História Do odio para o amor - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Exibições 219
Palavras 3.135
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ola de novo ;p ...Como falei,aqui mais um cap e ah...parece que temos uma aniversariante hoje eee o/
Feliz aniversarioo Leashy_Loo ;p ...muitas felicidades e que seus desejos se realizem -q...E como presente,te regalo esse cap ;) kkkk

Capítulo 42 - Ataque de pânico.


Fanfic / Fanfiction Do odio para o amor - Capítulo 42 - Ataque de pânico.

POV de Lauren

 

O que estava na minha cabeça no momento?Cama.Minha Cama.E onde eu estava?A pouco passos de chegar nela.

 As meninas disseram que iam para a sala de estúdio,pois tinham horários para ensaiar a musica para o trabalho delas de instrumento.Eu claro,como não tinha nada,a não ser minha vontade de dormi,fui para o meu quarto,rezando que não tenha ninguém e que eu possa enfim capotar.

 Dormi.Acho que foram horas e horas,pois quando alguém me acordou,estava escuro.Tento ver,mas parecia que nem a lua estava iluminando o quarto hoje.Me sento na cama,com os olhos meio fechados ainda.Ué,não tem ninguém aqui,quem sera que me acordo?

 Então ouço um barulho,me dando um susto.Vou ate minha mala e pego minha chapinha.Vou ate a porta devagar.Quando acendo a luz,grito,grito muito,fazendo a outra gritar também.

“Por que você esta com essa chapinha na mão?”Camila pergunta me olhando assustada.

“Por que você esta fazendo tanto barulho?”Peço,ainda apertando a chapinha em minha mão.

“Por que você não responde uma pergunta minha sem que faça outra?”

“Por que diabos estamos discutindo isso?”

“Por que você não esta me beijando agora?”Ela fica bem perto de mim agora.

“O que?”Abaixo a mão que continha a chapinha,a olhando confusa.

“Por que você não esta me beijando agora?”Ela pedi outra vez,agora tocando meu rosto,fazendo meu corpo todo ficar relaxado com o seu toque.

“Você esta bêbada?”Peço confusa,o que a fez rir.

“Vamos ficar nas perguntas?”Ela pedi,acariciando meu rosto,fazendo meu coração saltar uma batida.

“Camila...”Ela coloca seu dedo em meus lábios,fazendo eu ficar quieta.Ela me olhava com tanta luxuria..e carinho.

“Só me beija.”Ela diz e então sinto seus lábios nos meus.

 Meu coração estava louco aqui dentro.Ainda mais quando ela aprofundo o beijo e me fez soltar um gemido.Eu a correspondi,puxando ela pela cintura,colocando nossos corpos.Ela enrolou seus braços em meu pescoço e pulou em meu colo,fazendo eu ter que me equilibrar para poder segura-la.O que me fez dar passos para trás,encostando em minha cama.Então me viro,deitando ela em minha cama,desconectando nossos lábios e a olhando.Ela me encarava com tanto amor,como se tudo o que aconteceu era mentira e ainda estávamos assim.Juntas.

“Eu quero você Lauren.”Ela sussurra,acariciando minha bochecha”Eu quero você em mim.”A beijo com todo meu ser.

 Ela arranhava minha nuca,enquanto descia meus beijos para seu pescoço,ouvindo seus suspiros,sendo como notas musicais para mim.Minhas mãos passavam por todo seu corpo,como se estivesse tocando em uma obra prima,o que para mim ela era.Levo meu olhar pra ela e via tanto amor ali,que sabia que em meus olhos estavam passando o mesmo.Ela sorri,me puxando para mais um beijo.E esse beijo foi como se apaixonar por ela mais uma vez.

