História Dna 54 - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Zayn Malik
Tags Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui, Romance
Visualizações 23
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem e uma boa leitura.

Capítulo 2 - Capitulo 2



POV Narrador






05 de Janeiro de 2017 em algum lugar de Los Angeles.




No banco do passageiro da ambulância o paramédico passa as informações da paciente que foi encontrada por moradores em uma propriedade abandonada uma garota semi nua desacordada com vários ferimentos e escoriações pelo corpo como se tivesse sido torturada de alguma maneira.



"-Jovem de vinte poucos anos caucasiana foi encontrada em uma fábrica abandonada semi nua com vários ferimentos e escoriações pelo o corpo, não há indícios de abuso sexual, mas aparentemente há de tortura física, sem documentos que comprovem a sua identidade."




Assim que ambulância para enfrente ao hospital Camila a jovem sem identidade é levada as pressas para dentro do lugar onde será cuidada pela doutora Ariana Grande que se interessa pelo caso da jovem.



Duas semanas haviam se passado e a jovem continua em coma aparentemente, quando inesperadamente Camila acorda sem saber onde estar, ela se assustar ao ouvir os bips dos aparelhos que monitoram os batimentos de seu coração e sua respiração, rapidamente ela trata de se livrar dos os fios em seu corpo ao se levantar bruscamente ela fica um pouco tonta, e quase cai se fosse pela reflexo da doutora Grande que sempre passava pelo quarto de Camila para ver como a jovem estar, e se surpreende ao vê-la em pé depois de todo tempo que estava em coma.




-Estar tudo bem, vem me deixa a ajudar-la se sentar. —Ariana fala segurando no braço de Camila que tenta afasta-la, mas nao consegue pois ainda estar muito fraca devidi a condições em que foi encontrada desidratada, e com certa dificuldade tenta falar algo que a doutora não compreende então chama a enfermeira para aplicar um sedativo nela.




Algumas horas depois Camila acorda na mesma maca do hospital tentando raciocinar direito, pois ainda não tem certeza se realmente estar na terra, ela se levanta conseguido ficar de pé vasculha o lugar procurando o cubi que ela havia pego na nave dos Nscaz raça alienígena que são os planejadores da invasão na terra, apesar do cubi parecer um relógio exótico vindo do Japão por ser diferente, contém planos, identidades de infiltrados e localizações de celulas terrorista alienígenas que estão infiltradas na terra passando informações para os seus superiores, e até sendo causadores de alguns ataques terroristas ao detectarem humanos que sabem de suas existências, porém Camila não consegue acessa tais informações pois precisa de Nscaz para desbloquear e assim acessar.




Quando ela menos espera alguém adentra o quarto se assustando ao ver as suas costas nuas além de seu bumbum já que a roupa hospitalar que ela estar usando estar aberta atrás.



-Oh me desculpe! —Camila imediatamente se vira vendo uma mulher de quase a sua altura cabelos comprido e vestido um jaleco branco de costas pra ela.



-Tud... Tudo bem. —A doutora Ariana se vira pra ela ainda com vergonha de ter visto a bunda de Camila.



-Olá eu sou a doutora Grande do hospital geral de Los Angeles.




-Grande? —Camila pergunta achando graça já que ela é bem baixinha.




-Ariana Grande, estou cuidando de seu caso. —Ela fala envergonhando olhando diretamente para os olhos de Camila tentando disfarça a sua vergonha.




-Cuidando do meu caso? —Camila pergunta confusa.




-É você foi encontrada há duas semanas atrás em uma fábrica abandonada semi nua com vários ferimentos em seu corpo com indícios de que foi torturada fisicamente, e sem documentos para identificar-la. 




-E durante esse tempo todo você ficou em coma, o mas impressionante no seu caso é que os ferimentos não foram causadores de seu coma.




-Ah!




-É você poderia dizer o seu nome?



-O meu nome? —Camila pergunta com certa desconfiança já que ela até então não pode confiar em ninguém mesmo aparentemente ela  ser uma humana como ela, muitos humanos se aliaram aos inimigos.




-Ah eu não me lembro.




-Entendo, por favor se sente eu vou examinar-la.



-Não precisa ter medo eu não vou machucar você. —Ariana fala se aproximando dela já que até agora ela estava encostada na porta.




-Tudo bem. —Camila abre um sorriso amarelo e se senta preparada para reagir caso a doutora tente fazer alguma coisa contra ela.




Ariana para na frente de Camila que observa cada movimento da mulher analisando ela, a doutora coloca em cima da cam do lado de Camila a prancheta que estava em suas mãos pega uma pequena lanterna no bolso e acende bem em uma das pupilas de Camila e pede para ela seguir o movimento que ela faz de um lado para outro e faz o mesmo com a outra pupila, e depois que o seu estetoscópio e diz.





-Se me der licença eu vou escutar o seu coração. 




Camila apenas assente confirmando que sim, ainda um pouco nervosa Ariana aproxima o estetoscópio bem lentamente até o peito de Camila ouvindo o seu coração bater acelerado, mas nada fora do normal, então ela diz.





-Bom terei que te fazer algumas perguntas e depois você ira fazer alguns exames, tudo bem?




-Sim. —Camila tenta soar o mais calma possível sabendo que os Nscaz já devem estar alerta sobre a sua chegada na terra se ainda  não  sabem em breve vão ficar sabendo.




-Sabe me dizer que dia é hoje? —Ela pergunta pegando a sua prancheta para anotar as suas respostas.




-Ah 4 de julho. 



-Hum! —Ela fala anotando algo na prancheta, mas Camila não consegue vê.




-De que ano? —Ela pergunta curiosa.




-Ah 2004? 



-Certo do que mais você se lembra?




-Ah não muita coisa, mas você sabe onde estar o meu relógio? —Camila pergunta meio hesitante.




-Como ele era o único objeto que você usava quando foi encontrada, estar aqui neste armário. —Ela fala apontando para atrás dela, e volta a interrogar Camila.




-Mais alguma coisa?



-Ah não. —Claro que ela lembra, mas ela não podia contar nada sem parece uma louca de pedra.



-Tudo bem, agora descanse um pouco eu vou pedi poara a enfermeira Stark vim te leva para bater uma ressonância e alguns outros exames, tudo bem?



-Sim.



-Ótimo, depois vamos pensar em um nome provisório pra você enquanto não sabemos o seu tudo bem?



-Sim, doutora.



-Por favor me chame só de Ariana.


-OK.



Camila fingi fazer o que a doutora havia mandado, ela espera alguns segundos depois que ela saiu, e abre imediatamente o pequeno armário achando o seu cubi, e uma muda de roupas com calçados.



Rapidamente ela retira a roupa hospitalar e veste a roupa encontrada no armário, e abre a porta vendo se estar seguro para sair, não vendo sombra da doutora Grande e sai de fininho até a próxima saida, mesmo sem saber pra onde ir.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...