História Destiny? - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Btsjikook
Exibições 45
Palavras 1.196
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Helloooooooooooou!!!
Eu volteeeeeeei!!! :)
Tinha mts provas... e eu tinha que estudar... -_-) mas oq importa é que eu estou de volta com mais um cap.
Boa leitura!!! <3

Capítulo 7 - Sete


Segunda às 7:00 da manhã. 

Mais uma aula chata e cansativa, enquanto a professora esta virada para o quadro, as quatro pestes, os quatro filhas da puta, vulgo, Namjoon, Yoongi, Taehyung e Hoseok estão gritando e me enchendo o saco. 

E como meu azar é enorme, o Jin não estuda nessa sala, e a professora não esta vendo a situação, e os outros alunos estão pouco se fudendo pra mim. Alguém me mata.

O estranho é que o JungKook não veio hoje, não que ele freguênte muito as aulas, e que... ele não estava faltando tanto. Logo hoje ele veio faltar...

Finalmente o sinal do intervalo bate e eu saio da sala indo até o meu armário pegar os livros da próxima aula. Até que um ser derruba os livros que eu carregava no chão.

-Filha da... -digo, mas logo ele me coloca contra o armário.

-Acho bom você tomar cuidado com o que fala! -Hoseok diz.

-Solta ele. -Jin aparece atrás de Hoseok. 

Hoseok me solta e depois encara Jin. Jin parace não aparentar ser um garoto que se mete em brigas de escola, que sai sempre com um braço quebrado dos intervalos... ele parece um garoto calmo e tranquilo, mas ele é tudo ao contrário. 

Hoseok olha Jin de baixo para cima. Vai rolar briga. Pode ter certeza.

- Se você tirasse uma foto duraria mais, sabia? -Jin diz com um tom de deboche.

Não prococa pelo amor de Deus. Todos sabemos que o Hoseok não gosta disso... até o Jin.

Hoseok da um soco no rosto de Jin e o mesmo cambalea um pouco pra trás. Jin passa a mão na boca onde estava sangrando, depois da um passo pra frente dando um soco no estomago de Hoseok... 

E mais uma vez... Kim Seokjin se meteu em briga por minha causa. Sempre que isso acontece eu acabo me culpando e ele falando que isso não é culpa minha... 

Agora o Jin e o Hoseok estão na diretoria, que eu aposto que é praticamente o lugar onde eles mais vão. Eu estou em pé encostado na parede de uma sala do lado. Só esperando o Jin sair de lá, pra eu poder dizer que ele é um idiota de novo.

-Estão suspensos. -o diretor diz quando Jin e Hoseok saem da sala dele.

Jin solta um suspiro pesado e Hoseok revira os olhos como se aquilo fosse novidade para ele.

-Idiota... -digo assim que me levanto ficando de frente pra Jin.

-Obrigado por dizer o que realmente eu sou... -Jin diz e sai andando na frente.

Piso forte no chão e vou atrás dele andando do seu lado.

-Porque sempre você arranja briga? -pergunto.

-Porque sempre EU tenho que te proteger... 

-Eu não sou uma criança Jin... -digo sem o olhar.

-Mesmo assim... eu tenho que te proteger e eu vou te proteger Jimin. 

Depois um silêncio brotou no meio de nós dois, nenhum de nós falava nada, estavamos mudos e andando até a saída. O Jin não vai assistir a quinta aula e eu vou embora com ele agora, porque se não depois terei que ir sozinho.

Entro  no carro e ele entra logo depois. 

-Ai... -ouço Jin dizer.

-O que foi? -pergunto me virando para ele.

-Não sei... - ele meche um pouco o braço. -Ai!

-Ah eu não acredito nisso... 

-O que?

-Jin, levanta seu braço. -peço e vejo ele tentar levantar um pouco o braço, e ele não conseguiu.

-AI! -ele grita.

-Você quebrou o braço? De novo Jin? Porra! - digo sem paciência.

- Eu quebrei esse braço por ter ido salvar sua vida! -ele diz olhando pra mim.

