História Domination — Jeon Jungkook. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, ASTRO, B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, BLANC7, BtoB, CL (Chaelin Lee), DAY6, EXID, EXO, F(x), G-Dragon, Girls' Generation, Got7, Infinite, K.A.R.D, Lu Han, Red Velvet, Sensational Feeling 9 (SF9), Seventeen, Sonamoo, TWICE, U-KISS, VIXX
Personagens AJ, Alexander, Amber Liu, B.M, Baekhyun, BamBam, Bang Yongguk, Boo Seungkwan, Chaeyoung, Changsub, Chani, Chanyeol, Chen, D.ana, D.L, D.O, Daehyun, Dahyun, Dawon, D-Lite (Daesung), DongHo, Dongwoo, Dowoon, Eli, Euijin, Eunkwang, Eunwoo, G-Dragon, Hani, Hansol "Vernon" Chwe, High.D, Himchan, Hong Jisoo "Joshua", Hongbin, Hoon, Hoya, Hwiyoung, Hyerin, Hyoyeon, Hyuk, Hyunsik, Ilhoon, Inseong, Irene, J.Seph, Jackson, Jae, Jaeyoon, Jang Doyoon, JB, Jean Paul, Jennie, Jeon Wonwoo, Jessica, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jinjin, Jinyoung, Jisoo, Jiwoo, Jongup, Joy, Jun, Junghan "Jeonghan", Junghwa, Jungkook, Jungyeon, Junhyeok, Kai, Ken, Kevin, Kibum, Kim Mingyu, Kiseop, K-Kid, Kris Wu, Krystal Jung, Lay, LE, Lee Chaelin "CL", Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Leo, Lisa, Lu Han, Luna Parker, Mark, Mina, Minhyuk, Minjae, MJ, Momo, Moonbin, Myungsoo (L), N, Nahyun, Nayeon, NewSun, Peniel, Personagens Originais, Rap Monster, Ravi, Rocky, Rosé, Rowoon, Sana, Sanha, Sehun, Seohyun, Seulgi, Seungcheol "S.Coups", Seungri, Shin Dongjin, Shinwoo, Solji, Somin, Soohyun, Soonyoung "Hoshi", Sooyoung, Spax, Suga, Suho, Sulli Choi, Sumin, Sunggyu, Sungjae, Sungjin, Sungjong, Sungyeol, Sunny, T.O.P, Taeyang, Taeyang, Taeyeon, Taichi, Tao, Teno, Tiffany, Tzuyu, V, Victoria Song, Wen Junhui "JUN", Wendy, Wonpil, Woohyun, Xiumin, Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing, Yeri, Yoona, Young K, Youngbin, Youngjae, Youngjae, Yugyeom, Yuri, Zelo, Zuho
Visualizações 13
Palavras 509
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioioi; sim! Eu voltei, e é bem provável que eu fique em hiatus, mas a gente releva, né?

Eu tinha decidido sair do Spirit por um tempo, mas eu tive pessoas que me mostraram que eu posso vencer qualquer problema com elas ao meu lado.

E elas são incríveis!

♡ Boa leitura.

Capítulo 1 - Prologue.


Fanfic / Fanfiction Domination — Jeon Jungkook. - Capítulo 1 - Prologue.


A luz da lua entrava pela janela de vidro grande e recém-limpa. A cada noite em que ela aparecia, eu conseguia perceber que ficava mais bonita. Já as estrelas, eu amava. Mas sempre tive o grande problema de amar tudo que estava longe. 

Um barulho de pedrinha batendo no vidro tirou-me de meu transe, fazendo com que eu levantasse e abrisse a cortina branca de seda. A sombra de um homem apareceu para mim; e eu já a conhecia muito bem. Aliás, essa sombra tinha um nome. Park Jimin. 

Um sorriso sapeca brotou em seus lábios avermelhados, provavelmente por ele ter mordido demais — Park sempre fora um amante de gestos que o deixassem mais sexy do que já era; ele podia ter todas que quisesse aos seus pés. Mas não. Jimin sabia bem o que ele queria. Ele era aquele tipo de cara que entraria em uma furada se fosse para viver um amor loucamente. Já eu, estava completamente apaixonada. Mas queria eu, que fosse por ele. 

A porta atrás de mim foi aberta, e eu senti passos até mim — isso, antes de sentir mãos frias e grandes em minha cintura, fazendo a minha bunda colidir com seu membro duro e grosso, visível apenas pelo provável volume. Como sempre. 

Dei um suspiro cansado, seguido de um gemido rouco e tenso. Por um lado, meu coração estava tranquilo pelo Park já não estar mais à vista; por outro, meu coração já estava acelerado pelo que viria a seguir. 

Minha respiração já não era mais a mesma. Ela estava pesada. A tensão em meus ombros, porém já havia desaparecido com os toques labiais do mais velho. Outro que podia ter qualquer uma aos seus pés — e tinha quase sempre, uma nova em sua cama.

Seus toques sempre me fizeram arrepiar. Desde pequena, eu me perdia em pensamentos insanos com um membro da minha família. Talvez por sempre ser muito ligada a ele, isso tenha me feito ser “anormal”, mas só Deus sabe o quanto eu tentei lutar pelo que eu sentia. 

— Argh... — sua voz era doce e sexy; ele não era Park, mas conseguia ser melhor. Ele conseguia ser tudo de bom, e um pecado maravilhoso.

Ele era simplesmente, ele. Eu o amava, no fundo, e eu sabia disso. Eu sabia que iria ao inferno em breve. Eu sabia que meu lugar no céu já estava corruído. Mas eu já não podia mais lutar contra meus sentimentos. 

Meus pensamentos mais insanos pertenciam a ele. Pertenciam ao homem da minha vida, mas é como dizem:

O errado, é mais gostoso. Eu provei, e não gostei. Eu amei.

Se eu estava ferrada? Lógico. Mas eu não me importava. Aliás, já estava feito, e...

Eu já estava mais do que acostumada a olhar para ele todas as noites e ter inúmeros pensamentos impuros. Ele conseguia me fazer implorar por seus toques a cada sussurro proibido que me dava. Mas já era tarde. Eu o amava. E eu queria passar o resto da minha vida com ele.

Eu estava completamente apaixonada pelo meu irmão, Jeon Jungkook.


Notas Finais


Eu sei que ficou curtinho, mas como podem ver, foi apenas o prólogo!

Eu atualizarei assim que puder, eu juro!

Bem, beijos e até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...