História Doce amor aegyo - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizade, Bts, Hoseok, Imagine, Jimin, Jungkook, Lemon, Namjoon, Seokjin, Sexo, Taehyung, Yoongi
Exibições 37
Palavras 1.069
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!!!
Chimchim~~

Capítulo 9 - Moka is mine...


Fanfic / Fanfiction Doce amor aegyo - Capítulo 9 - Moka is mine...

Eu tirei a mão o Tae bem devagar da minha cintura para não acorda-lo. Me sento na cama e  coloco o lençol nas minhas pernas para cobri-las,deixandoa parte de cima a amostra. Peguei o meu celular e vi que tinha 16 chamadas perdidas...dos meus pais. Até que senti uma mão na minha cintura, olhei pra trás e era o Tae oppa, ele estava olhando pra mim com um sorriso nos lábios.

Taehyung - Oi minha querida - falou ele me dando um beijo o pescoço - dormiu bem?

Moka - Mas é claro...- falei sentando em seu colo de frente pra ele.

Taehyung - Ahh... - falou em ele agarrando a minha cintura novamente. e me deu uma abraço ali mesmo - adoro te tocar Moka...

Moka - Tae, eu preciso te falar algo...

Taehyung - o que foi?

Moka - Os meus pais não sabem que eu passei a noite com você. E eles me ligaram enquanto... - ele me interrompeu.

Taehyung - Eu te penetrava? oh Moka, é normal você não ter atendido a ligação várias vezes, estávamos ocupados!!

Moka - Tá tudo bem, mas só minha mãe sabe que a gente tá namorando, e o meu pai nem sabe ainda! eu queria apresentar você pessoalmente, mas eu não passei a noite em casa e a gente fez amor e... Eles podem desconfiar...

Taehyung - E?.....

Moka - Como assim "E?", Você não percebe o que eu quero dizer?

Taehyung - Ah.....

Moka - TAE OPPA!!

Taehyung - Olha, vamos pular essa conversa?

Moka - Ah oppa... Eles me falaram pra eu não fazer isso, até que me casasse...E isso pode ser o fim do nosso namoro, entendeu?

Taehyung - Você está de brincadeira comigo Moka? Você não quer ficar comigo?

Moka - Mas é claro que eu quero!

Taehyung - Então é só isso que importa! se eles não quiserem que eu fique com você, o problema é deles tá? Eu te amo Moka! Demais ♡

Moka - Eu também. ♡

Ele me abraçou novamente, ele estava alisando meus peitos e meu ombro. Ele alisava a minha cintura de um jeito muito sexy... Como eu estava no colo dele eu senti algo... Acho.que ele tá excitado, ele abriu um pouco as pernas e começou a alisar a minha cintura com mais rapidez. Ele me deitou na cama, me deu um beijo gostoso e chupavao o meu pescoço e até mordia... e me penetrou novamente, eu comecei a gritar o seu nome, as vezes eu pedia para ele parar, para os vizinhos e nem ninguém escutasse... 

Taehyung - Eu te ADORO...*gemido* VAMOS, QUEM É O EU OPPA? 

Moka - V-você oppa... É você!

Taehyung -  A QUEM VOCÊ PERTENCE? - Ele me penetrava cada vez mais forte.

Moka - A você oppa!!! 

Eu imaginava que eu estava Gemendo alto demais...

P.O.V Kate

Meus olhos estavam ardendo de tanto eu chorar que meu marido falou que iria na casa do Taehyung procura-lá... espero que ela não tenha feito alguma besteira...

P.O.V Soo Hyun

Eu juro que mato aquele delinquente se ele estiver com ela...Vamos lá....chegando perto da casa do Taehyung um escuto gemidos vindo de dentro da casa...Eu estava com alguns policiais, eles bateram na porta, e não atenderam, os gemidos de uma garota que parecriam era a...MOKA? Filho de uma puta...Se for ela eu...

Soo Hyun - Vamos abram essa porta! pode ser a minha filha lá dentro! - Falei para os policiais.

Policial 2 - Fique quieto!...

Um tempo batendo na porta e ninguém veio, os policiais resolveram abrir a porta a força, os policiais subiram até o quarto que estava acontecendo algo e bateram na porta com força que ela abriu.... pude ver o Filho da puta foi Taehyung penetrando a minha pequena.

P.O.V Taehyung 

Eu estava penetrando a moka quando vimos dois homens entrando, e sai de perto a moka e fiquei na frente dela.

Policial 1 - Parados aí!! nenhum dos dois se mexe!!

A moka me abraçou um pouso assustada. Até que vi o pai dela entrando gritando do comigo.

Soo Hyun - MOKA! ORA SEU PERVERTIDO FILHO DA PUTA.... - um policial agarrou o pai da moka, impedindo que ele viesse pra cima de nos dois...

Moka - Pai,  por favor!

Taehyung - É melhor se acalmar cara. - Eu olhei pro pai da Moka nos olhos, como é estivesse matando ele com o olhar.

Depois é muita discussão, o pai a Moka levou ela embora, eu fui para o meu quarto com muita raiva.

No dia seguinte fui para o ponto de ônibus e esperei a Moka, mas ela não veio...Um fui sozinho , chegando na escola vi o pai da moka sair do carro com ela, ele estava segurando o braço dela, ela com um movimento rapido se soltou, ainda ouvi ela dizer "Me solta..."...

Entrei na escola bem depois do pai dela ir embora. Eu entrei , não encontro a moka no pátio, JungKook chegou em mim e perguntou:

Jungkook - Hyung!!! Me diz, por que a Moka chegou com o pai dela? e me diz também oque conheceu à noite!!!

Taehyung - O pai dela viu a gente... Você sabe Kookie...

Jungkook - Ããhhhh....entendi. Ela entrou pra dentro um pouco brava, Boa Sorte, Taehyung.

Taehyung - Valeu jungkook.

Entrei pra dentro da escola, e fui pelas salas mas não vi o Moka, fui para o escada de incêndio e vi ela lá...

Taehyung - Fofa, você não deveria ficar aqui! - Ela levantou a cabeça surpresa.

Moka - Ah é você Tae oppa??... Me desculpe sobre o que aconteceu!

Taehyung - Não tem problema.

Moka - Meu pai reclamou comigo e me impediu e falar com você, eu não posso fazer isso, eu disse.

Taehyung - Exatamente, mas não liga pra isso jagiya.

Moka - Eu estou tentando... - Ela um pouco triste ainda deu um sorriso lindo, a quem queria estar feliz. - Eu queria muito te apresentar para o meu pai, para que vocês se entendessem, mas acho que agora não da né?

Taehyung - Sabe...Eu vou.

Moka - O quê??? Tae oppa!

Taehyung - Jagiya, eu tenho que enfrentar o seu pai! eu quero ir na sua casa, e falar o quanto você é importante pra mim! 

Eu dei um Beijo na moka , fiquei abraçado com ela,  agora o que resta, é enfrentar o pai dela...Não vou perder ela de jeito algum!

Continua......


Notas Finais


Desculpem a demora ;(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...