História Doce como Açúcar. - Capítulo 18


Escrita por: ~

Exibições 161
Palavras 2.694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esse comeback me destruiu ;-;
Só quero avisar uma coisa:
Há algo podre no reino da Dinamarca.
Boa leitura <3

Capítulo 18 - Suga e Nam nam : Nunca desistir.


Fanfic / Fanfiction Doce como Açúcar. - Capítulo 18 - Suga e Nam nam : Nunca desistir.

 

Quando se separaram e os olhos se encontraram , Namjoon se assustou consigo mesmo e Yoongi colocou a mão na sua boca.

O quê tinha acabado de acontecer?

- O que foi isso? - Yoongi falou pra si mesmo.

- A gente se beijou...

- M-mas porque? Porque fez isso?!

- E-eu... - Namjoon ia responder , mas as palavras pareciam angasgar na garganta.

- Deve ser mais uma das suas brincadeiras , só pode ser isso.. - Yoongi se levantou e ficou andando de um lado para o outro , passando a mão pelos cabelos.

- Não foi brincadeira. - Namjoon não estava tão desnorteado como antes , ele estava inseguro de Yoongi não corresponder seus sentimentos , contudo , ele sabia que agora era o momento certo.

- Você me beijou antes , depois começou a me ignorara! Acha que eu vou cair nessa brincadeira de novo?!

- Yoongi!  Não é  isso,  nao é  nada disso  eu... - Yoongi continuava andando pelo quarto , ignorando Namjoon e divagando em como tudo parecia estar errado.

- Você  acha que eu sou um brinquedo? Namjoon eu não sou um objeto que você  usa como e quando quer. Eu tenho sentimentos. - Yoongi poderia estar arrancando os cabelos agora , que ansiedade.

- Suga... 

- Nam.. Eu não... - Antes que o branquinho  pudesse completar sua frase Namjoon o puxou e selou seus lábios , Yoongi tinha os olhos arregalados , segundo depois disso eles já estavam fechados. 

As duas vezes que se beijaram foram por poucos segundos. Os beijos de agora em diante seriam diferentes , tudo ficou diferente , o sentimento estava diferente , os corações palpitavam de forma diferente.Aquela ansiedade sumia aos poucos e dava espaço a um calor aconchegante. As línguas entrelaçadas transformavam o futuro deles , a partir de agora tudo mudaria , agora estava diferente.

E quando finalmente se separaram:

- Suga,  em nenhum momento tratei você  e seus sentimentos como brinquedos.- Namjoon olhou para a face de Yoongi , ele era perfeito para o outro , até mesmo os olhos pequenos, que eram feios para o baixinho , eram a coisa mais linda para Namjoon. Ele continuou. - Pelo contrário,  levei eles a sério  de mais. Por isso me afastei, porque você  com certeza não  sente o que eu sinto. 

- Você se afastou de mim,  depois de me beijar, por não me amar? - Yoongi ameaçava chorar .- Ah...então era isso , eu devia ter parado de me iludir.

- Mas é claro, pera.... - Namjoon arqueou uma sobrancelha e abriu a boca levemente. - O quê você disse?..

- Não é óbvio , você não me ama! Quer que eu continue me rebaixando?! 

- Mas...

- Eu devia ter acabado com esse amor no início , eu devia ter me casado com aquela garota sem peito! - Yoongi se levantou e saiu correndo pro seu quarto.

- Oh...Yoongi! Min Yoongi! - Namjoon foi atrás do branquinho , antes do outro abrir a porta do quarto , Namjoon o pegou pela cintura e o ergueu.

- Me solta! Deixa eu me isolar com o meu Kumamon!

- Você não vai se isolar , até conversarmos! - Namjoon foi levando Yoongi até seu quarto de novo e o colocou em sua cama. - Pode começar a falar!

- Falar o que?! Quer me humilhar mais ainda?! Eu não aguento mais.. - Yoongi colocou a mão nos olhos.

- Suga...eu só quero saber o que sente por mim , por favor. - Namjoon pegou as mãos do outros , e começou a fazer leves carinhos nelas.

- E-e-eu.. - Yoongi respirou fundo. - Eu te amo.. - Namjoon arregalou os olhos e depois os fechou , ele passou a língua pelos lábios e segundos depois as lágrimas começaram a cair , ele se engasgava com o choro 

- Nam... Nam , não chora por não poder me corresponder..

