História Doce Atração. - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Hailey Rhode Baldwin, Jaden Smith, Justin Bieber, Kylie Jenner, Pattie Mallette, Ryan Butler, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Hailey Baldwin, Jaden Smith, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kylie Jenner, Pattie Mallette, Personagens Originais, Ryan Butler, Selena Gomez, Shawn Mendes
Tags Atração, Doce, Justin Bieber, Romance
Visualizações 103
Palavras 2.444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Shawn na capa siiiiiiimmmmm!
Olá amorees volteiiii. Eai tudo bem com vocês? Eu estou com problemas.

Peço desculpas desde ja, sabe quando você quer escrever uma coisa útil mais não sai nada? Pois é essa semana foi assim, não conseguia pensar em nada, nada de legal sabe? Mais eu tenho que escrever pra vocês, vocês estão esperando, e por isso estou aqui.
Falem pra mim oque acharam do capítulo. Vamos parar de enrolação? Vamos kk beijooooooo. Até depois.

Boa leitura.

Capítulo 25 - Ops.


Fanfic / Fanfiction Doce Atração. - Capítulo 25 - Ops.

Pov.Zayn

Estava tudo numa boa até a vadia da Carol chegar fazendo escândalo pra falar comigo, dei ordem para deixa-la subi e assim ela fez.

- Oi meu ... - A voz irritante dela soou meus ouvidos , virei-me para encarala a interrompendo

- Oque você quer ?.- Falo sério.

- So vim te amostrar uma foto.

- De quem ?.- Pergunto

- Da sua querida Jade.- Ela diz. - Parece que ela é rapida não?

- Do que você ta falando? .- pergunto sem entender oque ela quer dizer.

- Veja com seus próprios olhos.- Ela entregou o celular que segurava a mim.

Olhei para o visor e vi uma imagem de Jade beijando um cara, o sentimento de fúria tomou conta de meu corpo, olhei para Carol que me encarava com orgulho.

- Da onde você tirou essa foto?

- Tenho meus contatos

Me aproximo dela a prensando na parede com uma de minhas mãos em seu pescoço, agora ela me olha assustada.

- Vou perguntar so mais uma vez.- Falo apertando minha mão em seu pescoço a deixando cada vez mais sem ar . - De onde você tirou essa foto ?

- Zayn você ta me machucando

- Foda-se eu te fiz uma pergunta

- Tava em um site, esqueceu que ela é famosa? Pode procurar que vai aparecer.

Jogo o celular que esta na minha mão na parede o fazendo despedaça , Carol tenta tirar minha mão de seu pescoço oque é inútil.

- Meu celular.- Ela diz com raiva

- Vai embora daqui .- a solto

- Ta vendo ? Eu avisei que ela é uma vadia.- Ela disse e assim que terminou de se pronunciar eu dei um tapa estalado em sua face a fazendo urrar de dor virando para o lado.

- Vai embora.

Ela leva a sua mão no rosto onde o tapa pegou me olha por segundos e vai embora.

Pov.Jade

- Você não quer subi ?.- Pergunto para Justin que esta me olhando com desejo.

- Me espera na recepção .- ele diz destravando a porta para mim sair.

Saio do carro andando no estacionamento silencioso, so o barulho do meu salto ecoava por ali.

Olho para trás e vejo Justin ao telefone, continuo andando, lentamente,  minha mente esta uma confusão, Primero que eu nem queria vim e agora não quero voltar, não pelo beijo mais por me sentir tão bem e livre aqui.

Entro no elevador, e aperto o botão, uma mão segura a porta do elevador o impedindo de se fechar, e ela entra, a mesma mulher que segurou meu braço assim que chegamos, ela me olha e abre um sorriso enorme, minha expressão é séria aind confusa.

- Meu nome é Fernanda, lembra de mim ?. - A mulher diz

- Não. - digo seco

- Você era tão meiga, e continua linda.

Fico em silêncio tentando raciocinar, até ela tocar meu cabelo, o acariciando.  Tiro sua mão a afastando de mim e assim que a porta se abre saio o mais rápido possível da li.

Olho para trás e não a vejo mais, fico na recepção conversando com a moça de la, sinto tocarem minha cintura e eu olho assustada.

