História Do céu ao inferno Saphael - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shadowhunters
Visualizações 60
Palavras 1.618
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais outro e me desculpem vai demorar mais que o previsto pra acontecer saphael de verdade mais VAI acontecer.

Capítulo 4 - Prezer, Sebastian Verlac


Fanfic / Fanfiction Do céu ao inferno Saphael - Capítulo 4 - Prezer, Sebastian Verlac

- Não precisa se preocupar, vai ser legal, eu vou estar lá a Clary também vai então não precisa se preocupar em ficar sozinho lá. Raphael se aproximou da orelha de Simon, tão próximo que Simon pode sentir a respiração quente de Raphael em seu pescoço.

- E eu não vou te deixar você sozinho nem por um minuto. Raphael falou baixinho no ouvido de Simon com uma voz moralmente sensual.

- eu te espero na sexta às 10:00 horas, você é a Clary pode irem juntos.

Raphael falou e saiu depressão sem dar chance para Simon recusar o convite.

Simon ficou parado vendo Raphael se retirar e ficou pensando porque diabos ele se arrepiou ao sentir a respiração de Raphael.

- "Simon"

Simon é retirado de seus pensamentos quando a voz de Clary o chama.

Simon foi em direção amiga ainda meio pálido pelo susto que tomou com a palavras de Raphael.

- Aí oque vocês tanto falavam em Simon ? Clary perguntou curiosa.


- Ele me convidou pra festa que ele vai dar, e disse que eu podia ir com você. Simon tentou não parecer nervoso.

- ótimo, você tá precisando relaxar mesmo, tá parecendo meio​ nervoso.

- E...eu.. eu nervoso, i... imagina, eu só ...eu so... Hum tá muito quente aqui.

- Oque e isso Simon, você tá um pilha de nervosos, você tá legal ?.Clary disse colocando a mão sobre a testa do garoto.

- Que isso Clary, eu ótimo vem vamos entrar.

- Tá legal, eiii você não disse se vai mesmo. Clary disse questionando o garoto.

- Não sei não, Clary talvez seja melhor eu não ir.

- A não, nem vem com essa conversa, nós vamos e não se fala mais nisso.

- Tá, tá legal talvez seja bom mesmo eu me distrair um pouco.

- Talvez não, eu tenho certeza que você precisa se distrair , e nos vamos juntos como Raphael sugeriu.

- por falar nisso oque você achou do Raphael ?. Clary disse enquanto caminhava pelos corredores da faculdade.


Simon parou e pensou um momento antes de responde

- Eu...eu achei ele um cara bem legal. (E muito bonito pensou ele)

- E ele é mesmo, só não vai se apaixonar Simon. Disse Clary apenas pra descontrair.

- Q...oque ?... Eu não sou gay não tá !

- Eu sei só estou descontraindo um pouco Simon, vem vamos estamos atrasados.

********

Raphael saiu e deixou Simon perdido em pensamentos, o rapaz ficou satisfeito pois percebeu o nervosismo do garoto

Raphael passou aquelas primeiras aulas da manhã do curso de administração concentrado e deixou pra pensar sobre o "assunto" na hora do almoço.

Quando deu a hora do almoço ele encontrou Magnus, Alec é jace juntos na praça de alimentação.

- Ei aí fala galera, vocês não vão acreditar.

- Oque foi ele já se apaixonou ?. Falou Alec debochadamente

- Aí ai você é sempre tão gentil Alec !. Disse Raphael com o mesmo tom de deboche de Alec.

- Fala logo Santiago. Retrucou Magnus meio sem paciência. 


 - Eu já tive meu primeiro contato com minha preza. Raphael disse como se já tivesse ganho aquela aposta.

- E como foi isso ?. Perguntou Alec.

- Ah, eu tive uma ajudinha do seu irmão. Raphael deu de ombros.

- Oque foi que você fez jace ?.Perguntou Alec incrédulo.

- Nem me olha assim Alec, eu não fiz nada demais. Jace se defendeu.

- Relaxa Alec o jace só esbarrou nele e eu estava perto e fui ajudar.

- Aí minha nossa, vocês não prestam. Alec disse abraçando Magnus pelos ombros.

- Do que você tá falando Alec, você tá ajudando o seu namorado a organizar a festa onde o Simon vai cair de amores por min. Disse o rapaz apontando para Alec.

- Mais meu namorado so esta me ajudando porque eu pedi, não é meu amor ?. Magnus disse e deu um beijo apaixonado em Alec.

- Claro meu amor, oque eu não faço por você, e também tenho a impressão de que não vai ser do jeito que o Raphael imagina.


- Que dizer então que o nome dele é Simon. Disse Magnus ainda agarrado com Alec.

- E e essa nem e a melhor parte, você sabe que já é amiguinha dele ?. Questionou Raphael.

- Quem ?. jace perguntou com uma curiosidade aparente

- A minha ruivinha favorita !

- Oque ? Oque aquele quatro olhos quer com a Clary.

- Calma aí o garanhão, até onde eu sei ela não é sua propriedade. Indagou Magnus com um sorrisinho.

- Mais ela logo, logo vai ser. Exclamou jace meio irritado.

- Tá bom já chega !!! Magnus já conseguiu alguma coisa ?. Perguntou Raphael curioso.

- Você vai ficar surpreso com oque eu já conseguiu, liguei hoje mais cedo pro hotel Dumont e eles não tem nada marcado para sexta. Revelou Magnus entusiasmado.

