História Don't be a fool - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Shawn Mendes
Tags Shameron
Exibições 86
Palavras 603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Capítulo 08


 

“ – Sim Cameron, realmente gosto dele! – Ainda não consigo e não quero acreditar nisso, o que Lydia me falou hoje pela manhã é verdade. – Mas não posso perder minha fama no colégio, e não quero ninguém perto daquele garoto, nem mesmo você!

– Isso é o que veremos! – Digo já de cabeça quente.

– Estou falando sério! – Ele se exalta. – Se afasta dele ou ele vai sofrer.

– Que se foda você Nash! – Saio daquele lugar já exaltado. ”

                Continuação...

 

 

Nash P.O.V

Minha relação com Shawn era de amor e ódio, sim eu sentia uma forte atração por ele, seu sorriso me encantava e ao mesmo tempo o odiava por me fazer se sentir assim, não queria gostar de um garoto idiota como ele, não sou gay, odeio toda essa raça para falar a verdade, e se Shawn não vai ficar comigo, não ficará com mais ninguém.

Esses meses passaram rápido, e o casalzinho estavam bem mais próximos e isso só aumentava o meu ódio, a babaca da Camila não estava me ajudando em nada de tão burra que era, e Lydia sempre me impedia de acabar com os dois. E esse agora era o meu novo plano, se eu acabasse com Lydia antes, acabaria com os dois e assim Shawn seria meu quando eu bem entendesse e faria o que quisesse com ele, isso pode parecer psicótico, mas era para o próprio bem dele.

 

 

 

 

Lydia P.O.V

Nash nesses últimos dias estava me parecendo mais suspeito do que o normal, ele estava tentando separa o Shawn de Cameron, o único motivo era ele ama Shawn, uma maneira bastante estranha de se amar, pois quem ama de verdade quer ver a outra pessoa feliz e para falar a verdade desde que conheço Shawn essa é primeira vez que o vejo feliz de verdade, Cameron está fazendo muito bem a ele. Minha maior preocupação agora é um sentimento de morte que estou sentindo ultimamente, vejo pessoas gritando pela morte em sonhos e geralmente esses sonhos são bem reais.

– Algum problema Lydia? – Shawn me pergunta preocupado, estávamos no meu quarto assistindo um filme qualquer.

– Não é nada. – Forcei um sorriso. – Shawn já não aguento mais ficar em casa, vamos ao Shopping!

– Há Lydia, o filme está ótimo, vamos ficar? – Ele choramingou.

– Levanta dessa cama e deixa de preguiça. – O empurrei e fui procurar minha bolsa.

Como o shopping era perto da minha casa fomos a pé, uns vinte minutos depois já estávamos esperando o sinal de trânsito ficar vermelho para atravessarmos a avenida, e assim que aconteceu sair andando na frente, pude escutar Shawn gritar e sentir um forte empurrão me jogar para o outro lado da rua, quando me dei conta do que tinha acontecido vir Shawn ensanguentado e desacordado no chão e o carro saiu em disparada, e o carro da polícia logo atrás, Shawn havia morrido, e a culpa era minha, eu sabia que isso estava para acontecer e a culpa era toda minha, estava debruçada sobre o corpo de Shawn pedindo que ele acordasse, mas não adiantava.

 

 

Nash P.O.V

Vi Lydia atravessando a rua, e essa era minha chance de acabar com ela, então acelerei o carro, mas Shawn se meteu na frente dela causando um impacto muito forte, eu havia matado o amor da minha vida! Então acelerei o carro mais uma vez em estado de choque com o que havia acontecido, mas a polícia me impediu e cá estou eu, dentro de uma delegacia esperando minha mãe para pagar a fiança, meu coração dói bastante, e meus olhos obviamente estão muito vermelhos, não consigo cessar o choro, matei o Shawn, por estupidez minha!


Notas Finais


Desculpem o capitulo pequeno, e também pelo atraso, mas minha vida está uma correria com esse fim de semestre! Espero que gostem do capitulo. S2
E esse é possivelmente o penúltimo capitulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...