História Dois Haréns, Uma Confusão - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Omamori Himari, To Love-Ru: Trouble
Visualizações 11
Palavras 2.456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Harem, Luta, Romance e Novela, Seinen, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - The Click


Passado um tempo do último encontro com Nemesis, Rito e as irmãs Deviluke vão normalmente para a escola. Yuto, por outro lado, teve assuntos a tratar na Mesa Redonda com Kuesu.

Lala: Rito, e a Himari-chan? Não veio?

Rito: Ela precisou sair com o Yuto, mas, assim como você, vai levar mais uns dias para voltar ao normal.

Nana: O que a Nemesis fez com você nesse dia?

Momo: Também estou curiosa... (cochichando sensualmente)

Rito: Não foi nada de mais, depois que uma de vocês me transformou em menina. O que acontece é que a raposa veio no último segundo e... (tropeça nos próprios pés) AAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH!!!!!!

Lala: RITO!!!!!

BOING! (Rito apalpa os seios de Yami)

Yami: ODEIO TARADOS! (transforma os cabelos em punhos)

Rito: NÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOO!!!!!!!

Haruna: YAMI-SAN, PARE! (ataque interrompido)

Yami: Haruna Sairenji…?!

Haruna: Quantas vezes tenho que dizer a você ou à Nana-san? Foi só um acidente, o Yuuki-kun nunca faria isso intencionalmente para lhe constranger. Quando você vai largar essa coisa de querer matá-lo por qualquer coisa boba?

(silêncio)

Yami: (cabelos voltam ao normal) Rito Yuuki, hoje passa. Mas amanhã me aguarde.

Rito: Obrigado, Sairenji.

Haruna: Não foi nada, Yuuki-kun. Mas a Momo-san não é a única que se preocupa com você, mesmo sofrendo ataques assim.

Nana: HMPF! Ele só cai nas outras...

Lala: Mas não tem culpa. Outra coisa, querem ver a invenção que eu fiz?

Lala mostra a suas irmãs e amigos uma versão atualizada do massageador que ela cedeu ao Professor Honekawa, o mesmo que Celine, sem perceber, aliciou Tearju.

Celine: Mau! Mau mau! (brincando com o aparelho)

Lala: Também não se preocupem, eu coloquei uma senha secreta para evitar que a Celine use por engano em alguém.

Rito: Não é o que vejo com a Mikado-sensei ou a Tearju-sensei.

Nana: Se eu tivesse peitos maiores... (se lamentando e se imagina com os mesmos seios de Momo)

Momo: O Bye-Bye Oppai-kun da irmã tem efeitos temporários, lembra? Então nem vale a pena.

Rito: Lala, como funcionaria a máquina por acaso?

Lala: Só um scan da pessoa desejada e pronto! Mesmo que sejam duas ou mais. (Nemesis de longe ouvia a situação)

(sinal da escola)

Nemesis: (pensando) Um scan, hein? HEHEHEHEHE! Vai ser divertido.

Na Mesa Redonda, Yuto, Himari e Rinko detalhavam o último encontro de Tama com Kuesu.

Kuesu: Então Ekou e Kurozakura chegaram e te reconheceram?

Yuto: Não precisamente elas, Tama-san.

Kuesu: Parece que a raposa quer se vingar de Nemesis. Yu-chan, as famílias Tsuchimikado e Kagamimori querem ficar a par da situação. Por isso, devo informar a eles.

Rinko: Pretende matá-la?

Kuesu: Se necessário. Nos últimos encontros, Nemesis foi uma pedra em nossos sapatos e hoje não tem perdão.

Himari: A minha espada ainda pretende acabar com ela.

Yuto: Mas não pode, é matéria escura do espaço.

Rinko: Mas Yuto, por que escolheu a piscina para encontrar aqueles rapazes?

Yuto: Uma armadilha surpresa para Nemesis.

Himari: HMM! Interessante, quando eu voltar ao normal... Veremos se a raposa continua a mesma ou se ela...

Yuto: Himari, eu entendo o que sente por ela anteriormente. Mas sou o mais próximo dela, deixe que eu me entenda com Tama-san.

Himari: É que não suporto vê-la com você nos braços. Sempre que te via, ela queria te aliciar ou pior... Devorar você inteirinho até não sobrar nada.

Rinko: Igual alguém que eu conheço, sempre que vai para a cama com ele.

Kuesu: Enfim, Nemesis não deu as caras ultimamente. Então o jeito é nós ficarmos de olho de qualquer forma.

