História Doll's life - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Depressão, Yaoi
Visualizações 8
Palavras 295
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


"Quando apontamos o dedo para alguém, existem três dedos apontados para nós"

Capítulo 1 - Doll's Introduction


Fanfic / Fanfiction Doll's life - Capítulo 1 - Doll's Introduction

 

Acordei sem ter muita noção do que estava acontecendo, as noites dos últimos anos têm sido assim. Se não me engano, desde que Gabriel morreu, era assim.

 

"O que pensa que está fazendo?" - Meu pai gritou da sala - "Isso é hora de chegar em casa?"
"E-Eu sinto muito, pai..." - Meu irmão, Pedro, se desculpava. Tinha muita pena dele, era apenas um garoto de mente fraca que se envolveu com as pessoas erradas. 
"Nada de "Eu sinto muito", vá para seu quarto, resolvemos isso amanhã."

 

Não demorou muito para Pedro entrar no quarto que dividíamos. Naquele momento, eu já estava sentado na minha cama, enquanto ele me olhava com uma cara fechada.

 

"O que foi?" - Perguntei com uma voz de sono.
"Eu sei que você sabe." - Ele disse de forma grosseira.
"Todo mundo sabe, Pedro, nosso quarto fede à maconha..." - Respondi de forma vaga, nossos pais sabiam, só fingiam-se de bobos. - "De qualquer forma, não é problema meu, o que você fuma enrolado no papel é da sua conta, não da minha."
"Acho melhor não ser assim tão grosseiro, não sou eu que corto os braços com lâmina de apontador para chamar a atenção."

 

Me virei para a parede, odiava ouvir isso. Ele não tinha a menor ideia do que falava, não sabia do peso de suas palavras.

.... . .-.. .--.

 

Todos na família tem seus próprios problemas. 

 

Minha mãe era alcoólatra, meu pai era infiel, meu irmão fumava... e eu? Bem, o típico adolescente depressivo, com arco-íris no sangue. Meu pai não achava isso normal, abominava de forma absurda, assim como meu irmão -que dizia ter nojo de mim-. Ao menos tinha Matheus... um garoto maravilhoso, que sempre estava lá quando eu precisei, ele era realmente incrível.

 

 


Notas Finais


Então... sumi? Sim! Eu sinto muito, eu sei que provavelmente não vão acreditar em mim, mas eu vou tentar postar mais

Ah, e dia 14/09 foi aniversário de um ano da minha primeira Fanfic, se você me acompanha desde lá, parabéns, provavelmente é o único/única ksks

Amo vocês, um beijo na testa da Tia Mikasa ♡ ♡ ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...