- Calma sou eu .- Justin fala rindo.

- Demorou muito.- Digo e ele me abraça beijando monha testa.

- Vocês são namorados?.- A moça que eu estava conversando perguntou, ingênua.

- Não. - Falo e Justin fala sim ao mesmo tempo, rio fraco.

- Tudo bem,  vou indo .- Ela fala do embora.

Seguimos então para o quarto.

(...)

Ja era tarde eu, Bruna e Justin estávamos assistindo filme, super comum não é mesmo? ... Bruna estava entediada

- Definitivamente não gosto de segura vela.- Ela diz ficando de pé com as mãos na cintura.

- Você não ta de vela.- Justin fala. - Ela não aceitou namorar comigo.

- Para de graça.- Ela fala rindo

- É sério. - Eles conversam como se eu não estivesse ali.

Depois de horas (mentira foi 20 minutos) eles lembraram que eu estava ali, quando eu me levantei saindo do quarto. Andei lentamente pelo hotel, mexendo no celular, quando olhei para trás la vinha os dois rindo, mereço.

Entrei no elevador e eles vinheram correndo entrando no mesmo.

- Pra onde vamos ?.- Bruna fala

- Eu to com fome.- Justin diz.

Continuo calada, apenas olhando meu reflexo no espelho. A porta se abre e saímos no saguão.

Pov.Zayn

Por mais que eu tenta-se esquecer eu nao conseguia , por mais mulheres que vinham para mim ,mesmo assim nenhuma me satisfazia, é como se eu precisa se daquela vadia, como um viciado, eu a queria perto e agora eu so sinto raiva por te me apegado a ela, sempre tive tudo oque eu quis nas minha mãos.

Mas com ela era diferente, ela me tinha sem esforço algum, eu era dela e ela me pertencia, mas isso não vai ficar assim, não mesmo.

Pego meu carro e saiu cantando pneu na cidade, como se não existe mais nada so a mim e meu carro, as ruas estavam silenciosas apenas o motor do meu carro fazia barulho por onde eu passava.

(...)

Alguns minutos depois eu estava na frente da casa da vagabunda da Carol, desci do carro destravando o mesmo, caminhando até a "casa" dela, de sua mãe na verdade, bati na porta duas vezes forte, nem sinal de ninguém, bati novamente e a voz dela soou.

- Calma, vai quebrar a porta.- Ela gritou do outro lado.

Assim que ela abriu deu um sorrisinho satisfeita por eu ter a procurado.

- Meu amor .- A mesma diz e eu entro sem ao mesmo ela permitir.

Olho a sala cuidadosamente e subo as escadas, não demora muito pra ela vim atrás me guiando pela casa.

- O proximo quarto esqueda.- Ela diz e eu entro no cômodo, la a somente uma cama e um armário. Nada a mais que isso, o quarto tem a pintura avermelhada e esta escuro oque o faz ficar "aconchegante" não muito mais da pro gasto.

Ela tranca a porto do quarto, e logo em seguida tira a unica peça de roupa que estava vestida, uma blusa grande, anda até mim e me beija lentamente, desabotoando minha camisa, a tirando logo em seguida, enquando passa a mão em meu corpo ela explora cada lugar do interior da minha boca, o seu beijo é calmo e delicado, oque não me agrada muito.

Pego e sua bunda a fazendo entrelaçar suas pernas em meu quadril, ela continua me beijando mais eu simplesmente não sinto nada.

A deixo na cama e tiro minha calça, ficando apenas de cueca box, ela se masturba na minha frente.

Levo minhas mão até sua intimidade que ja esta molhada por seu ato, passo meu dedo em seu clitóris o pressionando, sigo com movimentos circulares a dando prazer, ela leva sua mão até minha cueca deixando meu pau exposto, e o masturba o fazendo ficar mais duro do que estava a poucos minutos.

Lubrifico meus dedos antes de introduzi-los nela e faço movimento de vai e vem, ela continua com uma mão em meu membro, mas para de movimenta-la assim que meus movimentos começam a ficar mais rápidos, ela fecha seus olhos tombando a cabeça pra trás, bastante molhada ela geme baixo chamando meu nome, oque me da prazer.

