História Do you love me or not? - Capítulo 34


Escrita por: ~

Visualizações 225
Palavras 1.555
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi
tem recado importantissimo sobre MIMMMM e o futuro da fic
rs

PS: PRA QUEM ESTAVA LENDO MINHA OUTRA FIC COM OS MAGCON BOYS EU APAGUEI POR MOTIVOS DE QUE VOU REESCREVE-LA E NÃO ESTAVA GOSTANDO DO RUMO DA HISTÓRIA, BELEZA????

Capítulo 34 - Facetime


Fanfic / Fanfiction Do you love me or not? - Capítulo 34 - Facetime

                                                                           1 DIA DEPOIS...

— Então a gente foi no cinema, teve o show e nós vamos nos encontrar nas férias de natal! — expliquei para os meus pais assim que cheguei em casa e eles me interrogaram  sobre a viagem.

Sempre vou agradecer por estar de volta em casa, sã e salva. 

— Ah foi um passeio gostoso pelo visto! As meninas gostaram?! — perguntou mamãe enquanto observava meu pai pegar um dos cookies de chocolate preparado por ela. 

— Sim, elas até querem repetir a dose. Eu tenho tanta coisa pra fazer, quase esqueci que as provas do final de bimestre. vão começar amanhã! — resmunguei já sentindo minha cabeça latejar de tanta coisa que eu vou ter estudar hoje.

— Então é melhor você já começar a estudar para a primeira prova, quando terminar nós vamos jantar fora e temos uma coisa para te falar. — papai disse e um calafrio percorreu pelo meu pescoço. O que será que era?

— Por que não me fala agora? É tão urgente assim?! Mamãe você está grávida?! Eu vou ter outra irmãzinha?! — perguntei assustada. A unica coisa que eu não gosto desse mundo são pessoas que adoram botar suspense e te deixar curiosa, principalmente se essas pessoas forem seus pais, o que torna a coisa  mais preocupada e assustadora.

Minha mãe começou a ter uma crise de riso junto com  meu pai. Não entendi a graça, eu odiei aquilo!

— Filha não é nada disso! Relaxa, aliás seu pai fez cirurgia para não ter mais filhos, pois combinamos que o próximo nós iremos adotar! E você vai nos ajudar a escolher quando for a hora certa! Relaxa, não é uma coisa ruim..

A ansiedade começou a tomar conta de mim. 

Será que nós iriamos viajar para um lugar super maneiro, tipo a Disney?! Seria meu sonho!!!

— Hum...ok então, seus doidos! Vou estudar, umas sete horas da noite me chamem para irmos jantar fora! — despedi-me deles com um abraço em cada um e subi correndo para o meu quarto que estava morrendo de saudades!

                                                                                          .     .      .

Ficar estudando a diferença entre retículo endoplásmatico liso e rugoso e conjugar verbos em espanhol por duas horas e meia me fez ter uma puta dor de cabeça e uma vontade enorme de desistir do jantar, mas como sou firme e forte aguentei toda a pressão e tomei um grande banho conjugando os verbos ainda no chuveiro, o problema foi que o sorriso daquele idiota que começa com a letra S não saia da minha cabeça, droga, droga, isso que dá ficar apaixonada!!!

Eu preciso esquecer o Shawn Mendes por um tempo. Não vai ser tão difícil, imagine só se eu colocar '' Shawn Mendes é meu namorado'' como resposta em um questão da prova sobre retículo endoplásmatico? Eu vou me ferrar bonito! 

Eu realmente tenho que esquece-lo por essa semana... tenho certeza que ele vai fazer a mesma coisa com a minha pessoa. 

Depois de sair do banho meio relaxante e meio extressante, botei a melhor roupa  para sair. Nada muito extravagante e nada muito simples, vesti um vestido de malha florido com botas de camurça e não fiz nada do meu cabelo, deixei ele molhado mesmo e foda-se. 

Eita, desde quando eu falo foda-se? Quer saber foda-se.

Nós saímos de casa naquela noite fria de Winnipeg e tive que pegar minha jaqueta jeans ou eu morria. de hipotermia. 

Meu pai acabou reservando o jantar em um restaurante italiano. Eu amo massas, mas estava esperando ir ao Mc Donald's ou Subway que é as minhas lanchonetes preferidas.  Nós chegamos naquele rústico e  fino restaurante que não estava tão lotado de pessoas e uma música ambiente para distrair um pouco.

Fomos bem tratados na entrada pelo gerente  e um garçom que nos deu o cardápio.  Todos daquele lugar era gente finíssima e usavam roupas elegantes, até os funcionários. Eu me sentia uma batata diante deles.

Enquanto eu ficava entre o Raviolle e rondelle como pedido, meus pais se entreolhavam com um sorriso radiante. Fiquei super confusa.

— Ei, vocês estão bem?! — eu já estava começando a ficar irritada com aquilo. Eles nunca fizeram nada deste tipo.

Meu pai pigarreou e ajeitou a gravata antes de falar.

— Filha, eu sei que nas férias de natal você e o seu namorado planejaram algumas coisas para fazer, mas... — ai não! Eles não podiam estar falando sério! — Sua avó Jessica, pediu para que nós fossemos passar um tempo na fazenda dela e convidou todos nós para irmos, até o seu namorado... sabe acho que vai ser ótimo todo mundo  conhece-lo de primeira.

