História Do you trust me? (Taekook - Vkook) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Taekook
Visualizações 179
Palavras 2.703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capítulo? SIM!

Boa leitura :D


~ignorem os erros, obrigada.

Capítulo 11 - Eu vou dormir aqui - XI


Fanfic / Fanfiction Do you trust me? (Taekook - Vkook) - Capítulo 11 - Eu vou dormir aqui - XI



- TAETAE ACORDA! - ele não teve piedade e simplesmente pulou em mim, e consequentemente tirou o meu fôlego - Vamos, vamos, vamos!


Ai...


Jimin... ? -  pisquei tentando entender a situação -  Jimin, hoje não tem aula… JIMIN HOJE É SÁBADO, POR QUE VOCÊ ESTÁ ME ACORDANDO TÃO CEDO?



Eu juro que vou cometer um crime…


HOJE É O CAMPEONATO! - ele estava eufórico - LEVANTA LOGO!

   

  E em apenas dois segundos o garoto saiu em disparada pela porta.


- hein? - esfreguei os olhos com preguiça - Por que ele estava gritando? E o que diabos ele está fazendo tão cedo aqui no meu quarto?

  Deitei pesadamente na cama e abracei meu travesseiro.


- Como ele pode ser tão agitado pela manhã? - indaguei frustrado - Não tem nada pior do que acordar em meio aos gritos.


- TAEHYUNG-SSI! ACORDAAA! - Hoseok gritou enquanto entrava no quarto - VAAMOS!


- Ah não! Esse consegue ser ainda pior… - choraminguei.




                               * * *


- Campeonato? - Jungkook perguntou curioso ao meu lado.



 Já fazia alguns dias desde a nossa conversa, Jungkook estava me suspendendo. Eu não esperava que o “vamos virar a página” era um “okay, vamos fingir que nada disso aconteceu e começar do zero”. Ele estava  me tratando diferente, okay… não tão diferente, ele ainda tinha o problema com o espaço pessoal dele, porém, ele não me ignorava mais e até mesmo conversava comigo no dormitório sobre coisas aleatórias. 

Eu posso chamar isso de “começo de uma amizade”?. Ele até que não é chato, e gosta de jogar!  Jin hyung até  liberou o seu xbox “não tenho mais interesse em jogos” foi o que ele disse antes de Jungkook e eu começarmos batalhas de jogos na sala de estar,  nosso jogo preferido era overwatch. eu precisei ensinar Jungkook a jogar e ele aprendeu super rápido, tão rápido que já estava no mesmo nível que eu. Mas nada além disso, as coisas eram muito lentas com ele, depois que terminava a partida do jogo ele soltava um “boa noite” e saia, não importava o que acontecesse, ele sempre  mantinha uma barreira entre nós. Ao contrário de Jimin, que basicamente se jogava e pulava em mim o tempo todo, e eu meio que já gostava dele, ele era legal.


- Uma vez por ano, nós temos esse campeonato aqui - Jimin falou do outro lado da mesa.


- E como funciona? - Jungkook perguntou novamente, ele parecia interessado.


- Está curioso, Huh? - perguntei apenas para ele escutar.


- Nunca participei de coisas assim - Jungkook deu de ombros - tenho um pouco de curiosidade - ele respondeu no mesmo tom de voz em que eu perguntei.



E então ele levantou o canto dos lábios em um leve - quase imperceptível - sorriso.



Puta merda, Isso foi um quase sorriso? Isso foi extremamente fofo!



 Nunca tinha visto Jungkook sorrir, ele sempre era sério, e quando ele se mostrava animado era enquanto nós estávamos jogando, e é óbvio eu não iria parar de olhar pra tela pra apreciar o sorriso dele, é ridículo… não é?


- Ah, sempre muda, da última vez foi uma caça ao tesouro - Namjoon que estava ao lado de Jin falou - demorou mais de 72 horas para ser encontrado, eles levam as coisas a sério aqui.


- E foi muito cansativo, será que dessa vez vai ser pior? - Jin pensou em voz alta.


- Vocês vão acabar deixando os garotos desanimados com esses comentários - Jimin falou e riu logo em seguida.


- Não… na verdade, parece ser legal - fui sincero.



  Um grande alarme soou logo após o almoço, e todos se dirigiram ao centro do acampamento.


- O que está acontecendo agora? - perguntei curioso em meio ao mar de pessoas ali.


- Eles provavelmente vão anunciar a prova - Jimin agarrou em meu braço e deu alguns pulinhos enquanto olhava em volta.