Sinto meu membro pulsar na sua mão e a ajeito para a penetra-la. A mesma me ajuda a ficar confortável.

Passo meu membro por cima de intimidade afazendo gemer baixo, levo a cabeça de meu membro até sua entrada o forçando a entrar. Meus movimentos são aumentandos a cada estocada, ela aranha minha minhas costa me fazendo arfar com a dor, uma dor prazerosa.

Estou por cima dela agora, sinto sua vagina sugar meu membro, os movimentos estão a todo vapor, ela geme alto puxando minha nuca para um beijo.

Eu estou em êxtase, e como se eu não tivesse em mim, deve ser pelo tanto de droga que vaga pelo meu sangue agora.

Sinto seu gozo escorrer em meu penis, mais contínuo os movimentos rapidos, bruto. Sinto minha veia engrossa, e paro os movimentos saindo de dentro dela.

- Fica de quatro .- Falo e ela morde seu lábio.

Ela faz oque eu mando ficando de quatro na cama, levo meu membro até seu ânus e o penetro de uma vez, dessa vez ela grita de dor, oque me faz sair do transe, aumento os movimentos segurando em sua cintura e ela geme alto ainda, sinto que cheguei a meu ápice, diminuo os movimentos e retiro meu pênis da li, e logo o jato de gozo sai lambuzando sua bunda.

Gemi fraco, e ela se vira pra mim me olhando sapeca. Fico de pé na frente da cama e ela vem até mim engatinhando sobre a mesma.

Viro me indo até a porta que esta ali, julguei o banheiro e acertei, entrei no mesmo sem dizer uma palavra. Me olhei rapidamente no espelho, meus olhos estavam vermelhos, eu estava um bagaço.Entrei no box e deixei a água percorer meu corpo, levanto embora tudo oque não prestava.

Pov.Jade.

Ja eram 08:30 quando escutei meu celular tocar, eu estava deitada sobre o peito de Justin e Bruna ao lado, os dois ainda dormiam. Sai calmamente de cima dele não o acorda-lo.

Fui até a estando onde meu celular estava e vi um turbilhão de ligações no mesmo, número de meu pai,minha mãe, Shawn tambem, e outros que eu não tenho salvo.

Desbloqueio o mesmo e logo em seguida Shawn liga novamente, atendo rápido.

Ligação on

- Alô dorminhoca.- ele diz com a voz doce de sempre.

- Oi .- Digo bocejando.

- Ja viu as fotos que sairam de você?

- De mim ?.- Digo confusa.

- É, com seu novo peguete como disseram na imagem.

- Ai droga, Sério?

- Vou te mandar as fotos.- Ele diz rindo

- Ta bom, Tchau.

Ligação off.

Que merda de fotos são essas ? Fico curiosa e não demora muito para que Shawn envia-se as tal fotos em conversa.

Rio assim que vejo a leganda da foto. "Sera um novo romance? Jade é fotografada aos beijos com rapaz desconhecido até então." .As fotos são eu e Justin no estacionamento do buffet, o texto continua e outro trecho diz assim, "descobrimos o nome do dono do coração se Jade, ele se chama Justin Drew Bieber." " A relatos de fotógrafos que dizem que eles foram para o hotel juntos."

Nossa mano que leseira, continuo rindo até ...

- Do que você tando ri ?.- Justin pergunta chamando minha atenção.

- Pra mídia você é o "dono do meu coração".- Falo rindo e jogando o celular pra ele.

Vou até o banheiro para fazer minha higiene matinal, e resolvo tomar banho antes que fiquei aquela filinha de três pessoas para tomar banho. Fecho a porta do banheiro tirando minha roupa em seguida.

Não demorei pois tinha que pegar o carro que deixei no buffet e aproveirar o resto da viajem, sai do banho com um roupão e fui até um compartimento no quarto que desse para mim trocar de roupa. (#1).

(...)

Estava no elevador acompanhada de Justin que ja tava bem cheiroso, acredite. Ele me olhava sem parar oque fazia eu ficar com vergonha. Bruna não quis vir, e ficou conversando com Liam no celular ,uma conversa não muito boa.

- Para de me olhar .- Digo o encarando e ele sorri.

