História Doce Atração. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Hailey Rhode Baldwin, Jaden Smith, Justin Bieber, Kylie Jenner, Pattie Mallette, Ryan Butler, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Hailey Baldwin, Jaden Smith, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kylie Jenner, Pattie Mallette, Personagens Originais, Ryan Butler, Selena Gomez, Shawn Mendes
Tags Atração, Doce, Justin Bieber, Romance
Exibições 96
Palavras 2.522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores.
Espero que gostem.

Boa leitura.

Capítulo 14 - E ela se foi.


Fanfic / Fanfiction Doce Atração. - Capítulo 14 - E ela se foi.

(...) 06:00 hrs

POV.JADE

Hoje é sexta-feita, amanhã é minha viagem, acordei cedo hoje não sei nem o porque. Pego meu celular e vejo 3 ligações perdidas, de Justin acho estranho isso.

Resolvi ligar , a primeira vez ninguém atende, tento outra vez e nada ,estou quase desistindo, até entendo são ainda 06:00h da manhã ele deve está dormindo. Até que atendem.

Ligação on

- Alô. - Uma voz feminina soa do outro lado da linha.

- Alô, Justin? .- Digo.

- Não meu amor, me chamo Beatriz.- Ela fala

- Justin está aí?.- Pergunto.

- Olha minha querida, as notícias não são muito boas, Justin ne? Bem  ele se meteu em uma confusão ontem, e bateram nele, eu estou falando da pousada da minha mãe. - Ela fala e eu sinto meu coração disparar.

- Meu Deus. - Digo me levantando.- Beatriz me fala como ele está agora, onde é essa pousada?

- Calma ,minha mãe já cuidou dos ferimentos, ele está dormindo.- Ela diz e me da o endereço.

- Daqui a uns 20min eu estou aí, obrigada. - Falo desligando

Ligação off

Vou até o banheiro, e faço minha higiene matinal, e tomo um banho rápido. Visto uma roupa (#1 notas finais) , pego a chave do carro e saio do quarto rapidamente, no caminho ajeitando meu cabelo, o prendendl em um coque alto, ao passar na sala, vejo que Ryan está lá.

- Pra onde você vai ?.- Ele pergunta me vendo sair.

- Resolver uma coisa.- Pensei em contar pra ele mais preferi ficar na minha.

Saio da casa e vou até meu carro, ligo o mesmo e para minha surpresa, sem gasolina. Droga, bato as mãos no volante, merda falo alto. Desço e volto para casa, o único jeito é pedir o carro e Ryan.

Entro na casa novamente e Ryan me olha.

- Me empresta seu carro?.- Falo rápido e ele ri.

- Meu carro ?.- Ele pergunta

- Ryan, por favor o meu tá sem gasolina.- Digo.

- Jade.- Ele fala me fazendo bufar .

- Que merda Ryan é importante .- Falo em um tom alto.- Se não fosse importante não estaria pedindo.

Ele me olha por alguns segundos.

- Tudo bem, mais eu vou com você. - Ele fala.

- Tanto faz , agora vamos ,não posso demorar.

Ele se levanta ,seu corpo está amostra, e que corpo hein... Ele vem até mim e me entregá a chave de seu carro. Saímos e eu sigo rápido para a tal pousada. Não consigo imaginar como que Justin se meteu em confusão. Preciso ver ele.

- Vai me dizer onde vamos ?.- Ryan fala

- Justin se meteu em um confusão. - Falo e ele me olha assustado.

- E o que fizeram ?.- Ele diz.

- Bateram nele o imbecil .- Digo e olho para ele , depois volto a me concentrar no caminho

- Ta, e porque ligaram pra ti ?.- Ele perto ta mais uma vez.

- Eu que liguei pra ele.- Falo.

- 06:00h da manhã e tu ligando pro Justin?.- Reviro os olhos , e o olho novamente.

- Ryan, Cala a boca. - Digo sem paciência.

Ele não responde ,e fica em silêncio graça a Deus, estaciono na frente da tal pousada, e desço rapidamente, Ryan me acompanha, entro e vou até a recepção.

- Oi, eu estou procurando a .... - Tenho me lembrar o nome da garota, mais não lembro.

