História Don't be so shy, daddy - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bdsm, Daddy Kink, Jikook
Visualizações 372
Palavras 1.561
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii
Atualizei rápido né? E´por causa do apoio que eu recebi, muiiiiiito obrigada pelos favoritos e comentários, são eles que me incentivam :3
Esse capítulo tem safadeza, MAS, não é muito explícita, é mais pra mostrar um pouco como o Jimin está se sentindo.
Espero que gostem!

Boa leitura <3

Capítulo 2 - I'm so horny, daddy!


Fanfic / Fanfiction Don't be so shy, daddy - Capítulo 2 - I'm so horny, daddy!

O resto da semana não permitiu que Jimin tivesse um momento para sequer respirar. Sua programação estava agitada, eram tantas coisas para fazer em tão pouco tempo, mas ele estava acostumado com isso, sempre era assim quando estavam promovendo. Mas pelo menos dessa forma é mais fácil para ele esquecer o que viu e fingir que nada aconteceu.

Mas com o passar dos dias fica cada vez mais difícil para ele ignorar tudo, ele já não podia olhar nos olhos de Jungkook, e Jimin se odiava por isso, o garoto não tinha feito nada de errado, era culpa sua por invadir sua privacidade daquele jeito. Ele foi um completo idiota, e agora precisava lidar com isso.

Quando eles chegam no final daquela cansativa semana e suas energias foram totalmente drenadas, é anunciado que eles teriam uma pequena pausa para recuperar o fôlego e não levarem seus corpos ao limite.

Eles possuem um dia totalmente livre para descanso, mas infelizmente depois terão que voltar aos treinamentos, já que em breve teriam shows no Japão, entre outras atividades de final de ano, sem contar que teriam que trabalhar em seu novo álbum.

Assim que chegam ao dormitório cada um vai para seu quarto para em seguida dormir ou fazer qualquer outra coisa relaxante.

Logo após tomar um banho rápido, Jimin simplesmente se joga em sua cama, Jungkook já adormecido na cama ao lado. O cantor se espreguiça feito um gatinho manhoso, ignorando a dor em seus músculos, se acomodou nos travesseiros e esperou o sono chegar.

Mas ele não vem.

Ele fica irritado com a sua capacidade de não conseguir dormir mesmo estando exausto, algo não deixava que ele se “desligasse”. Com o silêncio do ambiente sua audição consegue captar quase tudo o que está acontecendo no dormitório.

Há o som da banheira se enchendo, Hoseok cantarolava no fundo. Ele podia ouvir alguém andando no lado de fora do quarto e também o som alto da TV na sala. Ao seu lado Jungkook se revirava durante o sono.

Ou não, talvez ele estivesse fingindo dormir.

Talvez ele estivesse esperando que Jimin e Hoseok adormecessem, e assim que o fizessem ele abriria os olhos, e cuidadosamente começaria a acariciar o próprio corpo, seus lábios se separariam um pouco, uma mão envolvendo se membro ainda mole enquanto pensava nos garotos bonitos em seu tumblr. Quem sabe seus movimentos não seriam lentos, provocativos, enquanto ele esfregasse um de seus mamilos com a mão livre para estimulação extra. Ou talvez ele fosse rápido e áspero em seus movimentos, impaciente com a demora de seus hyungs em dormir, ele morderia seus lábios para abafar os gemidos que queriam escapar com cada subida e descida de sua mão.

Jimin só percebeu que estava duro quando seus quadris começaram a se esfregar contra o colchão de forma involuntária, o pequeno prazer que sentia foi o suficiente para fazer com que ele se encolhesse levemente.

Assustado ele se vira e olha para todos os lados enquanto fica atento a qualquer barulho, ficando envergonhado com o pensamento de ser pego fazendo aquele tipo de coisa, ele não ouve nada, Hoseok ainda está no banho e Jungkook continuava a dormir.

Depois de ter certeza que tudo estava bem ele olhou para baixo, vendo que ele estava extremamente rígido, seu pênis estava completamente marcado em sua cueca, seu moletom se ergueu até acima de seu umbigo. Ele não tinha como fugir daquilo, fazia muito tempo que não se tocava, estava completamente necessitado.

Ele fechou os olhos devagar e deixou que sua mão descesse por seu corpo rapidamente, estava sem tempo e paciência. Ele estendeu sua outra mão até a gaveta do lado da cama pegando sua garrafa de lubrificante já meio vazia.

Primeiro ele tentou imaginar algo que o ajudasse em sua tarefa, mas tudo o que lhe vinha à cabeça eram imagens de Jungkook, fazendo com que ele se sentisse culpado, não funcionou, então ele resolveu usar algo mais rápido e prático. Ele pegou o celular, assim seria mais fácil, ver uma imagem ao invés de perder tempo tentando construí-la em sua mente, assim talvez não pensasse no maknae que dormia inocentemente na cama ao lado.

Jimin deslizou a senha na tela de bloqueio e procurou o ícone da internet, ele estava aborrecido, mas ainda excitado, sua mão ainda acariciava seu membro lentamente, não pararia ali. Ele procuraria alguma imagem aleatória*, mas se viu quase automaticamente procurando pelo tumblr.