De volta ao Colégio Sainan, Nemesis, vestida como uma aluna normal e com a aparência mais madura arma seu plano. Ela sabia que Celine tinha baixa tolerância a coca-cola e aparece com uma garrafa diante dela.

(silêncio)

Nemesis: PSST! (chama a atenção de Celine) Quer beber?

Celine: MAU! MAU! MAU!

Nemesis: Mas tem que me dar isso em troca. (toma a máquina de Celine que bebe o refrigerante)

Celine: MAU MAU MAAAAAAUUUUU! (correndo sem rumo e sentindo o efeito da bebedeira)

Nemesis: HMMHMMHMM! Hora do show!

Mais tarde, o Colégio Sainan havia iniciado as atividades vespertinas, Rito e as irmãs Deviluke só voltariam no fim da tarde.

Rito: Lala, não esqueça que hoje a Mikan vai pernoitar com as amigas. Então vamos ter de fazer nossa comida.

Lala: Sim Rito!

Nana: Além disso, alguém de vocês viu a Celine hoje?

Momo: Estranho, ela geralmente fica no consultório da Mikado-sensei.

Rito: Falando nisso, a Oshizu-chan ela...

Oshizu: SOCORRO!!!!!! (surge em sua forma espectral) YUUKI-KUN, ME AJUDA! A MEA-CHAN ESTÁ ME ASSUSTANDO DE NOVO!

Mea: HAHAHAHAHAHA! Você me diverte Murasame-senpai (aparece com o braço transformado na cabeça do Maron, o cachorro da Haruna)

Rito: Mea, deixe a Oshizu-chan em paz. Sabe que ela tem medo de cachorros.

Mea: Ah Rito-senpai, eu estava entediada e não vi a Yami-onee-chan desde a entrada da escola. Deve estar comendo taiyakis com a Mikan ou foi pernoitar com ela.

Nana: Além disso, você viu a Celine?

Meã: Não. Ela passou por mim mas não sei para aonde.

Rito: A não ser que...

Nemesis: Eu tenha dado uma forcinha!

Rito: NEMESIS!

Nemesis: A própria, meu servo! Ninguém iria reconhecer uma garota assim, não é?

Rito: E por acaso seus olhos enganam?

Nemesis: HMMHMMHMMHMM! Venha comigo.

Momo: O que vai fazer com ele?

Nemesis: Princesa Momo, é só um encontro. Ele não vai se machucar, não se preocupe. (sussurrando no ouvido de Rito) Ouse chamar seu amiguinho Yuto e as coisas só pioram para você.

Nemesis leva Rito a uma sala vazia e a conversa não é agradável.

Rito: O que faz com o novo massageador da Lala?

Nemesis: Observe... (faz um scan de si própria e ativa a máquina) HMM! OHH! Eu me sinto como se você estivesse me comendo todinha... AHHHH!

Rito: Nemesis...

Nemesis se massageava e acariciava o próprio corpo com a máquina ligada. Como um aperitivo para Rito e a si própria. Diante dos seus olhos, o rapaz vê a arma trans chegar ao clímax.

Nemesis: (ofegante) Meu servo, eu só vou te falar uma vez. Tire a raposa do meu caminho. Mas hoje é diversão.

Rito: O que quer?

Nemesis: Me divertir um pouco.

Rito: Não dessa forma, e não envolva a Sairenji nisso!

Nemesis: Como quiser, mas tem que fazer o que eu mando. Tire a raposa do meu caminho! Quando encontrá-la, Yuto vai querer me destruir. Então o jeito é jogar o jogo dele...

Rito: Nemesis...

ZAAAAP! CLICK! (Nemesis faz um scan de Yui e liga a máquina)

Yui: AHH! Que sensação é essa... Yuuki-kun, eu quero... Eu quero... (ficando só de lingerie) EU QUERO UM BEBÊ SEU!

Rito: AHHH! KOTEGAWA...!

Nemesis: SHH! Aprecie o show.

Yui se joga no chão e imaginava Rito com ela. Além disso, se masturbava também e massageava os próprios seios. A garota arranhava a barriga e as costas ainda deitada no chão, todo aquele prazer imaginário de um dia ser mãe e a garota fica excitada ainda estirada no chão.

Rito: Kotegawa...

Yui: (ofegante) Yuuki-kun... Eu quero um bebê seu… Por favor.

Nemesis: E então, meu servo? Podemos continuar ou você quer que a Haruna seja a próxima? Você que decide.