- Eu...eu estou tão feliz.. - Namjoon levantou a cabeça e sorriu , embora seus olhos tivessem ficado inchados e sua cara vermelha.

- F-feliz? - Yoongi acabou se assustando , ele acabou pensando o pior.

- Eu te amo , Yoongi , desde o primeira vez que olhei para você. - Os dois se olharam profundamente , estava tudo mudando , realmente tudo estava mudando.

- Me ama? 

- Amo.

- Me ama mesmo? Tipo de beijar e coisas assim?

- Amo.

- Mesmo?

- Mesmo.

- Mas-

- Ah...cala a boca! _ Namjoon abraçou Yoongi e o beijou de novo.

- Eu não sei o que dizer , não esperava que você retribuísse.. - Yoongi abraçou fracamente Namjoon , ele não conteve as lágrimas . Talvez Yoongi tivesse se tornado um pouco sentimental.

- "Eu não esperava que você me retribuísse" , eu que deveria dizer isso. - Namjoon se sentou do lado do outro. - Fizemos muito barulho por nada...

- Fizemos...

- Eu devia ter apertado tua bunda antes...

- Dev.. - Yoongi corou e olhou para Namjoon com os olhos cerrados , ele era apaixonado por um pervertido.

- O quê? - Namjoon não entendia o porque o baixinho tinha ficado assustado.

- Apertar a minha bunda? Estávamos falando de que finalmente tivemos nosso sentimentos correspondidos , e você me fala que deveria ter apertado a minha bunda?!

- Eu só disse verdades...

- Eu já sabia que você era um pervertido , só não esperava escutar isso agora. - Yoongi botou a mão na cabeça.

- Sorry , baby..

- Não começa a falar em inglês , você sabe que eu não entendo nada.

- Não falo mais . - Namjoon sorriu. - Faz muito tempo que não conversamos assim , eu estava com saudade disso.

- Eu também..

- Então agora estamos namorando? - Namjoon perguntou , para alguém que tinha uma inteligência fora do comum Namjoon não pensava muito.

- Acho que sim...

- Então....namorados?

- Namorados? Eu não estou preparado para isso ainda.. - Yoongi olhou para Namjoon , o moreno sorriu de lado e abraçou o branquinho.

- Você é fofo , eu já disse isso antes.

- Tinhamos acabado de nos conhecer , aquele dia na praia foi divertido. - Yoongi sorriu e retribuiu o abraço de Namjoon. O moreno começou a passar a mão nas costas de Yoongi.

-Nam...eu estou tão feliz. - Yoongi sorriu mostrando sua gengiva , que fofo. Namjoon foi descendo a mão dele. - Ei! Nós podíamos sair em um encontro com os meus amigos! - Namjoon ignorou o baixinho e começou a beijar levemente o pescoço de Yoongi , sua mão já estava na bunda de Yoongi. - Nam?

- Sim?.. - Ele começou a passar a mão em Yoongi.

- Chega , merda! - Yoongi fechou o punho e socou as partes íntimas de Namjoon , um grito alto e dolorido foi escutado pela rua inteira.

E na calçada uma senhora passava.

- Ah...o galo deve ter cantado , é hora da igreja. - Quem tinha um galo no apartamento? Min Yoongi tinha o galo Kim Namjoon , o galo que grita como uma garotinha quando leva um soco nos países baixos.

 

 

[...]

 

Depois de duas horas Namjoon tinha ficado em posição fetal murmurando que havia perdido seus filhos mais uma vez. Yoongi ficou essas duas horas se desculpando e fazendo o teatrinho do Kumamon ,ele mexia o bichinho como se tentasse impressionar um bebê, Namjoon só estava fazendo manha.

- Então o príncipe Kumamon viveu feliz para sempre no reino do arco-íris.. - Yoongi fez o urso mexer os braços.

- Yoongi...eu não queria ver o teatrinho do Kumamon de novo..

- Mas...Nam..

- Suga , eu te amo , mas esse teatrinho não.

- Como não?

- Eu já vi essa história 30 vezes..

- Mas agora é diferente , agora você gosta de mim , então a história fica feliz. - Yoongi sorriu.

- Suga , em todos as vezes que eu vi , agora só mudou o fato do Kumamon estar de pano na cabeça. - Namjoon estava sentado no sofá com as pernas abertas e Yoongi na frente dele , talvez Yoongi só estivesse muito feliz.