- Você é a menina que ligou não é? .- Uma mulher fala entrando para trás do balcão.

- Sim, Jade.- Falo.

- Minha filha está com o rapaz no quarto, subindo a escada, primeiro quarto a direita.- Ela diz.

Agradeço e vou até lá, Ryan ainda me segue sem fale nada. Subo as escadas e vou até a porta do quarto. Bato na porta e entro na mesma.

- Você deve ser a amiga dele .- A garota fala.

- Desculpe ,eu esqueci seu nome.- Digo.

- Beatriz. - Ela responde.

- Meu é Jade.- Falo.- Este é Ryan, amigo dele também.

- Assim, bom eu vou deixa-los a sós. - Ela fala e se retirá do quarto.

Me aproximo da cama e me sento perto dele, a marcas roxas em seu corpo e rosto, seguro sua mão e a mesma está fria, Ryan fica observando calado.

- Quem que fez isso?.- Penso alto.

- Eu não sei mais vou descobrir.- Ryan respondo, vejo ele pegar seu celular e ligar pra alguém, o mesmo sai do quarto.

Fico junto dele durante minutos, ele está em um sono profundo, Beatriz veio novamente ao quarto, e disse que ele tomou remédio pra dor ,ela acha que por ela ainda está dormindo, perguntei para ela se Ryan ainda estava la fora, ela disse que ele saiu, mas avisou que não iria demorar.

De repente sinto a mão dele segurar meu braço, olho rapidamente para ele ,ele abre os seus olhos e vejo a sua coloração caramelada, olhos brilhantes como sempre.Ele tenta se levantar, mais geme de dor, toca seu corpo e se torce a cada movimento, sinto um aperto grande em meu peito em ve-lo nesse estado.

- Não queria que me olha-se assim.- Ele fala se sentando na cama.

- Assim como?.- Pergunto.

- Com pena.- Ele responde olhando para o piso branco e seco naquele lugar.

- Não estou com pena.- Respiro - Só estou preocupada, quem fez isso com você?

- Ninguém. - Ele diz ainda admirando o chão.

- Tudo bem, se não quer falar não fala, eu descubro.- Digo e me levanto.

Ando pelo quarto e ele segue meus movimentos até que vou para o outro lado da cama e olho pela janela.

- Da pra para de andar pra um lado e para o outro.- Ele diz - se não percebeu não consigo te seguir.

Rio pelo nariz ,e ele continua a me olhar, volto a me sentar a seu lado, e seguro sua mão.

- Não vai me contar oque aconteceu?.- Pergunto

- Como soube que eu estava aqui?.- Ele diz

- Você me ligou ontem, retornei hoje pela manhã e a Beatriz atendeu.

- Quem é Beatriz?

- A filha da dona desse lugar.

Ele para de falar e me encara por alguns segundos.

- Isso ja vem de muito tempo atrás.- Começa a falar. - No entanto ja tínhamos esquecido as rixas entre nós, pelo menos eu tinha, e os meninos também, so que ontem eu fiz merda e aconteceu isso.

- Então por isso Ryan saiu, e foi atrás dos meninos. E o que você fez?

- O Ryan tava aqui? .- Pergunta.

- Sim, tive que vim em seu carro, e ele so deixou se vinhe-se junto.- Ele ri fraco

Ele iria continuar a me contar quando Chris, Chaz e Ryan entram no cômodo.

- Porra Bieber. - Chris fala

- Já cuidamos disso.- Chaz se pronuncia.

Ryan não diz nada so fica nós olhando. Os meninos conversam e eu vou até Ryan que está no canto do quarto.

- Oque foi isso? .- Pergunto

- Nada, Já resolvemos.- Ele diz me fazendo bufar.

- Merda.- Digo chamando as atenções pra mim.

- Calma gata, oque foi?.- Chris fala e me olha.

Saio do quarto sem falar nada, quero saber oque ta acontecendo, e eles ficam se segredinhos idiotas. Vou até a recepção e falo com a moça que está lá.

- Olá, eu queria saber quanto ficou a estadia do rapaz do quarto "06".- Digo.

- Não precisa pagar não meu amor.- A Mulher com quem falei mais cedo estava atrás de mim.

- Faço questão, você cuidou dele.- Falo

- Faria por qualquer outro, e ja disse não precisa.- Ela fala simpática.