Rito: Não se atreva a mexer com a Sairenji.

Nemesis: Como quiser.

No Café Relish, Yuto e as amigas fazem uma pausa antes de encontrarem Rito.

Liz: (chegando com lanches para o grupo) Então aconteceu mesmo? A raposa não estava sob controle da Nemesis.

Yuto: Exatamente, Liz.

Rinko: A Nemesis não só a possuiu como também se divertiu às custas dela. Mas se não fosse a presença das servas dela...

Yuto: Ekou-san e Kurozakura-san, não vamos abusar da sorte por isso.

Himari: Além do mais, viram por que a menina planta do Rito passou correndo por nós? Será que era mesmo pela baixa tolerância a refrigerante?

Yuto: Foi sim. (vendo o ambiente quase envolto por uma névoa roxa) Mas está...

Celine: MAAAAUUUUU!

Liz: O quê?

BOOMP! (Liz cai e Celine chupa os seios dela)

Liz: AHH! Yuto-san... Ela não está mais sob efeito da bebedeira.

Himari: Como assim?

Liz: Ela voltou a si, mas o resto é temporário.

Rinko: Mamar nos peitos alheios, isso não se faz.

Himari: Queria nos seus? Eles são pequenos demais, ela prefere grandões.

Rinko: Gata...! (olhar de desagrado e desprezo)

Yuto: Se ela está aqui, então Rito está com problemas.

De volta ao Colégio Sainan, várias garotas estavam nuas e estiradas no chão por causa da “brincadeira” de Nemesis. Mas a situação esteve perto de acabar em breve.

(Ryouko e Tearju aparecem ofegantes e nuas)

Ryouko: Yuuki-kun, queria sua boca nos meus peitos...

Tearju: Eu também...

Rito: Isso foi demais, Nemesis. Agora dá o massageador da Lala!

Nemesis: TSC! TSC! Deixei o melhor para o final. (aponta para a janela indicando que Haruna seria seu próximo alvo)

Rito: Você prometeu que deixaria a Sairenji em paz.

Nemesis: (joga Rito no chão) Mudei de ideia.

Rito: Não sei se sabe, mas a Yami me vendo com a Tearju-sensei vai interpretar tudo errado e...

BAM! (porta arrombada)

Yami: Rito Yuuki!

Nemesis: Irmãzinha... Bom te ver de novo.

Yami: Pena que eu não possa dizer o mesmo. E quanto a você, seu tarado de meia-tigela, Haruna Sairenji não está para te proteger e hoje você vai se ver comigo como prometi.

Nemesis: Se quer mexer com meu servo, vamos lá fora!

Nemesis joga Yami pela janela da sala de aula e ambas começam a lutar uma com a outra. Mea também não podia ajudar porque a terrorista também usou o massageador para lhe incapacitar. A loira usa suas lâminas mas esquece que a adversária também usa o mesmo recurso, com e sem buracos de minhoca e no primeiro deles, Yami tem a saia de seu uniforme escolar rasgada.

Yami cria punhos para tentar desestabilizar Nemesis, mas a mesma usava os mesmos contra a irmã em certos momentos. Agora Nemesis faz de si própria uma cópia de Yami para que Rito não conseguisse distinguir quem ataca quem. Mas de volta à sala de aula...

Lala: Rito, viu meu massageador por aí?

Nana: TE ACHEI SEU ANIMAL! (avança em Rito e bate nele) COMO SE ATREVE A ABUSAR SEXUALMENTE DA MEA-SAN, SEU TARADO!

Momo: (imobiliza a irmã com Lala) Nana, pare! Deixe o Rito em paz, ele não fez nada!

Nana: Está do lado dele, Momo? Ele sempre faz a mesma coisa e você o defende. Quer saber, isso não vai...

Lala: Nana, precisa ver isso.

Nana: O quê, irmã?

Momo: É a Yami-san e... Yami-san?

Rito: Não, é a Nemesis.

Nana: Como assim, Rito?

Rito: Se transformou nela para evitar que a gente separe uma da outra. A Nemesis está usando o massageador da Lala para fazer uma das suas e...

Lala: Não! Meu massageador! Eu nem tinha concluído ele.

Peke: Lala-sama, pensaremos nisso depois. Agora salvar Yami é o que mais importa.

Lala: Tem razão Peke. Mas se atacarmos a Yami-chan, Nemesis ficará livre.

