História Do crime... Para o amor. - Capítulo 92


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Canaxbacchus, Gravidez, Gruvia, Jerza, Mavisxzeref, Miraxus, Nalu
Exibições 132
Palavras 1.521
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eu sei que já passou da meia noite. E que vocês agora querem me matar por que atrasei dois caps de hoje. Desculpa Minna!! Enfim, estou postando segundo cap. de sábado. Espero que gostem. Boa leitura!!

Capítulo 92 - A partida...


Fanfic / Fanfiction Do crime... Para o amor. - Capítulo 92 - A partida...

*Três dias depois*

Misa:

-Vovô!! (Entra correndo no quarto e abraça)

Igneel:

-Oi querida. (Abraça a pequena, então ela meio que se deita na maca e fica metade do corpo em cima do peitoral do avô)

Lucy:

-Oi Igneel. (Sorriu)

Igneel:

-Oi Lucy. Oi Tsuna. (Ele sorri tímido e se esconde nos cabelos loiros da mãe) Cadê o Natsu?

Lucy:

-Trabalhando. Mais tarde ele disse que vem te buscar.

Igneel:

-Até que enfim vou ganhar alta.

Zeref:

-Filha, vem cá... Teu avô não pode ficar com peso em cima dele.

Mavis:

-Não! Vovô... (Olhou manhosa pro avô que fez carinho em sua cabeça)

Igneel:

-Tudo bem... ela não está machucando... (Ela sorriu e voltou a se deitar nele)

Zeref:

-Tu que sabe...

Lucy:

-É... mas os médicos disseram pra ti não ficar sozinho. Então o Natsu achou melhor te levar pra nossa casa por uns tempos.

Igneel:

-Nem pensar! Eu vou pra minha mansão e ponto final! (Disse sério... meio brabo... Que fez Lucy se arrepiar com medo de contrariar)

Lucy:

-Mas... As... ordens... (Tentava contradizê-lo, mas a voz saía trêmula)—

Igneel:

—EU JÁ DISSE QUE VOU PRA MINHA CASA! (Falou claro, alto, grave e firme. Ninguém o faria mudar de opinião)

Misa:

-Vovô...? (Perguntou preocupada ao escutar seu coração acelerar)

Zeref:

-Pai! Não berra com a Lucy! Ela só está repetindo o que o doutor e o Natsu disseram. E tu está proibido de se estressar! Tu ouviu que os médicos falaram do seu coração... Tu não tem mais 30 anos.

Igneel:

-Huf...~ Quem diria, que eu viveria tempo o bastante pra depender e escutar sermão de filho meu.

*Algumas horas depois*

Lucy estava dormindo na poltrona reclinável, com Tsuna em seu colo brincando com seu mordedor em formato de carrinho. Na maca estava a Misa, também dormindo, junto com o Igneel. Único acordado era Zeref... Que estava sentado em uma cadeira comum... olhando as notícias que passavam na Tv no centro do quarto. Natsu então abriu a porta e foi direto falar com Zeref. Tsuna começou a se movimentar demais, querendo colo... Conseguiu descer meio engatinhando pelas pernas de Lucy e Natsu o pegou. Então começou a conversar baixinho com Zeref, enquanto fazia carinho na cabeça do filho.

Natsu:

-Então... Ele vai ganhar alta ainda hoje...?

Zeref:

-Parece que eles só estão esperando os resultados de uns exames que ele fez hoje a tarde...

Natsu:

-Entendo. Tu já comprou as passagens pra voltar pra New York?

Zeref:

-É... comprei...

Natsu:

-Pra quando?

Zeref:

-Hoje...

Natsu:

-(Natsu arregalou os olhos e encarou o relógio no seu pulso) Mas já são 20 horas! (Tentou não gritar, mas saiu meio alto)

Zeref:

-Eu sei... Eu queria esperar o pai voltar pra casa... Mas... não dá mais tempo. Estava te esperando chegar pra falar. Durante o dia... Eu fui na sua casa e já arrumei a mala da Misa. A minha está aqui também... Então vou direto daqui, pro aeroporto.

Natsu:

-Que horas sai teu voo?

Zeref:

-As 23 horas. Mas, disseram pra eu chegar duas horas adiantado.

Natsu:

-Tu só tem uma hora pra sair daqui e chegar lá.

Zeref:

-Dará tempo... (Falava bem tranquilo)

Natsu estava ficando nervoso com tanta tranquilidade no Zeref. Então ele teve uma ideia. Mas requisitaria acordar a todos. Ele contou a ideia... Zeref aceitou.

Natsu:

-Lu, Lu. Acorda...!

Lucy:

-Hum... Que foi...? Ah... tu chegou... (Sorri cansada)

Natsu:

-Vai se despedindo do Zeref. Vou levar ele no aeroporto agora. Fica com o pai e com o Tsuna por um tempinho.

Tsuna:

-Papa! (Tentou soltar, mas o menino não queria soltar)

Natsu:

-Esquece... tem espaço... vou levar ele junto. Já voltamos.

Lucy:

-Tu não conseguiu mudar o dia da passagem então? (perguntou já mais ligada no mundo)

Zeref:

-Não... Mas também... não tem por que esperar mais. O pai logo, logo estará em casa. E Mavis já deve estar entrando em depressão a essa altura... (Fala meio rindo)

Lucy:

-(ri um pouco também) Eu imagino... kk Boa viagem. (Levanta e abraça o cunhado)

Zeref:

-Obrigado. (Solta-se do abraço em seguida).

Natsu:

-Pai... (Mal chama e Igneel já acorda) É o seguinte... eu venho pra te buscar quando tiver alta. Mas agora, vou levar o Zeref e a Misa para o aeroporto. Tá?