- Pensou no que eu disse? .- Ele pergunta e eu sinto um friozinho na barriga, se ele soubesse que eu queria, nao estava perguntando.

Mas são muitas coisas em jogo, e ainda tem o Zayn, mesmo ele sendo de um jeito diferente eu me apeguei a ele, eu realmente gosto dele.

- Temos muito tempo ainda .- Digo assim que a porta se abre e saimos do elevador.

Seguimos até o estacionamento, meu celular toca mais não atendo, na verdade não queria mesmo ouvir a voz da pessoa que ligava, no caso a Ester.

Meu celular toca novamente mais agora é uma mensagem, desbloqueio o mesmo assim que entro no carro, número de Zayn, abro a mensagem e tem simplesmente é um vídeo, aperto para segui e Carol aparece. Ela diz " OI amiga, lembra de mim ? Aposto que sim, não fica chateada não viu? Chifre trocado não doi!" Em seguida ela mostra Zayn deitado na sua cama apenas de cueca.

Eu olho para Justin que me olha sem entender, ele so escutou oque ela disse.

- Oque é isso ?.- Ele pergunta

- Nada de mais.- Falo e sorrio forçado.

O mesmo nega com a cabeça e da partida no carro.

(...)

Depois de horas na casa da minha mãe, eu resolvi sair porque o clima pessou com Ryan e Camila la, peguei a chave do carro indo para casa de Justin que disse que sua mãe me convidou para lanchar la.

Não recusei é claro, a casa de Justin não fica longe então não demora muito para mim chegar. Mesmo assim eu não paro de pensar no vídeo que Carol me mandou, será??? Que eles ficaram??? Merda.

Quando dou conta ja estou na porta da casa do Justin, aperto a campainha e logo sou atendida por Jeremy, esteanho um pouca mas o cumprimento, entro e logo sou agarrada por Jaxon que pula em meu colo, Minha menininha não femora para parecer e me abraça forte.

- Finalmente você veio brincar com a gente.- Ela fala me dando um boneca.

- Desculpa a demora.- Falo acariciando seu rosto e ela sorri.

- Ela tem que brincar comigo também. - Jaxon diz cruzando os braços.

- Vou brinca meu amor.- Digo apertando sua bochecha.

Fico alguns minutos brincando com eles até Jeremy me chamar.

- Jadee .- Ele diz na cozinha.

Levanto e vou até la, ele sorri ao me ver e me entregar um biscoito da sorte, rio e agradeço, o abrindo logo em seguida.

No bilhete dizia " Siga seu coração, ele sabe oque você quer,e oque vai te fazer feliz."

Sorrio ao ler aquilo, o olho e ele esta sorrindo também.

- Justin esta la no quarto, acho que ainda não percebeu que você chegou.

- Vou ir la, tudo bem ?

- Claro, Vou ajudar a mulher a terminar a comida.

Volto para sala e falo para os pequenos que eu vou conversar com o Bieber ele sorriem e dizem juntos.

- Vocês são namorados?

- Não meus amore, somos apenas amigos.

- Ainda ne?.- Jaxon diz.

- Sim pequeno .- Digo os deixando e seguindo para o quarto de Justin.

  CONTINUO???


Notas Finais


#1 : http://lovestoneblog-blog.tumblr.com/image/153368731413

Falando desse capítulo , Jade continua trouxa não é mesmo? MEO DEUS COMO PODE? A PESSOA TEM O JUSTIN E CONTINUA PENSANDO NO OUTRO G-ZUIS É MUITA BURRICE. CAROL A AMIGA PUTA DESINFORMADA, TO ME ARREPENDENDO DA JADE NÃO TER DADO UNS PEGA NO SHAWN MESMO EIN .....

Amores me descupem, sei que esse capitulo não esta desejavel, mais so tenho uma coisinha pra dizer pra vocês.
O HOT MAIS ESPERADO DA FANFIC ESTA PROXIMOOOOOOOOOOOOO!!!
Uau chega de spoiler não é mesmo?
Haha chega sim.

Um beijo amores, não vou demorar a aparecer PROMETO! Fiquem com Deus.
Me falem oque acharam.

Beijoooooooo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...