-Seria melhor se você cuidasse da sua vida, não da minha! Porque eu não quero ficar com peso na consiência por saber que meu melhor amigo quebrou o braço, porque eu não consegui me defender sozinho! Eu não sou uma criança! E nem quero ser tratado como uma! - naquele momento eu já não tinha mais paciência nenhuma.

-Então tabom! Eu vou deixar você se defender sozinho agora, já que você não é uma criança! Vamos ver se você consegue... -Ele diz sem me encarar.

Saio do carro e deixo Jin la, eu não quero mais olhar na cara dele! Ele acha que eu não sei me defender sozinho? Vamos ver então... 

Começo a andar pelo caminho da minha casa, quando chego bem perto dela ouço alguém me chamar. Me viro para ver quem é... e... o destino me odeia... 

-Oi ChimChim. 

-Oi JungKook... -acho que acabei sendo meio grosso.

-Nossa... eu fiz alguma coisa? -ele pergunta.

-Não... você não fez nada.

-Ata... Você vai fazer alguma coisa hoje a tarde? 

Só deve ser brincadeira... eu quero muito sair com o JungKook, mas... algo me diz que não, que eu não devo ir... que estranho... 

Parece uma intuição de que algo ruim vai acontecer se eu for... mas o que poderia acontecer? É só o JungKook... o garoto que me salvou, o garoto que eu não conheço... o garoto que o Jin odeia... o garoto que eu beijei sem ao menos saber o porque que eu fiz isso!

Acho melhor eu recusar... mas ele esta tão fofo e feliz agora... vai doer ver ele triste, mas... o que eu posso fazer?

-Ah... desculpa JungKook... eu tenho... trabalhos para fazer... -Me o prêmio de mentiroso do ano! Puta que pariu eu não sei mentir.

-Ah... tabom então. -ele ficou cabisbaixo e desmanchou o sorriso. - Tchau ChimChim... -ele diz e saí me dando as costas.

Dueu ver o JungKook assim, não que ele sorrise muito, mas é que ver ele triste daquele jeito me deu um aperto no coração.

-Tchau...Kookie... -falo baixo e entro em casa.

Jogo minha mochila em qualquer lugar e subo para meu quarto. Logo em cima pulo na cama e pego meu celular na mesinha. Por um momento pensei em mandar uma mensagem para Jin, para perguntar se ele estava bem, mas desisti e deixei o celular de lado.

Começei a pensar... agora que eu estou sozinho, sem o Jin, a probabilidade daqueles garotos me encherem de porrada é de... cem por cento. 

Solto um suspiro e fecho meus olhos tentando pegar no sono o que é praticamente impossivél porque eu estou muito agitado.


Pego meu celular e o desbloqueio e assim mando uma mensagem para Jin, mesmo ele sendo um grande idiota... ele ainda... é ou era... meu amigo... e eu ainda, me preocupo com ele.


Mensagem ON

-Vc ta bem?

Jin<3: tô.

- Serio? 

Jin<3: aham.

-Jin mesmo vc fazendo esse showzinho eu ainda me preocupo com vc. Ok?!

Jin<3: Não estou fazendo showzinho nenhum... 

-Então agr quebrar o braço para me defender de UM garoto é o que? 

Jin<3: Isso Jimin, se chama amizade. Uma coisa que... não sei se temos mais...

Mensagem OFF

"Isso Jimin se chama amizade. Uma coisa que... não sei se temos mais..." 

Desliguei meu celular e o joguei no chão, não ligo se quebrou ou não, isso agora não me importa. 

Eu estou com muita raiva... e estou muito triste também... O Jin ele é muito dramático por nada! Só porque eu disse que não precisa me ajudar mais ele vai e fala que nossa amizade acabou... 

Senti meu peito apertar e uma lágrima cair... eu não esperava ouvir isso do Jin... eu realmente pensava que ele fosse meu amigo...

Obviamente eu estava enganado...

Kim Seokjin... deixou de ser meu amigo...



Pensando bem... sinto que ele nunca foi...






Notas Finais


Ai... dueu... muito... ;-;
Mais um cap.. dramatico...
Chorei escrevendo isso...
Ai...
Espero que tenham gostado. <3
E não chorado... ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...