História Do Outro Lado - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Horror, Mistério, Poesias, Suspense, Terror, Universo Alternativo
Exibições 5
Palavras 392
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Aproveite o tema!

Capítulo 24 - Manhã Gelada


Fanfic / Fanfiction Do Outro Lado - Capítulo 24 - Manhã Gelada

Em meio a discussão dos deuses, o imenso portão se abre de vagar...Os deuses juntamente com Kaly, olha fixamente para o mesmo. Em meio as luzes resplandecente do paraíso perante o portão, Kim surge. - Kaly...Kaly, preciso falar com você! - Kim vem correndo toda ferida e machucada, algo impossível de se imaginar no paraíso. Então ela cai nos braços de Kaly, as duas com lágrimas nos olhos, o Deus Tyl as interrompe - Kaly...minha criança, já está na hora de lhe contar o que a tempo...vem sendo repreendido - Kaly perplexa olhando para os deuses e para Kim que em seus braços estava, pergunta - Não estou entendendo, o que houve? Me diga? - Kim coloca sua mão no rosto de Kaly, e em prantos ela diz - Você se lembra quando estávamos no hospital?! - Kaly um tanto confusa, responde - Sim...eu me lembro! - Eu vi uma pessoa em uma das camas do hospital, ao me aproximar...a imagem da pessoa que se encontrava ali foi ficando nítida...e então eu vi... - Kim com a voz já muito fraca, quase dando seus últimos suspiros. Kaly muito ludibriada pela situação pergunta em desespero - Me fale porfavor...o que você viu?! - Eu vi...você... - Kim fechara os olhos, Kaly perplexa com a revelação pergunta para Tyl - O que ela está dizendo?! Isso não faz nenhum sentindo?! - O Deus Tyl com toda a sua grandeza responde - Minha criança...você não morreu...você está apenas em coma, tudo isso não passa de um sonho profundo que você mesma criou...mas agora já é hora de acordar! - Não!! Espera porfavor - Kaly gritava confusa, mas as coisas em torno de si começaram a desaparecer, uma espécie de lugar plano e branco tomara o lugar do paraíso. 


Kaly ficara de pé em meio aquele lugar sem sentido, mas em meio aquela imensidão, seu nome começara a ser pronunciado - Kaly...Kaly... - era uma voz doce e meiga que dizia - Kaly...acorda! - Então de vagar Kaly abria os olhos, tudo estava muito embaçado, levemente as coisas iam ficando mais nítidas, Kaly sentia as faixas em seu pulso...e o que parecia ser uma manhã gelada de inverno. Ela olhou profundamente para a pessoa que estava ao seu lado durante supostos 3 meses, de seu coma, e disse com os olhos cheios de lagrimas - Mãe...?!


Notas Finais


Obrigado por ler até o final!
Abraços sucesso, e até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...