História Distante - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, Drama, Escola, Heterossexualidade, J-hope, Jungkook, Megglecal, Rap Monster, Romance, Shoujo, Suga
Visualizações 48
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura *-*

Capítulo 18 - "Substituiu"


Fanfic / Fanfiction Distante - Capítulo 18 - "Substituiu"


– Que saaaco. - Indaga Danbi pedendo o pescoço pra trás. 

– Você que quis vim. Então né. - Digo dando de ombros.

– Vamos chamar os meninos? - sorriu atrevida.

– Pensei que essa tarde fosse só nossa. - fiz bico. 

– Por favorzinhoo.. - fez aegyo e uma voz manhosa.

– Nãoziinhooo. - digo no mesmo tom de voz.

– Você é chata. - apoio seu queixo em sua mão.

– Muito obrigada. - sorriu sarcástica.

Eu e a mais velha estávamos em uma sorverteria. Ela me fez vim aqui por que estava no tédio.

Claro que com esse jeito manhoso dela não me deixaria escapar. Para falar a verdade, era pra ser um encontro de casais. Mais combinei que só iria nós duas, se não eu nem apareceria.

– Então, você e ele já tiveram a primeira vez? - pergunta curiosa. Engasgo com o sorvete.

Claro que ela tava perguntando de mim e o moreno.

– Isso é pergunta que se faça?! - meus olhos ardiam, junto às minhas bochechas.

A mais velha rir e faz um gesto com a mão.

– Isso foi um sim? - arquea a sobrancelha em um tom irônico.

A resposta é não. Eu e nem ele fomos para esse passo, ele não toma iniciativa e nem eu. Jungkook tem mostrado ser outra pessoa, uma pessoa que não gosta de sexo, mais sim uma pessoa romântica. Certo que, eu já quis fazer com ele, porém tenho medo. 

Reviro os olhos e bufo.

– Não, não tivemos. - a mais velha arregala os olhos e rir.

– Você tá mentido. - diz sorridente. - eu sei que já. Huh? 

Mexeu o ombro duas vezes e o mesmo com a sobrancelha. Jogo meu olhar mortal para ela. As vezes eu queria que ela não fosse tão ela.

Suspiro pesado e dou mais uma colherada em meu sorvete sem ligar para a doida a minha frente.

– Sério? Sério mesmo? - ela franzi o cenho agora sem dar seu riso.

– Sério. 

Minha amiga fala algo que eu não entendo muito nem.  

– Vocês são lentos demais! - Indaga irritada. Franzi o cenho arqueando uma sobrancelha.

– O que é isso? Porque tá tão encomondada por eu e ele não temos tido nossa primeira vez? 

Ela faz uma cara "óbvia" e não diz nada.

– Sei lá, normalmente acontece de já no primeiro dias irem pra cama.. - diz baixinho as últimas palavras.

– Ah, é mesmo? Ainda bem. - sorrir satisfeita.



Voltei pra casa, tomei meu banho e vesti uma roupa confortável. A escola hoje foi até que boa. O triste é que Jungkook continuo sentado no mesmo lugar quando tivemos aquele contato.

Mais o que eu posso fazer? Não posso chegar nele e já colocar banca dizendo; você vai sentar perto de mim porque eu quero.

Não quero ser aquele tipo de namorada que manda no namorado, pelo contrário. Quero ser o tipo de namorada que da liberdade, mais tem o limite.

Jungkook é bem romântico e diz que me ama todo dia. Evito não rir feito boba, pós estava sentada no sofá ao lado da minha irmã e de seu namorado.

Olho o anel, aquilo era a prova de que eu mão estava sonhando. Era a prova do nosso amor, a prova de que ele me quer. 

Ainda não falei com ele hoje, a não ser na escola, ela parecia aflito, e então deixei ele ter o seu tempo e depois perguntaria o que havia acontecido.

– Vamos pro quarto, quando for dormi desligue a TV. - Ellen se levanta junto ao seu namorado e seguem para o quarto. 

Seo Wan está praticamente morando aqui, vem todas as noites, quando minha irmã sai do trabalho vem direto pra cá ou quando não, vão para um restaurante e voltam para cá.

Quase nem nós falamos, que é o bom. Desligo a TV e tranco a porta. Estava anciosa para o dia amanhecer.

Subi as escadas, entrei em meu quarto e dormi sorrindo.

[ Quarta-feira ás 06;29.a.m.]

Acordei, fiz minha higienes, escovei os dentes e tomei meu banho, coloquei minha farda e vou para a cozinha. 

Os dois pombinhos estavam ali comendo. Me sentei entre eles e peguei uma maçã. 

– Bom dia para você também. - indagou Seo Wan. 

– Ah, bom dia. - sorrir e olhei para a minha irmã. - Bom dia maninha.

– Bom dia. 

Não estava com muita fome. Esperei os dois comerem, eles me levaram para a escola. Sai do carro e foi para a sala. Entrei e vi Jungkook conversando com seus amigos, ele me viu e sorriu para me. Me sentei na cadeira de sempre e peguei meu telefone.

– Como foi o dia sem seu amor? Huh? - uma voz surgiu e logo o dono da mesma em minha frente.

Sorrir e neguei.

– Chato, muuuiito chato. - fiz manha, Jungkook sorriu e se sentou ao meu lado na cadeira.

– Quero o meu beijo de bom dia. - fechou os olhos e fez uma cara se orgulhando.

Éramos muito manhoso um com outro. Nem pensava que por trás daquela suas provocações e seu jeito arrogante haveria alguém fofa.

Beijo a ponta de seu nariz, Kookie abri os olhos com o semblante decepcionado.

– Não era aí o beijo. Era aqui. - apontou para sua boca. 

Sorrir e bati de leve em seu ombro.

– Aqui não. - olhei em volta, a sala não estava tão cheia, mais prefiro privacidade.

– Se saírmos daqui você beija aqui? - apontou novamente para sua boca. Sorriu e assenti. Ele pegou minha mão e me puxou para uma área onde passava poucas pessoas. Que no caso, o final do corredor. - Estou esperando. - fez um biquinho e fechou os olhos.

- Bobalhão. - dei um selinho nele. Kookie abriu os olhos, sua expressão dessa vez era de insatisfeito.

– Eu quero um beijo. Não um selinho.

Olhei pros lados e logo o encarei.

– Tá bom. 

Encostei nossos lábios, Kookie enlaçou meu quadril me levando para mais perto de si, o beijo iria se aprofundando a cada segundo. Coloquei minhas mãos em seu peito, aquela sensação chata de medo de ser flaga por algum fucionario ardia em minha mente.

Kookie desceu sua mão até minha bunda onde apertou com força, sorri.

Escutamos palmas vindo na nossa direção. Paramos de nós beijar e encaravamos a pessoa assustados.

– Parabéns, Gukkie. - A tal garota que vivia com Kookie apareceu. Meu sangue subiu. - Vejo que me substituiu. - ela rir irônico. 






Notas Finais


Falo naaadaaa...

• Hugsuss •


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...