 Ela vira nossas posições,sentando em minha cintura.Seus olhos nunca deixaram o meu,assim como seu sorriso.Ela tira a camisa,jogando ela para o lado e lambendo os lábios assim que ela se abaixa,juntando seus lábios nos meus mais uma vez.Minhas mãos criaram vidas,tocando aquela pele latina,descendo para a escultura mais linda que ninguém jamais iria criar uma igual.Sua bunda.Aperto com gosto,fazendo ela gemer em minha boca.Então sinto uma de suas mãos pegando a minha e passando em seu corpo,ate parar em seu peito,me fazendo toca-los.Ela havia ido para atrás um pouco,me olhando,e assim que eu apertei eles,vi ela fechar os olhos,me fazendo soltar um gemido com essa cena.

 Troco de posição outra vez,me deitando nela,não soltando todo meu peso.Beijo sua bochecha,seu nariz,sua boca,chupando seus lábios.Sua mão estava em minha camisa.Recebendo seu sinal,me ergo,levantando a camisa,a jogando para o lado também.Ela mordia os lábios,me olhando com luxuria.Então encosto nossos peitos,dando um atrito que fez nós duas gemer.Volto a beija-la,só que agora no pescoço,dando chupões que com certeza ficariam marcas.Vou descendo mais ainda meus beijos,passando por sua clavícula e indo para abertura de seus seios.Levo meu olhar pra ela,que estava mordendo os lábios,me olhando.Vou em um de seus seios,dando um beijo por cima do sutiã,enquanto com a outra mão,apertava o outro seio.Levo meu olhar pra ela outra vez,vendo ela com a cabeça inclinada para trás.Volto a descer meus beijos para sua barriga,enquanto minha mão ainda acariciava seu seio.Ela olha pra mim assim que cheguei em seu umbigo.Ela acena a com a cabeça e eu desabotoo sua calça,o que fez ela ergue o corpo,me dando facilidade para tirar sua calça,a jogando pro lado assim como as camisas.

 Vou para cima outra vez,beijando seus lábios,enquanto ela me abraçava,fazendo nosso corpo se apertar um no outro.Arrasto minha perna para o meio da suas e ao encostar meu joelho em sua intimidade,ela solta um som que foram notas para mim,a nota mais linda que eu já havia ouvido.A olho com carinho e quando ela abre os olhos,encontrando com o meu outra vez,vi amor,puro amor,que me fez soltar as palavras que estavam presas em mim.

“Eu te amo.”Sussurro,sentindo meu coração fraquejar quando ela sorriu da maneira mais fofa que eu já vi.

“Eu também te amo Lauren.”Ela diz,mas antes que eu possa ficar feliz por tais palavras,vejo que tinha algo errado.Essa não é a voz dela.Então Camila começou a sumir e eu comecei a me desesperar”Lauren acorda sua loca.”

 Levanto num pulo,dando de cara com Vero que ria de mim.Olho para os lados e só havia ela.Me jogo na cama,tampando minha cara.

“Se eu fosse você também tampava,você parecia estar tendo um sonho hot.”Vero diz e sinto o colchão abaixar.

“Eu disse algo?”Peço,agora tirando minhas mãos da cara e olhando pra ela que continha o sorriso travesso na cara.As vezes acho que Vero nasceu com esse sorriso,pois não é possível.

“Alem de gemer e falar eu te amo.”Ela diz e então ri”Não,você não disse nada.”

“Idiota.”Pego meu travesseiro,batendo nela,que só fez ela rir mais ainda.

“Relaxa Lauren,seu segredo esta guardado comigo.”Ela pisca pra mim e eu apenas coro,agora olhando para o teto,suspirando.

 Que diabos de sonho foi esse?Tão...quente,mas também tão...Oh meu Deus!Arregalo os olhos,me sentando outra vez,o que quase fez eu trombar na Vero.

“Que isso menina,ate parece que viu um fantasma.”Ela diz me olhando assustada.

 Eu amo a Camila.Oh meu Deus,eu amo ela.

“Lauren?”Olho pra Vero,vendo ela me olhar preocupada”Você esta bem?”

“S-Sim.”Digo nervosa,sentindo minhas mãos tremerem,meu coração correr.Acho que vou ter um piri-paquê aqui.

