História Done For You... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Leigh, Li, Lysandre, Nathaniel, Nina, Personagens Originais, Rosalya, Viktor Chavalier
Tags Castiel, Lysandre, Rosalya
Exibições 34
Palavras 5.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yooooo gente, estamos de voltaaaaa
Titia Ana voltou minha gente.
Beijos da tia draga, a fic está sendo repostada pois a Ana deletou a conta antiga por bobagens mas agora ela está de Volta.
A Fic foi editada e está um pouco diferente em alguns aspectos mas é a mesma fic.
Rebeca está com um nome "diferente."
Boa leitura gente linda.
Desculpe qualquer erro.
Obrigada pela atenção.

Capítulo 1 - Heart of fire...


Fanfic / Fanfiction Done For You... - Capítulo 1 - Heart of fire...

Leia as notas do autor que no caso somos nós , obrigado.

      Pov Juliet

Hoje era mais um sábado de verão super lindo só que ao mesmo tempo super tedioso, como não estava fazendo nada, Castiel e muito menos Debrah atendiam o celular fiquei em casa,  sentindo um tédio enorme então fui no parque dar uma volta, tomar um sorvete, eu não queria ir mais algo dentro de mim me fez ir, eu precisava dar uma volta, mas não me sentia a vontade de sair de casa pois hoje é mais um dia ao qual estou com vontade de me trancar em um quarto e chorar, as pessoas olhavam pra mim como se eu fosse inferior a elas e eu me sentia pior do que ja me sentia, pois essas pessoas me olhavam com pena ,com medo, mais eu sempre tentava ignorar, então eu simplesmente fui pra praça ao qual tinha algumas pessoas dançado, eu não aguento ficar só olhando, não sei o que deu em mim só sei que me juntei a eles e comecei a dançar todos pararam e ficaram me olhando,não via a expressões deles, eu só sentia os olhares de todos em mim, quando eu danço, danço de olhos fechados então quando abri os olhos todos estavam aplaudindo, eu fiquei com vergonha e sai correndo.

Quando cheguei em casa entrei e procurei pela minha mãe, foi estranho no momento em que estava na porta praticamente berrei um  "Mãe" e ninguém me respondeu então fui para o quarto dela e não tinha ninguém, abri o guarda-roupas e não havia nenhuma peça de roupas "será que ela foi viajar?"pensei então desci até a sala e achei dois envelopes com um papelzinho em cima da mesinha de centro, um bilhete de minha mae dizendo

Oiie você deve estar se perguntando o porque de eu não estar ai, mais vou explicar tudo aqui, eu sumi e não vou mais voltar eu não quero mais ter uma filha como você, eu cansei de te aturar sozinha, quero viver minha vida, ser feliz..

O dinheiro e sua emancipação estão nos envelopes, fique com a casa, com sua moto, e com tudo que ficou aí, todo mês irei te mandar uma contia de dinheiro mas não me procure pois não quero mais te ver.

Arranje um emprego não sei da um jeito por que apartir de hoje você está sozinha no mundo.

Adeus."

Não , não pode ser, não eu me recuso acreditar que ela fez isso comigo, que ela se despediu assim, que escreveu uma coisa dessas pra própria filha.

Comecei a chorar desperadamente aquelas palavras que acabei de ler me feriram mais do que qualquer coisa, estou quebrada por dentro e se tem uma coisa que aprendi em 17 anos é que palavras machucam mais do que lâminas, você deve estar se perguntando "Voce ja se cortou para saber se essas palavras machucam mais do que lâminas." Sim eu já me cortei, eu me cortava so que parei apesar de ainda ter a tentação do vício, então todas as vezes que fico mal querendo me cortar eu me destruo de outras formas. Mas voltando ao assunto, eu pensei em ver O Castiel ele é meu namorado, ele sempre me ajuda quando eu preciso então ele tem que me ajudar nisso..

Ascendo um cigarro, e vou caminhando lentamente até a casa do castiel que ficava perto da minha, toquei a campainha e ninguém atendeu então deduzi que ele não estava lá, então na minha mente veio a Debrah, acendi mais um cigarro como antes e fui na casa da Debrah, eu cheguei lá e a porta estava entre aberta, revirei os olhos e no mesmo instante ouvi balhulhos um tantos eróticos, dava pra escutar os gemidos um tanto exagerados, gritinhos e palavras um tanto grosseiras, e  a curiosidade falou maior, então abri a porta para ver quem era pois adoraria zoar ela depois e também queria desabafar com alguém e a Debrah era minha única amiga que dava bons conselhos, abri a porta e Imediatamente retira o que eu disse sobre Debrah ser minha amiga, ela é uma piranha, puta, uma falsa ,duas caras. 

