História Dna - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br)
Exibições 8
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


O capítulo de hoje esta bem gostoso de ler, eu pelo menos gostei!

Espero que gostem também.

Capítulo 4 - Amiga dos FLY


Fanfic / Fanfiction Dna - Capítulo 4 - Amiga dos FLY

O dia amanheceu, não consegui dormir muito bem então me levantei e fui tomar um banho.
Meus banhos sempre demorados, não sei o que acontece eu até tento diminuir o tempo mas eu não consigo. Me vesti com um shorts jeans, uma regata e calcei uma sandália simples. Fortaleza é muito quente, não tem como por muita roupa (risos).

Peguei meu celular e vi que tinha uma mensagem e era da minha mãe:

Mãe <3 : Bom dia filha! Eu não estou mas Deus esta, divirta-se !

Eu não entendo muito bem essas frases de Deus da minha mãe, mas tudo bem né ? Mãe é mãe.

respondi ela dizendo que estava com saudades e que logo estaríamos juntas.

Já estava no horário do almoço e como eu não queria almoçar no hotel, peguei minha carteira e fui até a porta para tentar pegar um táxi e ir almoçar em algum lugar.

Como a Ju e o Pedro estão na faculdade hoje, não tenho muita coisa pra fazer então vou almoçar e voltar ao hotel.

Peguei um táxi e fui até um restaurante próximo a praia. Eu amo demais praia e ainda mais aqui em Fortaleza que tem um pessoal muito bonito (risos), eu gostaria de morar aqui mas querer não é poder então tudo bem.

Almocei e depois andei um pouco na praia, ficar sozinha me leva a refletir sobre diversas coisas e agora ainda tem essa história do meu suposto irmão, eu gostaria de conhecê-lo, gostaria que ele fosse presente e que ele tivesse chegado a mais tempo. Mas não quero criar expectativas quanto a isso, aliás nem sabemos se ele é mesmo o meu irmão né?!

Recebi uma notificação em meu celular e era uma mensagem de Dani

Danii: Então quer dizer que esta super amiga dos meninos da banda hahaha estou de olho.

Eu: Amiga do céu! Já pensou que coincidência foi essa?! hahaha você deveria ter vindo, eles são umas figuras

Danii: Sem contar que são gatos né ?

Eu: hahahaha Nathanzinho ta solteiro em

Danii: Deixa disso Isabella! Estou com saudades, volta logo.

Eu: Também estou, quarta estou de volta!

A Danielle é mesmo incrível, creio que é por isso que ela é minha melhor amiga. Ela é uma pessoa super simples e o que você precisar ela sempre vai estar lá. Sou grata por ter uma amiga assim de verdade.

(...)

Já estava anoitecendo, então tomei outro táxi e fui até o hotel.

Ao chegar no hotel encontrei com algumas meninas na porta, elas me pareciam eufóricas e felizes. Estavam agitadas e com presentes nas mãos. Eram muitas, então eu tive que pedir licença para conseguir passar.

Com licença- eu pedi tocando devagar em uma delas

Você não é a menina que o Nathan marcou no twitter ? - Uma delas disse gritando e apontando pra mim.

An? Eu ? - Eu não estava entendendo nada com todos aqueles gritos

É ela mesmo! Você no máximo ta pegando algum deles, pode falar - Todas elas gritavam e essa me dizia desconfiada

Eu nem deixei a conversa rolar e já fui logo entrando.

Avistei os três meninos descendo e indo de encontro com aquelas meninas, agora eu entendi o porquê de toda aquela agitação. Elas eram fãs da Fly.

Isa! - Era voz de Caíque me chamando e sorrindo para mim.

Olá! - cumprimentei os três

Suas fãs estão bem agitadas, até eu fui abordada ali fora hahaa - Eu disse sorrindo mas ainda um pouco assustada

Ah! Elas devem ter visto o Nathan te marcando no twitter ontem, elas já devem estar pensando besteira - Caíque disse dando pequenas gargalhadas.

É, estão mesmo! - eu disse sorrindo e dando pequenos passos para continuar o meu trajeto até o elevador.

