História Dois amores meio improváveis ~ Finnceline e Fiolee ~ - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Ash, Beemo "BMO", Cake, Canelinha, Finn, Fionna, Gunter, Hudson Abadder, Jake, Jake Jr., Keila, Kim Kil Whan, Lady Íris, Litch, Marceline, Marshall Lee, Mordomo Menta, O Lich, Personagens Originais, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada, Rei Gelado, Sr. Porco, TV, Viola, Yeti
Tags Finnceline, Fiolee, Hora De Aventura
Exibições 36
Palavras 760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aviso : Assim como aquele outro capítulo esse é só Fiolee.

Capítulo 31 - Capítulo 31


Fanfic / Fanfiction Dois amores meio improváveis ~ Finnceline e Fiolee ~ - Capítulo 31 - Capítulo 31

           PVO. FINN OFF  
           PVO. FIONNA ON   

        O Finn tinha entrado em coma após matar aquele tal de Marco, eu já havia entendido que ele entrou no subconsciente daquele cara, pelo que a Marcy me contou, eles eram melhores amigos, mas o Finn acabou matando a família dele por " acidente ", e o cara queria vingança, e até agora ele não acordou. 
        - Ei Fi, vamos pra casa, precisamos nos trocar , estamos com a mesma roupa da luta, não que eu não queira ver você com essas roupas rasgadas te deixando seme nua - fala o tarado do meu namorado Marshall, com um sorriso malicioso.  
        - Seu tarado, que feio...., um bebê como você tendo pensamentos inapropriados . - Eu falo apertando a bochecha dele, e fazendo uma voz brincalhona. 
        - Fionna...., eu não sou mais um bebê a muito tempo. - Ele fala todo corado. 
        - Mas para mim , você ainda é aquele bebê zinho , um bebê muito fofinho e bonitinho.- Eu falo o abraçando. 
        - Sabe...., talvez eu realmente seja um bebê, assim eu você vai ter que me dar banho, dormir abraçadinha comigo e deixar eu mam....- Na hora em que ele iria falar " mamar ", eu o olho com um olhar mortal.
       - Nem pensar. - Eu falo com uma cara de demônio horripilante.
      - Ta bom T-T. - fala o Marshall com uma cara de trouxa. 
     - Não, porque eu não tenho leite seu babaca ;).- Eu falo com uma cara maliciosa , se o Finn ouvise isso...
     - Poxa....:( - falou o Marshall com uma cara....
     - Não se preocupe, um dia eu vou ter..., mas não vai ser pra você. - Eu falo séria. 
     - Sortudo esse em....- Ele fala enburrado. 
     - Ou sortuda. - Eu falo com um sorriso. 
     - Pera..., você é lésbica? - Não acredito que ele me perguntou isso. 
     - Você é burro ou o que? - Eu falo brava e saio de lá. 
     - FIONNA, ME ESPERA. - Fala o idiota Marshall vindo atrás de mim. 
     - ME DEIXA EM PAZ SEU IDIOTA.- Eu falo enraivecida .
     - O QUE FOI QUE EU DISSE PRA VOCÊ FICAR ASSIM? - pergunta o Rei dos idiotas .
     - Será que você não entendeu o que eu disse? , você é como os outros. - Eu falo chorando e me sentando no chão. 
     - Ahhh , entendi o que você quis dizer, mas.... eu acho que nós não estamos preparados para isso. - fala o Marshall. 
    - Por que não? - Eu falo ainda chorando. 
    - Eu sou muito irresponsável, não me dou bem com criança, sou um completo idiota. Você é brincalhona, mandona, reclama de tudo... - Eu o interrompo.
    - Ei. - Eu falo brava .
    - Xiu, deixa eu terminar,  dorme de mais, eu não sei muito sobre você, e nós não somos casados. - termina Marshall.
   - Detalhes a parte, agora que você já é maior de idade você pode se casar. - Eu falo. 
     - É mas.... , eu não quero isso ainda. - Ele fala revirando o olhar.  
     - Nem eu, mas.... só quero garantir que você nunca.....nunca....nunca se separe de mim .- Eu falo corando.  
     - Não precisa ficar assim...., afinal, eu sou O SEU humano. - Ele fala me abraçando. 
     - Eu sei mas...., depois de muitas traições...., não acredito muito nessas conversas. - Eu falo cabisbaixa .
     - Eu nunca te trairia na minha vida.- Ele fala segurando minha mão. 
    
      Então ele se levanta para ir em bora, esse geito dele é muito reconfortante, gostaria de ter mais desse carinho um dia desses .
       - Marshall....
       - O que foi Fi ?- ele fala com uma voz calma doce. 
     
      Então eu vou na sua direção como um raio e lhe dou um beijo quente e apaixonado, ele pede passagem para a língua e eu permito, nós ficamos assim...., grudadinhos um no outro, mas fomos separados pela falta de ar dele, um dia eu transformo ele em vampiro e nós não teremos mais esse problema, pela cara dele ele não recuperou o fôlego totalmente, mas ele logo me puxa para um outro beijo, esse foi um beijo quente, apaixonado e feroz, aiai, meu Marshall já é um homem.  

       É com você que eu quero viver sempre ao lado, você é aquele que realmente me ama do geito que sou, mesmo sabendo dos meus defeitos...., você ainda fica comigo, mas...., você não irá saber disso, não agora, talvez daqui a uns séculos, mas você saberá, só não sei como . 
   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...