Castiel e Debrah estavam pelados , Debrah em cima do mesmo, eles estavam lá se beijando que não me  viram la, eu ja estava acabada por minha mae ter me abandonado, a  pessoa que eu achava que realmente  me amava, uma pessoa que eu sempre tive, amor, carinho e agora vem esses dois.

Castiel o cara que conheço desde criança, que me apaixonei e sempre esteve do meu lado por mais arrogante que fosse, eu achava que conhecia ele mas pelo visto não conhecia de verdade, ali estava ele  me traindo com a minha falsa amiga, meu coração estava mal, minha alma acabada, sabe quando você sente que sua alma foi destruída e que a mesma está morta e você so está lá mais sem nada, então é assim que eu to me sentindo, sem eles perceber eu saí de la e fui para casa, acho que assim foi melhor...

Quando cheguei na porta de casa, notei que havia uma mulher parada, ela estava bem arrumada, era linda.

Tem uma aparência jovem mais ou menos 30 anos quando ela me viu foi falar comigo.

-Ola, meu nome é Márcia e eu sou assiste social e denunciaram falando que sua mãe te abandonou e que você está vivendo sozinha,não podemos te deixar assim,você sabe se você tem algum parente possa ficar com você ?-Disse a mulher que agora descobri ser Márcia, ela falava em um tom bem claro não tinha tanta ordem mais também não era de brincadeira.

-Oie meu nome é Juliet, não, eu não tenho parentes, minha mãe nunca me contou sobre sua família, e a do meu pai depois que ele  morreu fiquei sem contato, nem lembro o nome das pessoas, então eu estou sozinha no mundo outra vez, mas não fui abandonada, na verdade fui emancipada já lê trago os documentos para a senhora ver.- Digo no mesmo tom da Márcia.

- ok, irei esperar. - sei que é ruim ter que morar sozinha, ficar sozinha, viver sozinha ainda mais agora com tudo que vem me acontecendo, mais não tem jeito então eu vou ter que ficar sozinha, bom vocês devem estar se perguntando que eu sou muito calma né, então eu lembro quando era mais pequena e meu pai antes de morrer me dizia "a coisa mais linda em você é que tem calma, tem tranquilidade e aceita as coisas facilmente "como ta difícil sem meu pai aqui, depois ele morreu minha mãe começou a ficar diferente comigo, mais sempre achei que ela me amava mais depois de hoje vi que estava enganada, vi que sou uma otaria que sempre acredita em todos os meus amigos ainda mais por causa do Castiel, Castiel me traiu,Debrah também me traiu, eu não acredito nisso tudo que vem acontecendo comigo.

Já não bastava me sentir culpada pela morte do meu pai e saber que no fundo minha mãe também me culpava..

Mais  voltando ao assunto de Márcia ela olhou os documentos e me liberou, logo foi embora.

Juntei toda a coragem que eu tinha, e a que eu não tinha, peguei a primeira coisa que vi pela frente, um vazo de cerâmica preta, que ficava em cima da escrivaninha, arremesso o objeto com tudo na parede, um sentimento de alívio percorreu pelo meu corpo, ao ver ele caído no chão estilhaçado,

Desci botar meu plano em ação,  o mesmo plano que eu tinha em mente de realizar quando fizesse 18 anos, pegar a minha moto e sair por aí sem rumo.

Me levantei e fui para o meu quarto, chegando lá peguei uma pequena minha mochila de viagem, sim eu tenho uma mochila assim, coloquei o máximo de roupas possíveis, também peguei o dinheiro das minhas economias, como o que minha mãe deixou, colocando eles junto das minhas roupas, e mandei uma mensagem para minha mãe dizendo para ela criar uma conta no banco para depositar o dinheiro que ela disse que depositária todo o mês para mim, vesti uma jaqueta preta, uma bota de salto alto, cano longo preta, uma regata branca com a frase I Am Cannibals em preto.

E uma calça jens skinny escura.