“Hey Lauren,respire.”Vero tocava meu rosto,fazendo eu olhar em seus olhos”Respire pelo amor de Deus,você esta me assustando.”

 Senti meus olhos arderem e agora não era só minhas mãos que tremiam,meu corpo todo estava.Eu tentava respirar,mas parecia que algo estava me travando.

“Lauren,pelo amor de Deus,não vai ter um ataque de pânico agora.”Vero diz desesperada,tocando meu rosto”Hey,respira okay,estou aqui com você,estou aqui.”

“Vero..”Sinto lagrimas escorrer pelas minhas bochechas e meu coração disparar descontrolado.

“Eu to aqui.”Ela diz fazendo carinho em meu rosto,limpando as lagrimas que caiam”Eu sempre vou estar aqui Lauren,você não esta sozinha.”Ela estava chorando comigo”Faz assim,inspira e depois solta,vem comigo,vai,inspira e depois volta.”

 Começo a imitar ela,sentindo uma dor horrível no peito.Meu estomago estava embrulhado,minhas mãos ainda tremiam.Então fecho os olhos,continuando a fazer o que ela me dizia e isso foi me acalmando aos poucos.Já havia parado de chorar e agora só meu coração ainda disparava e doía.

“Estou aqui Polvilho.”Vero diz e eu acabo rindo,abrindo os olhos,vendo ela sorrir agora”Essa é minha garota.”Ela limpa meu rosto,fazendo carinho.

“Obrigada.”Digo e me jogo em seus braços,apertando forte,que fui correspondida com a mesma intensidade.

“Obrigada você por voltar a respirar.”Ela diz fazendo carinho em meus cabelos.

“O que eu perdi?”Ouço a voz de Lucy,fazendo eu olhar pra porta”Vocês estão bem?”

“Agora sim.”Digo saindo do abraço e então sinto Vero segurar minha mão,fazendo eu sorrir pra ela”Vero as vezes é um anjo.”

“Puff.”Ela diz revirando os olhos”Eu sou sempre um anjo.”

“Vocês estavam chorando?”Lucy se aproxima da gente,ficando de joelho em nossa frente,tocando nossas mãos que estavam juntas.

“Lauren que me assustou.”Vero diz me empurrando com o ombro.

“Não era minha intenção.”Digo abaixando a cabeça,sentindo meu peito aperta mais uma vez.

“De novo não Lauren.”Vero diz apertando minha mão,fazendo eu ergue a cabeça e a olhar”Meu coração é frágil,você sabe disso.”

“O que houve?”Lucy pedi confusa,mas eu via em seus olhos o quão preocupada ela estava.

“Lauren teve um ataque de pânico outra vez.”Vero diz e só vejo Lucy me olhar mais preocupada agora.

“Estou bem.”Digo tentando tranquilizar elas.

“Lauren eu não te via assim desde que...desde que sua vó morreu.”Vero diz me olhando preocupada.Eu aperto sua mão,tentando tranquilizar ela.

“Eu estou bem agora.”Na verdade não muito,pois se eu pensar nesse sonho outra vez,pode ser que volte...Eu não quero pensar nela...Não quando...

“Hey respira.”Lucy diz segurando meu rosto com as duas mãos”Vamos falar de outra coisa sim.”Aceno com a cabeça.

“O que fazem aqui?”Peço,agora confusa,pois era quarta feira e elas estavam no meu quarto.Ou sera outro sonho?

“Não se pode mais visitar as amigas?”Lucy pergunta sorrindo,eu retribuo o sorriso.

“E graças a Deus visitamos.”Vero diz olhando para nossas mãos ainda juntas.

“E também estávamos pensando se você não queria ir passar a noite em casa,já que amanha você não tem aula.”Lucy diz dando um aperto em meu joelho.

“Eu adoraria.”Isso seria a melhor coisa que eu poderia fazer,ainda mais depois desse sonho...Não quero nem imaginar o que vai acontecer comigo se eu ver Camila,depois que descobri...

