História Doce vingança!-Imagine Kim Taehyung♥ - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Kim Taehyung, Taehyung
Visualizações 45
Palavras 1.741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Musical (Songfic), Saga, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiii pessoas do meu Kokoro turo bom? Espero que sim e espero que goste.
BOA LEITURA. ♥

Capítulo 10 - Cap.10!


Fanfic / Fanfiction Doce vingança!-Imagine Kim Taehyung♥ - Capítulo 10 - Cap.10!

~on S/N~

Eu estava muito triste pelo Jimin eu tentava ajudar ao máximo. 

Eu-Jimin você quer ir pra minha casa?

Jm- não eu tenho que ver a Lee.

Eu-ainda não viu ela hoje?

Jm- não consegui. 

Eu- amigo olha não fique assim  vocês são jovens terão muitas oportunidades de ter outro bebê, eu sei que esse foi muito esperado mas não perca as esperanças. 

Jm- tá obrigado.

Eu- vai...vai lá, ajuda ela que ela deve tá tão triste quanto você.

Ele a levanta e sai eu apenas abaixo a cabeça e começo a chorar ,era muitos problemas na minha vida eu tava muito triste eu precisava falar com meu pai mas minha mãe ia ficar muito brava comigo.

A levantei e voltei pra casa ,aquela tristeza novamente me ataca eu só queria ficar no meu quarto e chorar.

Fiquei naquele estado deplorável eu realmente não sabia o que fazer ,não sabia mesmo eu queria chorar mas eu tinha que ter forças.

O que eu faço? do que eu preciso?eu acho que preciso de uma melhor amiga dessa vez do sexo feminino, eu acho que seria mais fácil,ou não já que eu nunca tive uma.

Campainha toca eu vou atender. 

Tae- o que foi o que aconteceu eu te liguei várias vezes. -ele entra jjá falando sem nem olhar na minha cara depois que ele ver minha tristeza.- oo que foi pequena aconteceu alguma coisa?

Eu- várias...aaah Taehyung, por favor me ajuda a sumir, eu queria fugir com você e ficar longe de tudo e todos os problemas. 

Tae- me conta o que aconteceu. 

Eu- minha mãe ela não quis saber de nada ficou brava e me deixou falando sozinha e... o Jimin não vai ser mais pai e tá muito trite e eu por ele.

Tae- pera o que?como assim ele não vai ser mais pai?

Eu- poiser a Lee Soock a namorada do Jimin ela perdeu o bebê percebeu quando acordou que viu a cama cheia de sangue. 

Tae- coitado do Jimin ele tava tão feliz,vem cá eu te intendo.-ele abre os preços e eu vou até ele é me abraça.- vamos ppassar por isso juntos eu vou está sempre ao seu lado tá princesa. 

Eu- obrigado,ultimamente você foi a melhor coisa que me aconteceu. 

Tae- digo o mesmo. -falávamos enquanto estávamos abraçados. 

Eu- e seus pais? Porque nunca fala deles?

Tae- prefiro não falar.

Eu- TaeTae eu sempre duvido meus problemas você já sabe de toda minha vida e eu não sei um terço da sua.

Tae- S/N eu já disse que não quero falar.

Eu- tá okey então só não falar também não precisa ser groço comigo.

Tae- desculpa.

Eu- tudo bem.

Tae- que tal a gente sair?

Eu- eu  não sei. 

Tae- como não a gente necessita desse tempo juntos.

Eu- okey a gente pode sair fazer compras espera pra mim me arrumar. 

Tae- tá não demora por favor. - ri dele. 

Fui até meu quarto tomei uma duxa rápida,coloquei um vestido preto de ombros caído que vai até a coxa e um tênis preto com uma meia até os joelhos arrumei o cabelo deixando solto ,peguei minha bolsa com dinheiro celular e documentos, voltei pra sala.

Eu- tô pronta. 

Tae- acho que não adiantou nada falar um "não demora"-ele me analisa- pelo menos valeu a pena você tá muito linda.

Eu- aff para de ser exagerado, eu fui o mais rápido que eu podia e obrigado. 