Deixei meu cabelo solto mesmo, pois não tinha tempo para ficar por aqui,  peguei minha mochila, e fui em direção a sala, pois precisava pegar a chave da moto, peguei ela, e coloquei a mesma no bolso da minha jaqueta, fui até a garagem, avistei a moto, uma Kawasaki Ninja 1300, abri em cima da moto, girei a chave, e acelerei, eu amava aquela moto, sai da garagem, parei na frente de casa, fechei o portão, olhei mais uma vez para a casa e suspirei.

Dali pra frente minha vida irá mudar, e muito.

ALGUMAS SEMANAS...

Ja fazia duas semanas, que eu fugi, eu simplesmente não tinha noção de onde eu estava, só sabia que eu estava longe, muito longe.

Avistei uma placa, um pouco distante de onde eu estava, acelerei um pouco mais, e forcei um pouco mais a visão e consegui.

Rogers à 10 km informava a placa.

Ótimo, ótimo estou numa cidade que não faço a mínima ideia onde fica.

Algumas horas depois.

"Bem vindo, à Rogers." - dizia a placa enorme na entrada, da pequena cidade informava.

            POV DEBRAH

Já faz duas semanas que eu nao vejo a Juliet, não que eu esteja preocupada mais ninguém mais vê ela ninguém sabe dela, Até mesmo Castiel que é "namorado" dela não sabe nada sobre ela, alguma coisa está acontecendo mais esse "sumiço" dela está muito bom ,assim eu fico ainda mais perto do Cassy, o que mais intriga é que o Castiel esta muito diferente, depois que a July sumiu ele anda muito quieto na dele mais mesmo assim ele está comigo, espero que a Juliet não volte, pois, se ela voltar e o Castiel ficar em cima dela eu não irei ser boazinha, então é muito melhor ela ficar bem longe de tudo isso.

☆☆☆☆☆ 1 ANO DEPOIS ☆☆☆☆

                     POV Juliet

Faz um ano que subi em cima dessa moto, girei a chave e acelerei e sai por aí sem rumo.

Depois que falei com a diretora e ela concordou em eu estudar virtualmente e claro que aproveitei e fui viajar por ai, todos acham que eu vendi a casa que eu morava antes, estou muito diferente do que eu era antigamente, não sou mais gordinha, pra falar a verdade estou muito gostosa e bem diferente do que eu era.

Em uma das minhas viagens eu fiz uma amiga Chamada Rosalya, ela é bem legal, desdo dias que nos conhecemos temos viajado juntas passar dela ser uma louca viciada em moto, minha vida tem melhorado muito mas mesmo não devendo eu ainda me preocupo com o Castiel e com a Debrah, eu ainda penso no Castiel todos os dias, mas mudando de assunto eu e a rosa iremos morar juntas esse ano em Londres na minha antiga casa mas vamos fingir ser irmãs, para ninguém saber quem eu sou, já que mudei totalmente nesse ano, meu último ano escolar então quero passar na escola em vez de passar em boates, trabalhando e viajando.

POV Castiel

Já faz um ano que a July sumiu, desapareceu, foi embora, não sei porque ela não falou nada pra mim que era "seu namorado" ela devia ter me falado, não que eu esteja com saudades nem nada e que era legal quando eu fingia ser namorado dela, sabe ela era legalzinha, eu nao sei o que está acontecendo comigo, eu nunca fui de sentir saudades e nem de pensar numa pessoa como eu estou pensando na Juliet, depois que ela desapareceu, não estou afim de fazer nada apenas ficar na minha cama deitado, mas se você pensou que eu vou ficar deitado pensando na Juliet, me lamentando por não a ter, você acertou, eu vou ficar pensando nela, não é porque eu quero mas é que vem na minha mente, sabe, ai meu Deus tenho que parar com isso. Vou dormir.

☆☆☆POV Rosalya☆☆☆

Eu era emancipada, e estava viajando sozinha por aí, até alguns meses atrás, depois disso conheci a Juliet, que é uma menina super bacana, super Linda, antes dela aparecer na minha vida não tinha noção do que iria fazer mas ela me convenceu a morar com ela em Londres.

Vamos estudar numa escola super linda e legal, ela é particular e só vai que é bem de Vida.

*** Pov Juliet***

Estava tão feliz eu iria morar com a Rosa, estava voltando para Londres e caramba isso é demais pois não aguento mais morar em um hotel de 5 categoria a cada semana.

*** Uma Semana Depois***

Faz um dia que estou em Londres com a Rosa e meu deus ela já quer ir no shopping.

