História Doctor's Issues. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Batman, Esquadrão Suicida, Hera Venenosa, Jared Leto, Margot Robbie
Personagens Bruce Wayne (Batman), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Jared Leto, Margot Robbie, Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa)
Visualizações 24
Palavras 620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Super Power, Survival, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Welcome To Arkham Asylum!


Joker narrando: Eu estava dopado, sendo carregado por 4 guardas no qual estavam com medo de que eu conseguisse me soltar daquela camisa de força. Eu mal conseguia abrir meus olhos, só sentia meus pés se arrastando pelo chão do corredor. Colocaram uma máscara em mim e me puseram em uma sala fechada sem saída de ar ou nenhum tipo de abertura. Estava abafado e aquela máscara fedia a vômito. Inseriram 2 agulhas no meu braço com diferentes tipos de medicações para que eu desmaiasse e não conseguiram. Os guardas voltaram pra me pegar. Me arrastaram pra uma sala escura sem nenhum tipo de iluminação. Me colocaram num sofá e tiraram a máscara junto com a camisa de força. Me empurraram e eu simplesmente deitei. Eu estava totalmente dopado mas não inconsciente. 3 guardas ficaram na porta protegendo a saída caso eu quisesse fugir. Mal sabem que eu posso e quando eu quero eu vou! Não demorou muito, vi a sombra de uma pessoa entrando na sala, não dava de ver muito bem, e continuava se aproximando ainda mais, até que se sentou numa poltrona que havia perto do sofá. Uma luz fraca se acendeu e eu pude ver o rosto da pessoa. Eu, tonto, via tudo girando. 

Harleen: Olá, Mister Joker. 

Joker: Grrrr... 

Harleen: Meu nome é Harleen Quinzel, mas pra você é Dra. Quinzel. - Falo com um tom de voz assustada, porém tento disfarçar.

Joker: Harley Quinn? Adoro esse nome. - Faço um tom de voz maligna e sorrio para ela.

Harleen: Dra. Harleen Quinzel! 

Joker: Você é nova por aqui? Tem carinha de ser... virgem. - Tentei fazê-la ficar com medo de mim.

Harleen narrando: Eu estava sentada próxima dele. Pude sentir seu cheiro. Um cheiro agradável. Seu sorriso, atraente. Aqueles dentes de metal poderia fazer um estrago em qualquer boca se mordesse. Seus olhos, meio verdes com tons azulados, típicos de pessoas loucas. Os músculos. Que músculos. Forte. Tatuagens espalhadas por seus braços. O pássaro com uma flecha atravessando sobre o mesmo. Talvez uma referência? Muitas referências. Seu nome escrito em seu...tanquinho. Pode ser que ele mesmo se idolatre. Perguntarei ao longo da consulta. Ou não. 

Harleen: Na verdade não. Eu trabalhava na ala mais leve desse asilo. Fui a psiquiatra do mês, me promoveram e aqui estou. Você será meu primeiro e único paciente. - O tom de medo da minha voz estava começando a me entregar a ele. Firmei a mesma.

Joker: Você está mentindo para mim? Estou sentido um cheirinho de medo no ar. Ora... não precisa ficar assustada, eu não mordo. - Me levanto e me aproximo para perto dela com meu sorriso aterrorizante.

Harleen narrando: Já estava pra chamar um dos guardas, mas naquele momento, meu medo acabou e percebi que seria uma longa caminhada com meu novo paciente. Só de olhar, me interessei por sua inteligência apesar de ter falado muito pouco. Como ele pode ser considerado... louco? Por matar? Todo mundo tem problemas.

Harleen: Tabom. Eu... eu sou novata, mas tenho experiência com pessoas que não saibam controlar a si mesmo. 

Joker: Você... tá me chamando de louco? 

Harleen: Ah... - Interrompida pelo guarda. 

Guarda: Dra.! O tempo acabou. 

Joker: Já vai? Tão cedo? 

Harleen: Hoje foi só para nos conhecermos mesmo. Amanhã terá mais. Mister... Joker. - Olhei para seus olhos sedutores e me levantei logo em seguida me direcionando a porta.

Joker: Ah... Onde estão meus modos. Seja bem vinda ao Asilo de Arkham. A casa de praia do Satã. - Faço uma cara de raiva com o sorriso estampado na mesma para assusta-lá. 

Harleen: Obrigada! - Saio de cabeça erguida e um pouco assustada com tudo aquilo.

Joker: Isso vai ser... louco! - Dou um sorriso assustador como se eu fosse aprontar uma.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...