“Acho melhor mesmo,pois você esta me assustando.”Vero diz dando um aperto em minha mão,fazendo sair dos meus pensamentos e a olhar”Não quero nem pensar o que teria acontecido se não tivesse vindo aqui.”

 Elas me ajudaram a se arrumar e pegar uma mochila com meu material,pois tinha tarefas para fazer.Roupas não levei,pois esse tempo eu já havia deixado boa parte das minhas roupas lá,já que praticamente vivo la no fim de semana.Ate pensei em convidar as meninas,mas Vero disse que queria eu só pra elas,o que claro me fez rir e gritar ciumenta pra ela,mas só causou risos e tapas.E no final,apenas fui só eu.Espero que eu possa esquecer esse meu sonho lá.

 

POV de Camila

 

 A aula de Autoconhecimento emocional não saia da minha cabeça,por motivos de : O dialogo de Lauren e Dinah.Eu sabia o que Dinah estava fazendo,mas não estava acreditando que ela realmente fez isso,ainda mais quando Lauren se porto estranha.Okay,eu sei que elas tinham que ir conforme a emoção,mas Lauren parecia fugir das perguntas,e isso foi muito estranho pra mim.E doeu também,ainda mais na parte que ela diz meu nome.Eu queria chorar,mas fui forte e me segurei.Eu não poderia dar esse gostinho a ela mais uma vez.

“Terra para Camila.”Ouço alguém falar e mãos passando pelos meus olhos”Camila!”

“Que foi Bê?”Pergunto a olhando agora.

“Você que fico ai perdida.”

“Só estava pensando.”Digo e me jogo na cama da Dinah,me deitando agora,olhando para o teto.

“Você estava em outro mundo,isso sim.”Bea diz e sinto o colchão afundar”Foi o que a Dinah fez na aula não é?”

“Ela não devia ter feito isso.”Digo emburrada,olhando para ela que estava sentada ao meu lado.

“Ela só queria aproveitar a aula e tirar suas próprias conclusões,mas entendo,se ela tivesse feito isso comigo,ia ficar brava também.”

“Cade ela afinal?”Peço confusa,pois nós viemos para o seu quarto e ela falou que tinha que resolver uns negócios.

“Sei la.”Ela da de ombros”Cece foi com ela,então elas vão aprontar.”

“Essas meninas vivem aprontando,ainda não sei como elas não são pegas.”

“Por incrível que pareça,elas são espertas.”Bea diz mostrando a língua,fazendo eu sorrir com ela.

“Tenho certeza que estão falando da gente,to sentindo minha orelha queimar.”Cece fala entrando no quarto,com Dinah ao seu lado.

“Esperamos que seja coisa boa,pois se não vão apanhar.”Dinah diz de braços cruzados,encostando na porta e nos olhando brincalhona.

“Você acha que falaríamos algo mau de vocês?”Bea pergunta dando um sorrisinho e as duas acenam com as cabeças,fazendo a gente rir.

“Não se preocupa,não era nada mau.”Digo,agora me sentando.

“Certeza?Pois é serio,minha orelha estava queimando.”Cece diz passando a mão em sua orelha direita.

“Serio,eu ate falei que vocês são espertas,então isso é um elogio.”Bea diz rindo.

“Vindo de você,não sei não.”Cece diz desconfiada,mas pude ver,que ela queria sorrir.

“Então mudando de assunto.Aonde que vocês estavam?”Pergunto,o que só fez as duas se olharem e sorrirem falso.

“Por ai.”Dinah diz e então vai ate seu armário”Sabe preciso tomar um banho,então depois a gente se fala.”Ela entra no banheiro rapidamente,fechando a porta em seguida.

 Bea e eu olhamos para Cece agora,que arregalo os olhos e sorrio sem graça.

“Acho que ouvi minha colega de quarto me chamar,”Cece”,ouviu?”Ela tampa a boca para não vermos que era ela que a chamou e foi indo para a porta”Melhor eu ir,pois quando ela me chama,tem algum problema e ela não gosta de esperar,fui.”

