História D.o.a - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Drama, Hentai, Universo Alternativo
Exibições 6
Palavras 908
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Enjoy!

Capítulo 2 - Capitulo II


Fanfic / Fanfiction D.o.a - Capítulo 2 - Capitulo II

POV Jimin

 

Esquerda era a direção que eu tinha certeza de não ter como falhar. “Atirar nos seguranças e dar bandeira branca pra galera” era pra essa merda ser fácil, mas Jungkook tava demorando abrir e o nervosismo tava me matando, fiquei andando da esquerda pra direita no beco esperando abrir.
_ Roubar é feio. Pensei ter sido um segurança e quase atirei, mas era garçonete que caiu no papinho do Kook.
_ O Café é pra lá. Apontei com a arma apontada pra ela e com a cara fechada esperando intimidá-la.
_ Você parece novato nisso e pra o seu azar eu não tenho paciência pra explicar como vai funcionar. Ela avançou em mim antes que eu pudesse cogitar sua movimentação, quando dei por mim seus braços passavam por baixo dos meus e um golpe atingiu minha mão me fazendo soltar a arma.
_ Filha da puta. Peguei por seu ombro jogando-a contra as latas de lixo e quando fui chutá-la ela segurou minha perna e chutou a outra me derrubando.
_ Educa... Antes que ela terminasse dei uma rasteira nela e avancei sobre ela que mantinha uma expressão de tédio que tava começando a me irritar.
_ Alguma piadinha agora, garçonete? Sorri de canto e puxei seu cabelo batendo sua cabeça na lata de lixo esperando que ela fosse desmaiar pra que cumprisse meu trabalho.
_ O seu único azar foi ter sido eu. Ela movimentou as pernas em um circulo e saiu de baixo de mim me dando uma chave de perna, suas coxas estavam esmagando meu pescoço e ela se sentou em meus ombros dando socos no meu nariz, estava sem ar e sentindo muita dor e minha visão estava ficando um pouco turva, mas eu não queria perder pra uma puta fumante, segurei sua coxa forte a forcei suas pernas pra abrirem socando seu corpo no chão com força, ouvi um estalo e ela gritou chamando atenção pra ali, agachei e tampei sua boca e nariz juntos.
_  Mais um comentário e eu quebro você em duas e olha que nem vai ser difícil. Cuspi as palavras irritado segurando com uma mão seu pescoço e a outra tampando sua boca, a ergui devagar pelo pescoço e ela me fuzilava com os olhos._ O que você quer aqui? E olha se tentar resistir eu torço seu pescoço agora e acabo com a sua merda de vida, ouviu? A ameacei e ela pareceu se acalmar, ela tinha me irritado mais do que eu conseguia calcular, estava perdendo tempo ali. Ela tentou falar e destampei sua boca e a prensei na parede travando suas pernas com as minhas.
_ Eu não tenho nenhuma pretensão... Forcei mais meu corpo contra o dela e apertei seu pescoço e a mesma tossiu.
_E eu não tenho que agüentar você, posso acabar com isso agora. Eu sussurrei e ela pareceu finalmente ter percebido que eu não to brincando.
_ Ótimo, eu não vou falar nada e você pode me matar. Ela disse com dificuldade e eu forcei minhas mãos em seu pescoço e a soltei segurando apenas seus braços agora.
_ Vai embora e esquece que me viu aqui, garçonete. Apertei seus braços e ela gemeu de dor tentando sair, disse isso olhando no fundo de seus olhos tentando por juízo na cabeça dela.
_ E se eu sair e disser que vi sete ladrõezinhos? O sorriso dela mudou e ela de novo parecia brincar e se era o que ela queria, ok, um trauma sempre faz as pessoas caírem em si, olhei pra porta e nada do Kook e ali percebi que tinha tempo.
_ O que você quer aqui? Dinheiro? Morrer? Ser estuprada? Qualquer bandido já tinha te fudido e matado, quer testar minha paciência? Ela fez que sim com a cabeça assentindo e olhei novamente pra porta que tava fechada, eu sinceramente não sou do tipo assassino ou estuprador, mas se ela quer tanto assim. Segurei seu braço a erguendo até minha altura e beijei-a, pensei que seria a força, mas antes de chegar aos seus lábios ela já tava me apertando, sorri entre o beijo e percebi o que quer dizer mulher de bandido, eu machuquei ela e ela ainda tava ali e eu nem sabia porque.
_ Era só isso que você queria? Ela assentiu novamente e envolveu os braços no meu quadril e aprofundou o beijo, o sabor dos lábios dela era de morango e o beijo era inacreditavelmente bom, meu corpo se arrepiou inteiro com os carinhos que ela tava fazendo. Ouvi um estranho barulho de hélices e olhei pra cima, vi Kook pendurado num helicóptero com uma garota e quando olhei de volta pra garçonete recebi três golpes no pescoço e meus músculos embolaram me deixando travado, estava doendo pra caralho e ela se afastou dando um beijo no meu rosto.
_ Melhor beijo da minha vida, obrigado e sinto muito. Ela me mostrou um papel escrito “policial mau”. _ Uma amiga mandou eu ser má com você, mas eu nem queria, desculpa mesmo, Jimin. Ela beijou meus lábios e acariciou meu corpo que estava travado e mesmo com dor ela me fez sentir uma coisa estranha, uma pressão engraçada no ouvido, sei lá, foda-se, pois depois a filha da puta saiu que nem um macaco pulando pelos prédios e tanto ela quanto a outra garota saíram de helicóptero enquanto eu ainda estava sentindo dor por todo meu corpo.”Filha da puta”

-x-
 


Notas Finais


E ai?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...