História Dois garotos, uma decisão (Imagine I.M e Kihyun) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags Imagine Im, Imagine Kihyun, Imagine Kpop, Lim Changkyun, Monsta X, Yoo Kihyun
Exibições 154
Palavras 3.251
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ooi pessoinhas ^^
Voltei :3
Não sei se demorei muito pra postar, mas se demorei, me desculpem :/
Mas oq importa é o cap, né?
Me desculpem por qualquer erro que acharem no cap ;-;

Boa leitura <3

Capítulo 7 - Cap VII


Fanfic / Fanfiction Dois garotos, uma decisão (Imagine I.M e Kihyun) - Capítulo 7 - Cap VII

Cap VII

  Depois de I.M ter contado toda a história, ambos já estavam cansados, e adormeceram ali mesmo.

  No dia seguinte, os dois acordaram juntos, e (s/n) avisou I.M que teria que se arrumar rápido, pois a mesma sempre vai para o colégio acompanhada pelo irmão mais velho. Depois de terem terminado de se arrumarem, os dois se despediram e I.M saiu pela janela. O mesmo disse que iria pular, mas foi repreendido pela mais nova. Quando o mais velho foi embora, (s/n) saiu do quarto, indo em direção da cozinha. Chegando lá, o local estava vazio. Apenas pegou uma fruta, e começou a comer.

  Alguns minutos depois, escutou passos vindo das escadas e depois apareceu um Hyungwon na porta.

  Hyungwon – Ué, acordou mais cedo? – Perguntou, surpreso

  – Primeiramente, bom dia. Segundo, eu acordei cedo sim – Respondeu, calmamente

  Hyungwon – Tinha esquecido, desculpa. Bom dia – Ele disse, abraçando a irmã – Dormiu bem?

  – Não muito…. – Respondeu, bocejando

  Hyungwon – Por que? Você foi dormir que horas ontem? – Perguntou, fitando a irmã

  – Não lembro…. – Sentou em uma das cadeiras, abaixando a cabeça na mesa

  Hyungwon – Levanta daí, temos que ir – Disse, puxando o braço da mais nova

  – Aigoo… – Murmurou, se levantando

  Hyungwon – Aigoo nada, devia ter pensado em dormir cedo – Disse, pegando sua mochila

                    — … —

  Chegando no colégio, os dois se despediram e cada um foi para o lado oposto do outro. Caminhando pelo corredor, encontrou I.M encostado nos armários, dormindo em pé. A mesma parou em sua frente, e começou a fitá-lo. Nunca parou para admirar o rosto do amigo. Os olhos de Changkyun abriram-se lentamente, e o mesmo (s/n) em sua frente.

  I.M – Que susto! Há quanto tempo você está aqui? – Perguntou, com a mão no peito

  – Faz um tempinho….pelo visto, você também não conseguiu dormir bem ontem… – Disse, encostando nos armários ao lado de Changkyun

  I.M – Você também? – Perguntou, fitando a mesma, que afirmou com a cabeça – Acho que vou dormir nas aulas

  O sinal tocou, e os dois caminharam para a sala. Chegando lá, Changkyun foi para o seu lugar e abaixou a cabeça. (S/n) sentou-se ao lado dele, e começou a assistir a aula. Algumas vezes, a mesma observava o mais velho dormindo, parecia um anjinho dormindo tranquilamente. Chegava até sorrir bobamente. (S/n) começou a acariciar o cabelo do mais velho, e o mesmo não parecia se incomodar. A mesma bagunçava delicadamente seus fios castanhos claros. Quando parou, escutou o maior resmungar algo e se mexer.

  I.M levantou a cabeça, coçando o olho – Por que parou? Estava tão bom… – Murmurou

  – Não estava dormindo? – Perguntou, confusa

  I.M – Estava, mas você parou com o que você estava fazendo – Respondeu, fazendo bico

  – Desculpa – Disse, cutucando a bochecha do mais velho

                    — … —

  Passaram-se as aulas, e o sinal do intervalo havia tocado. Os dois mais novos estavam dormindo, deixando os meninos confusos.