Igneel:

-Claro. Eu entendo. (Zeref se aproxima e ele abraça meio desajeitado) Se cuidem. E boa viagem... (Saiu do abraço e apertou a pequena que despertou) Tchau Misaki... Vovô sentirá saudade.

Misa:

-Papai... Nós... já... vamos...? (Esfregava os olhinhos com sono)

Zeref:

-Vamos sim...

Misa:

-(Ela se sentou olhou fundo nos olhos do avô) Te amo vovô... (Abraça apertado o avô, que lhe retribui o afeto)

Igneel:

-Também te amo pequena. Agora vai... Ou vão se atrasar.

Misa:

-...tá... bye bye...

Zeref a tira da cama e pega em uma de suas mãos. Eles deram mais um tchau geral... Pegaram as malas e desceram para o estacionamento, onde estava o carro. Na saída do quarto... Misa ficou olhando pra trás e abanando para Igneel. Ele abanava pra ela. No aeroporto meia hora depois... Zeref fez o check in e ficou por um tempo no saguão ainda... conversando com o Natsu. Só que meio que inverteu os papéis. Tsuna foi no colo de Zeref e não queria largá-lo mais. E Misa, de mesmo modo, no colo de Natsu... Eles se olharam e começaram a rir baixinho.

Zeref:

-Vai Tsuna.

Tsuna:

-Nã!

Natsu:

-Misa... Vai com teu pai.

Misa:

-Não! Queo titio.

Zeref:

-(Desistiram por um tempo e trocaram de assunto) Natsu... Lembra quando tu era pequeno... e eu era maior um pouco... tu vivia agarrado em mim... Assim como o Tsuna nesse momento. Vocês dois são muito parecidos... Só muda a cor do cabelo e dos olhos. Ele é teimoso igual a ti. kk

Natsu:

-Já no caso da Misa... Vejo muito a Mavis nela... Porém, de cabelo preto... E mais tímida... porém... Quando gosta de alguém... não solta... Igual a ti. kk

Zeref:

-Pensando no passado... Nós dois já brigamos demais... Quase nos matamos uma vez... E nem lembro o porquê. No entanto... eu sempre gostei de ti e de ficar contigo... de cuidar...

Natsu:

-Nossa... Eu lembro que no início nós éramos muito colados... Depois... começamos a brigar por tudo... Eu tinha medo de você... mas quando cresci... e o pouco tempo que fiquei contigo no exterior... Eu era adolescente... era mais forte... e esquentado... Lembro que mesmo apanhando de ti... Sempre gostava de te provocar... era divertido até. Tu... pensando bem... Sempre foi legal comigo. Nós perdemos muito tempo separados...

Zeref:

-Verdade... Mas... Agora isso já eras... E de tempos em tempos... Eu exijo que tu, a Lucy, o Tsuna e o pai, venham nos visitar. Entendeu?!

Natsu:

-Kkkkkkkk. Sim senhor! kkkkkkkk

*Nos auto falantes a aeromoça avisava*

-"Última chamada para entrar na sala embarque e desembarque dos passageiros do voo 137 para Nova Iorque." (Começou a repetir o aviso em outras três línguas)

Zeref:

-Temos mesmo que ir agora Misa. Dá tchau pro seu tio e primo. (Falou sério... ela ficou triste mas obedeceu)

Misa:

-Bye bye... Titio... (Abraçou forte o pescoço do Natsu e ele suas costas pequenas...)

Natsu:

-Tchau linda. (Então a largou na chão) Vem Tsuna. Eles têm que ir agora. (Falou sério também e o pequeno obedeceu, passou a sua mãozinha no rosto do tio e se virou pro pai e estendeu os braços, Natsu o pegou) Tchau mano. Boa viagem.

Abraçou breve Zeref. Que passou a mão no cabelo de Tsuna... Se virou... colocou Misa nos sobre seus ombros, como ela pediu... Pegou a mochila de "mão" do chão e colocou nas costas e entrou no salão de embarque e desembarque. Tsuna ficou abanando... Logo eles sumiram de vista... Natsu foi até o vidro e mostrou alguns aviões decolando e pousando... outros estacionados... Para o Tsuna. Esse sorria bastante e apontava também... Passado 10 minutos... Natsu foi embora dali... A caminho do hospital novamente... Lucy havia ligado dizendo que ele tinha ganho alta... Fazia 5 minutos... E que ele insiste que não iria pra outra casa, que não fosse sua mansão... Natsu dirigia pensando num modo de convencer ou Lucy, passar umas noites na mansão... Ou dele ficar sozinho na mansão com seu pai e ela em casa... Ou de convencer seu pai de ir pra sua casa... Natsu olhava as ruas... e nada se esclarecia... cada sinaleira ele ficava mais confuso de que faria com ambos... Numa que parou ele olhou pra trás... Enquanto via seu filho dar gargalhadas gostosas ao andar de carro, enquanto brincava de apertar o dinossauro azul que tinha apito dentro... Natsu sorriu vendo a cena...O sinal de vermelho passo pra verde... ele voltou a olhar pra frente, só que agora sorrindo. E decidiu... "Foda-se. Um deles vai ter que ceder... Nem vou me esquentar com quem será." E continuou dirigindo até o hospital... sorrindo e cantando. Bem feliz.

Natsu:

-Filho... Que importa é que está todo mundo bem e saudável agora. Né? kkkk

Tsuna:

-Kkkkkkkkkkk Papá! Fiu~ Fiu fiu~~ Fiu fiu fiu fiu~~~ Kkkkkkkk (Ria bastante do barulho do apito)

Natsu:

-Kkkkkkkk Que bom que concorda com seu pai aqui. Kkkkkkkk

 


Notas Finais


Curtiram?? Deixem comentários!! Beijos minna!! Até o próximo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...