História Doce Menino (sugamon) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alfa, Alfa!namjoon!, Beta, Bts, Jikook, Ômega, Universo Alternativo, Yoongi
Exibições 220
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Dois.


Yoongi havia acordado meio gripado naquele dia e aquilo o irritou profundamente, pois não podia faltar aula.

Ele bufou se arrumando com roupas bem quentinhas, já que fazia muito frio e pôs sua máscara só por precaução. Não queria sair espalhando vírus pra ninguém.

Yoongi chegou na escola cedo e foi direto para a cantina, como sempre fazia e continuou a ler seu livro favorito.

—Ora, ora, o que faz aqui tão cedo? — ele ouviu uma voz conhecida dizer e olhou para cima, encontrando o mesmo alfa desastrado que derrubou suas coisas no outro dia.

Yoongi não respondeu, ele apenas voltou a ler seu livro, ignorando a existência de Namjoon.

O alfa mordeu o lábio sorrindo. Ele não conseguia negar que adorava o jeito que Yoongi o tratava, por algum motivo. Talvez ele gostasse de saber que nem todo mundo gostava dele, ou talvez ele apenas achasse aquele menino a coisa mais fofa do mundo. — Ok. — ele murmurou se sentando ao lado de Yoongi. — Olha aqui loirinho, não pode me ignorar para sempre.

—Vamos ver, então... — foi tudo que Yoongi disse, antes de virar a página do livro e fingir que estava lendo. Francamente, ele não conseguia prestar atenção na leitura, com alguém desconhecido lhe olhando.

—Ora, fale comigo... — Namjoon pediu cutucando o braço do menor. — Vai, qual o problema comigo? Por que não gosta de mim?

—Ugh... Isso me irrita, você e todos os outros são iguais, sempre acham que todo mundo deve gostar de vocês e não aceitam quando uma pessoa não gosta, me deixa em paz! — Yoongi disse bravo, antes de fechar o livro com força e se levantar saindo dalí.

Namjoon levantou as sobrancelhas, antes de fazer o mesmo que Yoongi e o seguir.

—Espera aí, seu marrento, não pode brigar comigo e sair assim. — ele disse seguindo Yoongi que apenas bufou irritado. — Yoongi.

—O que é que você quer de mim? — o loiro perguntou parando de andar e se virou para encarar o alfa.

Namjoon não entendeu o que a pergunta queria significar, ele poderia querer muitas coisas daquele menino.

—Primeiro; eu quero que você pare de me tratar assim e segundo; fala direito comigo que eu não sou todo mundo. — o alfa exigiu e Yoongi revirou os olhos. — Eu quero ser seu amigo.

—Por que você não me deixa em paz e vai atrás dos ômegas que você vive pegando e que vivem lambendo o chão que você pisa?

—Meu Deus, Yoongi, por que você é tão hostil? — Namjoon perguntou e o menino cruzou os braços. — Você nem sabe o que está falando.

—Por que você é tão insistente? — Yoongi bateu o pé irritado e Namjoon não evitou sorrir.

—Porque você é adorável. — ele disse fazendo Yoongi ficar quieto.

O loiro abaixou o rosto, tentando disfarçar suas bochechas que haviam esquentado e embora ele estivesse de máscara, não queria correr o risco de ser visto vermelho de vergonha. — Pode abaixar a guarda um pouquinho? Eu juro pra você que sou muito legal.

Yoongi suspirou. Ele não sabia porque o alfa estava insistindo tanto assim nele, poxa, o que ele poderia querer?

—Eu não acredito.

—Então deixa eu mostrar. — Namjoon pediu sem nunca deixar de sorrir e o loiro suspirou de novo.

Ele abaixou os olhos, ficando irritado, mas logo em seguida pensou nas probabilidades de Namjoon querer se aproximar.

Podia ser uma apostas, ele já ouviu falar de vários ômegas que foram enganados por apostas estúpidas.

Tudo bem, ele não era um ômega, mas isso não descartava a possibilidade de ser uma aposta.

Ou então, Namjoon apenas queria fazer amizade, sem nada por trás.

É, Yoongi estava meio paranóico.

—Tudo bem. — ele resolveu dizer depois suspirar diversas vezes.

—Sério mesmo? — o alfa perguntou animado e Yoongi assentiu. —Ótimo, seu marrentinho. — Namjoon disse entre dentes, tentando conter o ataque de fofura que ele sentia toda vez que olhava para Yoongi.

E Yoongi resolveu apenas ceder.

Porque, ora, o que poderia acontecer de tão ruim?


Notas Finais


Eu tenho até vergonha de falar essas coisas kkk
Eu esqueci minha senha aqui do site e não pude entrar, sou muito sem noção, desculpa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...