Mas hoje quero dar uma repaginada no meu visual quero pintar meu cabelo quero comprar várias coisas.

Quero voltar arrumada, ser do meu jeito, quero ver todos pasmos, ainda mais o Castiel.

*** Pov Rosalya***

Acordei e já fui me arrumar coloquei uma roupa bem linda, um cropped preto e uma saia cós alto, arrumei meu cabelo em um coque desarrumado pelo calor que tava sentindo, o tempo passou rápido e quando vi eu e a July já estávamos no  Shopping Com Várias Sacolas lotadas de lindas roupas,compramos várias coisas mesmo , July disse que  queria pintar o cabelo então a gente foi para o cabeleireiro.

***duas horas depois***

Finalmente o cabelo da July ficou pronto, e vamos dizer a verdade nossa a Juliet está incrível nem parece aquela menina de maquiagem borrada, roupas velhas, essa July era uma diva, maravilhosa, ela estava deslumbrante com certeza ela vai voltar e pisar em todos que um dia machucaram disso eu tenho certeza, ela não me contou o passado dela, só que eu sinto como se ela estive com vontade de voltar com tudo pra essa escola, tanto que agora ela estava até mostrando as tatuagens, ela não estava voltando para se esconder na verdade ela até parecia querer voltar para acabar com alguma pessoa o olhar dela demonstra isso... 

July saiu do cabeleiro renovada, senti que fiquei um pouco excitada vamos se dizer assim por culpa da July, ela estava maravilhosa, o cabelo dela estava escuro com Californianas verdes está muito lindo, seu cabelo combinou muito com o olho da mesma, July é magra mais não muito ela estava com um corpo perfeito nem gorda e nem magra, o corpo sexy que deixa qualquer um afim.

Logo July me puxou para uma loja de roupas íntimas e cara ela comprou várias babydoll lindos, se ela colocar uma dessas e eu ver eu não vou responder por mim.

Depois disso ela foi numa loja de CDs, DVDs e roupas de Rock, ela comprou várias coisas do Metallica, Nirvana, AcDc e caraca ela tem muito bom gosto.

July também comprou papel de parede de galaxias e disse que queria colocar esse papel no teto de seu quarto, ela também comprou várias coisas para decorar seu quarto, só digo que vai ficar maravilhoso o quarto, não quero mais dormir no meu, quero dormir no dela .

Decidimos ir embora pois eu estava morrendo de fome então fomos para o Subway e comemos muito, depois fomos para casa, estava tudo muito bom, eu queria muito dividir ela com meus amigos que não vejo a quase um ano, mandei mensagens para eles e o mesmo disseram que iam vir sim aqui, assim eles conheciam minha nova amiga irmã e também ajudaria eu e July arrumar o quarto dela.

Passou uns 30 minutos e eles chegaram, vocês devem estar se perguntar quem veio né? Então vieram o Lys-Fofo,Alexy ,Armin, Mellody e Íris

Fui atende-los e levei eles para o antigo quarto de July, quando chegamos la, July se virou e a reação dela quando viu o Lys-fofo e a Íris e A Mellody foi a melhor que eu ja vi, ela ficou com uma cara assustada e fofa, agora eu tenho certeza que a July era a garota que o Lys gostava e que já namorou com o idiota do Castiel.

Eu fiquei vendo o rostinho do Lys o tempo todo ele parecia estar feliz e triste ao mesmo tempo, enquanto olhava para a July, claro está tudo claro para mim agora, ele ainda gosta da Juliet, ele tinha parado de gostar dela quando ela sumiu, só que agora ela está de volta e ainda mais linda aquela paixão voltou.

Será Que os dois vão ficar juntos ? Será que ela gosta dele ? Será que tudo vai se ajeitar ?? Só vamos saber sexta feira no Globo repórter Kkkkkkkk brincadeiras a parte, vamos falar de coisas sérias, será que a July já conseguiu esquecer o Castiel? Será que segunda feira na escola vai ser legal? Não quero ver minha July sofrer. Se eu pudesse eu colocava ela num potinho e tirava ela desses idiotas que existem no mundo, mais eu vou fazer o possível para transformar a vida da pessoa que fizer ela sofrer um inferno e farei essa pessoa sofrer ainda mais, pego umas tesouras enferrujadas e arranco todas as partes de seu corpo Muahahaha tenho até medo de mim as vezes também.

