História Divided Heart - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, Seul
Exibições 3
Palavras 939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei bastante pra postar esse capítulo...Mas é que eu estava meio ocupada. Prometo tentar escrever o próximo mais rápido ;)

Capítulo 2 - Sook


Paguei o taxista e entrei no meu prédio. O porteiro era um senhor bem simpático, então eu o cumprimentei e entrei no elevador, onde já estava uma garota de cabelo azul, bem bonito.

-Olá! - falou abrindo um sorriso - Você é nova aqui?

-Olá...- respondi, e vi que nossos uniformes eram iguais - Sou, sim.

-Acho que estudamos na mesma escola...- e riu apontando as nossas roupas - Eu sou a Sook.

-Eu sou S/N e adorei o seu cabelo! - Falei, e era verdade. - Adoro cabelos coloridos.

-Sério? - ela ajeitou a franja - Que bom! Meus pais odeiam...Acham "deselegante" - e imitou uma voz bem chata, me fazendo rir.

Não demorou e o elevador parou no meu andar, e para a minha surpresa, era o mesmo andar dela.

-Olha! Nós moramos no mesmo corredor...

-Quem diria - sorri.

-Hey...você já conheceu a sorveteria que tem aqui perto?

-Não...Cheguei esse final de semana, ainda não vi nada.

-Eu tenho que ir até a livraria aqui perto depois. Quer ir comigo? Podemos passar na sorveteria.

-Claro! - Respondi animada, pois seria legal conhecer mais a cidade.

-Minha porta é pra lá.- Falou apontando para o lado esquerdo.

-E a minha pro outro lado...

-Tudo bem pra você, nos encontrarmos no elevador daqui 1 hora?

-Pode ser - respondi.

-Então até, S/N!

-Até, Sook!

Destranquei a porta, indo direto pro meu quarto e jogando a mochila em cima da cama.Aquele uniforme era extremamente desconfortável, então troquei de roupa. Vesti um shorts jeans de cintura alta, uma regata preta bem básica e meu queridinho vans vermelho, que apesar de estar um pouco velho, era meu favorito. Fui até a cozinha procurar algo para comer e achei um pedaço de bolo recheado, e apesar de não ser apropriado para o almoço, foi ele mesmo que comi. Depois voltei até o banheiro do meu quarto para pentear o cabelo e já aproveitei pra dar uma passada de chapinha na franja. Ouvi meu celular tocar , corri para atender, era minha mãe.

-Oi mãe!

-Oi filha. Como foi a escola?

-Foi bem - não achei necessário preocupá-la falando da Monlisa.

-Fez amigos? - e riu.

-Fiz...duas.

-Duas?

-Aham...a Ayumi, na escola, e a Sook, que mora aqui no prédio.

-Que bom, filha!

-É...e a Sook, que mora aqui no mesmo andar que a gente, me convidou para ir com ela até uma livraria e sorveteria aqui perto, tudo bem?

-Claro que sim,vai ser bom pra você...ainda tem dinheiro?

-Tenho.

-Filha, tenho que desligar.

-Okay.

-Te amo.

-Te amo...

Então ela mandou uma beijo pelo telefone e desligou.

Respirei fundo e me joguei no sofá, esperando dar a hora de encontrar a Sook, mas de repente me lembrei da toalhinha que o tal do Jungkook, havia emprestado. Tirei ela da mochila, lavei e coloquei na varanda para secar, com a intenção de devolvê-la no próximo dia.

 

[Quebra de tempo]

Já tínhamos ido na livraria, Sook comprou mangás novos e me disse que fazia coleção. Contei pra ela que eu também fazia uma coleção, de action figures e até a convidei para conhecer algum dia. Estávamos sentadas em uma das mesinhas da sorveteria, tomando nossos milk shakes e conversando coisas aleatórias, até chegarmos no assunto "pais" e descobri que assim como minha mãe, os pais dela eram também muito ocupados:

-Meu pai é advogado, e quase nem tem tempo de ficar em casa...- bebeu mais um gole do milk shake e continuou - Minha mãe é gerente de uma empresa e fica o dia todo fora

-Eu entendo...Minha mãe foi promovida, então viemos do Brasil para cá, e ela também fica muito tempo fora.

-E seu pai?

-Ah...ele morreu há uns 3 anos.

-Desculpa, eu não sabia - pareceu sem jeito.

-Não tem problema, Sook. Tá tudo bem.

-Hã...então - ela mudou de assunto - O que achou da escola?

-Legal...conheci uma garota chamada Ayumi.

-Ayumi? - ela riu - Ninguém gosta dela.

-Eu gostei...- me senti ofendida, porém não demonstrei - Por que não gostam?

-Sei lá...conheço ela há uns 8 anos, e sempre foi assim.Fiquei sabendo que ela já tentou suicídio.

-Suicídio? - fiquei chocada.

-Sim.Ela é bem problemática...Mas enfim...conheceu a Monlisa?

-Acho que sim. Uma amiga dela jogou suco em mim e disse que foi sem querer.

-Aff...como sempre. Deve ser a YongMi...

-YongMi?

-É...a amiguinha empregada, sempre faz o que ela pede. O que você fez pra irritar a Monlisa?

-N-A-D-A - soletrei.

-Que estranho!E depois, você ficou molhada?

-Não...um garoto chamado Jung...

-Kook? - ela arriscou completar.

-Esse mesmo! - exclamei - me emprestou uma toalhinha.

-Jungokook? - ela pareceu espantada.

-Jungkook. - afirmei.

-Uau...ele costuma ser bem esnobe, e não dar a mínima pra ninguém...me admira que ele tenha sido gentil.

-Fiquei sabendo que ele é o mais "admirado" da escola.

-E coloca "admirado" nisso. O pai dele é um dos homens mais influentes da Coréia...Rico pra caramba!

-Eu não sabia.

-Agora sabe. Ele está na minha sala, e não se separa dos seus dois amiguinhos, Taehyung e Yoongi.

-E esses também são "admirados"? - perguntei rindo.

-Bom, o Taehyung é um galinha! - ela coçou a cabeça - Mas é bem bonito!

-E o Yoongi?

-Esse é um mistério. 

-Mistério?

-Aham...ele é calado, e sempre dorme na aula. Amanhã eu mostro eles pra você.

-Okay.

-Eu costumo ir caminhando pra escola...quer ir comigo?

-Por que não? - respondi, pensando em como aquilo seria bom, para que eu conhecesse mais a cidade.

[Quebra de tempo]

Já se passavam das 22H,  já tinha falado com a Bia e como eu estava muito cansada, dormi. Nem vi minha mãe chegar.


Notas Finais


Até mais :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...