História Doce quietude - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias DEAN
Personagens DEAN, Personagens Originais
Tags Dean, Fluffy, Kpop, Kwon Hyuk, Romance
Visualizações 52
Palavras 684
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fluffy, Josei, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiie Bem essa é a ultima parte da fic!
Obrigada por lerem
Obrigada pelos comentarios.

Capítulo 3 - Capitulo - Final


Nos casamos em Dubai, foi algo lindo e romântico. Kang ainda estava no meu útero, mas Hyuk não aguentou esperar os restantes dos meses, para oficializar a união. Ele queria algo discreto e foi o que aconteceu não tinha paparazzi no nosso casamento. Como foi a Quilômetros de distância da Coreia do Sul, a mídia só foi saber cinco meses depois.

 

Foi uma grande confusão, tinha vezes que Hyuk chegava irritado em casa, mas superamos isso da melhor forma possível, nos amando.

 

Estava chovendo, quando ele entrou pela porta do quarto do hospital, eu ninava nosso filho no colo, quando Dean sorrateiramente se aproximou de nós dois, com um semblante arrependido de não está no parto.

 

- Ah! Meu amor! Sinto tanto! – Ele deixou um beijo suave na minha testa encarrando a bolinha nos meus braços. – Posso segurar?

 

- Tudo bem, meu amor! – Sorri sonolenta. – Pode, estou cansada... – Entreguei Kang para o pai, que tinha um brilho indecifrável nos olhos.

 

Ele pegou no colo totalmente desajeitado, rir baixo. O vendo babar pelo pequeninho bebê.

 

- Ele é tão pequeno! Então pequeno Kang, você como a mamãe é linda? – Me ajeitei na cama sentindo todo meu corpo relaxar, estava ansiosa para que Kwon Hyuk pudesse ver o nosso filho, ele estava numa turnê quando ele nasceu.

 

- Estou horrível! – Murmurarei e ele nem escutou estava brincando com o filho.

 

- Vou mandar fotos para os outros verem como é lindo! – Queria compartilhar dessa babação toda, mas meu corpo pedia repouso e não pude negar.

 

 

Acordei, exatamente horas mais tardes, Hyuk estava no quarto vendo Tv e comendo alguma coisa.

 

- Dean? – Ele estreitou os olhos na minha direção e sorrir vitoriosa, ele se levantou e veio na minha direção sorrindo. – Ficou aqui o dia todo?

 

- Não, voltei para casa, para buscar roupas... O médico disse que mais tarde vocês dois vão para casa! – Ele sentou na cama passando levemente a mão no meu rosto, ajeitando os olhos que caia do seu nariz. – Me sinto péssimo, por não está com você! Quando soube estava em Londres, tentei de tudo para vim o mais rápido.

 

- Hyuk, tudo bem.... Você está aqui é o que importa! – Falei e ele passou a mão no cabelo o bagunçando.

 

- Zico e Crush vieram ver o Kang! – Falou um pouco pensativo. – Tirei um tempo da carreira para cuidar dos dois!

 

- Serio? – O encarrei.

 

- Sim, meu anjo! – Ele me abraçou, depois se afastou. – Está com fome, vou buscar algo para você.

 

Três anos depois.

 

Kang era a versão agitada do Hyuk, uma mini cópia saltadora e animada. Ele não parava quieto estava sempre em movimento, até Dean chegar em casa e o pequeno grudar no pai como um carrapato.

 

Tenho toda a certeza que ele seguirá a mesma carreira do pai, afinal não se desgrudam.

 

Já Sook, era como Hyuk uma calmaria só, manhosa e muito carinhosa. Ela não era tão interessada em música do seu irmão mais velho, preferia passar o dia dormindo ou vendo TV.

 

Já havia uma semana que Dean estava em uma mini turnê, ele voltaria hoje! Estava terminando de preparar o jantar, quando ouvi a porta da sala ser aberta.

 

- Cheguei! – A voz cansada ele invadiu a casa, sai rapidamente da cozinha, vendo uma cena engraçada, Sook caminhava meio atrapalhada em direção do pai.

 

- Pa! Pa! – Ele rio agachando e pegando a menor no colo e deixando um beijo na testa de Kang, que agarrou a perna de Dean pedido colo.

 

- Quer ajuda! – Me pronunciei, aproximando e tirando Sook dos seus braços para pegar o mais velho que sorrio quando estava no colo do pai.

 

- Essa disputa de atenção é a mais gostosa! – Rio, se aproximando de mim deixando um selinho rápido nos meus lábios. – Eu vou tomar um banho.... Vamos lá campeão! – Kang levantou os braços para cima enquanto.

 

Voltei para a cozinha com Sook no colo, me encarrando com os mesmos olhos sonolentos do Dean, no fim foi a melhor ideia da minha vida, sair do Brasil e vim para Coreia, os melhores presentes vem embalagens diferentes.


Notas Finais


Até aproxima o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...