História Do crime... Para o amor. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Canaxbacchus, Gravidez, Gruvia, Jerza, Mavisxzeref, Miraxus, Nalu
Exibições 805
Palavras 1.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vou postar logo o terceiro e último cap. de hoje, antes que me matem para saber que aconteceu com a Lucy... ><
Então.. boa leitura!!!

Capítulo 9 - Você só pode estar errado...


Fanfic / Fanfiction Do crime... Para o amor. - Capítulo 9 - Você só pode estar errado...

Eu fui correndo até o quarto e todos seguiram. Cheguei lá, Lucy estava estirada no chão... Primeira coisa fiz fui checar a respiração e a pulsação... Então avisei a todos e fui tirar minhas dúvidas com a Wendy. Enquanto colocava a Lucy na cama, novamente.

Natsu:

-Não foi nada! Ela só desmaiou. Wendy... Nunca mais me assuste assim! Achei que Sting pudesse ter invadido aqui... Bem não importa... Obrigado por ter avisado. Agora me diga... Ela falou algo antes de desmaiar?

Wendy:

-Sim. Foi assim... Ela acordou e me viu sentada na cama do lado dela. Daí ela perguntou onde você tava.. E eu expliquei que aconteceu... Daí ela falou que ia atrás de você. Foi quando ela levantou, cambaleou e se sentou de novo... E disse: "Que engraçado... Estou tonta, com sono, enjoada e com a visão turva, sem ter bebido nada alcoólico... Wendy... chama o Natsu pra mim? Vou pedi pra irmos embora... Só vou no banheiro antes." E daí foi que levantou de novo e caiu... Eu... Eu... pensei que ela tinha morrido... (chorava muito)

Gray:

-Filha... vem cá. (pega no colo)

Natsu:

-Tudo bem Wendy. Não se preocupe... A titia Lucy ficará bem. Assim que ela acordar, levarei ela a um hospital que atenda 24 horas.

Wendy:

-Tá...

Júvia:

-Natsu.. Não quero afirmar nada... mas a Lucy não pode estar grávida?

Natsu:

-NÃO! Não... Seria... impossível... Bem... que seja. Vocês que estavam indo embora, podem indo... Amanhã eu digo que aconteceu.

Júvia:

-Tá... Depois de tudo...até eu estou me sentindo meio... abatida.. Vamos Gray...

Gray:

-Qualquer coisa liga meu. Agora eu que vou cuidar da minha família.

Mira:

-Natsu... Pode ficar quanto tempo precisar... Sabe que o caso envolve a prima do Laxus e também por ser a namorada de meu amigo, então não se preocupe.

Laxus:

-Eu vou contigo até o hospital depois. Quero saber que está acontecendo... Pessoalmente.

Elfman:

-Eu vou indo com a Cana e com a Evergreen. Falou. Depois dê notícias.

Erza:

-Jellal.. Dá pra gente esperar até a Lucy acordar?

Jellal:

-Até daria.. Mas com você nesse estado... É melhor voltarmos, antes que comece vomitar em tudo.

Erza:

-Tem razão... Natsu.. Liga pra nós assim que tiver notícias.. Por favor...

Jellal:

-Caso o celular da Erza não pegue. Liga pra mim. Falou.

Foi assim que todos se foram... A Lucy tinha acordado, mas, estava  com tanto sono que parecia estar cochilando, no carro a caminho do hospital. No fim, além de Laxus, Mirajane foi junto. Coloquei as duas atrás.. e sacolas caso ambas vomitassem... Laxus ia conversando comigo na frente. Chegando no hospital... eu enganchei meu braço pela cintura de Lucy e ela o braço pelo meu ombro... Laxus e Mira vinham atrás de mãos dadas. Fui até a recepção e contei o ocorrido... Até que foram breves pra chamar. Na sala de atendimento, entraram só eu e Lucy. Fizeram alguns exames... Ela parecia não ter se machucado com a queda, quando desmaiou... Mas nos chamaram novamente pra falar o porque deste.

Doutor:

-Então... Vocês nem desconfiam o que pode ser?

Natsu:

-Não...

Lucy:

-Talvez... Ultimamente eu tenho andado um pouco anêmica... pode ser isso?

