História Doce Solidão - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Solidão
Visualizações 5
Palavras 475
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Apenas um sentimento meu que estava preso e que precisava sair, então resolvi colocar em forma de texto, porque este mundo é enorme e sei que muitos por aí se sente assim...

P.S.: Este texto não é depressivo e em forma alguma tem a intenção de ferir alguém!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Aquele pequeno pier era um lugar relaxante para pensar. Sentada e sem nenhuma companhia, eu me encontrava sozinha. Ao redor do rio, a calmaria era palpável, sendo quebrada apenas pelo barulho das águas. Este lugar, apesar de calmo, de certa forma, era melancólico e um tanto sombrio. Mas minha presença aqui já era tão frequente, que deixei de ligar para isto.

Se sentir sozinha é uma coisa que poucos entendem e por isso prefiro guardar o que eu sinto só para mim. Tenho família e amigos com quem eu me importe, mas no fundo, o sentimento de solidão prevalece. Eu até tento suprir isso fazendo outras coisas, mas, na hora que deito a cabeça no travesseiro, tudo volta. Se algo falta, realmente não sei. Na verdade não sei de mais nada. Muitas coisas que eu costumava gostar, já não tenho mais prazer ou certeza...

Eu posso estar andando na rua em meio à multidões de pessoas, mas todas estão apressadas com suas próprias vidas. Elas vão continuar seus caminhos pra onde quer que vá e não se importarão em parar pra perguntar o que de errado há. O que estou sentindo é problema meu e ninguém de fato vai ligar ou tentar amenizar o sentimento de solidão. E aqueles com quem eu poderia conversar, as vezes não compreende o que sinto.

Sair pra se divertir com meus amigos se tornou sem vida, porque sinto como se estivesse forçando algo que não é verdadeiro... E quando chego em casa, sinto que o que eu vivi, não foi bem aproveitado. Sinto como se estivesse vivendo, mas deixando algo pra trás, enquanto outras pessoas, consegue curtir e desfrutar bem de cada parte da diversão vivida.

Os dias vão passando e em cada novo amanhecer, eu tento fazer desse novo dia, diferente. Mas no fim, termina do mesmo jeito: com o sentimento de estar sozinha. E por mais momentos que eu tente aproveitar como se fosse o último, e por mais pessoas que esteja comigo, em certo ponto, eu estarei me sentindo só. Já deixei de ser adolescente há muito tempo, mas nem mesmo nesta fase onde os hormônios estavam em ebulição, eu me sentia assim... Se isto é uma fase, espero passá-la dá melhor forma possível, porque o mundo é grande e a vida muito curta pra deixar um sentimento passageiro como este, tirar proveito disto. E por mais vazio que eu me sinta por dentro, todos os dias tento tapar esse buraco oco e sem vida com coisas simples e aleatórias, porque eu sei que se sentir sozinha não é nada comparado à uma pessoa com câncer, que pode estar vivendo sua vida mais feliz do que eu esteja vivendo a minha. Isto, sem dúvida, não se compara à este sentimento que, com certeza, é uma fase, onde eu e qualquer um que esteja passando, pode superar.


Notas Finais


Volto em breve com outros textos :)

Beijos e obrigada por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...