História Do amor amuleto que eu fiz... - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 15
Palavras 1.087
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Orange, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Saiu mais um Uuhuhul acho que vai sair um toda terça e quinta, não tenho certeza ainda


Beijos e boa leitura

Capítulo 12 - Capítulo doze


Fanfic / Fanfiction Do amor amuleto que eu fiz... - Capítulo 12 - Capítulo doze

POV Ana 

Depois que a Lari me deixou na casa do meu primo eu fiquei o resto da tarde com meu pai e meu irmão. Eles iriam viajar só a noite, andamos um pouco pela cidade. Compramos coisas para minha casa, fomos no meu condomínio para meu pai dar mais uma conferida. E fizemos várias outras coisas aleatórias pela cidade, como a muito tempo não fazíamos. Quando saímos assim, todos juntos foi minha mãe que organizou tudo, era sempre ela que organizava essas coisas. 

Depois que ela morreu meu pai se fechou. Agora ele passa mais tempo no trabalho do que em casa, acho que pra tentar não lembrar tanto. Ele sofreu muito. Todos nós sofremos muito, mais nem por isso ele deixou de ficar do meu lado e do meu irmão. Nós precisamos muito mais dele agora. O Ricardo, só ficava no quarto dele trancado, só comia por que minha avó passou uns 2 meses com a gente e o fazia comer. Desde da morte da minha mãe a casa lá em São Paulo nunca mais foi a mesma e desde então fomos suportando um pouco mais a saudade, porém o buraco em nossos corações continua o mesmo.. todas as noites eu me lembro dela e me dá um aperto no coração, uma angústia por saber que nunca mais vou ter seu colo, o abraço, carinho, as conversas.. meus melhores momentos foram com minha mãe.


Agora estamos aqui no aeroporto, esperando o vôo do meu pai e meu irmão serem anunciado. Minha tia Cíntia e minha prima Verônica veio comigo

- Filha me promete que vai se comportar? - meu pai

- Prometo pai

- E não é só por que você vai morar sozinha que vai poder sair a noite sem minha permissão. Quero que você me ligue e avise sempre, ok?

- Ok paizinho, e se eu for sai também com certeza irá ser com a Verô ou com o Biel

- Verdade tio, a Ana não conhece ninguém na cidade ainda

- Pode ir sossegado meu irmão. Eu vou sempre estar por perto e até a casa dela não ficar pronta por completo ela irá ficar lá em casa

- Eu sei Cíntia, eu só tomei essa decisão de deixar ela aqui por conta de você morar perto e quando ela precisar você você dá o apoio. E sempre que dê eu vou vir ver essa coisinha - falou essa última frase e tocou na ponta do meu nariz. Ele estava com os olhos cheios de lágrimas e eu já chorava haha. O vôo deles foi anunciado..

- Vou sentir saudades pai - eu já chorava muito, estava abraçada com aquele homem que eu amo tanto

- Eu também vou filha. Se você desistir é só me ligar que eu venho voando te buscar, ouviu? - balancei a cabeça em sinal que sim.

- Tchau maninho, vou sentir muita saudade sua também - enquanto eu me despedia do Ricardo, minha tia e a Verô se despediam do meu pai

- Eu também vou sentir sua falta, sua chata. Eu posso ficar com seu notebook? - sabia que ele ia pedir alguma coisa haha

- Pode sim hehe. Cuida da casa viu? Eu te amo

- Eu também te amo - dei mais um abraço nele e mais um no meu pai

- Tchau pai. Eu te amo

- Eu também te amo muito minha filha. Por favor toma cuidado

- Tabom pai -  tia Cíntia, Verô e eu ficamos vendo eles sumirem naquele túnel. Chorei. Choramos. 


Depois daquele episódio triste que foi a despedida dos meus homens haha fiquei curtindo meus tios e primos uns dias a mais. Sai com o Biel e com a galera da Lari, que por sinal se mostrou muito amigona, ela está sempre comigo e eu estou amando a companhia dela. Acho que eu estou ficando louca. Sinto ciúmes dela com à amiga Josiane e nem sei se elas são lésbicas. Quero ela sempre comigo, e ao meu lado. Perfume maravilhoso o dela 

Agora minha casa já está montada do jeitinho que eu imaginei. Ah! Fui no colégio também, fazer minha matrícula e a Lari foi comigo, e de verdade, eu espero cair na mesma classe que ela.


- Alô? - Biel me ligando

- Ana? Já está pronta ? 

- Estou quase, sai do banho agora. Já vai passar aqui? 

- Vou buscar a Flá primeiro e já passo aí. Daqui a pouco eu estou saindo de casa

- Tabom, quando você passar aqui eu já vou estar pronta.

- Beleza. Até daqui a pouco então

Decidimos ir para uma boate hoje, a galera quer curtir o último final de semana que estaremos de férias. Confesso que eu no começo não queria ir, a Lari que me convenceu. Depois eu tinha que convencer meu papi, que não ficou muito feliz, mas me liberou. Estou eu aqui, semi-nua no meu quarto pensando no que vestir.. decidir colocar uma saia soltinha preta e um cropped de alcinha preto também, um colar e algumas pulseiras e anéis. Soltei o cabelo nos cachos naturais. Fiz uma maquiagem diva, com um batom mate vermelho e já estava pronta.

Biel: Ana? Já está pronta? Me espera no seu portão que eu já estou no seu condomínio, não demora.

Ana: Já sim. Estou descendo

Biel: Blz.

Peguei minha bolsa e desci. Assim que eu cheguei no meu portão, ele chegou. Entrei e cumprimentei a Flavinha. Não demorou muito já estávamos na boate e sim. Já estavam todos lá. Ela já estava lá. Linda. Estava usando um salto preto, short jeans e uma blusa cropped. não falei? PERFEITA. Cumprimentamos todos, um à um, quando chegou a vez de cumprimentar ela..

- Oi Lari - falei ao dar um beijo em sua bochecha e abraça-la. O perfume. Que perfume gostoso 

- Oi Ana, como você está linda - corei

- Obrigada. Você também está muito linda - ela sorriu 

- Vamos dançar gente? - Josi falando e puxando nós duas para pista 


POV Lari

Nossa como a Ana está linda e o perfume dela? Meu uni, num guento não haha. Agora estamos no pista se acabando de dança e cantar "This is what you came for" eu foquei meus olhos na boca dela. Ela cantava e dançava de olhos fechados. Mexia o corpo tão deliciosamente, tão Sexy.. não aguentei mais ficar só olhando e à puxei, saí puxando sua mão pra longe da pista. Não falei nada e nem ela contestou. Empurrei ela em um canto escuro e reservado da boate, encostei ela na parede e...

- Ana desculpa. Eu não aguento mais, eu preciso fazer isso - nem esperei ela falar nada e a beijei 





Notas Finais


Calvin Harris ft. Rihanna
https://youtu.be/kOkQ4T5WO9E


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...