  Shownu – O que deu neles? – Perguntou, tomando um pouco do seu suco

  Hyungwon – A (s/n) disse que não dormiu bem, o I.M eu não sei… – Respondeu, e começou a balançar o ombro dos dois – Hey, acordem

  (S/n) foi a primeira a acordar – O que foi…? – Perguntou, coçando o olho

  Hyungwon – O que deu no seu amigo? – Ele perguntou, apontando para o mesmo, que continuava a dormir

  – Ele disse que tinha dormido mal… Changkyun, acorda. Você passou uma aula e meia dormindo… – Disse, acariciando o cabelo do mesmo

  Hyungwon – Heey! Que carícias são essas? – Ergueu uma sobrancelha

  Jooheon – Que vê, pensa que são um casal – Ele disse, fazendo (s/n) corar e Hyungwon o fuzilar com os olhos

  (S/n) parou com as carícias, fazendo I.M resmungar algo. O mesmo levantou a cabeça, com os olhos semi abertos – Por que parou?

  – Pra você acordar… – Respondeu, dando um peteleco na testa do mais velho

  Shownu – Não é coincidência demais os dois terem dormido mal? – Perguntou, e os dois permaneceram em silêncio

  Wonho e Minhyuk olharam para os dois com um sorriso malicioso.

  – Aish! Eu não fiz nada, juro – Disse, meio sonolenta

  Hyungwon – Mas ninguém disse nada… Hey! Aonde você vai? – Perguntou, ao ver (s/n) se levantar e saindo do refeitório

  I.M saiu para procurá-la. Encontrou a mais nova encostada nos armários, sentada no chão. Se aproximou, e sentou ao lado.

  I.M – Por que saiu, de repente, de lá? – Perguntou, olhando a parte externa do pátio

  (S/n) suspirou – Eu só queria ficar sozinha….

  I.M – Vou deixar você sozinha, então – Disse, se levantando

   – Não! Fica aqui – Pediu, abraçando a perna do mais velho

  I.M – Ué, mas você não queria ficar sozinha? – Perguntou, olhando a mesma de cima

  – Esquece, fica aqui – Respondeu, fazendo aegyo

  I.M – Aigoo, ok – Se rendeu, e voltou para o lugar onde estava

  (S/n) parecia uma criança, batendo palmas.

  I.M – O que pretende fazer mais tarde? – Perguntou

  – Não sei… – Respondeu, pensativa

  I.M – Hm… o que será o tal evento no final do mês? – Perguntou, mudando de assunto

  – Hm…. O meu irmão chutou ser um acampamento… – Respondeu, sorrindo de canto

                   — … —

  Mas não é que Hyungwon tinha razão?

  O final do mês havia chegado, e revelaram que iria ser uma acampamento, mas era diferente: o acampamento era dividido em alunos com notas boas e ruins.

  I.M – Hey, ficamos no mesmo grupo. Ainda bem – Disse, rindo

  – Será que o Kihyun ficou no outro grupo?

  Kihyun surgiu por trás – Falando de mim? – Sussurrou no ouvido da mais nova, causando arrepios

  – Ai que susto… – Sussurrou para si, com a mão no peito

  I.M – O que faz aqui? – Perguntou, irritado com a presença de Kihyun

  Kihyun  – Pelo jeito, vocês não sabem… – Respondeu, deixando os dois confusos – Eu fiquei nesse grupo

  I.M – Desde quando você tira nota alta? – Perguntou, erguendo uma sobrancelha

  Kihyun – Isto aqui responde a sua pergunta? – Perguntou, mostrando os resultados do bimestre passado. As notas estavam acima da média do colégio.

  – Nunca pensei que ele teria notas assim… – Murmurou para si mesma

  Kihyun – O que disse? – Perguntou, olhando a garota

  – N-nada

                   — … —

  

  Antes de saírem do colégio, os alunos foram divididos em duplas por um sorteio feito pelos professores. (S/n) pensava em fazer dupla com Changkyun, e rezava para que não fizesse com Kihyun. Parece que Deus ouviu as palavras da mais nova, e aconteceu o que ela menos queria.

  – Aish, sério…? – Murmurou

  Kihyun se aproximou, apoiando seu cotovelo no ombro da mais nova, e suspirou satisfeito – É… parece que ficamos juntos…..

  (S/n) apenas bufou. Olhou para o lado, e viu Hyungwon saindo de alguma das salas. Correu até o mesmo e o abraçou. No início, ele se assustou, mas retribuiu.

  – O que estava fazendo aqui? – Perguntou, ainda nos braços do irmão

  Hyungwon – Bem… eu tinha pedido algumas coisas emprestadas e tinha ido devolvê-las. – Respondeu – Não é hoje que a sua turma irá a um “ evento “?

  – Sim, e você tinha razão…

  Hyungwon – É um acampamento mesmo? – Perguntou, e a mais nova assentiu – Sabia, sempre costuma ter. Mas então, quem é a sua dupla?

