História Do you want to play? - Interativa - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anime, Fanfic Interativa, Interativa, Interativo, Jogo, Jogos, Rpg
Visualizações 34
Palavras 1.299
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Está na foto é Bubi.
Desculpa qualquer erro :3
Bom dia
Boa tarde
Boa noite
Boa madrugada

Capítulo 8 - As lágrimas


Fanfic / Fanfiction Do you want to play? - Interativa - Capítulo 8 - As lágrimas

Quando todos já haviam jogado suas devidas partidas apenas sobrou os que venceram, eles iriam ser mandados para um campo de batalha para vencer.

Suzimi- Sou Suzimi Nagari, sou a melhor nesse jogo, estou no primeiro lugar!

Ela apontou para o placar.

-Suzimi Nagari- 1

Logo Nate falou baixo

Nate- Em segundo lugar está Shiro?

Então todos olharam e se assustaram, Suzimi não ligou para isso e continuou:

Suzimi- Vamos jogar a ultima partida aonde todos os que venceram iram participar, os que tiverem seus pontos acima de 1.350, vou explicar como vai ser a partida.

Todos então olharam para seus pontos, alguns tinham a expressão feliz por ter passado e alguns mesmo passando pareciam desesperados.

Suzimi- A partida irá ser em todos os campos que já lutaram, irá ser um campo enorme contendo Deserto, Montanhas, Cidade entre outros...O jogo começa em 15 minutos, quem quiser pode se juntar a outro jogador. Quando alguém vencer o prêmio será colocado em seu vidas!

Todos então se assustaram e um garoto se levantou e disse:

???- E quem estiver em um grupo, como irá ganhar o prêmio?

Suzimi- Se estiver em um grupo o prêmio será aleatoriamente entregue, existem cerca de 100 prêmios, cada um ira receber um prêmio aleatório, há só mais uma coisa, como é a última rodada, quem morrer morre de verdade. Lutem pela suas vidas

Ela sorriu se levantou e apontou sua espada.

Suzimi- Falem seus nomes e serão simplesmente enviado para o campo de batalha em um lugar aleatório.

Ela se virou então para o telão e gritou.

Suzimi- Suzimi Nagari!

Simplesmente desapareceu, todos se assustaram então começaram a fazer o mesmo.

Akashi- Akashi Kazume!

Yato- Yato Hamada!

Nate- Nate Oliver!

Charlotte- Charlotte Ellay.

Murakami- Murakami Hideki.

Kazumi- Kazumi Yuuki!

Konorana- Konorana Uisumi!

Clark- Clark Yumizake.

Takeda- Takeda Yusiki!

Travis- Travis Campbell!

Lola- Lola Nogame.

Lay- Lay no mishiro!

Kenny- Kenny Wolf Zorov!

Lilian- Lilian!

Astrid- Astrid King.

Shihi- Shihimi Mori.

Ciel- Ciel Niklaus Jehoahaz!

Lily- Lilian Martins!

Suzy- Suzy!

Kaneki- Kaneki Miharo!

Mostar- Monstar!

Layla- Layla Dreemurr.

Muri- Muri Nagame!

Alguns apenas ficaram calados pensando se iriam participar...Vamos ver se eles vão querer, eles tem 30 segundos.


Povs.Lottie (Charlotte)

Acordei na cidade, comecei a andar até ouvir um barulho, parecia uma notificação.

Abro o menu e vejo alguns itens.


-Itens-

Parabéns, você chegou na final, aqui estão alguns itens para lhe ajudar Charlotte.

-Mapa, Binóculos, 1 poção para curar 50% da vida e as regras.


Lottie- Nada mal, guardo tudo e continuo andando já preparando minha foice.

Subi em um prédio velho e abri o mapa, tinha um relógio no canto, tinha cinco segundos para ver algo. Encarei e Vi várias luzes, seria isso os jogadores? Me procuro e acho, minha teoria está certa afinal. Bem, tem um jogador a poucos metros de mim, e outro jogador parece estar indo atrás dele.

Tempo acabou, você só poderá ver a localização dos jogadores daqui a 5 minutos.

Me lavantei saindo dali e indo até aquele jogador. Ele não estava tão longe então cheguei rápido.

Lottie- Interessante.

Me abaixei em uma rocha e Vi a poeira levantar, só percebia duas sombras uma atacando a outra. Quando abaixou Vi dois jogadores.

Quando um deles foi atacado no peito o outro olhou diretamente para mim.

Lottie- Como ele me viu?

Então o jogador começou a andar até mim arrastando sua arma pelo chão, era enorme mas não vou morrer por isso!

Ele então a levantou até seu ombro e mirou no meu rosto.

???- Você acha mesmo que um jogo vai melhorar sua vida? Vadia...

Meu coração então disparou, um sorriso se formou em meu rosto.

Lottie- Esse mundo não é real, será? Para alguém que não consegue nem atirar em uma garota ao invés disso, fica falando.

Como ele sabe da minha vida?

???- Primeiro eu preciso fazer você sofrer piscologicamente.

Logo uma garota de capa apareceu.

???- mesmo aqui sendo um jogo, a sua personalidade não muda, pelo menos finga, i-d-i-o-t-a.

