História Do you really hate me? - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~pequeninawahh

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jihope, Jikook, Jimin!ômega, Jungkook!alfa, Namjin, Vhope
Exibições 277
Palavras 1.309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá minhas flores, como vocês estão? espero que bem.
Trouxe mais um cap e espero muito que gostem.
Queria muito agradecer todos que favoritaram e comentaram, muito obrigado de coração.
Boa leitura e Desculpem os erros.

Capítulo 3 - The biggest shit of my life.


Fanfic / Fanfiction Do you really hate me? - Capítulo 3 - The biggest shit of my life.

 Capítulo 3

The biggest shit of my life.

“O arrependimento não vai mudar o seu passado, mas pode transformar o seu futuro”

 

 

Jimin on.

Acordo com os raios do sol batendo contra o meu rosto, resmungo em reprovação e afundo a minha cabeça no “travesseiro” que eu estava abraçando, quando eu faço isso, sinto um aroma amadeirado saindo do mesmo, me assusto um pouco por que geralmente travesseiros não tinham tal aroma que para ser sincero é muito viciante, levanto a minha cabeça, olho o “travesseiro” e arregalo os olhos quando vejo que na verdade não era um travesseiro e sim um peito, meio confuso eu subo o meu olhar e dou de cara com o JungKook.

 Dou um pulo e tento me levantar da cama, grande erro, pois foi só eu ficar em pé, que eu sinto uma dor no meu quadril, solto um gemido de dor meio alto mas logo depois arregalo os olhos e tampo a minha boca com a mão, olho para JungKook e suspiro aliviado quando vejo que o mais novo ainda dormia, eu olhava a face serena de JungKook mas meu olhar é roubado quando Jungkook vira na minha direção fazendo assim o lençol que cobria o sua briga cair, revelando assim o seu abdômen meio definido mas mesmo assim, muito atraente, olho para ele hipnotizado e sem ao menos perceber acabo mordendo a lábio inferior, percorro meu olhar por todo o corpo e rosto de JungKook até parar nos lábios bem desenhados dele. Como seria beijar aqueles lábios? Eles são tão chamativos. Quando eu percebo o que eu estava pensando, arregalo os olhos e balanço minha cabeça negativamente afastando esses pensamentos, com muita dificuldade, já que eu estava meio dolorido, eu vou em direção ao banheiro, chegando no mesmo eu tranco a porta e me encosto no batente da pia, levanto a cabeça e começo a observar o meu corpo.

Meu pescoço estava todo marcado por chupões avermelhados, marcas de dedos eram encontradas na minha coxa, tinha também marcas de mordidas na minha barriga, suspiro pesadamente- Eu não acredito que eu transei com o namorado do meu irmão mais novo, eu sou o pior irmão mais velho do mundo- falo bagunçando os meus cabelos- Bom, melhor eu ir antes que o JungKook acorde, mas como eu vou sair sem as minhas roupas?....... certo, o jeito é pegar as roupas e voltar pro banheiro, me trocar e vazar daqui- falo comigo mesmo, é, esse plano não é tão ruim assim, certo vamos lá.

Coloco a minha cabeça para fora do banheiro e vejo que JungKook ainda continua dormindo, vendo isso, saio do banheiro fazendo o mínimo de barulho possível , começo a recolher as minhas roupas que estavam jogadas pelo chão, pego quase tudo, só faltava a minha calça, procuro com os olhos pelo quarto e avisto a mesma perto do criado mudo que ficava do lado da cama de JungKook, coloco as roupas que estavam na minha mão em cima de uma cadeira que ficava do lado da porta do banheiro, vou em passos rápidos até a minha calça e quando finalmente a pego, sinto uma mão segurando o meu pulso me assustando, rapidamente me viro para  Jungkook que me olhava com um misto de indignação, felicidade e luxúria.

-Onde pensa que vai ChimChim?-pergunta JungKook me olhando fixamente, eu coro e desvio o olhar do mesmo, escuto JungKook rir baixinho, ele puxa o meu pulso para si me fazendo desequilibrar e cair bem no colo do JungKook, detalhe, eu ainda estou sem roupa nenhuma, se antes eu estava corado, agora estou fazendo cosplay de tomate.

