História Dollhouse - Capítulo 19


Escrita por: ~

Visualizações 36
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente me desculpem por não ter postado ontem, é por que eu não conseguia ter criatividade para esse cap mas hoje consegui criar algumas ideias... Espero que entendam e boa leitura...

Capítulo 19 - Por um triz...


             P.O.V Angelina

  Estava em meu escritório como sempre organizando minha mesa, vejo a porta dele abrir e me deparo com Norman sorridente.

- É hoje - Diz ele vindo até mim.

 - É hoje o que? - Pergunto confusa.

- Hoje que iremos pegar aquelas meninas no flagra, e assim conseguiremos respostas - Diz ele.
         - Ah é verdade - Digo meio pra baixo - Não acha melhor ser em outra hora?, estou quase conseguindo a confiança delas.
          - Angelina não temos tempo, vai ser pior se fizermos depois, afinal as garotas ficaram chateadas com você - Diz tentando me convencer, porém não da certo.
         - Sei lá - Digo pensativa.
        - Esse é o trabalho de um policial - Diz ele - Hoje de noite iremos invadir o local e pegar-las.
      - Xiiiii - Digo tentando fazer ele ficar calado, afinal Selena estava na delegacia para uma outra sessão de perguntas - As meninas estão aqui, fala mais baixo.
          - Tá bom - Disse.

                P.O.V Selena

  Me encostei na porta da sala de Angelina e grudei meus ouvidos nela para ouvir melhor o que estavam falando. Depois de um tempo de conversa descobri que eles vão invadir a Dollhouse e nos pegar.

          - E aí o que está ouvindo? - Perguntou Miranda curiosa.
          - Vocês vão ficar chocadas - Digo me desgrudando da porta - Eles vão invadir a dollhouse hoje de noite e capturaram algumas meninas - Digo sorridente.
           - Meu Deus - Disse Taylor assustada com a notícia - E por que está contente? - Perguntou.
           - Por que é uma ótima ideia, veja só - Digo - Ficaremos perto da porta traseira e nisso eu ligo para o meu motorista vir nos buscar assim que começar a gritaria, sairemos ilesas.
            - Tá mais se eles pegarem Melanie ou qualquer uma de suas amigas você acha que não vão nos dedurar? - Pergunta Taylor.
             - Claro que não, eu sei que elas não são tão corajosas assim - Digo convencida que dará certo o plano - E se nos dedurar elas não terão provas suficientes, e se tiverem é só nós dar um jeito que nos livraremos.
           - Tomare que isso de certo - Diz Miranda um pouco com medo.
              - Vai dar - Falo e rí.
             - Selena… - Diz Angelina me chamando para mais uma sessão de interrogação.

     - Tô indo - Falo.

              P.O.V Cameron

     Eu assistia um filme em meu quarto com Ari em meus braços dormindo, até que em algum momento de seu sono a mesma se assusta e levanta desesperada.

  - Nã-não… Não me toque - Diz se levantando de provavelmente um pesadelo.

     - Ei acalme-se - Digo tentando aliviar-lá abraçando e acariciando seu rosto suado, não era o primeiro pesadelo que Ariana teve.
              - Desculpa - Fala se levantando - Acho que tenho que ir embora.
         - Espere Ari, você está muito preocupada nesses últimos dias, está tendo pesadelos quase todas as noites que passo contigo, tá acontecendo algo? - Pergunto puxando para perto de mim novamente.
        - Nã-não - Fala gaguejando e não olhando para meus olhos, percebo que a garota está mentindo.
              - Está sim - Digo - Me conte.

         A mesma fica calada.

 Suspiro e engulo seco - Posso te perguntar algo?.
               - Pode - Diz baixo.
               - Você é aquela menina?… - Pergunto - Aquela que tenho encontrado a alguns dias numa boate, aquela que tem a mesma tatuagem que a sua, e tem a mesma voz rouca e doce que a sua.
                - Não sei do que está falando - Diz - Você esta me traindo? - Pergunta tentando disfarçar.
                Rí - Para, eu sei que é você - Falo, e com olhos cheio de lágrimas Ariana me abraça, me apertando e chorando.
      - Tenho coisas para te falar - Diz soluçando - Mais promete que ainda vai me amar? - Pergunta e meus olhos enchem de lágrimas também.
               - Nada me fará eu mudar o que sinto por você, nada… - Falo a beijando.

   Logo a mesma respira fundo, pronta para falar…

         P.O.V Angelina (22:40 PM)

 Estávamos em nossos lugares prontos para entrar na boate, entrariamos pela porta principal e com rapidez pegaremos nossos alvos, as garotas.

       - Tem certeza que é uma boa ideia? - Pergunto a Norman preocupada dentro de uma das viaturas um pouco distante da boate.
               - Tenho, vai dar tudo certo - Responde - Vamos…
             Então saímos do carro e fomos em direção a boate, quando chegamos nem falamos com os seguranças Norman apenas arrombou a porta enquanto outros policiais seguraram os seguranças. Entramos e fomos até o salão principal onde acontecia tudo, e assim que conseguimos acesso a ele começou a gritaria, trocas de tiros com alguns outros seguranças do local… Enquanto rolava a gritaria toda vimos que algumas meninas aproveitaram o momento para se retirar do local pelos fundos, e nisso Norman e eu seguimos elas enquanto outros policiais cuidavam de tudo aquilo.

                   P.O.V Mel

   Já estávamos na boate, enquanto rolava tudo vimos Selena, Taylor e Miranda saírem pelos fundos estranhamente, tentei perguntar pra elas a onde iriam porém o efeito do álcool não deixou, só queria saber de curtir.

       Ouvimos algumas pessoas gritarem "invasão" porém não ligamos, provavelmente era só mais alguns querendo atenção, nisso ouvimos gritaria e policiais entrando, e quando vimos estávamos em meio de um tiroteio abaixadas, enxerguei Angelina e aquele cara estranho no meio dos policiais.

       - MENINAS VAMOS SAIR - Grito para Ari e Tori.
              - POR ONDE? - Pergunta Ari embaixo de uma mesa.
          Não respondo apenas pego a mão delas e vamos agachadas até a porta dos fundos. Assim que saímos vimos várias garotas desesperadas pegando carros e saindo, havia sobrado apenas um, então entramos e nos agachamos para não nos ver, depois de um tempo ouvimos uma voz de dentro do carro.

  - Não precisam se esconderem - Diz uma voz feminina, nos viramos para a frente onde havia o banco de motorista e nos deparamos com Angelina - Podem ficar tranquilas, eles não vão pegar vocês aqui - Diz.

   Decidimos não falar nada, afinal ela poderia reconhecer nossas vozes.

    - Vão meninas falem - Diz - Eu sei que é vocês, por que não tiram a máscara?, prometo que não contarei quem vocês são - Disse Angelina aproximando a mão de mim para retirar minha máscara.

  Vejo que Tori pega atrás de suas costas algo. Quando Angelina pega em minha máscara Tori bate em sua mão com uma pedra grande, fazendo a policial gritar e retirar sua mão, no mesmo momento saímos do carro em direção a um táxi próximo, entramos nele e fomos em direção a casa de Ari onde não havia ninguém, porém percebo que deixei minha pulseira cair provavelmente naquele carro, mas resolvo não contar a elas…

                         […]
          


Notas Finais


Gente desculpe por ter postado tarde, ou por qualquer erro de ortografia é que fiz na correria para vocês não ficarem sem... Até amanhã bjsss.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...