O que ele tem de irritante, tem de fofo.


Alunos e alunas da Mystical Creatures, tenho o prazer de considerar aberto o nosso décimo quinto campeonato anual! - Yang Mi conseguiu arrancar gritos festivos de todos ali - tudo o que vocês precisam saber está cravado na porta dos dormitórios, vocês devem pegar tudo o que precisam e voltar aqui, A PARTIR DE AGORA VOCÊS IRÃO TER EXATOS 60 MINUTOS! - E por fim ela soou o apito, fazendo todos ali correrem.



  A visão daquilo foi única, vampiros correram em um piscar de olhos, lobisomens pularam nas árvores com a intenção de pegar um atalho, algumas pessoas simplesmente desapareceram no ar, em minha direita uma dupla de garotas se transformaram em lindos pássaros e bateram asas em direção aos dormitórios. Eu estava tão hipnotizado com aquelas demonstrações de dons que só recobrei os sentidos quando Jin me puxou.


- Para de babar aí, vamos! Não somos tão rápidos quanto eles.


- Sim, Jin hyung.




 Apesar de termos 60 minutos para nos organizarmos e ficarmos por dentro de tudo, nós corremos feito loucos até o nosso dormitório.






                               ***


- Sem vocês?! - Hoseok praticamente gritou - vamos nos perder lá.




Era simples, porém não era fácil.



 O campeonato consistia em uma corrida, que iria durar horas. Nossa missão era atravessar o bosque até a linha de chegada, com o auxílio de apenas um mapa, as primeiras cinco equipes que chegassem seriam recompensadas. As regras eram simples, não iríamos poder usar nossos dons para o nosso benefício e era proibido deixar algum membro da equipe para trás.


Ótimo.


Como vamos atravessar o bosque com a ajuda de um mapa? - perguntei a Jin.


- Não é tão difícil quanto parece, o bosque tem algumas placas - ele riu - e vocês não vão estar sozinhos, esqueceram?


 Segundo as instruções  do campeonato, todos os novatos de cada dormitório iria ser guiados por um aluno da Mystical creatures, mas infelizmente esse aluno iria ser sorteado, e os demais alunos iriam formar grupos com as suas determinadas “espécies”.


- Não é injusto? - indaguei jogado no sofá - os alunos mais antigos do acampamento podem formar  grupos fortes, e vão vencer os novatos.


- Não é permitido usar os dons  - Nam relembrou - esqueceu?



 Depois de esclarecer algumas coisas, pegamos tudo o que iríamos precisar, barracas, lanternas, colchonetes entre outros.


- Bom, pelo menos estamos na mesma equipe, não é? - Hoseok apoiou um de seus braços em meu ombro.


- É… vai ser divertido - Jungkook falou me surpreendendo novamente.




 Estar  na mesma equipe de Jungkook e Hoseok vai ser divertido... deuses por favor, não permitam que Jimin seja o aluno que irá nos guiar.



Ultimamente Hoseok e Jimin estão terrivelmente próximos, ou seja, eles são barulhentos e alegres o tempo todo, e as vezes eu só quero deitar e dormir, mas infelizmente não consigo - graças aos gritos que ecoam da sala - já que minha audição se tornou  ainda mais sensível desde que comecei a treinar com a Jennie. Então, se Jimin for o nosso guia, isso significa que Jungkook e eu vamos ter que aturar esses dois.


- Já temos tudo o que precisamos - Jin olhou em volta enquanto checava - devemos ir.



                                  ***


Deuses cancelem o meu pedido! Tragam o Jimin! Agora!


Okay… isso … hum… foi… um pouco inesperado - Namjoon falou surpreso assim que ouviu o resultado do sorteio.


- Vocês estão muito ferrados - Jimin usou o cotovelo pra me cutucar - muito mesmo.



Min yoongi...



   Além de estar todas as noites fugindo do próprio dormitório e dormindo no nosso, Jimin fazia questão de falar o quanto a existência de Min yoongi o incomodava. Então, é natural que eu ou qualquer pessoa ficasse ansiosa, intimidada - ou talvez até um pouco desesperada - só de pensar em estar na mesma equipe que o Min.


- Nem conhecemos o cara, não podemos julgar - Hoseok pensou positivo - Jimin provavelmente exagera quando fala dele.


- Você vai se arrepender de ter falado isso, espere até o final da corrida, Hyung - Jimin deu um sorriso sacana e saiu logo em seguida.


- Nam e eu vamos procurar as nossas equipes - Jin explicou - fiquem tranquilos, vocês não vão se perder.


