História Dollhouse - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin & Ally, Calum Worthy, Laura Marano, R5, Raini Rodriguez
Personagens Calum Worthy, Ellington Ratliff, Laura Marano, Raini Rodriguez, Riker Lynch, Rocky Lynch, Ross Lynch, Rydel Lynch
Tags Auslly, Raura, Rinessa, Rydellington
Exibições 113
Palavras 1.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 26 - Surprise?


Fanfic / Fanfiction Dollhouse - Capítulo 26 - Surprise?

Quando chegamos na frente de casa, nos dois estávamos calados, mas eu estava ansiosa para saber oque Ross acharia

-Então, quantas pessoas a minha irmã convidou dessa vez? - Perguntou Ross parando o carro na garagem

-Ah? - falei o olhando

-Quantas pessoas a minha irmã convidou para a festa surpresa? - Perguntou Ross calmo, depois de já ter estacionado na garagem

-Como assim? - perguntei confusa

-Eu ouvi os meus irmãos falarem com você hoje de manhã, eu ia te acordar para te contar sobre o show, mas ouvi pela porta oque vocês estavam tramando - falou Ross rindo da minha cara de espanto e eu apenas revirei os olhos

-Perdeu até a graça da surpresa - falei cruzando os braços

-Ah desculpe pequena, eu prometo que faço cara de surpreso - falou me dando um beijo na testa

-Se for a mesma cara de espanto que você fez antes do show, já era mesmo - falei rindo enquanto ele fazia uma cara de ofendido muito bizarra

-Vamos para a festa? - Perguntou Ross e eu apenas concordei com a cabeça.

Saimos do carro e ele veio até mim pegando a minha mão, fomos até a porta de entrada da casa, Ross pegou na maçaneta mas antes de abrir ele me deu um beijo

-Preparada? - Perguntou Ross a centímetros de distância do meu rosto

-Abra a porta - falei é ele riu e então abriu a porta fazendo várias pessoas gritarem “Surpresa”, e então Ross fez uma cara realmente de surpreso, ele não estava surpreso pela festa mas sim pelo tanto de pessoas presentes, claro que esse pessoal não iriam perder uma festa

-Parabéns maninho - falou Rydel abraçando Ross

-Obrigada Delly - falou Ross correspondendo ao abraço e logo depois Rydel deu um soco no ombro dele - ai, porque fez isso?

-Por não ter me convidado para ver a Katy Perry - Falou Rydel e então ela cruzou os braços e se virou

-A culpa não e minha se eu queria ficar um tempo com a minha namorada - falou Ross me puxando para um beijo

- Feliz aniversário - falei após o beijo e a Rydel nos olhou de queixo caído

-Ta desculpado, mas se magoar ela, você tá fodido maninho - falou Rydel e então cruzou os braços novamente e saiu, eu em

-Ross mano, parabéns - falou Riker o abraçando e dando um tapinha nas costas do irmão - e finalmente teve a cara de pau de pedir a Laura em namoro

-Verdade - falou Ross e Riker me deu uma piscadinha

Após cumprimentar várias pessoas, Rydel apareceu cantando parabéns com um bolo de aniversário em mãos. Depois dos parabéns finalmente chegou a parte que os meninos mais gostavam… a balada, Vanessa e Riker dançavam de uma forma sensual na pista, já Rocky dava em cima de uma garota mais afastado, Ryland conversava alegre com a Savannah Hudson, era ela quem cantaria na nova música de Ryland que se chama Fall Back in Love, já Rydel e Rat estavam fazendo alguma coisa pela casa, e com certeza eu não quero saber oque, Ross conversava alegremente com alguns amigos da sua antiga escola, enquanto eu tomava uma cerveja olhando ao redor

-Você e a nova namorada do Ross? - Perguntou um garoto ruivo se sentando ao meu lado

-Sou sim, você quem é? - perguntei

-Um amigo do Ross, sou Calum, Ross falou muito de você - falou Calum tomando um pouco da sua bebida

-Espero que coisas boas - falei sorrindo

-Sempre - falou Calum - Ross me falou que conheceu você em Nova York

-Sim mas é realmente uma longa história - falei é ele deu um sorriso

-Então espero um dia saber dessa longa história - falou Calum

-Um dia talvez - falei é Calum olhou por cima do meu ombro

-Acho que tá na minha hora - falou Calum se levantando da cadeira - Cuida bem do meu loiro

-Pode deixar - falei é Calum piscou e então saiu

-Então conheceu meu melhor amigo de infância - falou Ross me dando um susto

-Você me deu um susto idiota - falei colocando a mão no peito - e sim conheci o seu amigo

- Ele e uma boa pessoa - falou Ross e então ele colocou os seus braços na minha cintura - tem algo de melhor para fazer Marano?

-Eu não, mas tenho umas idéias, e você Lynch? - perguntei colocando os meus braços envolta de seu pescoço

-Tenho, mas quais são as suas idéias Marano? - Perguntou com um sorriso malicioso

-Acho que você sabe - falei mordendo o seu lábio

-Sei sim - ele falou e me beijou

Subimos as escadas correndo até o quarto de Ross, quando chegamos na porta ele me pegou no colo, abriu a porta e a fechou e então me levou até a cama

-Era essa a sua ideia? - falou Ross e começou a distribuir beijos pelo meu pescoço, me arrancando gemidos

-Você ainda pergunta? - falei é levantei meus braços para Ross tirar o meu vestido, e quando o tirou a sua atenção foi direto para os meus seios já que eu estava sem sutiã. Ele brincava com os meus seios e de vez em quando eu soltava uns gemidos

-Você e tão linda minha pequena - falou Ross enquanto tirava a minha calcinha - só minha

Eu já não aguentava mais de tanto prazer que estava recebendo naquele momento, e com a imagem de Ross no meio das minhas pernas era excitantes. Ross enfiou um dedo em minha intimidade me fazendo soltar um gemido alto, mas eu sabia que ninguém ouviria lá fora por conta da música alta, e então enfiou mais dois dedos me fazendo rebolar sobre eles

-Ross por favor - falei entre gemidos e Ross retirou seus dedos e retirou as suas roupas rapidamente e então se posicionou entre minhas pernas fazendo nossas intimidades se encostarem e eu soltar mais um gemido. Alguns minutos depois ele já estava dentro de mim, e ambos gemiamos até chegarmos ao nosso limite

Depois de nos recuperarmos nos levantamos e colocamos nossas roupas íntimas e nos deitamos

-Eu te amo pequena - falou Ross me puxando nos fazendo ficarmos de conchinha

-Eu também te amo loirinho - falei é ele beijou a minha testa e adormecemos



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...