História Doce Novembro - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Exibições 11
Palavras 922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom tive a ideia pra essa fic faz bastante tempo e só agora consegui colocar no papel rsrs, a intenção é algo diferente, não sei se todos sabem mas em Cuba existe o tráfico de crianças então decidi escrever algo com esse assunto, não vou colocar detalhadamente pra não ficar muito pesado.
Bom a história vai se passar no Brasil então eu espero que gostem

Capítulo 1 - Prologo


Prólogo

Camila Cabello, uma doce menina com seus 8 anos de idade, vive com seus pais Sinuhe e Alejandro, e também com sua irmã mais nova Sofia de 4 anos.

Moram em uma cidade pacata no interior de Cuba, e apesar das dificuldades e do esforço que seus pais fazem para criar suas filhas, ela, seus pais e sua irmã se consideram uma família feliz.

Porém, tudo muda quando Camila é sequestrada e vendida para uma máfia muito poderosa de Miami, onde é usada como mula (transportadora de drogas). E por ser apenas uma criança, ninguém desconfiava de nada.

Passou anos sofrendo maus tratos nas mãos de terríveis traficantes. Mas sua vida muda quando a gangue finalmente é denunciada e presa, e por fim ela é levada para um orfanato, cujo nome é Raio de Luz.

Sendo adotada por Alexa Ferrer, uma brasileira que foi para a Flórida estudar Direito em uma das universidades renomadas de Miami, Camila se viu livre outra vez, com o pensamento de crescer e prometendo para si que reencontraria sua família.

Logo que terminou seu curso, Alexa recebe uma proposta de emprego em um escritório no Rio de Janeiro, não pensando duas vezes em aceitar, e não vendo a hora de voltar para sua cidade natal, e com sua pequena Camila, que agora já tinha seus 16 anos de idade.

Verônica Iglesias, também brasileira, porém foi para Miami em um intercâmbio, no intuito de se aperfeiçoar na língua inglesa. Estava distraída mexendo em seu celular, indo em direção a um Starbucks, um dos seus lugares favoritos na cidade, quando por acidente se esbarra em Alexa, que voltava de sua faculdade, derrubando alguns de seus livros.

- Oh! Me desculpe, moça. - disse Vero um pouco assustada. Abaixando logo em seguida para ajudar a bela moça a recolher seus livros que estavam no chão. Alexa deu um sorriso tímido.

- Tudo bem, essas coisas acontecem. Não tem problema. - disse Alexa levantando com seus livros em seus braços.

- Eu estava distraída em meu celular, ele resolveu não querer pegar hoje. Parece que tudo está dando errado. - sorriu timidamente - Me desculpe mais uma vez.

- Está tudo bem, não precisa se desculpar senhorita... - e estendeu a mão para ela. Vero apertou sua mão, sentindo um calafrio percorrer seu corpo. Achou estranho, mas não se importou muito.

- Oh! Perdão. Meu nome é Verônica. Verônica Iglesias. - disse ainda sem jeito. - E o seu?

- Alexa Ferrer. Muito prazer, Verônica. - disse ela, sorrindo para a bela garota de olhos castanhos escuros.

- Por favor, me chame só de Vero. - sorriu.

- Ok, Vero. - sorriu de volta um sorriso largo que fez a morena sorrir ainda mais.

Um silêncio predominou entre as duas moças, Vero se perguntando internamente se deveria ou não se importar com as sensações que sentiu ao apertar a mão da moça. Por fim decidiu que a convidaria para tomar um café.

- Eu estava indo ao Starbucks. Por favor, deixe-me pagar um café para me redimir de todo esse alvoroço. - disse timidamente, não sabendo se deveria convidar a moça.

- Claro, vamos. - disse por fim, indo em direção a entrada da cafeteria.

Pov Narrador

Assim que entraram no estabelecimento, caminharam até uma mesa meio afastada, logo se sentaram e uma garçonete se aproximou com um bloquinho em mãos para anotar os pedidos.

Ambas pediram a mesma coisa e se olharam sorrindo sem jeito. A garçonete se retirou pra buscar o pedido e voltando logo em seguida, deixando a bandeja sobre a mesa com o pedido de ambas.

As duas ficaram se encarando por alguns segundos até que Alexa decidiu quebrar o silêncio e puxar um assunto aleatório.

- Então, pelo que reparei você não mora aqui né? - disse ela bebendo um pouco de seu cappuccino.

- Eu moro no Brasil, vim para cá fazer intercâmbio. - respondeu Vero, dando uma mordida em seu crossaint.

Alexa a encarou com um sorriso no rosto, deixando assim Vero um pouco sem jeito.

- Isso é incrível! Eu também sou brasileira, vim fazer faculdade de direito faz 5 anos. Estou voltando daqui à duas semanas para o Brasil. - disse com um sorriso largo, que fez Verônica engolir o nó que se formou em sua garganta. Ela não sabia dizer o porque, mas a morena a deixava nervosa e sem jeito.

Isso é maravilhoso Lex! - Vero respondeu com os olhos brilhando, o que fez Alexa sorrir ainda mais. E sem notar o novo apelido que dera a morena - Eu volto uma semana depois que você.

Ficaram conversando por horas e descobriram varias coisas em comum, porém foram interrompidas pelo barulho de mensagem no celular da Alexa. A mesma pegou o celular, vendo que a filha havia dito que já estava em casa a esperando.

Bom, a conversa está ótima, mas eu preciso ir, pois minha filha me espera. - Alexa disse e não notou a cara de surpresa de Verônica - Foi muito prazer conhece-la, Vero. - disse dando um beijo no rosto da morena, que sentiu os pêlos do seu corpo se arrepiarem.

Percebendo isso, suas bochechas logo se destacaram em um tom avermelhado em sua pele branca. Ela abaixou o olhar e sorriu timidamente.

- Igualmente. - Respondeu ainda sem jeito.

Trocaram números e fizeram promessas de se encontrarem no Brasil depois de saberem que moram próximas lá. Logo cada uma seguiu seu caminho, mal sabendo que o destino havia escrito algo incrível para as duas.


Notas Finais


Bom amores é isso espero que gostem
Essa fic será postada no watt pelo perfil de uma amiga procurem lá @CaamzMySunshine


Obs: capa provisória


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...