História Distiny? - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Btsjikook
Exibições 40
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Helloooooooooou!!!
안녕하세요 (Olá!)
Estou de voltaaaaaaaaaa!!!!
Uhuuuuuuuuuul!!!
Agora... aproveitem o cap!!!
Boa leitura! <3

Capítulo 8 - Oito


"Isso Jimin se chama amizade. Uma coisa que... não sei se temos mais..." 

Essas palavras estavam vagando na minha cabeça. Pareciam ter grudado e não queriam mais sair!

Mais que saco! Além de ter brigado com o Jin ainda vou ter que ficar com lembranças das palavras dele?! Eu não vou aguentar!!! Eu quero gritar!!! Quero sair correndo!!! Quero morrer... Acabei de perder meu melhor amigo... a única pessoa que estava do meu lado, mas que logo me abandonou quando eu só disse a verdade...

Fecho meus olhos na esperança de pegar no sono o mais rápido possivél, uma falha pois eu estou inquieto. Eu tenho que esquecer o que aconteceu... eu tenho que... esquecer o Jin... não preciso dele para ser feliz... 

Lembro que JungKook me perguntou se eu teria algo para fazer essa tarde, talvez, se eu sair com ele... ele possa me fazer esquecer... 

Me sento na cama e procuro meu celular no chão, acho que... ele provavelmente deve ter quebradov depois de eu o ter jogado no chão daquele jeito.

Vejo o celular no chão com a tela virada para baixo. Medo e raiva é o que eu sinto...

Viro o celular e percebo que no canto da tela havia quebrado, não muito, mas mesmo assim quebrou!

-Merda... -digo e desbloqueio o meu celular e ligando para JungKook.

~chamando.

Ligação ON

-Alô? -Ouço a voz de JungKook do outro lado da linha, e que voz... não parecia ser ele, não que a voz estivesse estranha... na verdade estava até meio... sexy.

-JungKook...? 

-Sou eu... Porque?

-Por nada... esqueça. -faço uma pequena pausa e prossigo.- JungKook lembra que você me perguntou se eu tinha algo para fazer essa tarde?

-Sim... -ele diz e suspira.

-Então... seja lá o que for... eu posso...? 

-Você não disse que tinha muito trabalho?

-Sim, mas...-procuro uma boa desculpa.- É para a outra semana... - Ou uma desculpa esfarrapada.

-Ata... 

-Então... o que você vai fazer a tarde? -pergunto.

-Eu ia... sair com alguns amigos meus...

-ia?

-Vou... -ele suspira novamente.- Você... quer ir comigo?

-Sim... 

-Ok... daqui à uma hora vou ai na sua casa. Ok? 

-Ok. 

-Tchau ChimChim... 

-Tchau Kookie... 

Ligação OFF

Desligo o celular, e o coloco na mesinha e me deito novamente na cama olhando para o teto e fico pensando em nada... como de costume.

Esperar o sono vim é algo muito dificil para mim. Me levanto depois de vinte minutos deitado. E desço até a sala ligando a televisão em qualquer canal e me sentando no sofá.

"Mais um acidente na rodovia de Seul."

"Assassinatos."

"Suicidios."

"Mortes, Mortes, e mais Mortes."

Hoje em dia só a tragédias acontecendo... em todos os canais só se fala de mortes... parece que as pessoas não são mais como antes... ninguém é mais como antes...

Ouço alguém bater na porta, eu estou perto dela, mas não quero ir atender. Quando percebo que a pessoa insiste em bater nessa porta eu me levanto e a abro dando de cara com uma pessoa...

-Oi... 

-JungKook? Você não viria mais tarde? -pergunto. Eu estava confuso.

-Sim, mas resolvi passar um tempo com você, porque? Eu não posso? 

-c-claro que pode... entra... -dou espaço e ele entra em casa.

Fecho a porta e fico o olhando, ele usa uma blusa preta e uma jaqueta jeans por cima, uma calça escura e com alguns rasgos e um converse vermelho. 

-Jimin? -ele pergunta estalando os dedos perto de meu rosto.

-O-oi? -saio de meus pensamentos e olho em seus olhos. 

-Você estava pensando em que?

-Nada... Vem, vamos lá pra cima. -seguro seu braço e subo com ele.

No caminho lembro do que aconteceu quando eu fui para a casa dele... foi... a melhor noite... será que hoje? Não!...tenho que parar de pensar nisso... 

Olho pra trás e ele abre um sorriso, sorrio também e chego até meu quarto abro a porta e nós dois entramos.

-Senta... -eu sento na cama e digo para ele se sentar ao meu lado.

Ficamos em silêncio por algum tempo até que ele resolve dizer algo.

-Então... você disse que morava com a sua mãe... onde ela esta?

-Ela teve que sair... pelo que eu sei, acho que foi a trabalho.

-Ata. 

Mais uma vez um silêncio surge no meio de nós dois.

-Jimin... 

-Sim? -digo o olhando.

-E-eu tenho algo para te falar...-ele diz e suspira.

-O que? -pergunto.

-E-eu acho... que... -ele respira.- que gosto... de v-você.

Oi? Que? Hã? Foi isso mesmo que eu ouvi?

-Ta falando sério? 

-Sim... -ele me olha meio corado, ele é tão fofo corado!

Nunca imaginei que JungKook gostasse de mim, mesmo naquele dia em que nós nos beijamos... eu achei que fosse sei lá... só um beijo. Nunca pensei que ele gostasse de mim desse jeito... afinal nós nos conhecemos a pouco tempo.

-Desde de aquele dia... até hoje, eu não consegui parar de pensar naquele beijo, não consegui parar de pensar no quão bom foi, não consegui parar de pensar em você. -corei com o que JungKook disse. - Percebi que... eu gosto de você Jimin... 

-Eu também gosto de você JungKook... -sorri.

Ele sorriu e chegou mais perto de mim, logo em seguida juntando nossos lábios em um beijo calmo e leve. Eu acho que estava com saudade daquilo. Ele segurou minha cintura e eu sua nuca. Ficamos assim por alguns minutos até que ele separou o beijo e olhou para mim.

-Algo me diz que eu te amo Jimin... -ele sorriu.

-Será... o destino? -sorri.

Ele também sorriu e me beijou de novo. Amo aquela sensação que JungKook consegue me fazer sentir...

Mesmo com tudo acontecendo um simples beijo de Jeon JungKook me faz esquecer completamente da vida e me consentrar apenas nele. Poderia ficar a tarde assim, mas o celular dele resolve tocar numa hora muito errada.

-O que é? -ele atende o celular. -Agora? Estou meio ocupado agora... -ele diz olhando para mim e sorrindo.

Fiquei pensando se ele esta falando com o amigo dele... quero conhece-lo, talvez... ele possa ser meu amigo também...







Notas Finais


Acabou!!!!
Meu celular esta em 17%!!!!!!
AAAAAAAA!!!! Vou colocar pra carregar agr... por isso eu tive ser rapida!
Bom... foi isso espero que tenham gostado! <3
~kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...