História Don't Be Too Late, Please - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Selena Gomez
Personagens Ashley Benson, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Ashlena
Exibições 10
Palavras 503
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lírica, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - Último adeus


10/07/14

As férias já começaram.

Vi uma das suas amigas nos primeiros dias.

Depois te vi com a sua melhor amiga e outra das suas amigas do outro lado da rua, passado uns dias.

Consegui ouvir uma de vocês falar: “olha é a Ashley!”

O que isso te interessa?

Vocês me viram passar com os meus amigos mas e daí?

Hoje estivemos no mesmo show.

Eu passei por você e suas amigas várias vezes SOZINHA.

Você nem me disse olá e muito menos sorriu.

No final, eu trouxa, voltei às origens de brincar com o seu cabelo para te cumprimentar.

“Você por aqui?” “Sim”

Foi tudo o que foi dito antes da multidão (e amigas, explicitando a capitã) te puxarem de mim.

Mesmo que não houvesse multidão, você não me iria falar.

Não te faltou oportunidade.

Não te faltou motivo.

Não te faltou nada.

Você simplesmente não quis.

Você me viu.

Suas amigas me viram.

Não é desculpa mas eu já devia ter aprendido a minha lição.

O pior de tudo é que continuo gostando de você.

Continuo a mesma trouxa de sempre.

A trouxa que gravou na memória cada detalhe seu naquela noite.

A trouxa que te observava discretamente e se ponha no lugar das suas amigas.

Sou tão idiota até parece que faço de propósito.

EU NÃO CONSIGO EVITAR.

Pensava que te tinha conseguido esquecer nestes dias.

Você já não me assombrava tanto.

Já tinha mentalizado que não te iria ver mais.

Por que você não vem falar comigo?

Mesmo que seja para me dizer para sumir da sua vida.

Eu realmente não me importo com o motivo.

Seja como for, respeito mais os seus sentimentos do que os meus.

Vou te deixar em paz, acredita.

A minha pessoa vai te deixar em paz mas muita coisa te vai trazer de volta a mim.

Não deixei de reparar que a capitã estava se esforçando demais para falar como eu.

Estava usando as minhas expressões e a minha maneira de falar.

E você alinhou.

Sei que você ainda pensa em mim, mesmo que não seja da mesma forma que eu.

Sinto que você me vê com uma experiência de psicopata, uma pessoa a esquecer.

Não é assim que vou sumir da sua vida.

Não é assim que você vai sumir da minha vida.

Sou tão ridícula ao pensar que você viria ter comigo me vendo sozinha.

Tão ridícula pensando que você iria trocar umas palavrinhas comigo.

Você não me quer ver mais à frente.

Sou mais uma desesperada.

Pareço aquelas meninas que dão de suicidas nas redes sociais porque os namoros acabaram.

Me desculpa por tudo.

Te desculpo por tudo.

Vou embora por uns dias e te vou esquecer completamente, não se preocupe.

Como você vai mudar de escola, também nunca mais me vai ver na sua vida.

Era isso que você queria?

Espero que tudo te corra bem.

Desejo o melhor.

Obrigada por ser a minha primeira atracção e primeira experiência não recíproca.

Vou aprender com esta experiência.

 

    Ainda sua,

  -Ashley.


Notas Finais


e acaba por aqui o que Ashley escrevia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...