- Vocês já vão leva-lo ?.- A Tal Beatriz aparece perguntando.

- Vamos sim, estão so conversando lá.

- Vários meninos bonitos aqui, não vou negar adoro.- Ela fala fazendo eu e sua mãe rir..

- Vou la chama-los .

Estou indo para o quarto e escuto conversarem, abro a porta e todos se calam, não consigo conter a raiva e a curiosidade misturadas.

- As mariquinhas vão ficar de segredo agora? .- Digo irônica.

- Esse assunto não le convém. - Ryan fala.

Olho para ele com raiva e o mesmo desvia o olhar.

- Vamos, você vai pra minha casa.- Chris fala levantando o Justin.

POV.JUSTIN

Meu corpo todo doía, estou no carro de Christian, o mesmo está me levando pra sua casa, minha mãe ja me ligou várias vezes, mas não quero preocupa-la.

Notei que Jade está chateada por não saber o real motivo dessa confusão, mas na verdade ela não tem que saber mesmo. O pior é que ela está preste a ir embora,e provavelmente vai com raiva de nós.

- Chegamos moleque.- Chris fala .

- Ainda bem, pensei que demoraria um século, na velocidade que você dirige até uma tartaruga é mais rápida.- Digo e ele revira os olhos.

- Vai te fuder.- Ele diz e abre a porta do carro saindo do mesmo.

Saio com dificuldade, abro até a entrada da casa e entro na mesma.Não demora muito e os meninos chegam,menos Jade.

- Cade a Jade?.- Pergunto para Ryan.

- Deixei ela em casa, mesmo ela não querendo, ela não deve se envolver nisso.- Ele responde.

- Pensei que ela viria pra cá.- Chris fala e pega uma garrafa de uísque sa servindo.

- Ela queria, mais tinha um compromisso. - Novamente ele responde.

- Então meninos, conversei com o chefe deles hoje de manhã assim que soube com o que fizeram com você Justin.- Chaz começa a falar. - Ele disse que não tinha mandado fazerem isso é que ia tomar providências.

- Onde você tava Bieber? Quando aconteceu ?.- Ryan pergunta.

- Tava em uma das baladas do Jaden, e acabei me estranhando com um dos caras que me bateram.- Respondo.- A confusão passou, e quando estava indo pegar meu carro ela vinheram, e falaram que já estavam mesmo querendo me acerta.

- Sempre arrumando confusão não é? - Chaz fala

- Eu ia saber que a garota que eu tava beijando era namorada dele?.- Responde e Christian ri.

- Seu merda. - Chaz fala.- Eles poderiam ter te matado, presta atenção esses caras são da pesada.

- Tá senhor Charles, você fala como se já não tivéssemos enfrentados piores.- Digo.- Lembra que ja trabalhamos pra eles?

- Isso não vem ao caso.- O mesmo dia bebendo uísque.

Passamos a tarde toda bebendo aqui na casa do Beadles, Ryan também ficou aqui. Já era noite quando Jade e Bruna apareceram.

- Oi meninos.- Bruna fala sorridente.- Vim me despedir.

Chaz fica triste com a notícia. E sai de onde estamos, Bruna segue o mesmo.

Estamos calados sem dizer uma palavra apenas encarando um ao outro, até que Jade sa levanta e caminha até a bancada e bebidas e se serve com vodk e todos a olhamos.

- Que é? - Ela pergunta.

- Nada.- Ryan diz.

- Poxa meu amor, você vai me deixar.- Beadles diz em um tom triste.

A mesma vai até onde ele está e se senta em seu colo, consigo ver que Ryan não gostou nada disse e eu também não.

POV. JADE

Chego próximo a orelha de Christian e digo.

- Vou viajar, mais isso não o impede de ir me visitar.- e depósito um beijo em seu pescoço

Olho para Justin e Ryan e os dois estão nos fitando. Consegui oque eu queria. Só não sei dizer quem está com mais ciúmes. Levanto do colo dele e me sento ao seu lado.

- A garota que você beijou ontem parece que tinha um namorado ciumento não é mesmo ? - digo olhando para Justin.

- Como você sabe disso? -Ele pergunta

- Eu disse que descobriria o motivo disso. - Falo e pisco para o mesmo.