Sua parte racional diz para ele que aquilo seria errado, que ele se lembraria de Jungkook se fizesse isso. Mas existia a outra parte de si, que lhe sussurrava para que fizesse logo o que tinha que fazer, ignorando o que era supostamente errado. Ele estava analisando as possibilidades.

Ele realmente não deveria fazer isso, é estranho, violaria mais uma vez a privacidade de Jungkook.

Por outro lado, ele sabia que gostaria do que iria ver, faria bem para ele de alguma forma. Mas estava com medo de desenvolver alguma espécie de obsessão por seu dongsaeng, se masturbar vendo o tumblr de Jungkook não lhe soava muito saudável.

Mas talvez isso o ajudasse a esquecer de tudo, ele mataria seu desejo e depois veria que tudo não passava de uma atração momentânea, acabaria com tudo e voltaria ao normal, podendo assim olhar novamente para Jungkook sem se sentir culpado.

Dane-se, ninguém vai descobrir o que ele está prestes a fazer.

É isso, finalmente ele decidiu abrir o aplicativo se recusando a se sentir culpado por algo. Ele esperou a página carregar, felizmente sua conta ainda estava logada, tempo ganho, ele foi direto para a barra de pesquisa, ele se lembrava nitidamente do usuário de Jungkook.

Ele rapidamente acha o blog, ele desliza a tela para baixo, sendo agraciado pelas imagens de nudez e sensualidade, a diferença era que agora se permitia admirar completamente o conteúdo, seu pau se contraia de excitação.

Ele quase não pisca, muito fascinado por todas as formas bonitas que via. Ele então se depara com um vídeo no modo mudo, ele pode ver mãos grandes agarrando um bumbum farto, as coxas cobertas por duas tiras negras que embelezavam ainda mais a pele extremamente branca. Ele conecta rapidamente o fone de ouvido, olhando novamente para todos os lados antes dar play no vídeo.

Era lindo, o garoto de corpo bonito gemia suavemente com cada estocada que recebia do homem atrás de si, o ruído molhado causado pelo lubrificante era acompanhado pelo som das peles se chocando, sem perceber Jimin acelera os movimentos de sua mão.

Ele não tem tempo para ser muito cuidadoso, mas ele aperta a cabeça de seu pênis cada vez que sua mão sobe, ele amava a sensação que aquilo trazia para ele, faziam com que suas coxas tremessem e se apertassem uma contra a outra enquanto sua coluna se curvava levemente e suspiros baixos deixavam seus lábios carnudos.

Ele não duraria muito, ele sabia disso, sua mente estava ficando anestesiada e sua visão turva. As mãos fortes do homem na tela começaram a distribuir tapas no bumbum do passivo, manchando a pele leitosa de um vermelho bonito que parecia doloroso, mas os gemidos que saiam da boca dele eram doces e carregavam ainda mais prazer com a dor que lhe era proporcionada, causando uma excitação fora do comum em Jimin, ele nunca pensou que se sentiria assim ao ver um ato desses, isso fez com que percebesse que não tinha se explorado muito até o momento.

A cada tapa as mãos grandes começavam a cada vez mais se parecerem com as de Jungkook, definitivamente há algo de errado com o cérebro de Jimin, que insiste em se lembra do mais novo. Mas ele resolve não pensar nisso agora, ele se entrega a fantasia, e aos poucos sua mente voa alto, Jimin se imagina debaixo de Jungkook, imagina que é ele que está levando as estocadas e os tapas.

Um prazer intenso lhe atravessa todo o corpo e se acumula em sua virilha, e de repente ele é surpreendido com um grito que sai do fundo de sua garganta enquanto ele goza em seus dedos, manchando suas cuecas enquanto ele se contorcia lindamente numa mistura de satisfação e agonia.

O vídeo para e Jimin abre os olhos lentamente, completamente surpreso. Ele não tinha percebido que chegaria ao seu limite tamanho o tesão que sentiu.

Ele estava um pouco assustado com o fato de ter sido empurrado para o orgasmo apenas por imaginar ele e Jungkook naquela situação. Ele não tem muito tempo para pensar, porque ele ouve o barulho da banheira sendo esvaziada e ele ainda tem gozo na sua cueca.

Ele tira a peça de roupa íntima e apressadamente esconde dentro da sacola de roupas sujas, como ele sempre fazia, deveria se certificar de lavar suas roupas sozinho no dia seguinte para não passar por nenhum constrangimento.

Ele quase não teve tempo o suficiente para se limpar, colocar cuecas limpas e se arrumar na cama antes que a porta do quarto se abrisse e Hoseok passasse por ela, seguindo direto para sua própria cama.

Ele queria descobrir o que diabos estava acontecendo consigo, mas era difícil pensar depois do orgasmo que tivera, que agora pesava em sua consciência. Agora só o que lhe restava era se render ao sono e pensar sobre tudo no dia seguinte. Adormeceu torcendo para que o desejo que sentiu por Jungkook desaparecesse.

 


Notas Finais


Desculpem qualquer erro, eu não revisei muito bem, eu to com sono kkkk
Me falem o que acharam, é muito importante para que eu melhore a fic, se quiserem falar o que querem que aconteça fiquem a vontade, eu posso me inspirar em algo que vcs disserem :)
Obrigada por ler!
Beijos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...