Mais tarde nos vemos! - Paulo gritou acenando

Acenei de novo e continuei o caminho, enquanto eles foram encontrar-se com as meninas. Deve ser bem legal ter fã né ? hahaha

Cheguei em meu quarto e fui tomar um banho, depois me vesti com uma camisola simples e deitei para descansar.

Recebi uma notificação em meu celular, era o Pedro com uma mensagem.

Pe: Gorda, o que vamos preparar para a Ju ? Já é amanhã e nós não vimos nada.

Eu: Nossa! Não preparamos nada e agora ?

Pe: Que tal uma festa surpresa ?

Eu: Mas onde menino ? Como vamos alugar um salão essas horas ?

Pe: Calma, eu já tenho o salão de um amigo meu. Eu fico responsável em convidar o pessoal porque conheço mais do que você, posso ficar com as comidas e as bebidas também. Você pode ficar com a parte de decoração e música ?

Eu: Claro, pode deixar. Já tenho uma banda ótima para tocar, a decoração eu me viro. Depois me passa o endereço do salão, amanhã bem cedo vamos para lá. Blz ?

Pe: Banda? Meu Deus! Ok, qualquer coisa manda uma mensagem. Beijos.

Ai Meu Deus! Deixamos tudo para os últimos segundos mas espero que de certo, esses meninos precisam me ajudar. Escrevi um bilhete e deixei na porta do quarto deles.

" Meninos, preciso de ajuda. Pode passar no quarto quando chegarem ?

Beijos, Isa"

Espero que esses meninos não demorem.

Enquanto isso fui pesquisar umas ideias de decoração para festa, tudo teria que sair perfeito. Algum tempo se passa e ouço alguém batendo na porta.

Me levantei e abri a porta.

Oi, nós somos o FLY! - todos falaram juntos e deram gargalhadas

Nossa, vocês são sempre assim ? - Perguntei rindo deles.

Entrem - Disse apontando ao quarto

Eles entraram e sentaram.

Aconteceu alguma coisa - Caíque perguntou assustado.

Aconteceu. - respondi firme.

O que ? - os três falaram juntos.

Amanhã é aniversário da minha prima, e nós deixamos tudo para a última hora. Vamos fazer uma festa surpresa e eu fiquei responsável de levar a música. - Olhei para eles e todos estavam desconfiados.

A gente topa!- Caíque respondeu animado.

Ela nem chamou a gente, animal! - Paulo disse dando um tapa nele.

Calma! É isso mesmo, eu preciso de vocês para tocarem. Por favor aceitem. - eu disse fazendo cara de criança mimada.

Nós vamos! - Nathan respondeu.

Paulo ? - perguntei olhando para ele

Vamos né! - Foi o único desanimado da turma, mas pelo menos eles vão.

Ah! Vocês são lindos!!! - Respondi alegre e dando um abraço coletivo nos três.

Eles riram e nós ficamos conversando um pouco.

Vamos ai! - Paulo disse se levantando

Vamos, aliás temos um show amanhã né?! - Nathan disse sorrindo

Eu levantei para me despedir.

Caíque você não vem? - Paulo perguntou abrindo a porta

Eu já vou, vão indo lá - ele respondeu apontando para a porta e piscando para os meninos

huuuum - Nathan super maduro

Eles saíram e eu não estava entendendo nada.

Isa, senta aqui - Caíque me puxou

O que houve? - eu ainda não estava entendendo nada.

O que você acha de sair comigo, quando a gente voltar para São Paulo ? - ele me olhou sério

Ah, eu acho uma boa. Vamos marcar - eu respondi gaguejando um pouco.

Eu mal posso esperar - Ele se levantou e me deu um beijo no rosto.

Até amanhã, se cuida. - Ele abriu a porta e se foi.

Fiquei por alguns meninos em estado de quem não sabia o que estava acontecendo.

 


Notas Finais


Não consegui terminar por isso vai ter parte B desse capítulo viu?
Vou tentar atualizar pelo menos duas vezes na semana, prometo!

Beijos!

snap: stephaniearauj3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...