História Distracted Souls - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Comedia, Romance, Suga
Exibições 67
Palavras 931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oeee meuzamo <3
Me desculpem o sumiço :c eu tava sem computador </3
Mas volteeeeeeeeeeeeeei <3
Espero que gostem
Boa leitura
até mais!

Capítulo 23 - Situação complicada


                                                                                [Park Hani on]

Deitada ao lado de Suga, o observando dormir, eu relembrava do que acontecera a menos de uma hora atrás. Suas mãos que me tocavam suavemente, tomando o máximo de cuidado para que não me machucasse. 

                                                                                      [Flashback on]

-Qualquer coisa, se estiver doendo, me avisa. -Com cuidado e devagar, ele começara a penetrar em mim. Por eu ainda ser virgem, eu sentia uma dor quase insuportável, mas não queria falar pra ele, não queria fazer com que ele parasse, então apenas aguentei a dor, até que finalmente, a dor passou. 

-Suga, eu te amo. -Com um tom de voz ofegante, confesse, o garoto deu um riso soprado. 

-Eu também te amo Hani.

                                                                                     [Flashback of]

Toda aquela magia na minha imaginação, foi cortada quando ouvi alguém batendo na porta. Rapidamente, me levantei da cama. -Já vou! -Falei, em um tom de voz alto e um tanto desesperado. Quem seria? Coloquei a camisa do Suga que se encontrava mais perto e que como ficava grande em mim, não precisaria me ocupar colocando a calça ou ir até o guarda-roupa pra pegar um shorts. 

Franzi os dentes, esperando o pior, poderia ser o diretor ou a vice diretora ali agora, se pegasse o Suga ali dentro, eu já poderia mandar uma carta pra Yerin pedindo pra que ela faça orçamento do meu caixão. 

Abri um pouco a porta, pra primeiro, ver quem que estava lá fora. Dei um sorriso aliviado quando vi quem era, mas ainda fiquei um pouco receosa, porque ele estaria aqui? . -Chanyeol? -Saí no corredor, encostando a porta, percebi que o mesmo tentou olhar dentro do meu quarto, mas não conseguiu por que assim que saí eu fechei. -O que está fazendo aqui? -Cruzei os braços e dei um sorriso fraco. 

-Trouxe chocolate. -Com o dedo indicador, ele levantou uma sacola. 

-Pra mim? -Olhei pra ele, um tanto surpresa.

-Está doente, certo? Precisa de mimos. -Ele deu um sorriso e estendeu a sacola pra mim, fitei a mesma por alguns segundos, mas logo peguei. 

-Obrigada Chanyeol. -A abri e vi os chocolates que tinha dentro, por sorte, eram os meus preferidos. -Como sabia que eu gostava desses? -Perguntei, retirando os chocolates de dentro da sacola e segurando. 

-Fiz meu dever de casa. -Chanyeol colocou as mãos no bolso e olhou pro lado, fazendo uma expressão sarcástica. 

-Sei. -Dei um sorriso. -Mesmo assim, obrigada. -Agradeci novamente. 

-Não precisa agradecer. -Ele abriu os braços, na esperança de que eu desse um abraço nele. Bom, ele me deu chocolates, não faria mal se eu lhe desse um abraço, certo? 

Me aproximei dele e lhe dei um abraço, quando saí, ele ficou fitando a porta do meu quarto por alguns instantes. -Algum problema? -Perguntei.

-Por acaso, você está com alguém no seu quarto? -Com a voz um pouco baixa, ele arqueou a sobrancelha, olhando nos meus olhos. 

-Com alguém? -Forcei uma risada. -Não, claro que não. De onde você tirou isso? -Desviei o olhar dele, pra que ele não percebesse que eu estava mentindo, mas o garoto segurou meu queixo, me fazendo olhar fixamente pra ele.

-Olhe nos meus olhos e diga que não tem alguém no seu quarto. -Ele ficou me fitando, de um jeito que eu não conseguia mentir pra ele, então fiquei calada. Um tempo depois, ele suspirou, soltando meu queixo e desviando o olhar. -Posso pelo menos ver quem é? -Perguntou, mas não respondi, ele estendeu a mão na maçaneta.

-É o Suga. -Respondi rapidamente, fazendo o mesmo soltar a maçaneta devagar. -Por favor... não conte pra ninguém. -Abaixei a cabeça, fiquei meio cabisbaixa por aquele clima tenso ter nos atingido. 

-Porque não me contou antes? -Perguntou. -Tem algum problema? Aliás, ele é seu namorado, não teria que dar explicação nenhuma pra mim. -Olhei para o seu rosto, o mesmo me fitava sério, com uma sobrancelha arqueada. 

-Não é isso... É que... 

-Hani, porque ainda não volt... O que você está fazendo aqui? -Na mesma hora, desejei morrer. Suga saiu do quarto, sem camisa, pois eu estava com a dele. 

-Vim entregar algo pra Hani.-Seu olhar que antes se direcionava pra mim, passou a se fixar nos olhos de Suga. -Se eu atrapalhei algo em especial entre vocês peço perdão. -Chanyeol havia ficado incomodado com a situação, pelo jeito não tinha passado pela sua cabeça que Suga estaria comigo. -De qualquer modo, espero que fique melhor logo Hani. -Ele me deu um sorriso simpático, mas que logo foi cortado quando ele olhou pro Suga, em seguida, se retirou. 

-Eu não vou com a cara dele. -Suga reclamou. 

-Não vejo o porque. -Ele me olhou com as sobrancelhas levantadas. -Olha. -Levantei a sacola. -Ele trouxe chocolate! -Passei pelo garoto, indo até a porta e a abrindo, em seguida, entrando no meu quarto, Suga veio atrás. 

-Chocolate? Sério? Esse cara não vai desistir? -Suga entrou e encostou a porta, enquanto eu fui na minha cama e despejei os pacotes de chocolate na minha cama. 

-Ele só quis ser gentil. -Olhei pra ele, o mesmo se encontrara encostado na parede de braços cruzados. -Aliás, ele soube escolher os meus preferidos. 

-E agora me diz, como que ele soube quais são seus chocolates preferidos sem te conhecer nem há dois dias? -Suga se aproximou e pegou uma barra pra ele. 

-Vai ver ele é algum tipo de stalker. -caçoei da situação. 

                                                                                                      [Min Yoongi on]

Hani acabou dormindo nos meus braços, comeu chocolate como uma criança e acabou adormecendo. Esse Chanyeol não vai me dar sossego, achei que tinha me livrado de um, vim pra cá e aparece outro, a concorrência nunca acaba. 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...