Olhei para a garota e ela sorriu como se fosse uma psicopata, então seus fios de cabelo pretos cobriram o mesmo. Logo ela se virou.

???- Quando quiser matar alguém, é melhor ficar de boca fechada, pois o que você faz é só esperar para uma espada ser fincada na sua garganta enquanto engole as palavras que você mesmo disse.

Então ela saiu andando pela poeira.

???- Filha da ...

Peguei minha foice e a transformei em corrente correndo até ele e o prendendo, peguei uma faca e passei em sua bochecha vermelha de raiva.

Lottie- Vou apenas deixar uma marca aqui.

Passei minha faca devagar vendo o sangue escorrer, ele logo pegou um cristal de teletransporte e sumiu dali.

Me abaixei no chão e coloquei minhas mãos em meu rosto.

Lottie- Você é perfeita..Você vai conseguir, eu acredito.


Povs.Akashi

Estava em um prédio do lado de Yato que descasava em meu ombro. Logo ouvimos um barulho e nos levantamos, peguei minha arma e Yato logo saiu olhando, eu fiquei na sua retaguarda o protegendo. Era uma garota, ela estava atirando em alguém do outro lado do prédio. 

Então ela nos encarou e sorriu de lado, nos seus olhos havia uma única lágrima, ela então abaixou a arma e disse:

???- Eu queria ser feliz e não jogar um jogo aonde você pode morrer, eu queria ter alguém para apertar a mão. Cuide bem dele.

Logo um tiro acertou sua testa e ela simplesmente desapareceu tendo o efeito de cristais caindo sobre o ar. Minha respiração estava ofegando, ela não escolheu jogar esse jogo?

Olhei para Yato que tinha sua boca entre aberta, peguei sua mão e corri dali.

Yato- Vamos matar quem a matou.

Akashi- ...Tudo bem..

Gato então sorriu e me abraçou, logo fomos até o prédio de onde veio o tiro.


Povs.Takeda

Estava correndo para uma caverna pois havia sido atacado na minha perna, quando encontrei corri lá dentro e me abaixei bebendo a poção.

Takeda- Shiro está aqui? Aonde estão todos?

Logo ouvi um choro e apontei minha espada vendo uma garotinha, ela aparentava ter 11 anos.

Takeda- Quem é você?

???- Não me mate!

Ela se encolheu e seus olhos estavam vermelhos de tanto chorar.

Takeda- Não vou te matar, sou Takeda.

Bubi- Sou Bubi.

Takeda- Como veio parar aqui?

Bubi- Eu estava jogando um jogo virtual, estava usando um Drop-G, quando simplesmente deu erro e eu apareci dentro dessa caverna.

Takeda- Você esta em um jogo.

Bubi- Me explica por favor, o que é esse jogo?

Recuei um pouco, como vou dizer para uma garotinha que esse jogo você pode morrer?

Bubi- Por favor...

Ela então abaixou sua cabeça e me olhou.

Takeda- Esse jogo..Bem ele é um RPG aonde existem vários jogadores tipos, magos, guerreiros, materialista entre outros, quando você morre aqui, você morre na vida real.

Ela então se levantou e ficou com uma expressão assustadora, então ela disse:

Bubi- Se...Eu...Morrer eu...

Takeda- Se acalme eu vou te proteger.

Bubi- Takeda, eu estou com medo

Fui até ela e a abracei, uma garotinha, porque ela estaria aqui?

Já passou alguns segundos e ela tinha acalmado um pouco, expliquei algumas coisas para ela.

Bubi- Takeda.

Takeda- Diga Bubi.

Bubi- Eu não quero morrer neste jogo, eu tenho tanta coisa para viver ainda, eu só tenho 13 anos, eu tenho uma familia, um irmão e mesmo que eu sempre reclamo da minha vida percebi o quanto ela é valiosa, eu tive tantas coisas horríveis neste tempo, até entrar aqui. A vida vale sim, e porque eu fui enviada para cá, eu só queria poder estar no meu mundo e agradecer por estar viva!

Meus olhos se encheram de lágrimas, respirei fundo e disse:

Takeda- Bubi, eu sei como você se sente, mas por favor sejá forte, eu vou te ajudar, eu prometo.

Bubi- Takeda, promete estar ao meu lado?

Takeda- Prometo.

Então ela me abraçou e logo soltou, e pegou algo em sua mochila...Uma arma

Takeda- Bubi, não faça isso!

Bubi- Takeda, obrigada por me fazer sentir melhor, mas eu não quero morrer para um jogo, eu não quero ter que atirar em alguém sabendo que a pessoa pode morrer na vida real, eu quero sorrir sabendo que eu não atirei em alguém.

Ela então sorriu, foi o sorriso mais lindo que já Vi..

Apenas escutei o barulho do gatilho, e uma bala acertando seu peito, meus olhos pareciam mortos, o que eu acabei de ver...Porque?

Bubi- Eu vou lhe proteger...E proteger Shiro!

A voz ecoou na caverna.


Continua?


Notas Finais


Eu demorei muito para escrever esse capítulo, estou escrevendo esse capítulo no mesmo dia do anterior, por isso eu não Vi nenhum comentário :3

Mais teorias eu diria?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...