História Doce Loucura - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~LuhDdesu

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Luna Valente, Matteo, Nina, Personagens Originais
Visualizações 56
Palavras 1.317
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii genthy, foi mal pela demora tá ? O mês de julho foi um desastre para mim...(pois fiquei u o mês todo sem internet e sem sinal no celular por conta de uma viajem *Carinha de tédio*, se é que isso existe.) Mas agora tamo aí e bora ler o capítulo de hoje, BEIJINHOS...

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A...

Capítulo 2 - Totalmente Louca


  O beijo seguia a mesma intensidade até que Balsano se afasta da menina.

 Matteo: Luna você ficou louca? - ele pergunta a moça que já estava gargalhando após o afastamento de seus lábios

 Luna: Shiii... que foi Balsano ta bravinho ta? Esqueceu que eu sou louca. - ela fala com certa ironia

 Matteo: Já tomou o seu remédio? - ele fala se levantando do sofá recuperando o ar

 Luna: Porque vocês são tão chatos e caretas com essas coisas em? Meus remédios estão dentro da mim bolsa Baby...- ela fala e Matteo lhe dá um copo de água enquanto a mesma pega os comprimidos em suas mãos e os toma

 Matteo: Você sempre fica assim quando não toma seus remédios?

 Luna: Não, geralmente eu costumo ter passa tempos e não fico sem tomar os comprimidos - ela responde deitando no sofá

 Matteo : Entendo...quer saber onde vai dormir - ele pergunta é ela assenti - me siga!

   O casal sobe as escada preta de mármore e vão pelo lado direito do corredor assim chegam a um quarto suíte de cortinas brancas, paredes da mesma cor, chão com um tapete preto e cama confortável e bem decorada.

 Luna: Nada mal... - ela fala entrando no quarto e olhando em volta até que percebe algo bem curioso em sua visão - E isso, é para me espionar?

 Matteo: Oque? A câmera? Não é nada demais, é só por segurança - ele fala abrindo as cortinas

 Luna: Sim, segurança! - ela ri sem humor - E as minhas roupas?

 Matteo: Logo pedirei para alguma empregada trazer...por em quanto, descanse, tome um banho e na hora do jantar pesso que lhe chamem - ele fala e sai do quarto da morena

 Luna: Então ta, até o jantar. - ela fala e fecha a porta do quarto - Já me sinto em casa - assim que termina de fala ela vai até o banheiro e cospe os comprimidos que estavam de baixo de sua lingua no vaso sanitário.

   (...)
   O tempo tinha se passado em mais ou menos três horas, Matteo se encontrava em seu escritório trancado. O moreno ainda estava meio atordoado com o beijo de Luna, ele não parava de pensar em conquistar a confiança da menina e depois lhe propor o contrato de submissão.
   Luna estava em seu quarto e assim que os empregados levam todas as suas coisas para seu quarto ela resolve arrumar tudo em sue devido lugar. Após terminar ela separa uma roupa e um roupão e vai para o banheiro tomar um belo banho.

 Luna: Let's get these teen hearts beating. Faster, faster
So testosterone boys and harlequin girls,Will you dance to this beat, and hold a lover close? - Luna cantava conforme a água ia escorrendo pelo seu corpo nu - So testosterone boys and harlequin girls,Will you dance to this beat, and hold a lover close? - ela canta e canta junto com a música ligada na rádio enquanto passava shampoo em seus lindos cabelos longos.

 Matteo: Luna? - ele fala e bate na porta do banheiro - Já está pronto o nossa jantar. Você já está terminando? - bate mais quatro vezes na porta e ninguém responde, ele estava decidido em entrar e assim faz.

 Luna: Dance to this beat - ela dançava de costas para a porta onde estava Matteo paralisado olhando para o corpo na morena - I've got more wit, a better kiss, a hotter touch, a better fuck - ela dançava sensualmente de olhos fechados passando sabonete - Than any boy you'll ever meet, sweetie you had me
Girl I was it, look past the sweat, a better love deserving of... - a música da rádio já se aproximava do fim semelhante ao banho de Luna - Exchanging body heat in the passenger seat?