Doutor:

-Com certeza, foi uma das razões... Como posso dizer. Você tem algo que tem susceptibilidade a picos anêmicos... Quero falar é que... Parabéns. Você está grávida.

Lucy:

-NÃO!!!!!!!

Natsu:

-Doutor... Desculpa-me ser rude. Mas o senhor só pode estar errado... Não tem como... teoricamente ela ainda é virgem.

Doutor:

-Olha...sinto muito se não foi programado... Ou se fizeram apenas uma vez... Vocês não devem ter se protegido decentemente. Mas não há erros no exame. você está grávida.

Lucy:

-Não... não pode... eu... eu nunca... única vez que aconteceu algo... eu não concordei... então.. eu nunca fiz.

Doutor:

-Espera... Vocês querem afirmar que a senhorita foi estuprada anteriormente? Desculpa ser tão direto. Mas isso muda tudo.  Até as leis... Se você realmente foi violentada. E tiver como comprovar com alguma queixa na polícia... Podemos realizar o aborto, se desejar.

Natsu:

-Uou... Espera aí... está afirmando que... só aquela vez... aconteceu isso? Caramba... Não sei como reagir. Só sinto uma vontade de ir atrás daqueles três e matar um a um.  (disse com uma voz fria)

Lucy:
-Eu... eu... não sei... Mas... doutor... Natsu... Eu... estou... assustada... Eu não estou pronta pra ser mãe... solteira ainda por cima... Mas... Mas... Eu não concordo em abortar.

Doutor:

-Seus comportamentos estão correspondentes ao fato... Se a senhora quiser pensar melhor antes de tomar uma decisão...

Lucy:

-Eu... Já decidi. Eles são criminosos... Mas eu não consigo ser... eu não posso matar um bebê. Mesmo que não estivesse preparada pra isso... não posso. Deem licença... Preciso ficar um pouco sozinha. (pensou um pouco sozinha na sala e saiu logo) Já está tudo resolvido. Eu vou embora.

Doutor:

-Tudo bem... Boa sorte.

Lucy:

-Obrigada.

Lucy saiu batendo a porta do consultório.. Eu não saberia dizer se ela estava triste, feliz ou com raiva.. Ou quem sabe, tudo junto... Ela saiu caminhando, ignorou a mim que fui deixado pra trás... Ao primo e a Mira. Parou no pátio do hospital, olhou pro céu, gritou um único berro... se agachou e começou a chorar... Mas com "aquela aura" saindo dela... Não sabíamos se tínhamos o direito de se aproximar.

Mira:

-Afinal... Que aconteceu?

Laxus:

-Lucy está doente?

Natsu:

-Pior... Ela está grávida. E não é de mim...

Mira:

-Quer dizer que... que horror... coitada...

Laxus:

-Eu vou matar aqueles três! E depois farei um ensopado de Sting! Arg! Ela vai tirar esse monstro dela, não vai?!

Natsu:

-Não... Ela disse que nunca mataria um bebê. Que os crimes deles não tem nada a ver com o inocente.

Mira:

-Pior é imaginar estar nessa situação... Eu também não tiraria... Mesmo que este bebê tenha mãe solteira. E que parta de um relacionamento forçado e machucado. Ele não tem culpa. Mas e agora?

Natsu:

-Vou levá-la pra casa. Boa noite Mira e Laxus. Obrigado por nos esperarem.

Mira:

-Foi nada. Bye bye.

Laxus:

-Cuide bem da minha priminha... Segunda nós conversamos melhor. E caso aconteça algo até lá... me ligue.

Natsu:

-Pode deixar. Agora estou indo. Tchau.

Mira:

-Diz pra ela que mandamos beijos.

Natsu:

-Digo...

Então fui até a Lucy, coloquei a mão na cabeça dela... A qual me olhou, com olhos vermelhos, inchados e ainda com lágrimas e falei..

 -Levanta... Vou te levar pra casa. Lá conversamos.

Lucy:

-...Tá... 


Notas Finais


E aí? Quem apostou que ela estava grávida... acertaram.
Agora já pensaram... tudo que essa "criança" pode gerar na vida desse jovem casal injustiçado???
A desgraça voltou... T-T
Próximo cap. só amanhã... ><
Beijos lindinhos... :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...