História Doce Obsessão - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha, Inuyasha Kanketsu-hen
Tags Sesshyxrin
Exibições 95
Palavras 1.520
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii pessoas lindas. Tudo bem com vocês? Bem espero que sim. Depois de muito tempo retomei e estarei escrevendo diferente! Espero que gostem! Qualquer dúvida perguntem, estarei revisando os capítulos, qualquer mudança aviso a vocês! Então leiam as notas!

Sem mais delongas, boa leitura!

Capítulo 3 - Chapitre Trois


Fanfic / Fanfiction Doce Obsessão - Capítulo 3 - Chapitre Trois

 

Capítulo passado:

- Ganho de você em uma corrida Sesshoumaru, confio demais em minha habilidades intelectuais e físicas? Físicas mais ainda. - Ele sorriu de lado conseguiu o que queria 

- Isso é um convite de aposta Rin? Olha que costumo cobrar.

- Sim é um convite e você só cobraria se ganhasse mas no caso isso não entra em cogitação. 

Saiu do cadê ficando aí lado de sua moto e colocando o capacete ele a fitava com desejo, ela era sexy todo momento. 

- Então eu aceito. - A moto dele é uma Ducati muito parecida com a de Rin, ele pegou a  Oto de propósito sabia que ela estaria ali e estaria de  moto. - Seguinte quem chegar primeiro no no parque do centro ganha. 

Ela fechou o visor e saiu em disparada.

 

Capitulo atual

Autora on

Sesshoumaru e Rin saíram em disparada pela cidade feito dois adolescentes inconsequentes, bom, era exatamente isso que se tornavam quando se desafiavam. Em questão de minutos a praça já era vista no horizonte, Rin acelerou o máximo que pode até se ver obrigada a parar em um sinal. Sesshoumaru por sua vez por ser um Youkai notei que não teria perigo passar pelo sinal e por consequência ganhar a corrida e deixar uma certa baixinha brava.

Rin on

O que esse maldito pensa que esta fazendo?? Vou mata-lo!! Grrrr, assim que o sinal abriu sair em disparada até avistar aquele maldito em pé ao lado da moto com um sorriso sádico estampado no rosto.  Estacionei a moto e andei em direção a ele, droga ele é tão lindo, gostaria de... Para com isso Rin, ele é casado idiota! O que importa ele é tão lindo.

- Maldito, não era permitido usar dos seus sentidos aguçados. Isso foi trapaça! - Disse cruzando os braços e fazendo bico.

Sesshoumaru on

Essa criança tem algo de diferente, algo excitante, chamativo e ao mesmo tempo discreto tímido.

- Não falamos sobre regras e trato é trato. - Sorrir ainda mais ao vê-la aumentar aquele bico provocante, imagino ela fazendo muitas coisas deliciosas com aquele bico.

- Ah sim, já ia esquecendo. - Disse me aproximando dela

- Vou querer um jantar hoje. -  Disse dando um beijo em seu rosto 

- Até amanhã Rin.

Rin on

Coloquei a mão em meu rosto ainda estava em choque, ele é tão atraente e aqueles lábios... Quero tanto prova-los novamente.

- Certo, até mais Sesshoumaru.

Peguei meu capacete e seguir para meu apartamento.

14:30          Domingo     

Sesshoumaru on

Estou no escritório revisando alguns documentos e bem, está um saco. Sinto Akemi se aproximar  do escritório e aquilo só aumenta meu tédio.

- O que quer Akemi? - De uns tempos para cá não consigo mais atura-lá, nosso casamento foi apenas um negócio e de uns tempos para cá venho sentindo um cheiro estranho nela.

- Não fale assim com sua esposa Sesshoumaru, quase não ficamos mais juntos, sinto sua falta. - A mesma ladainha de sempre Grrr

- O que te falta? Você tem dinheiro, tem tudo o que precisa e mesmo assim insiste em me incomodar. - Vejo seus olhos violetas semicerrarem e sorriu com aquilo. - Sabe que não me importo.

- Estou cansada Sesshoumaru - Ela saiu batendo a porta.

Rin Rin Rin, essa garota não me saiu da cabeça... Como eu um Youkai, que odeia humanos está com uma maldita nos pensamentos o tempo todo e pior a desejando de várias formas. 

- Rin Rin Rin, você não perde por esperar.

18:00          Domingo 

Rin On

Estava terminando de me arrumar, estava com um vestidinho azul soltinho com um cinto fino preto uma jaquetinha jeans os cabelos presos em um coque frouxo com vários fios soltos e uma sapatilha branca. Ouço o interfone tocar para avisar que le já chegou. Pego minha bolsa da Miu miu preta de lado e sai de encontro a ele. Ainda bem que a sango não ta , estou sem a mínima vontade de da satisfação ou de confessar meus pecados àquela puritana.

Vejo uma Ferrari preta parada e ao lado dela ele, nossa, minha boca fez um " 0 " literalmente! Ele esta... divino. Estava com uma calça jeans e uma blusa polo branca seus cabelos estavam presos em um rabo de cavalo.

- Olá grandão.

- Vamos para onde?

Sesshoumaru on

Abrir a porta para ela entrar com um sorriso imenso no rosto, arrodeei e entrei em seguida no carro o colocando em movimento.

- Olá pequenina. - A vi semicerrar os olhos e sorrir por aquilo, cada detalhe dela me deixa curioso e excitado.

- Então surpresa.