Só podia ser brincadeira.

Não, não, não.

O Shawn tem muito compromisso, ele não pode simplesmente deixar de fazer todos os shows que ele tinha para passar as férias de natal na casa da minha avó e outra ele tinha família. Isso já tá dando merda. Que saco!

— Olha, eu não sei se...— meu celular começou a tocar na minha bolsa. Estranhei. Dei licença e fui até o banheiro feminino para atender a ligação.

Não era ligação e sim várias mensagens.

Do Shawn.

Fiquei um pouco receosa em ler, pensei que ele tivesse aprontado alguma, mas não:

Shawn: Hey babe.

Shawn: Espero que tenha chegado bem de viagem.

Shawn: Eu preciso falar com você amanhã.

Shawn: Por facetime.

Shawn: Mas nada que você se preocupe. Não quero que fique pressionada fazendo provas.

Shawn: Relaxa tá.

Shawn: É uma coisa que envolve nós dois. 

Shawn: Uma coisa boa.

Shawn:  Tenha uma boa noite e bons sonhos.

Shawn: Eu te amo!

Me: Eu também preciso falar com você!

Me: Amanhã mesmo, depois da minha aula eu te chamo!

Me: Eu também te amo e bons sonhos!

Ótimo! Agora sim eu vou ficar mais tensa.

                                                                                               .         .         .

Tive que prometer aos meus pais que iria conversar com o Shawn sobre o tal convite que a minha avó planejou para nós. Eu sabia que não ia adiantar nada, mas se eu não falasse meus pais iam ficar super magoados. Eu não criei muitas expectativas quando voltamos para casa depois de ter enchido a barriga com suco de laranja e rondelle. 

As mensagens do Shawn ainda ficavam na minha cabeça e e eu jurei que iria esquece-lo por essa semana. Já tava dando tudo errado..

Acordar na segunda-feira foi um desafio. 

Eu não queria de jeito nenhum ir na escola.

Ter que encarar todo mundo que fica apontando para mim depois de todas as fotos e boatos que me envolvia com Shawn era um pé no saco. Eu sabia que todo mundo fala de mim pelas costas, inclusive as meninas da minha sala. E quer saber, foda-se mais uma vez..

O dia na escola foi o mais anormal possível. As provas foram um saco e ninguém conversou com ninguém, a maioria ficou estudando para as provas do dia seguinte como eu.  Acho que tirei um -C na prova de biologia e F na prova de espanhol. Eu sou muito burra mesmo!

Voltar para a casa naquela tarde foi a melhor coisa.

Nem ousei a preparar o almoço.

Fui direto falar com Shawn  pelo facetime.

Estava nervosa.

Muito.

Chamei-o pela chamada de vídeo e em dois segundos ele atendeu.

Nossa! Ele ficava sexy cada vez mais.

Como eu fui arrumar um namorado desses???

Queria tanto poder beija-lo, tocar seu rosto, fazer cafuné em seus cachos de chocolate...

— Oi! — cumprimentei com um aceno e reclamando mentalmente da minha voz ter saído horrível no fundo.  

— Hey! Tudo bem? O que você quer falar comigo?! — eita, ele é muito apressado!

— Calma. Primeiro é você que vai falar..

Ele suspirou fundo.

— Então, eu tava pensando se você não quer passar as férias de natal comigo em um resort que vou com a minha família. A gente vai dar um tempo nos shows, porque minha equipe tem família também e dai em janeiro, vamos voltar com a nossa rotina comum. Então, o que você acha?!

Há! Que merda!

— É que... meus pais acabaram de me avisar que a minha avó marcou de todo mundo ir pra fazenda da família, e bom, ela também  te chamou para ir...

—Sério? — por que ele estava tão empolgado e feliz?! 

—É...

— Então tá. Eu vou com vocês!

What????

— Mas e seus pais? Eles não vão ficar bravos?!

— Claro que não. Eu vou ver eles no ano novo, ai você vai poder ir comigo. O que acha?

Minha nossa senhora!

— Tá bom, e-eu vou avisar meus pais. Eles vão ficar muito felizes que você aceitou o convite! — toda aquela tensão foi embora. Fiquei tão feliz com aquilo!

Vai ser as melhores férias de natal.

Com toda certeza!

— Certo, ahn, vou conversar com o Andrew e meus pais. A gente se fala mais tarde ta bom?!

— Tá bom, eu te amo tá?

— Eu te amo! Até mais tarde princesa!

—Até!

Eu surtei de felicidade!!!

 

N/A: Galera, eu peço desculpas pela demora. Eu estava muito ocupada essa semana com festas e resumos pro Enem. Fazer resumo sobre a 1 guerra e 2 guerra não é pra qualquer um. Ah, e  dia 18 é o meu aniversário!!! Ahhhh me sinto tão velha, fazer 19 anos não é pra qualquer um não. Então provavelmente eu vou demorar pra postar o próximo capitulo. por causa do niver rs, to aceitando presentes e mensagens fofas, de preferência eu quero o Shawn Mendes como presente de aniversário. Até a próxima bolinho e amo vocês!!


Notas Finais


AHHHHHHHHHHHHH
espero que vocês tenham gostado
desculpe mesmo pela demora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...