História Dois amores meio improváveis ~ Finnceline e Fiolee ~ - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Ash, Beemo "BMO", Cake, Canelinha, Finn, Fionna, Gunter, Hudson Abadder, Jake, Jake Jr., Keila, Kim Kil Whan, Lady Íris, Litch, Marceline, Marshall Lee, Mordomo Menta, O Lich, Personagens Originais, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada, Rei Gelado, Sr. Porco, TV, Viola, Yeti
Tags Finnceline, Fiolee, Hora De Aventura
Exibições 44
Palavras 1.534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Contagem regresiva


Fanfic / Fanfiction Dois amores meio improváveis ~ Finnceline e Fiolee ~ - Capítulo 27 - Contagem regresiva

.................CONTINUANDO...................  

        Finn estava ainda na praia , ele sabia aonde estava, mas estava perdido em seus pensamentos , ele sabia que o que fez foi muito errado, mas....... ao  mesmo tempo , ele não podia fazer nada, seu corpo não o obedeci, parecia ter vontade própria, demorou muitos anos para ele aprender a se controlar, Fionna também demorou para se controlar...... mas aprendeu a se controlar primeiro que o irmão, ela teve total controle de si mesma com 87 anos, mas não foi fácil, Fionna não sabe dessa história, Finn escondeu isso  dela por todos esses anos, mas pelo visto, ele teria que contar. 

       Finn ainda estava de joelhos na areia da praia, mas parecia estar no mundo da lua, ele não sentia a presença de ninguém, parecia que havia perdido os cinco sentidos, tanto que não sentiu a presença de Bonnie, ela havia ouvido toda a conversa entre Finn e Marco, ela ficou olhando Finn, viu que ele se arrependia profundamente pelo que fez, e lá no fundo de seu coração ela ainda o amava, não um amor entre amigos, mas um amor de paixão, Bonnie conseguiu esconder perfeitamente seus sentimentos, e quando eles terminaram ela ficou arrasada, não comia, não falava, não tomava banho , não saía de seu quarto e muito menos se mexia, foi triste para ela, embora seu amado não sinta o mesmo por ela a muito tempo, ela ainda o amava , mas também sabia que ele namora sua melhor amiga .

         Depois de tanto o observar, Bonnie vai até Finn, e coloca uma mão em seu ombro, fazendo ele voltar para a realidade , Finn olha para ela mas não fala nada, mas Bonnie queria lhe dizer algo. 
          - Finn....., eu....., eu ouvi a sua conversa com esse tal de Marco, você realmente se arrepende do que fez ?- Ela fala passando a mão em seu rosto, enxugando suas lágrimas. 
          - Sim....., mas..... eu não queria ter feito aquilo......, eu....... nem...... tinha conciencia do que fazia. - fala Finn entre soluços. 
          - Eu acredito em você, mas agora temos que ir, quero garantir que meu reino esteja seguro. - fala Bonnie puxando Finn, para que ele levanta se, que por sua vez se levanta. 
          - Não se preocupe, ele não irá hoje, mas em outro dia....... dessa semana. - falou Finn com uma voz fraca. 
          - Como você pode ter tanta serteza disso? - pergunta Bonnie espantada. 
         - Olhe para a lua, hoje é a primeira lua cheia , lobisomens precisam de pelo menos 5 dias para ganhar bastante força da lua, caso contrário..... eles ficam sobrecarregados e acabam perdendo total controle, isso se torna uma aberto de um ponto fraco. - Finn fala com uma expressão seria. 
        - Então......, ele não lutará hoje? - pergunta Bonnie com dúvida. 
        - É possível que não, já que ele é o único lobisomen que existe, mas existem outros lobos que são tão forte quanto eles  ( lobisomens ) .- fala Finn. 
        - E que lobo seriam esses ? - pergunta Bonnie com mais dúvida ainda. 
       - Lobos pré - históricos gigantes, eles tem quase as mesmas características de um lobisomen, mas não podem ficar em duas patas , os alfas são mais fortes, e os betas mais fracos, é mais fácil matar um beta do que um alfa. - falou Finn .

       Depois deles conversarem, Finn foi para sua casa e Bonnie para seu reino, Finn e Bonnie eram os únicos que sabiam o que os esperava, mas Finn sabia melhor do que Bonnie qual era o verdadeiro poder de um lobisomen, e então Finn tentou descansar para no dia seguinte estar disposto a treinar Marceline, ela sabia lutar contra vampiros e monstros, mas lobisomens não, ela terá um professor expert no assunto. 

       No dia seguinte, o silêncio reinava sobre a terra de Ooo, isso é.... por enquanto, porque quando Finn acordar.......
          - ACORDA MARCY, ACORDA SE VOCÊ NÃO QUER MORRER QUALQUER DIA DESSES, SE VOCÊ NÃO QUER MORRER ACORDA!!!!!!!!!!!!!!- Finn fala balanço a Marceline, tentando acordar ela  (  Tadinha  ) , e consegue. 
         - PARA SEU PUTO, JÁ ACORDEI. - falo Marceline com raiva. 
         - Que bom....., agora levanta, você vai treinar. - fala Finn. 
         - Treinar o que? Demônio - fala Marceline com fogo nos olhos.  
        - Se você não quer morrer tão cedo, vai ter que aprender a lutar contra um lobisomen. - falou Finn. 
       - Tabom Finn - falou Marceline brava. 