- Certo , Sr. Kumamon com pano na cabeça. - Suga largou o Kumamon em cima da televisão  e se sentou ao lado de Namjoon. - Tudo isso é ainda surreal...

- Concordo , eu nem sei o que pensar...

- Não estamos namorando isso é certo. - Yoongi suspirou e olhou para o moreno.

- Concordo , eu ainda não assimilei tudo. - Namjoon encarou o outro.

- Quer sair em um encontro primeiro? - Yoongi perguntou.

- Porque não? Ficamos semanas sem conversar , nos olhar , e porque não agora restaurarmos esse tempo perdido ? - Namjoon não deixou de sorrir , um dos seus sonhos era sair em um encontro com Yoongi.

Então assim decidiram , no dia seguinte eles teriam um encontro.

 

[...]

 

 

 Namjoon estava típicamente vestido para um concurso de moda e Yoongi também , eles não iriam para nenhum restaurante chique , nem para um parque , muito menos para um café requintado.

  Eles estavam no parque olhando os pombos , Namjoon estava entediado e Yoongi ancioso , ele disse que teria uma surpresa para Namjoon. As surpresas de Yoongi nunca são boas , a última vez que Namjoon teve uma surpresa de Yoongi foi antes deles pararem de se falarem , Namjoon viu Yoongi se trocando. Namjoon é só muito informado , não um pervertido. Muitos lencinhos foram usados e os vizinhos escutaram gemidos naquela noite.

  O moreno fica olhando para os pombos e se perguntando o porque ele estava tão entediado.

- Nam. - Yoongi cutucou o mais alto. - Nam.. - Ele cutucou de novo. - Namjoon! - Yoongi o empurrou.

- Fala! - Namjoon se virou.

- Eles chegaram , vem! - Yoongi se levantou , pegou a mão de Namjoon e foi o puxando para longe dos pombos. Ah..Namjoon já havia dado nome para os pombinhos. Quando o moreno percebeu ele deu de cara com os amigos de Yoongi.

- Jin , Tae! - Yoongi abraçou os dois.

- Yoongi! - Jin retribuiu o abraço.

- Ele está mais feliz , hyung! - Taehyung deu leves tapinhas no ombro de Jin.

- Ele está mesmo , Taetae... - Os dois finalmente perceberam o moreno , que estava atrás de Yoongi.

- Já entendi o porque. - Jin falou.

- Também , eles devem ter transado. - Taehyung comentou.

- Com certeza , aqui está seu dinheiro... - Taehyung estendue a mão para Jin que colocou algumas notas de dinheiro na mão do seu namorado.

- Eles não transaram , hyung. - Taehyung fez uma cara maliciosa. - O Yoongi estaria de cadeira de rodas se tivessem feito , mas obrigado pelo dinheiro. - Ele sorriu. - Vou comprar mangás com ele.

- Droga... - Jin murmurou.

- Nós ainda estamos aqui... - Yoongi tinha os olhos cerrados e tinha a voz raivosa. - Apostaram na minha vida?

- Não , apostamos nas suas chances de transar. - Taehyung falou.

- Eu falei que seria uma boa ter passado a mão na sua bunda. - Namjoon que estava quieto ,comentou.

- Não faria diferença nenhuma! - Yoongi gritou com o moreno.

- Claro que faria! As apostas de chances sexuais funcionam assim! - Namjoon falou , ele parecia estar explicando o mais óbvio possível.

- Ele está certo , Yoongi. - Taehyung falou do mesmo jeito que Namjoon . - Você é muito inocente.

- Eu não , vocês que são pervertidos! - Yoongi inflou as bochechas.

- Desculpe , Yoongi. - Namjoon beijou a bochecha do branquinho. - Você fica fofo assim.

- Taetae , me segura, o meu shipp! - Jin colocou a mão na testa , como se fosse desmaiar.

- Hyung! Não morra pelo shipp! Você tem que viver pelo fanservice! - Taehyung segurou o seu namorado.

- Yoongi esse não é o cara que te beijou? - Namjoon apontou para Jin.

- Hã....não sei do que está falando. - Yoongi sorriu , ele ficou nervoso. - Então , vamos indo. - Yoongi segurou o braço de Namjoon , o moreno estava perdido.