 Ela sai correndo,deixando a porta aberta.Olho para Bea que estava olhando para a porta confusa.Quando ela olha pra mim,nós duas caímos na gargalhada.

“Elas são muito idiotas.”Bea diz e eu concordo com a cabeça.

“Eu ouvi isso.”Dinah grita no banheiro.

“Então da pra gente conversa com você ai.”Digo e então ela começa a cantar.

“O que?”Ela pergunta e volta a cantar.

“Ninguém merece.”Digo olhando pra Bea que acena com a cabeça,enquanto ria.

 Mesmo depois de banho tomado,Dinah ainda fugiu do assunto,o que fez a gente desistir,pois estava na cara que ela não iria falar nada.

 Estávamos fazendo as tarefas,pois eram muitas,ainda mais que tínhamos que estudar para as provas também.Conforme estudávamos,minha barriga resolveu se intrometer e pedir socorro por comida.Quando olhei para as meninas,percebi que não foi só a minha que pediu e nós caímos na gargalhada.

 Fomos para o refeitório,pois já era hora da janta mesmo.Lá nós encontramos Carly que acenou e nos chamou para se sentar com ela e seus amigos.Bea estava emburrada,o que nem sei o por que,já que ela gosta da Carly.Tudo bem que elas estavam brigadas,mas o que custava a Bea ir la e conversa sobre isso?

“Ola meninas.”Carly diz se levantando e me abraçando,o que retribuo.Então ela vai na Dinah e na Cece,mas só da um sorrisinho sem graça pra Bea que revira os olhos”Sentem com a gente.”

“Não to a..”Interrompo Bea.

“Claro,vem Bea,senta do meu lado.”Digo puxando a mão dela que só resmungo.

“Oi Camila.”Shaw,amigo de Carly que diz.Esses tempos ela nos apresento a eles e nos demos super bem.

“Olá!”Digo sorrindo de volta pra ele.

“É impressão minha ou você esta mais loira.”Drew,outro amigo de Carly,que agora estava falando com Cece.

“Eu acho que quem esta mais loiro aqui é você.”Cece diz travessa,enquanto bagunçava o cabelo dele,o que de certo modo ele não gosta,mas é impressionante que ele deixa a Cece fazer isso.

“Só as pontas gata.”Ele pisca pra ela,enquanto tenta arrumar o cabelo outra vez.

“Vocês já fizeram alguma prova já?”Bella,amiga de Carly,pergunta,enquanto tomava seu suco.

“Ainda não,mas elas estão logo ai.”Dinah responde,enquanto comia uma de suas batatas.

“Bom,a gente já fez duas.”Bella diz apontando pra ela e pra Carly,que acena com a cabeça”Pensa no sufoco que eu passei.”

“Antes da prova,ela veio chorando pra mim.”Carly diz divertida,levando um tapa da sua amiga,fazendo ela rir”Ela estava muito nervosa.”

“Claro,aquela matéria era muito difícil e eu não sou boa em gravar datas.”

“Mas você grava datas de desfile,de promoção de roupas,dos shows da Beyoncé e da Rihanna.”Carly diz e sua amiga ri.

“Querida,isso é mega importante,tenho que gravar se não perco.”

“O que estamos estudando não é?”Ela pergunta divertida,o que só faz ela levar outro tapa no braço.

“Rainha Be mais importante,concordo.”Dinah diz batendo high five com a Bella,fazendo a gente rir.

“Mas então,sugiro que estudem muito,pois é um sufoco fazer a prova sem saber de nada.”Bella diz,fazendo a gente rir do seu jeito.

“Eu ainda me pergunto como é que você conseguiu entrar na faculdade.”Carly diz tomando seu suco.

“Porque eu sou foda.”Ela pisca pra gente“Mas mudando de assunto chato,pra coisa importantíssima.”Ela se vira para Dinah pegando em suas mãos”Menina se viu que daqui alguns dias Rainha Be vai fazer um show aqui.”