- E se acontecer? - perguntei nervoso apenas por pensar na hipótese.


- Vamos ouvir os gritos do Hoseok e achar vocês  - Jin riu - vamos Namjoon.


 E então os dois sumiram por entre os alunos que lotavam o local.


- Onde será que ele está? - Hoseok olhou pra mim e em seguida pra Jungkook - será que ele está aqui?  Ele vai participar? E se-


- Jung Hoseok, Kim Taehyung, Jeon Jungkook, certo? - alguém logo atrás de Hoseok perguntou, fazendo o mesmo pular de susto.


- Aish!!! - Hoseok virou bruscamente dando de cara com o garoto atrás dele.


- Encontrei vocês - Min Yoongi estava ali, sério e fantasmagoricamente pálido, do jeito que Jimin descreveu - vamos ficar preparados, quanto mais rápidos andarmos, mais cedo chegaremos lá.



E então o alarme soou, fazendo todos ali, correrem em direção ao bosque.




Logo no começo da caminhada era fácil encontrarmos outras equipes, mas logo depois de adentramos o bosque, tudo mudou. Estava úmido, frio, as folhas molhadas faziam questão de grudarem na pele. E sem nenhum sinal de outras equipes.


- Não vamos precisar do mapa? - Hoseok perguntou ao lado de Yoongi que não tinha falado nada desde que começamos a caminhar - podemos nos perder se não usarmos ele, se é que já não estamos perdidos, não é?



 Era a primeira vez que eu via Hoseok um pouco alterado, talvez ele estivesse com medo, eu não o julgo, o antigo Taehyung também iria ficar tenso numa situação dessas.



Como podemos confiar num cara que nem abre a boca para falar com a gente?


Não precisamos de mapa - foi a única coisa que escapou dos lábios rosados de Yoongi.


 E assim as horas se passaram, andamos por um longo tempo, desviando de galhos, árvore e correndo de barulhos - que fizeram Hoseok gritar como um filhote indefeso de corsa - que ameaçavam perigo.



 Jungkook estava ali, bem na minha frente. Seu cabelo estava grudado na nuca, e a pele estava vermelha ali. Eu conseguia escutar claramente ele arfando, definitivamente ele estava cansado.



Deveríamos parar para descansar...



 Quem não ficaria cansado? Andando por horas num bosque, com uma mochila enorme nas costas. Não pude evitar de sentir pena dele.



Desde quando você sente pena de alguém? Você não sente pena de ninguém.   Minha mente acusou.



 Aquele garoto ali, por mais birrento e difícil de lidar, ele era meu dongsaeng.  E a necessidade de protegê-lo ainda crescia dentro de mim.


- Esperem - forcei uma voz cansada.



 É claro que eu poderia aguentar mais algum tempo andando, mas vê-lo cansado daquela forma, aquilo me incomodou bastante.


- Estamos andando faz horas - derrubei minha mochila no chão - não consigo mais caminhar, não sinto meus pés - sentei no chão e fiz careta.



  Minha mãe sempre falava  que eu tinha talento atuando, e desde pequeno eu usava esse meu talento pra conseguir as coisas que eu queria. Talvez, eu tenha sido uma criança insuportável, bom… nunca saberemos.


- Eles devem estar sangrando agora mesmo - balancei meu pé esquerdo no ar, a minha expressão fingida de dor ainda estava ali - e aliás, daqui a pouco vai anoitecer… - apontei para o céu, mostrando o crepúsculo que se aproximava - vamos apenas armar as barracas e descansar.




   Olhei de relance pra Jungkook, ele me olhava com desconfiança, do mesmo modo que Yoongi fazia. Porém, Hoseok fez o favor de acreditar em minhas palavras.


- Aigoo - Ele derrubou sua própria mochila sobre algumas folhas secas, fazendo um som de “creck” assim que foram atingidas - Tae tem razão, devemos descansar.


- Acho que você deveria se esforçar mais, vampiro - Yoongi falou de braços cruzados - vamos ser a última equipe se continuarmos nesse ritmo lento.



Ele não cansa? O que infernos ele é? Uma máquina?


Não sou o único cansado aqui -  apontei para Jungkook - dê uma olhada no mais novo e tire suas próprias conclusões.



Jungkook imediatamente encolheu os ombros.


- E-eu posso continuar andando - ele disse baixo - não estou tão cansado.



Você gosta de se torturar, garoto?



Felizmente, assim como Yoongi não acreditou no meu mini teatro, ele também não acreditou na disposição do mais novo, sendo assim, ele cedeu.