        Finn sabendo que Marceline iria demorar para sair da cama, foi logo adiantando o seu banho, após o banho Finn pegou uma camiseta azul escura, uma cueca boxe vermelha, uma calça jeans preta, tênis preto Alls Star e um bracelete com espinhos( roupa da foto ), e foi esperar a Marceline na sala. Marceline desceu as escadas com uma camiseta vermelha trasparente, um sutiã preto, um shorte jeans curto, uma meia calça preta com corações, um Alls Star preto, o gorro branco com orelhas e o Baixo - Machado, Finn ficou com a boca aberta quando a viu, ele até babaou.
        - Marceline, aonde você pensa que vai? - Perguntou Finn.
        - Treinar com você, vai me dizer você queria que eu colocasse aquela roupa de treinamento que me deixa seme - nua  ? .- Perguntou Marceline fazendo posse. 
       - Deixa pra lá. - falou Finn se levantando do sofá.

        Então Finn e Marceline foram para fora de casa, e estavam se alongando para logo iniciarem o treinamento.
         - Pronta? - Perguntou Finn. 
         - Pronta . -  Falo Marceline. 
         - Mas antes....., aula teórica. - falou Finn.   
         - Affffff, você tinha que ser tão cruel assim? - falou Marceline sentando no chão. 
        - Ok....., olha Marcy, eu acho que você vai gostar dessa aula, vou falar como matar um lobisomen e lobos pré - históricos gigantes, e depois eu fasso um demonstração de como fazer, Ok ? - falou Finn .
      - Já gostei. - Falo Marceline. 
      - Vou começar, Marcy, os lobisomens assim como qualquer criatura sobrenatural, tem uma fraqueza em comum, e essa fraqueza é a prata, mas a prata surte mais efeito em lobisomens do que qualquer outra criatura. E os lobos pré - históricos gigantes, são mais ágeis, tem um olfato mais apurado, uma força de derrubar uma árvore de carvalho puro, de estraçalhar ossos como se fosse um palito de dente. Umas das coisas que os dois tem em comum é que sempre que ouver um alfa, sempre haverá uma alcatéia, e em uma alcatéia os alfas são os mais forte, e os betas são mais fracos, então comece lutando contra eles, os lobisomens e os lobos pré - históricos gigantes sempre foram aliados um do outro, os lobisomens em todas as eras comandavam os lobos gigantes, até mesmo do alfa mais poderoso e orgulhoso que seja, ele servirá os lobisomens, isso..... se ele for um alfa. É mais fácil matar eles cortando o pescoço, para deixar ambos em desvantagem machuque o fusinho , é a parte mais sensível deles, a muitos anos atrás, quando você tinha 3 anos, você e o Marshall foram atacados por esse mesmo lobo, que agora está mais forte, eu devia ter percebido que era ele na época, se eu soubesse que era ele, teria o matado no mesmo instante. - falou Finn. 
          - Finn....., você conhece esse lobisomen albina? - pergunta Marceline com dúvida. 
         - Achei que conhecia, na época eu era um vampiro " recém nascido " , eu não tinha controle dos meus atos, ele era um lobisomen gentil, nunca machucou a mim ou a Fionna, embora lobisomens e vampiros sejam inimigos mortais, ele tinha uma esposa e uma filha de 3 anos, todos os vampiros não tem controle do que faz quando a lua não aparece a noite, e foi isso que aconteceu, eu nunca comentei isso com Fionna, porque sabia que ela não me perdoaria, nessa noite...... eu...... acabei matando a família dele, e ele viu tudo, ele deveria compreender o meu lado, afinal, lobisomens enlouquecem mais que vampiros, e agora...... ele quer vingança, ele quer matar você e nossos amigos, olho por olho, dente por dente, é um antigo código, eles que inventaram, mas um Rei o roubou e o uso, então o código era mais conhecido como O Código de Ramurabe. - falou Finn. 
          - Ele só quer vingança? , mas que besteira, todos nós sabemos que A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena. (Chaves; ) )-  falou Marceline em coro. 
        - Mas por parte a culpa é minha, isso é inevitável, agora....., vamos para a aula física. - falou Finn se transformando em um lobo gigante. 
       - Nossa......, você fica muito fofo como lobo, vem cá totó. - falou Marceline inclinada para frente e batendo nos joelhos.  
       - Engraçadinha, então agora vou com tudo, em.... 1...2....- Antes que Finn pudesse terminar de contar, Marceline pula em cima dele e mete um soco na fuça dele. 
       - AIII!!!!!- falou Finn se contorcendo no chão. 
       - Estou pronta para acabar com eles .- falou Marceline se exibindo. 
      - Da pra ver né - falo Finn segurando o nariz que estava sangrado. 

        PVO. FINN ON  

      Porra...., Marceline tava com raiva de mim hoje, poxa.....;-; 

.........CONTINUA........
     



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...