História Do que adianta ser perfeita? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bullying, Escolar, Romance, Violencia
Exibições 13
Palavras 507
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vou fazer um capítulo diferente porque não tive muito tempo para escrever. Serão duas partes e serão proporcionalmente menor que um capítulo normal.

Espero que aproveitem.

Capítulo 6 - Capítulo 6 Kiss me parte 1


Fanfic / Fanfiction Do que adianta ser perfeita? - Capítulo 6 - Capítulo 6 Kiss me parte 1

Passei a tarde inteira fazendo inteiramente nada. Pra falar a verdade fiquei pensando um pouco. Meu coração ainda se lembrava daquela sensação e insistia em me fazer senti-la novamente. Era estranho mas era tão bom. Também tinha um frio na barriga tão acolhedor. Eu não entendo o que se passa comigo. Basicamente fiquei a tarde inteira pensando nele que nem vi escurecer. Quando já era umas 20:00 fui até a cozinha e preparei um macarrão rapidinho. Comi e subi direto para meu quarto. Era tão estranho ter uma casa com 3 quartos e sempre fazer o mesmo caminho. Eu acho que já deve fazer umas duas semanas que não entro nos outros dois quartos. Não havia nada neles mesmo.

Tomei mais uma banho fiz minha higiene e me deitei na cama. Peguei meu celular que marcava 21:14. O coloquei de volta em cima da escrivaninha e fechei os olhos. Pensando no tanto que nos últimos dias eu estava com um bom humor tão constante. É, realmente alguma coisa aconteceu comigo e eu ainda não sei o que, mas de uma coisa eu sei a culpa disso é do Kaito.

Quebra de tempo.

Acordei quase que num salto. Fui tomar banho rapidamente, me vesti e logo já estava a caminho da escola. Estava extremamente animada hoje. Ao chegar na escola desci do carro e me despedi do Sr. Ikeda. Logo me virando para o portão e para a multidão a minha frente. Entrei na escola e como havia chegado mais cedo, pensei em conversar um pouco com Victor antes de ir para a sala. O encontrei sentado em um banco mexendo no celular. Cheguei de mansinho e me sentei bruscamente ao seu lado o fazendo se assustar. Ele parou de mexer no celular e voltou sua atenção para mim.

_ Bom dia, que raridade vê-la aqui tão cedo. - disse ele com um sorriso irônico no rosto.

_ Bom dia. Sabe, estava animada hoje , então resolvi vir mais cedo e não ficar demorando lá em casa. - disse vendo-o  suspirar.

_ Você só vem mais cedo quando quer, é?- perguntou ele, respondi, sem exitar, com  um aceno positivo com a cabeça. - Você por acaso não está feliz por que as meninas pararam de irritar tanto você? - completou  ele.

_ Aah pode ser. Pra falar a verdade nem tinha reparado nisso. Na verdade estou me sentindo diferente. É como se estivesse esperimentando coisas novas. - disse.

_ Tá, né. Só vê se não experimenta demais, tá. A curiosidade matou o gato, não se esqueça disso.- disse com uma expressão preocupada.

_ Pode deixar, Mamãe. - disse dando uma risada soprada. Ele ia dizer algo mas,  foi interrompido pelo sinal para o início das aulas. Me sentei no meu lugar e Victor atrás. Depois de alguns minutos, Kaito entrou na sala e foi para seu lugar. Quando ele entrou na sala meu coração disparou mais uma vez. E me senti obrigada a abaixar a cabeça quando ele foi para o seu lugar porque senti minhas bochechas ficarem quentes.

O professor entrou na sala e a aula começou. 



Notas Finais


Desculpa a demora.
Desculpa qualquer erro.
Espero que tenham gostado.
Vou postar a parte dois o mais rápido possível.
E talvez os próximos capítulos tenham nome Eeehh.
Tchau e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...