Tae- tá vamos logo.

Ele pega na minha mão saimos de casa fomos a pé mesmo passamos por todas as lojas que víamos. 

Tae- o que acha desse pijama de unicórnio?

Eu- AAAAAAAAH que fofo inda vem um pra você e de casais que lindo, vamos levar. 

Tae- sabia que você ia gostar. 

Passamos por outras lojas paramos pra comer comemos bastante depois continuamos a andar pelas lojas passamos o resto do dia lá. 

[...]

Já era noite eu estava exausta só queria minha cama.

Eu- Ah Taehyung eu não gueto mais tou muito cansada. 

Tae- okey me de suas sacolas vamos pra casa.

Eu- obrigado mas dessa vez vamos de táxi não quero caminhar.

Tae- eu também não chama então um aí pelo celular porque o ponto de táxi tá lá na outra rua.

Eu- tá. 

Peguei meu celular e chamei um táxi, não demora pra que chega colocamos nossas sacolas no banco da frente logo fomos no banco de trás enquanto o carro andava eu observava as ruas,a noite encostei meu rosto no ombro do Tae ele me abraça. 

Eu- te amo.

Tae- também te amo. 

Chegamos em casa eu fui pra minha Tae pra dele porque ele foi tomar banho íamos dormi juntos, marcamos de assistir um filme antes de dormi. 

Enquanto isso eu fui tomar banho,vesti meu pijama de unicórnio que compramos. Depois que terminei fui arrumar o sofá cama pra gente assistir o filme quando termino campainha toca e eu fui atender era o Tae com pipoca e refri e ele também usava o pijama dele e tava com uma cara de assustado. 

Eu- o que aconteceu?-comecei a rir da cara que ele fazia.-aaah você vai usar eba.

Tae-e eu sabia que você ia tá usando o seu queria usar também a eh  por favor não me faça andar com ele pelo prédio. 

Eu- porque?

Tae- duas crianças me atacaram pensando que eu era um urso de unicórnio. -eu ri dele.- para nnão tem graça. 

Eu- tem sim.

Tae- faz um favor vamos assistir o filme?

Eu- calma mozão vamos sim.

Fomos assistir o filme mas eu não conseguia parar de rir só que como somos retardados rimos juntos.

Eu- tá vamos parar.

Paramos e enfim fomos assisti o filme é trocamos carinho o tempo todo.

~no outro dia~

Acordei ,tínhamos dormindo na sala fiquei olhando Tae dormi ele parecia um anjo de tão lindo, comecei a passar minha mão por seus cabelos e ele acorda.

Eu- bom dia meu bem.

Tae- bom dia vida. 

Eu- hoje eu queria ir ver a Lee e o Jimin você quer ir comigo?

Tae- não sei eu nem conheço essa Lee e nem tenho muita intimidade com o Jimin.

Eu- ah para com isso vamos sim.

Tae- tá vamos. 

Eu- eu vou agora.

Tae- okey eu só vou em casa ,daqui a pouco eu venho.

Eu-(comecei a rir) cuidado pras crianças não te atacar no meio do caminho. 

Tae- vira essa boca pra lá.

Ele levantou e foi pra casa dele eu também a levantei arrumei nossa bagunça depois fui me arrumar vesti uma calça um blusa e uma jaqueta e um tênis, como tinha terminado fui na casa do Tae eu tava preocupada vai que aquelas crianças pegaram ele é o sequestrou,mas também quem não sequestraria aquele príncipe nos tempos de hoje?

Toquei a campainha ele atende.

Tae- calma aí eu já tô quase pronto. 

Eu- ufa pensei que você foi sequestrado. 

Tae- traumatizou foi? Quem tinha que traumatizar era eu tá nenem.-rrimos. 

Pegamos um táxi e fomos pra casa da Lee conserteza eles estariam lá, chegamos toquei a campainha a mãe da Lee que atendeu a Sra Sakurita.

Sra- Olá S/N .

Eu- oi o Jimin e a Lee estão?

Sra- sim estão. 

Eu- posso falar com eles?

Sra- sim claro eles estão no quarto mas pode espera aqui na sala que eu vou chamalos.