Estavamos se divertido muito, até mesmo o Lys que é calado, July agora queria pintar uma das paredes brancas do quarto, ela queria pintar de preto achei legal , o teto de galaxias e as paredes de preto, tenho certeza que iria ficar ótimo.

Preparamos tudo para podermos pintar as paredes, Íris e Mellody estavam muito juntas, tenho quase certeza que está acontecendo algo entre elas, Lys e July não paravam de olhar um para o outro, Lys deve estar muito feliz, por July estar olhando para o mesmo.

Eles estavam pintando uma das paredes juntos,

Íris e Mellody estavam pintando juntas outra parede e eu e Alexy estávamos pintando juntos, so que estávamos reparando em tudo ao nosso redor.

Lys e July começaram uma guerra de tinta, em pouco tempo todos nós estávamos cheios de tintas, ainda era de tarde então podemos acabar de pintar o quarto e de arrumar as coisas no mesmo, só que brincávamos e arrumavamos tudo ao mesmo tempo e assim foi até as seis e pouco da tarde, nós limpamos e fomos jantar, havíamos pedido pizza. Aquela noite foi maravilhosa, foi a melhor noite, tenho certeza que essa noite foi uma das melhores que ela já teve.

Depois do jantar eles foram embora pois estava ficando tarde, e eu e beca fomos para o quarto dela.

Quando chegamos no quarto dela, ele ficou como eu imaginava, ficou ótimo maravilhoso.

July pegou um babydoll e pegou uma toalha e foi para o banheiro e eu fiquei assim "caraca se ela fizer isso eu não vou me segurar e vou catar ela."

Passou alguns minutos que pra mim pareceram segundos pois estava tão entretida nos meus pensamentos que nem vi que já se passou 20 minutos desde July foi para o banho...

Caraca Eu não vou aguentar, meu deus que corpo maravilhoso, cara xonei, ela usou um dos Babydoll que tínhamos comprados para ela, ela estava tão deusa, eu não estava resistindo, aquilo era muita tentação para uma só pessoa, estava tão distraída que nem percebi que ela ja havia saido e muito menos ouvi ela me chamando umas 300 vezes, olhei para ela e a mesma estava numa posição que meu deus, pai amado, ela estava passando um creme com cheiro de morango, ela estava deliciosamente cheirosa e muito gostosa.

☆☆☆ POV Juliet ☆☆☆

Rosa e eu estavamos Andando pelo shopping e decidi ir no cabeleireiro para mudar o cabelo, não sei se eu falei para vocês antes que eu sempre quis pintar o cabelo? Então hoje eu vou fazer isso, vou aproveitar tudo isso.

Cheguei no salão e uma moça super simpática veio nos atender, pedi para ela , para cortar e fazer umas Californianas  verdes, sempre quis pintar meu cabelo com tintas fantasias, então ela começou cortando ele pois sinceramente ele estava na minhas coxas, a mesma cortou um pouco acima da bunda, pedi pra ela deixar desse tamanho pois amava o meu cabelo, depois de tudo, ela começou a pintar ele, fiquei por lá durantes umas 2 horas ou mais, sai de la e paguei com o cartão de crédito que minha querida e amada mãe bancava, sentirão a ironia?  Sai do salão, Rosa estava lá me esperando, quando a mesma me viu soltou um sorriso e fomos para algumas lojas, eu também queria comprar coisas para decorar meu quarto , então fomos para uma loja de materiais de quarto , chegando la comprei um papel de teto de galáxias , sempre sonhei em ver as galaxias , ter um quarto meio que com um céu, peguei algumas tintas pretas para pintar as paredes, comprei alguns objetos de decoração e Rosa so elogiava, depois eu queria comprar roupas e várias coisas dos meus ídolos, ainda mais as blusas de frio e camisas também.