Ryan se levanta e sai indo para a varanda.Chris também vai e nos deixa a sós.

- Quem te falou ?.- Justin pergunta

- Não interessa. - digo

O mesmo revira os olhos, e bebe mais um pouco, vejo Bruna subi com Chaz para o andar de cima, penso que vou ter que espera-la, mas penso de novo e resolvo ir para casa.

- Tenho que pegar meu carro, deve está perto da pousada, vou aproveitar e dizer obrigado para a mulher e sua filha.

- É a garota vai gosta e te ver de novo mesmo.- Digo irônica

- Ciúmes amor?.- Ele diz no mesmo tom.

- Claro que não. - Oque não é verdade , porém ele não precisa saber que eu sinto ciúmes dele.

- Tenho que parar em casa, minha mãe deve está preocupada.

- Falei com ela, ela ligou para o Will e ele perguntou a eu sabia de alguma coisa.

- Oque você disse?.

- Que você tava com os meninos ue, ela ficou mais aliviada....

Os meninos voltam par o cômodo.

- Vamos Jade ?.- Ryan fala seco.- Não é amanhã a sua viagem?

- É sim.- Digo. Me levanto e vou até Christian e foi um beijo em sua bochecha faço o mesmo com Justin - Espero vocês amanhã para se despedir.

Saímos da casa do Chris e Ryan não diz nada, vou até meu carro e espero Ryan pegar o seu, não esperei Bruna pois sei que ela vai demorar.

(...) No dia seguinte.

Estou quase pronta quando minha mãe entra no quarto.

- Filha promete vim me ver? Por favor.

- Claro mãe. - Digo.

- Seu pai já está aí.- Ela diz.

Pego minhas malas e vou até o abre de baixo, la encontro Justin, Chaz e Christian,Bruna e Will, menos Ryan acho estranho isso ,mas fazer oque ne.

Dou um abraço em cada um deles, e falo com Will para que continue cuidando da minha mãe. Pergunto por Ryan e ele diz que teve que sair. Queria me despedir dele também.

Estamos fora da casa ando até meu carro , vou sentir saudade dele, aquela ne bem sentimental.Entrego a chave para Will e agradeço por tudo.

Ando até meu pai e abraço o mesmo, estou com os olhos marejados de emoção, entro no carro e vamos para o aeroporto, chegando lá na hora em que o meu vôo anuncia , abraço todos novamente e dou um beijo nos meninos, na bochecha é claro.

POV.RYAN.

Não consigo aceitar que ela se vai, ela vai me deixar, estou entrando no aeroporto ,espero encontra la ainda, quando vejo que ja anunciaram o vôo dele sai correndo até o portão de embarque.

E ela está lá ainda olhando, e quando me ver abre o seu sorriso mais lindo e corre em minha direção, pulando em meu colo, todos nos olham , meu pai e Carla não entendem muito, mais os outros sim.

- Boa viagem.- Digo

- Obrigada, obrigada por esses meses.- Ela diz e beija minha bochecha.

Coloco ela no chão pois ja estão dando a última chamada. A abraço novamente e ela se afasta indo para o avião, sinto meu coração aperta. E ela se foi, me deixando sem direção.
   


Notas Finais


#1: https://4.bp.blogspot.com/-cW-40iu3y70/V3fCb6S_pPI/AAAAAAAAD8k/VXGaExVvAz8qyVA3qjgY3ZWURYtSp6ZuwCLcB/s640/tumblr_nz7v20ifvc1rp4ph6o1_500.png

Desculpem os erros.
Oi amores espero que tenham gostado, vamos dá um spoiler básico?

*SPOILER*
POV. JADE
- Me solta.
- Acho melhor você ficar calada.
- Vai a merda.
Nessa hora ele me da um tapa, sinto meu rosto ferver de raiva.
- Não dei ordem pra fazer isso. Saia daqui seu imprestável. - Um rapaz bonito por sinal entra no escritório.
- Quem é você?
- Me chamks **** ***** (Não revelarie isso haha*)
*SPOILER*

Deem seus palpites ,quem Será o Rapaz Bonito ?

Lembrando que se tiver comentário o capítulo sai mais rápido. *---*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...