  A música acabou e Luna desligou o chuveiro, Matteo continua a olhar a morena de costas para o mesmo. Até que Luna olha para o moreno que também se perde em seus olhos, em outra o ocasião sobre efeito de remédios Luna sentiria vergonha de estar nua na frente de qualquer homem. Mas agora ela não estava nem um pouco preocupada para o jeito que estivesse, e confessando para si mesma estava adorando o modo como Matteo a olhava.
          

Luna:Matteo! - Gritou Luna fazendo que Matteo despertasse de seu “transe” - Sai daqui! - Gritou novamente, fazendo que o moreno fechasse a porta e saísse

Luna esperou alguns minutos já enrolada na toalha saiu do banheiro em passos rápidos caminhou até seu quarto logo que entrou já viu a roupa sobre a cama fechou a porta do quarto se esquecendo da câmera retirou a toalha. Pegando a langeri e a vestindo. Vestiu a bermuda e uma blusa regata preta calçou seus chinelos e saiu do quarto descendo as escadas

Olhou em volta vendo uma porta meio afastada. Sua curiosidade a fez caminhar até ali. A abriu se deparando com um escritório simples mas oque lhe chamou atenção foi uma pasta a pegou em suas mãos a abrindo

“Luna Valente, 16 anos. Motivo por estar no hospital. Pais assinados tomar os remédios Gardenal, Penicilina as 16:00 e 08:00”

Luna lia a cada palavra... Folheando as folhas não tinha percebido que Matteo estava na porta do escritório

Matteo:Oque está fazendo aqui - falou ele pegando a pasta das mãos de Luna - Me responda! - ordenou

Luna:E... Eu me confundi... Só isso - Mentiu ela

Matteo: Segue o corredor. Achará a sala de Jantar facinho - Falou e Luna apenas assentiu saindo do escritório - e não entre mais aqui - Falou e Luna sem olha-ló balançou a cabeça positivamente e saiu para sala de Jantar

Logo que a Morena saiu de seu escritório ele guardou a pasta em uma gaveta que só poderia ser aberta com a chave que carregava no pescoço. Em sua mente tinha que esperar o momento certo para fazer a proposta para ela, e ela jamais poderia entrar naquele escritório se não ela nunca o perdoaria...pensando nisso e andando pelos corredores de sua casa o mesmo chega na sala de jantar onde Luna já se encontrava sentada na mesa.
      Matteo se senta frente a frente com Luna enquanto a empregada os serviam,assim que a empregada sai da sala de jantar Matteo puxa assunto...

Matteo: Então não vai me falar o que estava fazendo no meu escritório ?

Luna: Eu já disse... me perdi! Sabe sua casa não é tão pequena assim caso não tenha percebido - a morena fala com sarcasmo

Matteo: Por que esta falando comigo desse jeito - ele fala estranhando seu modo de falar, pensava que tinha algo de diferente na personalidade da morena, e tinha ela não estava sobre os efeitos de seu remédio - Você esta bem estranha, em comparação de agora e hoje mais cedo...

Luna: Matteo por favor né ? Para de falar que eu estou estranha e vamos comer...antes de minha mãe morrer ela sempre dizia a hora da alimentação é sagrada - ela fala rindo mentalmente por ter conseguido mudar de assunto

Matteo: Tá bom...Mas depois do jantar vamos conversar sobre sua atitude comigo Luna, e impor umas regrinhas entre nós - ele fala e volta a comer em silêncio

  Logo após Luna terminar de comer ela fala 'obrigada' e sobe correndo para o quarto no intuito de fugir da tal conversa com Matteo. Assim que ela chega no quarto tenta fechar e trancar a porta mais não consegue pois Matteo chegou antes...

Matteo: Você não vai fugir de mim... - Matteo começa

Luna: E quem disse que eu quero ? Aí tu tá muito bravinho agora sabe... - ela fala se aproximando - Você deveria se acalmar um pouco... isso da rugas sabia ? - ela faz uma piadinha e pula no pescoço do moreno

Matteo não recusa o beijo de Luna, pelo contrario, ele aprofunda mais ainda o maldito beijo...

 


Notas Finais


GENTHYYY olha o cap ta curto ? sim eu sei... mais eu to com muitos probleminhas e meu celular ta bugado, e pra mim escrever no computador é horrível. desculpas e até a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...