História Do Not Say That I Love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 11
Palavras 548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Estupro, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um cap!! Adoro muito escrever essa fanfic....
Boa Leitura!

Capítulo 5 - Sozinhos, e suspeitas!


Acordei.... Espera... Porque o despertador não tocou?! AI MEU DEUS! SERÁ QUE ME PERDI O HORARIO?

Levantei correndo da cama, e fui até minha escrivaninha pegar meu celular que estava carregando. Peguei ele e olhei...

- UFA... - Dei um suspiro. Tinha me esquecido completamente que ontem era sexta.. Acho que foi por causa do trabalho...

Fui ao banheiro fiz minhas higienes, coloquei uma blusa de alças branca com um short saia rosa.

Desci as escadas, e só avistei Vini e Hick tomando café... Mas de sábado elas não trabalham... O que aconteceu?

- Onde está minha mãe e a tia Lena? - perguntei me sentando.

Hick - Ela deixou um bilhete, leia você mesma. - ela me entregou um papelzinho, nossa! Que grosso! Não era só me dizer?

Sem mais espera abri o papel, e comecei a ler.

" Queridos Melissa, Vini e Hick.

Estou aqui para avisa-los que, não estamos em casa, nem eu nem Lena, vocês já devem ter percebido. Isso porque tivemos que viajar a trabalho, para Paris. 

Só voltaremos Terça-Feira. Por favor, tomem conta uns dos outros! Beijos e se cuidem!

Até terça! 

Lena e Katarina"

Sério? Vou ter que ficar sozinha em casa com essas duas crias? OK... Pela sua mãe Melissa... Pela sua mãe...

Fechei o papelzinho, e tomei café.

Estávamos eu e Vini sentados no sofá, ele vendo Netiflix ( pq era a unica coisa que tinha, e que  prestava para assistir) e eu escrevendo minhas fanfics no celular ( você já deve saber em que aplicativo, né? :3)

Até que do além brota o Hick, pegando as chaves que estavam penduradas, dizendo:

Hick - Vou sair. - Eu como perfeita curiosa que eu sou, lógico que perguntei onde ele ia.

- Onde você vai? 

Hick - Não tem enteressa. - Grosso - Mas não vou vir muito cedo. - Opaaa! Não vai vir muito cedo? Acho que até sei o que ele vai fazer.

Depois que ele saiu, cutuquei o Vini.

- Vini, acho que já sei o que ele pode ter ido fazer.

Vini - Acho que também sei. 

- Ele provavelmente conseguiu enganar mas uma menina inocente, que depois vai simplesmente jogar fora. Acertei?

Vini - Sim... Também estava pensando nisso... Mas também estava pensando em como essa menina vai sofrer. - Vini carinhoso como sempre. Como estava meio tenso, e logo disse.

- Se é que é uma menina...

Vini -MELISSA! - Disse ele atacando uma almofada na minha cara - Você acha que, do jeito que ele é, é possivel que ele se interesse por um garoto?!

- Sempre tem a possibilidade.

Vini - Só você pensa assim, né Melissa?

- Lógico! Afinal, eu desenho Mangá! Sempre tenho que fazer com que os leitores pensem em várias possibilidades na história, ai acabo tendo que pensar dessa forma! - Ele apenas fez um gesto de não com a cabeça.

A tarde foi normal, e finalmente chega a noite, assim também como chega a hora de ir deitar. E realmente como o Hick mesmo disse, ele chegou super tarde. Pois, quando ouvi o barulho da porta se abrindo, era umas duas, quase três da manhã, por que levantei para ir a cozinha beber água, e até me encontrei com ele.... Acabei vendo a hora no relógio... 

Será mesmo que ele está com mais uma menina, e vai engana-lá como fez com as outras? Não sei....




Se é que é uma garota... Né...?

Ta bom, parei!


Notas Finais


Hahhaha! Foi isso!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...