Eu- obrigado. 

Entramos e ficamos esperando eles enquanto ela foi chamar eles.

Tae- gostei da mãe dela.

Eu- eh eu também acho ela bem legal.

Lee- S/N?

Jm-S/N, Taehyung?

Eu- oii.

Cumprimentamos eles.

Tae- oi

Jm- o que você tá fazendo aqui por onde você estava?

Tae- longa história depois conversamos, eu fiquei sabendo do que aconteceu eu sinto muito. 

Lee- e eu e Jimin a gente conversou muito resolvemos tentar esquecer. 

Eu- ótimo ah eu tava tão triste ,que bom que não estão mais daquela forma.

Jm- e vamos mudar de assunto porque senão eu começo a chorar, e me fala amiguinha do kokoro 6 tão namorado?

Olhei pro TaeTae e ele pra mim rimos um pro outro depois olhamos pro Jimin.

Lee- precisa nem falar né amor pela cara, vocês forma um casal muito lindo.

Eu- obrigado digo o mesmo. 

Jm- depois vamos falar de tudo que aconteceu quando eu não estava por perto. 

Tae- poiser. 

Sra- oi pessoas, vocês querem alguma coisa?

Lee- já tomaram café a gente ia tomar agora. 

Eu- não a gente só acordou e veio ver vocês. 

Jm- OOH quanto amor então vamos comer. 

Fomos pra mesa e começamos a comer e a conversa sobre assuntos do dia a dia, eu gosto muito da Lee além de ser uma boa garota ela é uma amiga que daria uma boa esposa pro Jimi, eu tava feliz por o  Jimin não está tão triste como antes. 

Me assusto com meu celular tocando era meu pai sai da mesa pra atender.

~on ligação~

Pai- alo S/N?

Eu- oi App, o que aconteceu onde você estava?

Pai- nada de mais eu queria que você me encontrasse aqui naquele restaurante onde costumamos ir okey.

Eu- tá mas porque não em casa?

Pai- faça o que eu te pedi tô te esperando. 

Eu- okey.

~off° ligação~

Voltei pra mesa e todos me olhava.

Tae- amor tá tudo bem?

Eu- não sei meu pai quer me encontrar em um restaurante. 

Jm- e onde ele tava porque não voltou antes?

Eu- eu não sei vou saber agora. 

Jm- estranho. 

Tae- ah então eu te levo vamos.

Eu- vamos tchau gente.

Nus despedimos dele depois eu peguei um táxi até o restaurante onde meu pai falou Tae não saiu foi direto pra casa ,eu entrei e de longe o vi em uma mesa e quando me ver acena pra mim fui aaté ele.

Eu- oi.

Pai- oi filhota.

Eu- tá tudo bem?

Pai- mais ou menos. 

Eu- como assim mais ou menos?

Pai- olha eu e sua mãe a gente não está bem no relacionamento a gente anda brigando muito e não sei até quando nosso relacionamento irá durar.

Eu- mas pai...como assim o que aconteceu?

Pai-nada de importante. 

Eu- tá você me chama pra conversa e não fala o que aconteceu. 

Pai- então filha não era isso que eu queria falar, eu queria que você vinhece comigo em uma viajem para que possamos se divertir um pouco. 

Eu- não eu não vou.

Pai- como não?

Eu- o senhor pai e muito estranho, você é minha mãe, primeiro depois que eu sai de casa vocês não andam bem, só brigam somem por dois meses toda vez que eu falava que queria falar com você pra minha mãe ela se irritava e virava as costa depois você me aparece pra fazer uma viajem com você. 

Pai- você não ver que eu sinto sua falta filha e só queria um tempo com você.

Eu- pra onde o senhor que me levar?

Pai- pros Estados Unidos. 

Eu- am?

Pai- e só por algumas semanas.

Eu- olha eu vou pensar. 

Pai- promete?

Eu- prometo mas agora eu preciso tenho algumas coisas pra fazer. 



Continua...


Notas Finais


Xau babys esse capítulo tá meio sem inspiração mas saiu espero que tenha gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...