Depois disso estávamos com fome , ela queria ir para o Subway, então ela pediu minha opinião, eu disse com toda a sinceridade que pra mim tanto faz onde iríamos comer, então fomos para o Subway, enchemos a barriga de tanto que comi, depois disso tudo, fomos para casa, estava muito cansada mais mesmo assim teria que ter forças pois iria arrumar meu quarto ainda hoje, chegamos em casa em alguns minutos no maximo 30 minutos, lembra quando falei que estava cansada mais teria que arrumar meu quarto ? Então eu acho que Rosa também estava cansada, pois a mesma pegou seu telefone e ligou para seus amigos antigos, e eu nao sei se to ficando louca mais quando ela estava falando no celular escutei a mesma falando um nome muito conhecido por mim "Lysandre" esse é o nome, esse nome sempre passa na minha cabeça, bom só acho que é problema de cabeça mesmo, fui para o quarto e comecei arrumar algumas coisas, cobrir os móveis,para a tinta não se espelhar, estava tão distraída arrumando as coisas que já havia se passado um bom tempo e Rosa e um ser azulado , um gamer , uma morena e uma ruiva, e quando eu vi quem estava do lado passou um Flash na minha cabeça....

☆☆☆ Flashback on☆☆☆

Era um dia calmo, o céu maravilhoso, cinza parecendo que iria acabar o mundo, sim para mim isso é maravilhoso, não gosto de Sol , dias chuvosos e frios eu amo, esse céu sem sol, eu amo tanto ele, estava indo para a escola, antes ia com o Castiel, só que de ontem até hoje agora o mesmo não falou comigo, ele sumiu, não me mandou mensagem e muito menos me ligou, mas tudo bem, depois iria conversar com ele, tinha certeza que ele deve estar dormindo, mas eu preciso pensar mais na escola, já estava chegando na escola ainda com meu cigarro entre a boca, quando o Lysandre, um menino com um cabelo bagunçado Branco e com olhos um tom meio amarelo e o outro Verde , ele era lindo, só que eu não conversava com ele , eu sou amiga de Debrah e ele andava com outras pessoas, que a Debrah odiava, sempre quis conversar com o Lysandre, só que com o namorado e uma amiga que tinha não dava.

Lysandre chegou perto de mim .

- Oi, July. -disse Lysandre todo simpático sorrindo, não achava que ele iria me chamar de July.

- Oi, Lys - disse meio envergonhada, não sabia o porque eu o chamei de Lys, ele me pareceu um pouco tímido, envergonhado e surpreso sobre o chamar de Lys mais, sorriu.

-Sei que a gente nunca se falou, mas, eu quero dizer logo pois não irei mais aguentar.

-Claro, então pode falar? - Disse com um pouco de medo do que ele queria me falar.

- Eu...eu ...Eu ....- ele tava com vergonha , tentando achar as palavras certas - Amo Voce Juliet, desde a primeira vez que eu vi você, adoro quando você sorri, sei que você está com o Castiel, mais ele não merece você, ele te traí, ele está sempre comendo sua "amiga" Debrah, sei que não devia te falar isso, mais eu não aguento mais, eu te amo, eu odeio que falem mal de você, Castiel só está com você por uma aposta, ele sempre come a Debrah, e todos os meninos falam de você pela sua costas, Castiel também, ele não é quem você pensa que ele é, todos dizem que você é a mulher mais corna e muito mais... Desculpa por falar assim, mais eu precisa saber de tudo...- Disse Lys com uma expressão de Tristeza , não poderia acreditar nisso, comecei a chorar e briguei com ele, depois voltei para casa e vi que minha " mãe " tinha me abandonado, então foi assim que eu peguei Castiel e Debrah, foi assim que eu descobri a verdade, queria muito, poder me desculpar com ele mais não tive chances, espero poder pedir desculpas ainda hoje pra ele, o mesmo só queria meu bem e eu sega não vi isso .

☆☆☆Flashback  Off☆☆☆

Eu acho que Rosa percebeu que eu estava em "outras galáxias" , mais no mesmo instantes Rosa decidiu falar algo para perder , aquela sensação , Lys me olhava com carinho, acho que ele ainda gosta de mim, ele tem um olhar tão lindo, fui interrompida dos meus pensamentos, quando a Rosa começou a apresentar as pessoas, o ser azulado era o Alexy , o Gamer era o Armin , o Lysandre , a morena era a Mellody e a ruiva era a Íris , começamos arrumar o quarto, eu comecei com ajuda de Lys e de Armin, colocando o papel das galáxias no teto, depois começamos a pintar as paredes eu fui a primeira a começar a pintar, eles decidiram que 2 em dois pintariam cada parede, Lys começou a pintar a parede comigo, estava com vergonha mais decidi que não iria ser orgulhosa com ele, iria falar mais ele foi mais rápido e começou.