“Eu sei!”Dinah grita empolgada”Mas você acredita que eu não consegui comprar,acabo antes.”

“Não seja por isso.”Bella diz sorrindo pra ela”Eu tenho dois ingressos e a dona Carly aqui disse que não pode,porque tem uma apresentação no teatro bem no dia,então linda,eu e você com a Rainha,o que acha?”

“Acho que você devia casar comigo.”Dinah diz,fazendo a gente rir.

“Depois do show nos casamos.”Bella diz piscando pra ela,que só fez a Dinah levantar da cadeira e abraçar ela,o que acabou ela no colo,com Dinah dando vários beijos na bochecha de Bella.

“E é assim que você ganha o coração de Dinah.”Cece diz rindo,olhando pra cenas das duas.

“Então é assim Dinah,já me trocou.”Digo fazendo bico,o que chamo atenção da Dinah.

“Desculpa Mila,mas ela é minha metade.”Dinah diz dando outro beijo na bochecha da Bella,que só sorriu maior,abraçando Dinah na cintura.

“Essa doeu.”Digo fazendo coração com a mão e quebrando ele,o que fez os outros rirem.

“Não se preocupa Mila,se você quiser estou aqui.”Shawn diz tocando minha mão em cima da mesa,eu sorrio pra ele.

“Tira o olho Shawn,Camila é minha.”Carly diz passando os braços em volta do meu ombro,me puxando pra ela.

“Perdeu Shawn e você também Hansen.”Digo abraçando a cintura da Carly,mostrando a língua pra eles.

“Ta bom,ta bonito,agora chega.”Bea diz e então sinto alguém me puxar com tudo e vejo que era ela,que estava me encarando seria.

“Então né Dinah,por mais que eu esteja amando tudo isso,você não vai sair do meu colo não?”Bella pergunta olhando Dinah da cabeça aos pés,erguendo as sobrancelhas.

“Eu tinha me esquecido,sabe,ate que aqui é macio.”Dinah diz mordendo a língua e saindo do colo de Bella,voltando para o seu lugar.

“Depois diz que é hetera.”Cece diz negando com a cabeça,enquanto olhava para Dinah.

“Shiu.”Dinah diz dando um tapa no braço da Cece que só riu.

 Conversando mais um pouco,gerando muitas risadas,ate que percebemos que estava ficando tarde.Como eles tinham aulas amanha,se despediram da gente e como já havíamos acabado de comer,resolvemos voltar para o quarto.

 Fui para o meu quarto tomar banho,rezando para que Lauren não esteja lá.Quando abri a porta vi que não tinha ninguém e suspiro aliviada.Vou para as minhas coisas e pego meu pijama de banana,uma calça preta com varias bananas e uma blusa com touca,que era igual a calça.Entro no banheiro e tomo um banho não muito demorado,pois melhor não gastar muita água né!

 Após o banho e roupa colocada,me joguei em minha cama.Que horas será que é?Olhei para o meu celular já era 23:25.Olho para o lado,vendo a cama da Lauren vazia e arrumada como sempre.

“Onde será que ela esta?”Pergunto curiosa,para mim mesmo”Será que ela esta com Keana?”Bato minha cabeça em meu travesseiro negando com a cabeça”Como se isso me importasse,ela faz o que ela quiser.”

 Suspiro,virando o rosto para o lado da parede e nisso vejo o travesseiro da Lauren.Pego ele e pude sentir ainda seu perfume,fazendo eu fechar os olhos e morde os lábios,segurando as lagrimas.

“Por que você fez isso Lauren?Por que?”Pergunto olhando para o travesseiro.Aperto ele nas minhas mãos e grito de raiva,jogando o travesseiro dela para o outro lado,mas nisso acerto a janela”Droga.”

 Corro para a janela e olho para baixo.O travesseiro estava na grama e Normani estava olhando para cima com uma cara nada boa.Ferrou!


Notas Finais


Comentem ai ;p.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...