- Okay - ele disse enquanto andava - vamos descansar e seguir amanhã bem cedo.



Com mais alguns passos ele depositou sua mochila em frente a uma grande árvore - que ficava exageradamente longe da gente - e ocupou-se a montar sua barraca.




Depois do mini acampamento formado, que consistia em apenas três barracas - já que Yoongi decidiu ignorar Deus, o mundo e todos ali presentes -  estávamos prontos para nos abrigar.





Eu fui um dos primeiros a me recolher, porém não demorou muito até eu perceber a porra de um buraco no meu abrigo.



Não é nada demais.



Foi o que eu pensei até um inseto entrar pela pequena  passagem.


- Não fico aqui nem que me paguem! - fugi da barraca e me vi sozinho em meio ao bosque enquanto abraçava meu travesseiro.




 Posso ter morrido e virado uma aberração, mas essa sempre continuará sendo a minha fraqueza. Eu não sou fã de insetos, mas não tenho coragem de matá-los, afinal, eles têm um vida também




 Os meninos já devem estar dormindo.   Foi o que eu pensei até ver a luz de uma lanterna acesa vindo do abrigo de Jungkook.



Ele ainda está acordado… legal.


Oi! - entrei de uma vez na barraca, como se aquilo fosse a coisa mais normal do mundo.


Dividimos o dormitório. Não vejo problema em dividir o nosso mini acampamento também.


 Infelizmente apenas eu pensei assim.


- O que... você…? - Jungkook provavelmente estava dormindo, isso explica porque  o rosto dele estava amassado de sono, não vou negar que a minha vontade foi de apertar as bochechas dele.



Ele parece um bebê com sono...

Taehyung! Que merda você acabou de pensar?!


Eu… -  minha voz falhou.



Eu não acredito que estou constrangido, ah deuses, o que está acontecendo comigo?


Não posso dormir na minha barraca, está rasgada… -  fui sincero - então, eu vou dormir aqui.


- Hein? - ele esfregou os olhos e piscou algumas vezes.


Puta merda, ele é muito fofo.


Taehyung, o que você está fazendo aqui? - Jungkook tombou a cabeça pro lado, obviamente ele não escutou nada do que eu falei.


Okay... vou ser bem claro.


-  Eu. Vou. Dormir. Aqui. Com. Você.



Nem preciso falar que Jungkook demorou metade de um segundo pra ficar totalmente atento, e que o cara sonolento sumiu no mesmo instante, preciso?


- Você é doido? - ele fez uma careta - sai já daqui.


- Não vou ficar lá, tenho medo de insetos, já pensou se entra algum?!


- Você está me zoando? - a cara de tédio de Jungkook mostrava o quanto ele não se importava com a minha justificativa.


- Não - joguei meu travesseiro ao lado dele e deitei de uma vez - não vai ser diferente de dividir o dormitório.


- Você por acaso dorme ao meu lado no dormitório?! - ele puxou meu travesseiro e jogou no meu rosto - mandei sair!


- Para de birra, o que você vai perder comigo aqui?


 - A minha paciência, o meu sono, a minha vontade de viver, talvez… quem sabe?!  


- O seu sono? - tentei fugir do assunto - eu te faço perder o sono, Jeongguk?



Não preciso comentar que o que eu disse soou totalmente diferente do que eu planejei.


- Yah! O que você quer dizer com isso? - Jungkook estava totalmente envergonhado, só não estava pior que eu.


- Nada! - falei rápido - apenas vou ficar por aqui.


- Vai dormir com o Hoseok hyung!


Se Jungkook tivesse visão com raio laser, eu provavelmente não estaria mais vivo.


- Ele está dormindo, você era o único com a luz acesa -  virei de lado rapidamente e me apoiei em meu braço - você estava dormindo também… por que sempre dorme com a luz acesa?


- Isso é problema meu, se vai dormir aqui é melhor calar a boca! - assim que terminou de falar ele se cobriu dos pés a cabeça, rolou pro canto da barraca e ficou ali imóvel.


- Você não gosta do escuro?! - me aproximei enquanto perguntava.


- VAI DORMIR, KIM TAEHYUNG! - ele falou irritado.


- Estou indo... estou indo...


É... até que não foi tão difícil convencer ele.


Notas Finais


DESCULPEM QUALQUER ERRO ♡

Obs: o próximo capítulo vai chegar bem rápido :3

(Somos 110+ favoritos
Eu ainda tô passando mal aaaaaaa)


Se gostaram deixem um comentáriozinho♡ um beijo e até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...