- E e eles disponibilizam buffet, decoração e tudo mais. Explicou Alec.

- Isso tudo aí não vai sair caro Raphael. Perguntou jace.

- Você sabe que dinheiro não é problema jace. Respondeu Raphael.


- Olha lá quem tá chegando. Raphael disse apontando para trás de jace, que se virou para olhar quem era e no instante em que viu Simon é Clary conversando de um jeito bem descontraido, o sangue do loiro ferveu.

- Por que ela não aceita sair comigo mais com aquele idiota, ela parece tão descontraida ?. Falou jace visivelmente irritado com aquilo.

- Talvez porque até agora ele não tentou beijar ela. Alec disse tentando acalmar o irmão.

- Não se preocupa jace, logo logo a boca do Simon vai estar ocupada com a minha. Raphael falou e piscou para Simon que o olhava de longe.

- Olha pra que nunca ficou com um outro cara, você tá bem animado Raphael. Magnus falou arqueando a sobrancelha.

- Não custa nada tentar coisas novas, e acho que essa experiência pode ser bem interessante.

- Pode apostar que vai ser, digo por experiência próprio. Alec comentou olhando para Magnus, que o beijou.


- olha lá Clary quem tá ali, não é o Raphael ?. Simon falou para Clary, que olho na direção do mesmo é apenas foi sentar em uma mesa mais afastada.

- Você não vai falar com ele ?. Simon perguntou confuso pela reação da ruiva.

- Eu até iria mais ele tá com aquele babaca do jace, o garoto que te derrubou.

- Oque aconteceu em ?. Simon pergunta e senta ao lado de Clary.

- Ah eu só não quero ficar perto daquele babaca do jace.

- Clary me fala oque aconteceu ?

- Ta legal, uma vez ele me chamo pra sair... Então eu aceitei, ele me levo em um restaurante, nos conversamos e rimos tava tudo perfeito. Clary suspirou.

- Derepente eu quis ir ao banheiro apenas para retocar minha maquiagem, quando eu voltei eu encontrei ele abraçado com uma morena, eles pareciam bem íntimos.

- E oque você fez ?. Simon perguntou com caltela pois percebeu que Clary ainda gostava de jace, só estava magoada.

- Juntei o resto da minha dignidade e sai correndo daquele lugar.


No momento em que Clary terminou de falar os olhos da ruiva já estavam úmidos e a ponta de seu nariz está vermelha indicando que ela queria chorar.

- Ei...ei ei calma não precisa ficar assim. Simon dizia enquanto apertava Clary em seus braços para confortala.

- Eu tenho certeza de que tem uma explicação para o que ele fez. Simon beijou o topo da cabeça de Clary.

- E outra, eu tenho certeza de que ele não é o único cara gato afim de você.

- Você acha o jace gato Simon ?. Clary pergunta e levanta o olhar para olhar para Simon.

- Você entendeu oque eu que dizer. Simon falou em um tom divertido, fazendo a ruiva dar um sorriso.

- E olha so... tem um cara te encarando deste que você chegou aqui. Simon falou e apontou com um aceno com a cabeça para trás de Clary.

- Quem ?. Clary perguntou e olhou para trás, e sorriu quando viu Sebastian sorrindo pra ele.


- Se prepara Clary ele tá vindo pra cá. Simon falou e voltou seu rosto para sua comida em sua frente.

- Oi Clary, como é que vai ?. Sebastian falou assim que chegou na mesa de Clary.

- Oi Sebastian, eu vou bem, e você como tá o curso de medicina ?.Clary falou sorridente para Sebastian.

Sebastian era muito bonito, tinha cabelo platinado que faziam contraste com os seus olhos azuis como o oceano e sua pele branca destacava os seus belos olhos, Sebastian era bem mais alto, e mais músculo do que Simon oque fazia o garoto ficar um pouco intimidado com sua presença.

- Tá tudo ótimo, e com tantos novatos bonitos por aí fica ainda melhor. Sebastian disse olhando fixamente para Simon, que não percebeu pois ainda não tinha levantado o rosto para olhar para sabastian

Clary apenas ficou de boca aberta com o comentário de Sebastian.

- E então Clary, não vai me apresentar o seu amigo bonitão aí não. As palavras de Sebastian eram afiadas como navalhas.


Simon engoliu seco e apenas levantou a cabeça para encarar Sebastian que tinha se sentado sem ao menos ser convidado, ao lado de Simon.

- C... claro claro esse e o...Simon. Clary disse ainda em transe.

Sebastian nem ao menos olhou para Clary, seus olhos estavam sobre aquele garoto de estatura mediana e com olhos castanhos e cabelos perfeitamente bagunçado.

- Prazer, Sebastian Verlac. Simon demorou um pouco pra responder mais enfim consegui dizer alguma coisa.

- S... Simon... Simon Lewis. O garoto respondeu e estendeu a mão para Sebastian, que a segurou com firmesa e depositou um beijo,

Simon se assustou com oque o rapaz fez e puxou sua mão sem jeito, não conseguia mais olhar para Sebastian.

- Bom Clary tenho que ir agora, foi um "prazer" conversar com vocês. Sebastian falou a última parte olhando para Simon que corou.

Sebastian ficou satisfeito com a reação visivelmente envergonhada do garoto e saiu, mais antes de se retirar falou.





Notas Finais


Então...... A capa do capítulo anterior era pra ser desse mais eu me confundi.

Lembrando que essa fic e tipo um panela de água no fogo
Começa fera e com o tempo ela vai ferver horrores KKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...