História Doce Pecado - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Hot, Incesto, One Direction, Romance, Sexo, Zayn Malik
Visualizações 279
Palavras 1.180
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura
Xoxoxo

Capítulo 7 - Perguntas


†ANGEL PRADO†

Difícil entender meu tio as vezes...Sem contar que quase morri do coração com a cena dele no elevador, ele é imensamente gostoso e deixa qualquer mulher maluca mas ainda sim é meu tio não posso simplesmente sentir vontade de pegar ele apesar que essa sou eu né...

— Pensando demais pequena Angel? — ele me encara durante alguns segundos e depois volta atenção para o seu celular, estamos sentados no sofá da sala vendo TV.

— A vida é um mistério. — sorrio.

— Hum, um mistério que as vezes podemos descobrir. — ele agora tira totalmente a atenção do celular e sinto que está dando em cima de mim, o sorriso sacana dele em seguida me faz ter certeza. Arregalo os olhos assustada mas não deixo perceber minha surpresa então apenas sorrio de volta.

— Tem mistérios que não devemos descobrir. — jogo.

— Como o de ontem a noite? — ele sorri e engulo em seco.

— O que houve ontem a noite? — pergunto dando de desentendida.

— Angel, sei que nos beijamos. — ele fala como se não fosse nada.

— E você fala simples assim? — pergunto.

— Sou maduro o suficiente para lidar com isso Angel, sei que você é novinha e está estranhando minha atitude mas é o certo, conversar sobre.

— Não sou infantil, Zayn. Sei muito bem lidar com isso tanto que preferi não comentar. Você não lembraria e eu não queira sair como a louca interessada no tio. — sou sincera.

— E não está? — ele ergueu uma sobrancelha.

— Não estou o que? — o encaro surpresa.

— Interessada no tio! — sorri.

— Mas é claro que não. — falo indignada.

— Então podemos levar isso como deslize de uma pessoa bêbada. — ele da de ombro.

— Concordo. — digo tentando acreditar, por que se ele sabe que nos beijamos ele também sabe que eu correspondi ao beijo.

— Espero que se divirta na festa. — ele parece sincero.

— Obrigada.

— Aquele garoto dos olhos verdes é seu namorado? — pergunta atrevido.

— Não, não tenho namorado.

— Hum, por que não?

— Por que acabei de chegar aqui não conheço ninguém a não ser meus amigos e onde eu estava eu não queria criar laços sabendo que eu iria ir embora. — sou sincera.

— Entendi...

— Agora que você me encheu de perguntas eu posso te fazer apenas uma? — o encaro pensativa sem saber se é exatamente a hora de fazer uma pergunta que pode acabar com toda nossa conversa e entendimento.

— Claro. — ele responde meio duvidoso.

— Por que ficou tão distante do seu único irmão esse tempo todo? Nem ao menos foi ao enterro dele. — digo triste... Vejo sua postura mudar, ele trinca os dentes e cruza os braços na altura do peito soltando um longo suspiro.

— Angel, eu vou ser bem direto com você... — ele diz com a voz fechada e tudo que parecia ser bom humor some. — Esse assunto não me agrada nem um pouco, falar de Jasper não é fácil pra mim. Só queria que soubesse que seu pai era um grande homem e sacrificaria tudo por sua família. — ele suspira. — Um dia se eu achar que estou pronto eu contarei o por que a você... — ele completa e se levanta saindo da sala, seus punhos fechados e maxilar travado me deixaram assustada.

Droga não deveria ter tocado no assunto mas ninguém nunca me disse o por quê dele sumir assim, o por quê dele não se comunicar e muito menos não aparecer no enterro do seu irmão, do meu pai...

(...)

Saio do meu quarto pronta pra festa, até penso em passar no quarto do meu tio mas já que me pediu para fazer isso quando eu chegasse vou deixar tudo pra mais tarde. Fecho a porta e em seguida tomo um susto com ele parado na porta do quarto dele me encarando.

— Não precisa passar aqui quando chegar. — ele diz me encara por alguns segundos e depois tranca a porta sem esperar resposta. Ótimo agora não sei se peço desculpas por ter tocado no assunto quando chegar ou deixo pra amanhã.

†ZAYN MALIK†

Pensar em meu irmão me faz vê o quão errado estou querendo tentar a filha dele. O quão errado estou, ele confiou a mim sua jóia mais preciosa e eu querendo tê-la em minha cama, caralho que merda estou fazendo... Mas porra a garota é linda mexe com meu psicológico, ela me abala de todas as maneiras possíveis no mundo, além de me lembrar muito a mãe dela... Sempre tiver uma paixão por Myla, mas ela escolheu Jasper e eu não a condeno por que eu nunca fui uma boa escolha...

Angel tem a cor da pele dela e jeito também, deve ser por isso que tenho tanto desejo nela, por lembranças da única mulher que eu amei até hoje...

Jasper sabia que eu tinha esse afeto intenso por Myla, uma vez quando os dois quase se separaram Myla foi até minha casa, chorou a noite inteira em meu colo e disse que precisava esquece-lo, então me pediu para fazer amor com ela e eu neguei com a maior dificuldade do mundo eu neguei, por que sabia que por mais que aquela noite ela fosse minha ela não estaria sendo por vontade completa e sim para tentar provar a ela que podia ser feliz sem meu irmão mas apenas estaria se enganando, eu e ela sabíamos que ela amava somente ele e não a mim... Myla tinha um imenso carinho por mim, e por tudo que eu sempre estive disposto a fazer por ela mas era só isso, carinho...

Eu não queria vê a infelicidade do meu irmão e muito menos a dela, então um dia eu simplesmente vim morar em Miami para ficar longe dos dois, logo depois anunciaram que ela estava grávida de uma menina, voltei para Londres um pouco antes da Angel nascer e fui eu a acompanhar o parto da pequena, pós meu irmão teve um acidente nesse dia...Myla ficou muito feliz que teve alguém com ela então me pediu pra escolher o nome da criança e somente ela e eu saberíamos que foi escolha minha... Escolhi o nome dela baseado no que ela parece e em como eu via ela e a mãe, Myla aprovou com louvor o nome então enquanto ela descansava fui até uma joalheria e pedi um correntinha com uma medalha no formato de coração e nele mandei gravar o nome de Angel com um Z bem pequeno na ponta do coração, quando foi a noite levei para Myla e ela colocou na menina, e disse que sempre mandaria ela usar apesar de eu não vê essa medalha com Angel fiquei muito feliz na época... Depois de um tempo simplesmente me afastei de novo e me afastei de verdade, doeu mas achei que fosse o melhor e quando me disseram que eles haviam sofrido um acidente me arrependi demais e me arrependo até agora, por que tudo que queria era ter curtido mais as duas pessoas que mais amei no mundo depois dos meus pais...


Notas Finais


Espero que estejam gostando, o próximo cap já está na metade, posto em breve...

Me contem oque acharam da revelação de Zayn para vcs...
COMENTEM
Amo vcs
Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...