Rin on

Ahhh, sério? o que ele pensa que esta fazendo não vou a canto nenhum!! Odeio surpresas. Grrrr

- Então ta senhor sádico. - O vi arquear a sobrancelha e gargalhei com isso, tipo, não conseguir evitar e depois vocês sabem né? restou a vergonha. Não conseguir evitar de corar com a forma que ele me olhava. Parecia que ia me... Devorar.

Sesshoumaru on

Devorar! Isso! Isso que irei fazer com ela. Como ela pode ser assim tão tão perfeitinha.  O resto do trajeto fizemos em silêncio, vez ou outra eu a observava e a pegava me olhando.

- Chegamos. - Ela fitou o lugar com uma cara assustada.

- Hey, calma aê, não é nada disso que esta pensando.

Desci do carro e em seguida abrir a porta para ela descer, o manobrista pegou o carro e levou para estacionar.

- Bom esse hotel tem uma das melhores comidas que já comi e só aqui tem o vinho que quero degustar essa noite ao seu lado.

Entramos no hotel sendo recepcionados por dois homens que não tiravam os olhos nojentos da minha Rin. isso mesmo MINHA.

Rin on 

O que ele pensa que esta fazendo enlaçando minha cintura desse jeito, olhei para só homens e notei o olhar nada discreto dele e estou eu agora agradecendo mentalmente a Sesshoumaru por está enlaçando minha cintura. sem contar com a parte do toque dele ser tão. excitante, minhas pernas ficam até bambas.

Os dois homens nos guiaram à cobertura e em seguida a nossa mesa reservada. E o que falar do lugar? Simplesmente divino! Era algo escuro uma decoração bem moderna, as mesas tinha uma lamparina de luz incandescente. E a vista? Dava para ver toda Tóquio ai morri só com aquela vista!

- Que lugar incrível Sesshy, eu eu amei!! - O vi levantar a sobrancelha,acho que por causa do apelido soltei um risinho de satisfação. ponto para mim.

A noite seguiu tranquila bebericamos o vinho e jogamos conversa fora, mas uma coisa era certa aquele homem me hipnotizava por completo, eu a cada momento o desejava mais, não sei se isso é pelo vinho, ou por que ele é gostoso mesmo. Melhor ele me deixar em casa, antes que eu cometa a besteira de me jogar em cima dele como a adolescente que sou. 

- Obrigada por hoje, mas, poderia me deixar em casa, estou cansada e temos que trabalhar cedo.

Sesshoumaru on

Tão certinha, o cheiro de pureza dela esta mesclado com o de excitação, nada como uma boa bebida para uma mulher que não sabe beber.

- Claro! - Deicei o dinheiro sobre a mesa levantei e puxei a cadeira dela, segurei em sua cintura e seguimos para a saída do estabelecimento. 

Abrir a porta do carro para ela e sem seguida entrei o colocando em movimento, ela estava tão pensativa e o seu cheiro de excitação estava me deixando louco.

Rin on

Chegamos em frente ao meu apartamento e eu o olhei com muito desejo, não era certo isso, eu precisava me afastar.

- Sesshoumaru-sama. - Minha voz saiu sofrega. 

- Serei sincera e direta com o senhor,  o que esta acontecendo entre a gente, pelo menos da minha parte é errado, então quero que você me pegue no colo, me leve até lá em cima, tire minha virgindade com carinho, depois me foda com força e no dia seguinte esqueça de tudo isso. 

Meu Kami-sama, de onde veio essa coragem? maldita bebida.

Sesshoumaru on

Entrei na garagem do apartamento do ela, estacionei na vaga destinada a ela, desci do carro e a peguei no colo, a guei para o seu apartamento. Nossos olhares não se descruzavam, apertei levemente sua perna esquerda para tentar controlar meu tesão. 

Abrir o apartamento e a levei para seu quarto. A coloquei na cama subindo em seguida em cima dela, comecei a distribuir beijos por seu pescoço descendo em seguida para o vale de seus seios, retirei sua jaqueta a jogando de lado tirei sua sapatilha branca beijando em seguida cade dedo do seu pé.  Era um jogo de sedução e luxúria, meu pau latejava de tão duro.

Rin on

Por favor não para, não para, isso ta tão bom. Sentia minha vagina molhada como nunca, instintivamente abrir minha perna e enlacei a cintura dele sentindo aquele atrito maravilhoso entre nossas intimidades.

- Ai que delícia. - Gemi com os olhos fechados, o tesão estava em matando.

Sesshoumaru on

- Estou louco para meter em você, mas antes as preliminares... 


Notas Finais


O que acharam da nova forma de escrever?

Não me odeiem, mas acho que já me vinguei daqueles que não comentam hahaha! Beijos e até mais!

Ahhh, acompanhem também minha outras duas fics! Se interessar é claro! Beijos no core!

* Desejada, fala de uma menina orfã que deseja vingança pela morte misteriosa de sua mãe e por um homem que a iludiu e a fez odiar os homens. (Estarei atualizando ela amanhã!) Rin x Sesshoumaru
https://spiritfanfics.com/historia/desejada-6653708

* História A história por um novo olhar, o recomeço: Fala sobre a vida após o poço come-ossos ter fechado! A vida no futuro e as incertezas da existência do misticismo na era atual.(Estarei atualizando amanhã) Kagome x Sesshoumaru
https://spiritfanfics.com/historia/a-historia-por-um-novo-olhar-o-recomeco-6032400


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...