Momo teve uma ideia que Nana não estava gostando nem um pouco, envolveria ela e Rito. Enquanto pensavam na situação, Yuto e as garotas chegam na escola e se deparam com a luta.

Yuto: O quê? Duas Yami?

Himari: Não importa, Yuto. Eu vou dar conta disso.

Rinko: Como?

Himari: Posso estar pequena, mas ainda sou a samurai que conhecem.

Yuto: Cuidado Himari!

Nemesis: (disfarçada de Yami) HMM!

Yami: Gata, não venha!

Nemesis: (troca de lugar com Yami e se joga no chão) Gata, sou eu! A Nemesis está me maltratando.

Yami: Não!

SLASH! (Himari, sem perceber, golpeia Yami que fica caída no chão)

A verdadeira Yami foi ferida sem muita gravidade, mas Nemesis tinha outros planos para ela, depois de suas artimanhas.

Nemesis: HMMHMMHMMHMM! Apreciando a vista irmãzinha? (rasga o uniforme mostrando os seios da mesma) Teria se segurado se fosse aquela boba da Mikan.

Yami: Mesmo com minha forma, você não devia...

Nemesis: O que acharia se o Rito visse você sendo a pervertida que você adoraria ser, diante dele? Não tem a menor saída.

Nemesis prepara o scan e o faz diante de Yami, mas quando estava pronta para ligar a máquina, Rito avança nela e a derruba.

Rito: Nemesis, ela não merece isso!

Nemesis: Desgraça! Você tem idéia do que fez?

Himari: Eu não! (quebra o massageador com a espada) Mas seu brinquedinho não está mais a seu alcance!

Rito: Por que queria fazer isso com sua irmã?

Nemesis: Meu servo, Yami causou tantos problemas a você que, como irmã mais velha, ela merecia uma punição adequada. Cansada e quase não conseguindo se mexer.

Yami: (ofegante) Rito Yuuki...Por quê?

Rito: Apesar de tudo, você não é bem o que aparenta. Se adaptou à Terra e ganhou muitos amigos.

Nemesis: Comovente... Mas o Grand Finale ficará para a piscina, nos veremos lá meu servo! E não falte! Nem você, irmãzinha!

Nemesis saía de cena enquanto todos viam ela fugir pensando nos últimos eventos. De volta à casa dos Yuuki, Lala via seu massageador quebrado.

(silêncio)

Nana: Não fica chateada, irmã. Você faz um novo. Pena que a gata peituda quebrou.

Lala: Não. Ele estava muito frágil. Até consegui recuperar a memória interna da mesma, maior parte estava intacta.

Momo: Menos mal, não é?

Lala: Sim. Mas também estou preocupada com a Yami-chan, pena que ela não ficou para jantar depois de tudo.

Momo: Ela estava preocupada com a Tearju-san. Mas sempre que vê o Rito-san com ela, entende tudo errado...

Nana: Odiar tarados tudo bem, mas o passado dela leva a recaídas. Mas o que a Nemesis queria dizer com o “Grand Finale”?

Momo: Eu faço uma idéia...

Lala: E o que seria? Bom, seja como for vai ter de...

BZAAAAAAAAKT! (choque acidental)

Lala: AHH! Queria que o Rito estivesse aqui...

Nana: (ofegante) Irmã...Me...Deixa...Mamar...Em você!

Momo: (ofegante também) Eu...Também...Quero!

Lala: Meus peitos não dão leite...Mas...Me dispam...Primeiro!

As três princesas começam a ter uma noite de núpcias, mesmo que acidental quando Lala havia tentado consertar seu massageador. Ironicamente, ela Nana e Momo não se lembrariam de nada no dia seguinte depois de toda a situação.

No lado de fora do ambiente, Rito explica a Yami toda a situação.

Rito: Yami, ainda está aqui?

Yami: É que depois de hoje...

Rito: Sabe que não era minha intenção. E sei que se preocupa demais com a Tearju-sensei, mas me usaram de bode expiatório.

Yami: Nemesis. Ela ainda pretende te usar. Mas não deixarei.

Rito: Como queira, mas ela está de olho em você.

Yami: Sei me cuidar, e mais uma coisa Rito Yuuki...

Rito: O quê? (tremendo de medo)

Yami: Se Nemesis encostar um dedo em você, quero ajudar. Mas ainda sou vista com maus olhos pela Mesa Redonda.

Rito: Yuto vai se acertar com eles, não se preocupe.

Yami: Mais uma coisa: Não quero que morra nas mãos dela.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...