Mesmo não olhando para ele eu podia sentir o olhar dele sobre mim, coisa que me deixou ainda mais corado -se é que isso é possível- com muito esforço, eu consigo encara-lo, quando faço isso JungKook  sorri mostrando assim os seus lindos dentinhos de coelho, que eu sempre achei um charme, espera, que?! Eu to ficando maluco só pode.

 -Me deixando sozinho aqui- fala JungKook fingindo estar irritado, o mesmo começa a deixar selares pelo meu pescoço que logo depois dão lugar a chupões intercalados por lambidas, o mais novo tira uma das mãos que estavam na minha cintura e começa a apertar a minha bunda sem nenhum pudor-Você é uma pessoa muita má ChimChim- fala perto do meu pescoço, me fazendo arrepiar.

Jungkook se afasta do meu pescoço e começa a me encarar, eu tentava a todo o custo não olha-lo, mas ele pega no meu queixo e me força a encara-lo, o moreno sorri e se aproxima para me beijar, naquele momento eu queria empurra-lo e xinga-lo de todos os palavrões que eu conheço mas meu corpo não me obedecia, Jungkook começa a roçar nossos lábios e eu nem sei o porque, mas eu levei as minhas mãos até a nuca do moreno, puxando o mesmo para um beijo necessitado, Jungkook no começo fica assustado com a minha atitude repentina, mas logo depois corresponde ao beijo com mais ferocidade.

Eu não sabia o que estava acontecendo comigo, só sabia que eu queria e teria Jungkook, mas como se até ontem eu o odiava com todas as forças? Eu paro o beijo quando escuto o celular do Jungkook tocando, o mesmo resmunga por eu ter me afastado e pega o aparelho logo atendendo o mesmo, eu não sei dizer o porque mas me deu um vontade enorme de beijar o pescoço dele e assim fiz, Jungkook suspirava pesadamente e eu sorria com isso,  eu não sabia com quem Jungkook estava falando e pra falar a verdade nem ligava até que..

-Taehyung, eu- eu nem quis ouvir o resto pois pareceu que minha mente tinha voltado para a realidade, Jungkook era namorado de Taehyug, o meu irmãozinho que eu jurei nunca deixar ninguém machuca-lo e agora eu estou me esfregando no namorado dele? Eu com toda certeza sou o pior irmão do mundo, me levanto do colo de Jungkook fazendo o mesmo me olhar confuso, o alfa ameaça afastar um celular do ouvido pra falar comigo, mas eu já tinha pegado a minha calça e agora estava correndo para o banheiro, eu pego as roupas em cima da cadeira e tranco a porta do banheiro.

Começa a vestir as minha roupas mas paro quando noto que a minha blusa estava toda rasgada, suspiro e procuro no banheiro uma blusa de Jungkook, quando acho uma pendurada perto do chuveiro sorrio, pego o pano e levo o mesmo ao nariz sentindo o cheiro maravilhoso de Jungkook, arregalo os olhos, mais que merda esta acontecendo comigo?! Balanço a cabeça afastando esses pensamentos, visto a blusa  e saio do banheiro, Jungkook ainda conversava com Taehyung mais assim que me olha todo vestido arregala os olhos e se levanta.

Eu arregalo os olhos quando noto que o mais novo estava pelado, tampo meus olhos com uma das mãos e saio correndo do quarto, escuto Jungkook me chamar do andar de cima mas não dou importância, eu sai da casa de Jungkook e comecei a correr até a minha casa sem olhar para trás, chegando em casa eu me tranco no meu quarto e me jogo na cama.

Pego meu celular e ligo para a única pessoa que podia me entender e ouvir nesse momento.

-Alô, Jimin?-fala o alfa com a voz animada.

-Hope, será que você pode vim aqui por favor -peço, na verdade imploro.

-Posso mas por- nem deixei o alfa terminar e desliguem o telefone, começo a fitar o teto e depois de alguns minutos escuto Hope batendo na minha porta, me levanto e abro a mesma, o alfa entra e me olha confuso.

-Hope, eu acabei que fazer a maior merda da minha vida- falo vendo a confusão do mesmo aumentar.

-Como assim Minnie, o que você fez? Não deve ser tão ruim assim...

 

-Eu transei com o Jungkook.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...