  – Ahn… – (s/n) iria responder, mas ouviu alguém chamando – Tenho que ir. Tchau, Hyungwonnie – Disse, dando mais um abraço no irmão

  Hyungwon – Tchau, pequena. Prometa pra mim que ficará bem – Respondeu, beijando a testa da mais nova, que assentiu

  

  Se despediram, e foram para a direção oposta um do outro. Saindo do colégio, encontrou algumas pessoas entrando no ônibus. Aproximou-se do ônibus, e acabou esbarrando em Kihyun.

  Kihyun – Yah! Onde você estava ? – Perguntou, seguindo a mais nova

  – Não te interessa – Respondeu, friamente, entrando no ônibus

  Kihyun – Repita isso de novo, e farei algo que você não queira – Sussurrou no ouvido da garota

  – V-você não faria isso… – Murmurou, sentando no fundo, perto da janela

  Kihyun – Nunca duvide de mim – Disse, sentando-se ao lado da mais nova

  – Por que resolveu sentar do meu lado? – Perguntou, fitando o mesmo

  Kihyun – Por que? Se incomoda? – Ergueu uma sobrancelha

  – Tem tantos lugares pra você sentar e você fica justo aqui – Respondeu

  Kihyun – E daí? – Provocou a garota

  – Aish, esquece – Respondeu, fitando a janela

                   — … —

  O tempo foi passando, e (s/n) tinha adormecido. Acordou nos ombros de Kihyun.

  (S/n) voltou ao seu lugar, corada – Y-yah! O que aconteceu?

  Kihyun – Você dormiu, e acabou deitando no meu ombro – Respondeu, como se fosse óbvio

  – Vou fingir que acredito… – Murmurou, cruzando os braços

  Kihyun – O que disse? – Perguntou

  – Nada…. – Respondeu, mexendo no celular

  Kihyun – Você me odeia? – Perguntou, e a mesma permaneceu em silêncio

  Kihyun se aproximou mais, pousando sua mão na coxa da mais nova, alisando o local – Por que não responde? O gato comeu a sua língua? – Sussurrou no ouvido da mais nova, subindo mas a saia da mesma, que segurou a mão do mais velho

  – Para…. – Suspirou, com os olhos fechados

  Kihyun – Vamos fazer uma troca justa: Eu não te  atormentarei, se você passar um dia inteiro comigo. E de mãos dadas – Disse, entrelaçando os dedos

  – Aish, okay – Respondeu, mas depois se arrependeu – Pera, o quê?

  Kihyun riu sarcasticamente – Trato é trato. Você não vai conseguir se escapar de mim, (s/n) – Sussurrou a última frase no ouvido da garota

                   — … —

  Passaram-se algumas horas, e tinha começado a chover. Um dos professores da 2° Série - que decidiu acompanhar os alunos - havia avisado que ficariam em uma hospedagem mais próxima, por causa da chuva.

  O ônibus havia parado em um hotel. Os alunos se levantaram, e saíram um por um do ônibus.

  I.M se aproximou de (s/n) – Hey, como é que foi o trajeto com aquele ser?

  – Eu fiz a maior burrada na minha vida – Respondeu

  I.M – O que você fez? – Perguntou, fitando a mais nova

  – Você vai descobrir…. E se não, depois eu te explico – Respondeu, e sentiu alguém entrelaçar seus dedos, e a puxando para longe de I.M – Yah!

  Kihyun – Pelo jeito você não entendeu… – Disse, a puxando – Não vai falar nada, garota? – Perguntou, apertando o pulso da mais nova

  – E se eu não quiser? – Perguntou, cuspindo as palavras, sem pensar

  Kihyun – Vou fazer você falar – Respondeu, a puxando para dentro do local onde ficariam. Pararam em uma sala bem distante dos outros. Kihyun a empurrou e entrou logo depois, trancando a porta.

 – Ficou louco? – Perguntou, assustada

  O mais velho permaneceu em silêncio. Em um movimento rápido, Kihyun a virou de costas para ele, colando seus corpos.

  Kihyun sussurrou – Você não me provoque, garota. Nunca se sabe o que eu posso fazer com você e esse seu corpinho… – O mais velho segurou os pulsos da mesma com uma das mãos, enquanto o outro passeava pelo corpo – Por que ainda se segura? Eu sei que quer isso…. – Disse, mordendo o lóbulo da mais nova

  – I-isso não fazia parte do trato… – Disse, tentando sair dos braços do mais velho

  Kihyun – Que se foda o trato… Ai! – Disse, ao receber uma cotovelada na barriga

  O mais velho caiu no chão, e (s/n) se aproximou do mesmo, sentando em cima do membro do mais velho.