- Vamos! - Jin segurou a mão de Taehyung e todos foram em rumo ao restaurante mais próximo.

 Não vou dizer que a tarde foi calma , quando você junta 2 casais que não estão perto do normal não rende boa coisa. 

 Yoongi ficou feliz a tarde inteira , ele se divertiu com Namjoon. O moreno sorria toda hora , nas últimas semanas era impossível ver suas covinhas , e agora elas estavam tão visíveis quanto antes . Yoongi e Namjoon tinham que começar a namorar logo.

Jin e Taehyung ficavam tirando fotos escondidas do "quase casal" , Jin tinha achado um novo OTP e Taehyung só estava ajudando o namorado.

A primavera da vida deles estava tão próxima , embora eles estivessem no inverno.

 Jin e Namjoon conversaram normalmente , sorte do mais velho que Namjoon não tinha uma memória boa.

Quando todos estavam indo para uma doceria , Namjoon decidiu parar na livraria do lado e os outros foram para comprar os doces.

- Yoongi , eu estou com um pressentimento estranho.. - Jin falou enquanto procurava um bolo.

- Pressentimento estranho? Acredita nessas coisas , Jin?

- Não , mas eu sei que algo está acontecendo em baixo do meu nariz. - Taehyung estava sentado escutando música , ele nem percebeu a conversa dos outros dois.

- Não deve ser nada , tudo está bem , eu e o Nam finalmente estamos nos acertando. - Yoongi sorriu.

- Yoongi , não se engana. - Jin segurou o braço de Yoongi. - Quando a esmola é de mais o santo desconfia.

- O que quer dizer com isso?

- Tudo está quieto de mais.... e aquela garota? Onde ela está? - Jin falou sério. - Tudo pode estar bem agora ,mas daqui a pouco tudo pode quebrar de novo. Abre o olho ,Yoongi.

- Jin , para de bobagem. Nada vai acontecer . - Yoongi piscou assustado.

- Uns amigos meus estão vindo para a cidade , passar uns dias ,eles podem ajudar. - Jin olhou de forma carinhosa para Yoongi. - Eu já dei meu aviso. - Jin fez carinho nas cabelos de Yoongi.

- Certo..

 Quando Namjoon chgeou , todos já o esperavam . Não preciso dizer que o encontro foi divertido. No final da tarde , todos se despediram e seguiram seu caminho.

  Antes de Yoongi dormir, ele lembrou das palavras de Jin. Tinha algo errado acontecendo? Ele preferiu pensar que não. Então , ele dormiu normalmente , tendo doces sonhos e com a esperança de que tudo ia ficar bem.

  Em um bairro próximo ao centro , Jin não conseguiu dormir , ele se preocupava com Yoongi , ele sabia que logo um peso gigantesco cairia sobre as costas do baixinho.

Enquanto eles se preocupavam , na rodoviária alguém esperava um casal:

- Sejam bem-vindos , senhores. - A garota se curvou em respeito ao casal que acabará de sair do ônibus.

- Você quem nos chamou? - Perguntou a mulher.

- Sim , eu sou a namorada do filho de vocês . - A garota sorriu.

- Finalmente , nosso filho arranjou uma namorada! - O  homem sorriu. 

- Sr. Kim e Sra. Kim , eu sou Sung Hee. - Suas bochechas coraram. -  A namorado do Namjoon.

 

Quando nos dizem para tomar cuidado , sempre devemos prestar atenção. Nossos pais nos ensinam a confiar em poucas pessoas , porque não escutamos?

 Demoramos anos para construirmos nossas vidas e em questão de segundos , ele é destruída.

  Aqueles mais próximos de nós , são os que podem nos proteger , cuidar , amar ou até mesmo destruir. Tudo acontece no momento certo , seja a hora de se confessar , morrer , se preocupar , fugir ou tirar a felicidade de alguém que não aguentava mais sofrer por amor. 

 

" Não importa quanto tempo eu tenha que esperar , nunca vou desistir de você."

                   - Autor Desconhecido.

 

Notas Finais


Eu não revisei , reviso mais tarde
O que estão achando da história?
Comente se quiser , favorite se quiser saber mais e compartilhe com quem quiser. <3
Nos vemos no próximo , não tenho dia para postar , já que os trabalhos estão aparecendo ;-;
<3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...