-Oiie July, sabe eu fiquei mal quando vi que sumiu, fiquei me culpando, mais vi que isso fez bem para você, você era linda mais agora está muito mais, esse um ano fez bem para você, sei que já pedi desculpas pra você, por ter falado aquilo aquele dia mais eu não aguentava mais ver você se iludindo, me desculpa de verdade.-Disse ele com um olhar triste mais não deixava de sorrir.

-Olha Lys eu que te devo um pedido de desculpas, aquela época eu acreditava nele, estava cega, depois que a gente brigou eu estava mal por brigar com você, mesmo que a gente não estivesse nós falado antes, então aconteceu muitas coisas ruins, eu descobri que o que você tinha me dito era verdade, descobri, na verdade eu vi com os meus próprios olhos, e eu não fugi, só que eu tive que sair, não podia continuar aqui, precisava de uma nova meta, realizar algo por mim mesma e não por alguém. Olha eu queria mesmo te pedir desculpas e a gente pode ser amigos não! - Sorri com a última frase, o fazendo sorrir também.

- Claro July, vamos esquecer o passado né?-Disse ele parecendo feliz.

-Siiim- Disse com felicidade, começamos a pintar, só que sem querer eu deixei espirrar tinta nele e ele não deixou barato começou atirar tinta em mim.

☆☆☆ Horas Depois ☆☆☆

O dia foi assim , todos brincando só que arrumamos também depois da janta eles foram embora, então chamei a Rosa para o meu quarto ela entrou surpresa, ela disse que o quarto estava maravilhoso, deixei ela lá no quarto e fui tomar banho, estava com sono  e muito cansada, enquanto gotas de águas caíam sobre meu corpo, fiquei pensando em tudo que aconteceu comigo, desde daquele dia , só agora eu vejo que tudo aquilo no fim teve um sentindo, hoje eu estou feliz, realizei alguns sonhos, estou linda, me acho linda, decido sair do banho, me troco, saio do banheiro e vejo Rosa olhando o quarto, vou para perto da cama e coloco o pé em cima da cama, e o outro deixei no chão, me abaixo um pouco  para passar meu creme de morango.bRosa me olha com desejo, ai meu Deus será que ela ???

Não seria uma má ideia ficar com ela mas prefiro homens, e essa viagem que fiz de um ano provou isso da melhor forma possível.

O céu estava lindo como sempre , nublado do jeito que amo, gotas de água caiam na janela, escorregavam e caiam no chão, o cobertor quente, a pipoca com bastante tempero, o chocolate estava bem quente, o filme me fazendo chorar, e sabe o que me faz ficar chorando ainda mais? Saber que eu ja passei por tantas coisas e nunca deixei de ser eu mesma, eu possa até morrer de raiva do Castiel e da Debrah só que eu ainda continuo a mesma com todos, lágrimas vão se tornando parte de mim, minhas lagrimas são as únicas que sempre serão minhas, não tem como ninguém catar elas de mim, não tem como ela me deixar elas vão estar sempre comigo, fico feliz em saber, deito com tudo em minha cama, me sinto pouco zonza, mais eu já estou acostumada , sei que deveria estar feliz por estar em casa de volta, com uma pessoa que gosta de mim de verdade, eu não sei, ela me ama de verdade mais parece sincera, sei que devia estar dando valor a tudo isso, mas me sinto assim tão sozinha, quero pessoas que cheguem sem falar nada, e me abracem, só abracem não precisa falar nada, só um abraço bem forte, preciso daquele cafuné, daquele toque que te faz bem, preciso da Pessoa que deite comigo e me faça dormir sem ter medo e quando acordar ainda esteja do meu lado me olhando, necessito parar de pensar no passado, preciso esquecer e seguir o presente, sem medo nenhum que o passado volte, mais sei que é impossível, sei que amanhã quando for para a "escola nova" eu vou lembrar do passado, sei que vou querer sair correndo l, sei que não serei o forte suficiente para aguentar isso, tenho uma música que me define, só que sem a pessoa, mais é feita para mim, a música fala de uma pessoa que fez, está fazendo e ainda vai fazer muita falta entre nós, mas deixa pra lá.

Eu não vi o tempo passar, fiquei aqui, me acabando em tudo,até que derepente ....

Continua..


Notas Finais


Até o próximo gente.
Beijos da Draga-Chan.
Se vocês ainda quiser falar com ela.
Ai está o link da conta dela.

Titia_Ana

https://spiritfanfics.com/perfil/titia_ana


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...