinal ninguém mais podia correr perigo por causa dela...

Depois que sai do quarto, Lexa estava caminhando e chorando, então ela esbarra em Echo ao ver Lexa chorando ela diz:

_ O que houve Clarke esta bem?!

Lexa com raiva diz:

_ Sim... Ela...

Echo nesse momento entende o que Clarke pode ter feito, e diz:

_ O que ela fez...

Lexa explica tudo, então Echo diz:

_ E típico de Clarke agir assim, vamos tomar um café...

Elas vão para cantina do hospital. Nesse momento Luna junto de Niylah e um homem entram no quarto de Clarke, ao ver as mães sua vontade era de correr para os braços delas, mas, sabia que não podia mais... Luna sorri mesmo sabendo que sua filha  estava tentando se afastar dela e diz:

_ Clarke esse e Gustus ele e investigador encarregado do que houve em nosso apartamento...

Clarke somente acena, ele pega seu bloco de notas, e diz:

_ Senhorita Hope...

_ E somente Clarke, por favor...

Nesse momento Luna não gosta do jeito que sua filha rejeita seu nome, mas, ela deixaria para resolver isso depois... O investigador continua:

_ Como desejar Clarke... Pelo que eu li no relatório preliminar, dos oficiais que atenderam o caso tudo indica que foi um assalto...

_ Sim... Foi isso mesmo. – Clarke respondia sem olhar diretamente para Gustus.

Ele observou isso então continuou sua dissertação:

_ Certo... O que a senhorita podia me dizer dos agressores...

Clarke começa a ficar nervosa, ela sabe que tem que se acalmar, mas, não consegue e mesmo com voz tremula tenta falar algo:

_ Eu... Não me... Lembro... Foi tudo... Muito rápido...

Gustus percebe que o corpo de Clarke estava negando totalmente essa resposta, e sabe que agora ele devia continuar insistindo e diz:

_ A senhorita esta bem, parece um pouco nervosa, esta tremendo...

Clarke consegue controlar um pouco o medo, e ansiedade e diz:

_ Eu estou bem... Isso e mesmo necessário, eu pensei que era somente um roubo só isso...

Gustus finalmente tem a deixa e diz:

_ Entendo então a senhorita poderia me dizer o porquê dessa inscrição na parede do apartamento...

‘Isso e começo do fim Griffin’

Clarke olha assustada e diz:

_ Eu não sei...

_ Não sabe tenho certeza que a senhorita esta escondendo algo, diga você foi ameaçada, pois, verificamos que apesar da bagunça que estava tudo, parece que nada foi roubado...

Clarke estava com medo, ela tinha que tirar o foco dele, mas, Gustus continua:

_ Tenho certeza que você sabe quem fez isso Clarke... Se você nos ajudar aqui, podemos impedir que ela fizesse de novo...

_ VOCÊ NÂO PODE!!!

Nesse momento Luna e Niylah ficam assustadas, e Clarke olha para elas e diz:

_ Eu... Vocês tem que ficar longe de mim... E mais seguro...

Então Lexa e Echo que tinham voltado escutam tudo e Echo diz:

_ Como assim seguro... O que houve com minha irmã naquele assalto...

Gustus balança a cabeça e depois diz:

_ Não foi um assalto... Certo Clarke...

Clarke olha para todos e diz:

_ Não...


Notas Finais


Até o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...