  – Parece que o jogo virou, não é mesmo? – O provocou, rebolando em cima dele e pôs uma das mãos no rosto de Kihyun

  A mesma se levantou, destrancou a porta e saiu, deixando o mais velho sem reação e excitado.

  

  “ Isso não vai ficar assim… “ – Kihyun pensou, olhando para o seu membro já desperto, já sabendo do que teria que fazer

                    — … —

  (S/n) se afastava cada vez mais daquela sala, pensando no que realmente aconteceu lá.

  – Ainda não acredito que eu fiz aquilo… – Pensou alto, caminhando pela área principal

  I.M – Fez o que? – Perguntou, surgindo em sua frente

  (S/n) se assustou – N-nada, nada – Corou

  I.M – Está escondendo algo de mim? – Perguntou, semi-cerrando os olhos. A mais nova negou rapidamente, um pouco assustada – Ok, estou indo pro meu quarto. Quer vir comigo?

  – Não, eu vou ficar um pouco no meu… estou cansada – Respondeu, sorrindo de canto

  I.M – Tudo bem… posso te acompanhar até a porta? – Perguntou, e a mais nova assentiu

                   — … —

  Chegando na porta, os dois se despediram e I.M entrou primeiro. (S/n) respirou fundo antes de abrir a porta. Abriu lentamente, e notou que Kihyun não havia chegado. Notou também que as suas coisas estavam em um canto do quarto. Pegou alguma roupa qualquer, e foi em direção do banheiro. Estava debaixo do chuveiro por um tempo, mas desligou rapidamente ao escutar o barulho da porta se abrir. Se secou e colocou suas roupas (que era apenas uma camisa longa) rapidamente e esperou um pouco. Escutou o mais velho abrir algo. (S/n) abriu a porta lentamente e saiu do banheiro, indo em direção da porta do quarto. A mesma suspirou aliviada por ter uma parede “escondendo” a porta. Olhou para o quarto, se deparando com as costas nuas de Kihyun. Balançou um pouco a cabeça, e abriu lentamente a porta. Saiu de lá, e seguiu para o quarto de I.M, que era em frente do dela.

  Bateu na porta, e logo escutou um “ entre “.

  Adentrando no quarto, se deparou com I.M sem camisa e com uma toalha em volta do pescoço. A mais nova se virou rapidamente, corada.

  I.M deu um pequeno riso – Se quiser, pode olhar agora

  (S/n) se virou, ainda corada – Ué, cadê a sua dupla?

  I.M – Não tenho. Pedi pra ficar sozinho mesmo…. Você ficou no corredor com essa roupa? – Perguntou, fitando a mais nova de cima a baixo, parando em suas coxas

  – Sim, porquê? – Perguntou, olhando para a própria roupa

  I.M – Não acha que isso tá cobrindo o seu short? – Perguntou, apontando

  – Quem disse que estou de short? – Perguntou, mas depois percebeu o que havia dito – Isso soou mal…

  I.M sorriu maliciosamente – Soou mal mesmo…. – Respondeu, fitando as coxas da mais nova, mordendo o lábio inferior

  – Yah! Não sabe disfarçar? – Perguntou, se jogando na cama e cobrindo a parte de baixo com o cobertor

  I.M – Infelizmente, essa palavra não existe no meu dicionário…. – Respondeu, sentando na mesma cama, onde a mais nova estava

  – Sai – Disse, se jogando na cama de I.M – Fica aí

  I.M – Vai ficar na minha cama? – Perguntou, indignado

  – Vou – Respondeu, rolando na cama

  I.M – Beleza, só pega o meu celular que tá aí

  – Aonde? Ah, achei – Respondeu, entregando o celular para o mais velho

  I.M – Obrigado

                   — … —

  Já era umas 14:30, e (s/n) resolveu ligar para o irmão. Discou o número do mais velho.

  I.M – Tá ligando pra quem? – Perguntou,sem tirar os olhos do celular

  – Meu irmão, agora fique quieto, ele não pode saber que estou com você. Vou deixar no viva-voz – Respondi

            — Ligação ON —

  Hyungwon – Ué, tem sinal no meio do mato?

  – Oi pra você também, Hyungwon – Disse, rindo – E tem sinal no hotel, sim

  Hyungwon – Hotel? Como assim?

  – Começou a chover e obviamente ficamos em um hotel – Respondeu – Então, o que você está fazendo agora?

  XXX- OI (Apelido fofo)! – Alguém gritou

  – Quem está aí com você? – Perguntou, incrédula

  Hyungwon – O pessoal tá aqui e quem gritou foi o Minhyuk – Respondeu – Yah! Que abuso é esse de dar um apelido desses pra minha irmã? Quer morrer?

  Minhyuk – Desculpa, desculpa – Respondeu, do outro lado da linha

  Hyungwon – Enfim, está tudo bem por aí? – Perguntou

  – Está sim…. – Respondeu, observando I.M andando pelo quarto com o celular nas mãos

  Hyungwon – Está sozinha?

  – Ahn...sim… – Respondeu – Já vou desligar, só liguei pra avisar que estou bem…

  Hyungwon – Eu não esperava a sua ligação, porque pensei que você estaria no meio do mato – Respondeu e ouviu os meninos rindo – Mas tudo bem, se cuida

  – Okay – Se despediram e desligaram a ligação

           — Ligação OFF —

  I.M – “ Ué, tem sinal no meio do mato? “ – Repetiu, e ambos riram

  – Yah! Por que você está dando voltas pelo quarto? – Perguntou, se ajoelhando na cama, observando o mais velho em pé

  I.M – To caçando Pokémon – Respondeu, sem tirar os olhos do celular

  – Mereço… – Murmurou, revirando os olhos – Não tem nenhum Pokémon aqu….

  I.M a interrompeu – Espera! Tem um aqui!

  Correu em direção da cama, onde a mais nova estava, e pulou em cima dela, a abraçando.

  – Sério isso? – Perguntou, semi  cerrando os olhos

  I.M – Era brincadeira. Eu não jogo isso – Respondeu, ainda com os braços na mais nova – Posso ficar assim? – Perguntou e a mesma assentiu

  I.M a trouxe mais para os seus braços, chocando os corpos de ambos. Os braços do mais velho se encontrava na cintura da garota, enquanto a mesma tinha seus braços em volta do pescoço do mesmo.

  – Estou meio preocupada… – Disse, enquanto acariciava a parte de trás de I.M

  I.M – Por que? – Perguntou, encostando a cabeça da mais nova em seu peito

  – Não sei se volto pro meu quarto… sabe… ele está lá…. – Murmurou

  I.M – Pode ficar aqui, se quiser

  – Sério? – Perguntou, olhando para o mais velho, animada e o mesmo assentiu

  I.M – Hey, pode me explicar o que aconteceu entre você dois hoje de manhã?

  – Bem… Kihyun tinha feito um acordo comigo, e acabei concordando sem pensar…. – Respondeu, meio sem jeito

  I.M – Que?! Que tipo de acordo? – Perguntou. Sua expressão era de raiva e preocupação

  – Ele disse que não me atormentaria, se eu passasse o dia com ele…. – Respondeu, meio sem graça

  I.M –  E você acha mesmo que ele pararia de uma hora pra outra e com um simples acordo? Impossível… – Disse, em tom de reprovação

  – Desculpa… – Murmurou, escondendo o rosto

  I.M apenas suspirou, mas se pronunciou – Quer dormir?

  – Ainda tá muito cedo, Changkyun – Respondeu

  I.M – Vou fazer você dormir mais rápido – Dito isso, (s/n) se afastou rapidamente – O que foi?

  – O-o que você disse? – Perguntou, um pouco assustado

  I.M – Calma, eu não vou te fazer mal – Respondeu e ouviu a mesma suspirar – O que o Kihyun andou dizendo pra você?

  – Não quero falar mais sobre ele – Respondeu, cobrindo o corpo com o cobertor – É sério que você vai dormir?

  I.M – É só um cochilo…. – Respondeu, se acomodando na cama


Notas Finais


Kihyun tá muito safadenho pro meu gosto adoro🌚
Já vou dizendo que a cada cap que passa ele fica mais safado (ou não né heheheh )
O que acharam do cap?
Comentem pq eu gosto muito dos comentários de vocês e me incentivam bastante na hora de escrever :3
A frequência dos caps vai ser a mesma, pq nunca se sabe quando eu broto aqui '-'

Com o tempo, eu vou editando e corrigindo os erros dos caps e da fic em si

Minha outra fanfic pra quem se interessar ^u^ : https://spiritfanfics.com/fanfics/historia/perfect-girl-imagine-kihyun-6675131


Meu twitter pra quem quiser conversar comigo, tacar pedras, xingar e etc: @itschaehyungwon

Beijinhos e até a próxima <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...